PRF apreende ônibus escolar que levava adolescentes para fazer título de eleitor no interior do RN

Veículo do município de Ouro Branco seguia para Caicó com 35 passageiros. Segundo corporação, suspeita é de desvio de função.

Por G1 RN

11/03/2020 13h38  Atualizado há 4 horas


Operação do PRF fiscalizou ônibus escolares na região Seridó e a região metropolitana de Natal.  — Foto: PRF/Divulgação
Operação do PRF fiscalizou ônibus escolares na região Seridó e a região metropolitana de Natal. — Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) reteve um ônibus escolar que transportava adolescentes para fazer o título de eleitor em Caicó, na região Seridó potiguar. De acordo com a corporação, o caso será remetido ao Ministério Público Federal por suspeita de desvio de finalidade. O caso aconteceu durante a operação “Volta às Aulas”, que ocorreu nacionalmente entre a segunda-feira (9) e a terça-feira (10) para fiscalizar os transportes escolares.

O veículo pertence ao município de Ouro Branco, na mesma região de Caicó, e estava com 35 adolescentes. Em nota, o município informou que os estudantes são atendidos pelo Núcleo de Apoio ao Adolescente, que tem, entre outros objetivos, conscientizar e mobilizar os jovens sobre a importância do documento eleitoral, dentro do programa do Selo Unicef, do qual a cidade faz parte.

Para realizar a ação, o ônibus teria sido solicitado à Secretaria Municipal de Educação.

Ainda durante a operação, segundo a PRF, foram fiscalizados 37 veículos de transporte escolar, nas regiões seridó e metropolitana de Natal. Do total fiscalizado, 27 foram retidos e recolhidos ao pátio, por irregularidades diversas. Entre os veículos retidos, 21 eram ônibus do programa “Caminhos da Escola” e outros seis da iniciativa privada.

No decorrer da fiscalização, foram detectadas várias irregularidades, dentre elas, a falta de autorização para realizar o transporte escolar, o não uso do cinto de segurança, defeito no tacógrafo ou a falta do disco e a falta de extintor de incêndio.

PRF apreende quase 300 kg de maconha na BR-304 no RN

Caso aconteceu na noite desta terça-feira (30) em Lajes, na região Central potiguar. Motorista tentou .

Por G1 RN

31/07/2019 08h12  Atualizado há 3 horas

Droga foi apreendida na BR-304, no RN — Foto: PRF/Divulgação
Droga foi apreendida na BR-304, no RN — Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 299,5 quilos de maconha em uma ação que aconteceu na noite desta quarta-feira (31) em Lajes, na região Central potiguar. Um homem de 34 anos, que transportava o entorpecente, foi preso, mas disse que não sabia o que estava transportando.

O caso aconteceu por volta das 23h em uma abordagem no quilômetro 193 da BR-304. De acordo com a corporação, o condutor sequer tentou esconder a droga. Parte estava disposta no banco traseiro do carro modelo Logan, enquanto outra foi achada no porta-malas do veículo, que seguia no sentido a Natal.

Ainda de acordo com a PRF, o homem preso também não era habilitado como motorista. A ocorrência foi encaminhada à Superintendência de Polícia Federal em Natal.

Droga estava no banco traseiro de carro, na BR-304, no RN — Foto: PRF/Divulgação
Droga estava no banco traseiro de carro, na BR-304, no RN — Foto: PRF/Divulgação

PRF autua 39 motoristas por exercício ilegal da profissão em Santa Cruz

Durante todo o dia desta quarta-feira (22), a Polícia Rodoviária Federal realizou comando de fiscalização à transporte coletivo de passageiros, na BR 226, em Santa Cruz/RN

Redação,Via Certa

 

O objetivo principal da ação foi garantir a segurança viária nesse tipo de transporte, prevenindo acidentes e a repressão aos ilicitos criminais, durante a festa de Santa Rita de Cassia.

Foram fiscalizados todos os tipos de transporte coletivos, ônibus, microônibus, veículos de aluguel, particular e oficial, alem das linhas e fretamentos, como também o escolar.

A operação contou com o apoio de cinco fiscais do DER, que foram fundamentais para a conclusão dos trabalhos. De acordo com o DER, o RN, em 2015, tinha 800 ônibus e microônibus cadastrados no transporte intermunicipal. Atualmente esse número reduziu para 200.

O resultado da operação mostrou um total de 51 veículos fiscalizados, sendo dois deles recolhidos ao pátio da conveniada, 53 pessoas fiscalizadas, sendo 14 dessas submetidas ao teste de etilômetro. Doze CRLVs foram recolhidos por alguma irregularidade a ser sanada no veículo e 127 autos de infração foram lavrados.

Destacam-se ainda 39 pessoas detidas por estarem em exercício ilegal da profissão, crime previsto no art. 47 das Leis de Contravenções Penais, e foram submetidas a TCO, tendo que comparecer em juízo quando solicitado.