Fiuk desabafa sobre depressão e síndrome do pânico: “Meu maior medo aqui”

Cantor falou sobre saúde mental no Podcast do Líder e diz não querer “ser vítima disso” no BBB21

LEO DIAS 17/03/2021 13:10,ATUALIZADO 17/03/2021 13:10

Fiuk aproveitou o seu espaço no Podcast do Líder para fazer um desabafo aos fãs do BBB21. O cantor relatou sua luta contra doenças psiquiátricas. “Eu tenho depressão, ansiedade, síndrome do pânico – que ainda é o meu maior medo aqui dentro – e tenho déficit de atenção. Não queria ser vítima disso e hoje entendo que não sou”, disse ele.

Com a voz embargada de choro, Fiuk falou sobre seu receio de participar do programa. “Meu maior medo aqui era expor meus defeitos. Conheço meus defeitos, e até entrar aqui, negava eles diariamente. Achei que não era capaz de conviver com pessoas diferentes de mim. Sempre me isolei e tive medo de falar sobre esse assunto”.

https://twitter.com/bbb/status/1371989898270490625?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1371989898270490625%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fd-1137236409186626431.ampproject.net%2F2103060631002%2Fframe.html

“Mas hoje esse assunto me liberta, me emociona. Nós somos o que somos, com nossos traumas, nossas características… A cada dia, percebo o quanto é maravilhoso a gente se aceitar. É importante conhecer nossas limitações, porque só assim conseguimos ultrapassá-las”, relatou ele.

O apoio da família foi lembrado por Fiuk. “Meu pai me disse: ‘Vai com medo mesmo. Vai para cima com tudo o que você tem de bom e de ruim’. Minha mãe sempre me disse para sair do casulo, e hoje eu entendo o que é isso. Era o medo de me mostrar para as pessoas e de não ser aceito. A partir do momento que me aceitei, outras pessoas se aproximaram”.

“A vida é uma eterna busca. A chegada final talvez não exista e a evolução só aconteça quando a gente se aceitar. Não é porque estou falando aqui que não tenho mais medo. Mas essa experiência está sendo transformadora. É o desafio que precisava para me libertar de alguns vícios, para entender quem são as pessoas que de fato eu amo”, contou.

Fiuk aproveitou o podcast para enviar uma mensagem para quem também sofre com depressão. “Acreditem em vocês e acreditem em quem acredita em vocês. Se aceitem, se mostrem. Se eu consigo, você também consegue. Tenham fé na vida. Lutem pelos seus sonhos. Só seu coração sabe o que é melhor para você”.

“Sou muito grato por estar aqui, sou muito grato por ter a família que eu tenho, ter as pessoas que me amam ao meu lado. É muito difícil confiar em tudo à distância, porque sempre fui muito inseguro, mas hoje eu confio. Então, continuo firme. É sempre uma vitória vencer mais um dia”, finalizou o cantor.