UFC: Dana White descarta ‘Borrachinha’ e Jon Jones para primeira defesa de cinturão de Adesanya

AG. FIGHT 16:52 BTLeitura: 2 min.

Nesta terça-feira (29), Dana White deu um verdadeiro banho de água fria nos amantes de MMA. Isso porque o presidente do Ultimate descartou os dois principais nomes especulados pela mídia especializada como próximos rivais de Israel Adesanya: Paulo ‘Borrachina’ e Jon Jones.

Logo após nocautear Robert Whittaker e conquistar o cinturão linear dos pesos-médios (84 kg), ‘The Last StyleBender’ trocou farpas com ‘Borrachinha’, que estava à beira do octógono. O imbróglio apenas aumentou a expectativa de que os dois se enfrentariam em seguida pelo título da categoria, já que o brasileiro vinha de um grande triunfo contra Yoel Romero.

E além da provável luta diante de Paulo, os fãs também estavam ansiosos para uma superluta entre Israel e o campeão meio-pesado (93 kg) do UFC, Jon Jones. A possibilidade ganhou força depois que os dois trocaram ‘gentilezas’ através de suas redes sociais. No entanto, ao menos de acordo com Dana White, Adesanya não enfrentará nem Borrachinha e muito menos ‘Bones’ em seguida.

“Ele (Borrachinha) teve uma cirurgia no bíceps, e está fora por oito meses. Mas estamos negociando alguém diferente para o Israel no momento. Não (superluta com Jones). Ele (Israel) acabou de ganhar o título. Fazer uma superluta com o Jones agora não faz sentido. Há lutadores na sua própria divisão de peso que podem lutar”, declarou Dana, em entrevista ao canal do Youtube ‘The Schmo’.

Portanto, apesar de Dana não cravar quem será o próximo rival do nigeriano, pode se presumir que se trata de um atleta dos pesos-médios. Dentre os cinco melhores ranqueados da categoria, o único que não vem de derrota – além de Borrachinha – é Jared Cannonier. O estilo de luta do americano, inclusive, foi alvo de elogios de Adesanya recentemente.