Ministério Público Eleitoral pede a cassação do Prefeito eleito de Mossoró

O Ministério Público Eleitoral ingressou com uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral em face de Allyson Bezerra e Fernandinho, seu vice, alegando que o prefeito eleito se utilizou de verba de gabinete da Assembleia Legislativa para promover sua candidatura.

Acaso comprovada, a ação pode ensejar a cassação do candidato eleito e sua por 8 anos.

Pelo conteúdo probatório, o MP identificou que Allyson se utilizou da estrutura de seu gabinete de Deputado e servidores públicos para propagar sua campanha nas redes sociais, divulgando maciçamente conteúdo, inclusive patrocinado.

Allyson e seu vice terão cinco dias para se defender.

Fonte: blog agenor melo