Eduardo Leite recebe Moro: “Boas condições de convergências”

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), reuniu-se com o pré-candidato ao Planalto pelo Podemos,  Sergio Moro, na manhã deste sábado (4).  Após o encontro, Leite afirmou ao Congresso em Foco que percebeu “boas condições de convergências”. O encontro aconteceu no Palácio Piratini, sede do governo gaúcho.

“Foi uma conversa para dividir impressões e debater temas de interesse nacional. Percebi boas condições de convergências. Interesse comum em ajudar o país a ter uma alternativa em 2022 à polarização instalada”, disse. 

Após ser derrotado nas prévias eleitorais do PSDB pelo governador de São Paulo, João Doria, Leite tem pressionado o partido a fechar uma aliança com Sergio Moro para derrotar o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula nas eleições do próximo ano.

Nas redes sociais, Leite afirmou que a conversa teve o objetivo de “combater as desigualdades” e trazê-lo de volta ao “equilíbrio e bom senso”.

Em nota, o Podemos de Moro disse que a pauta da conversa também contou com os desafios da construção de “um Brasil justo para todos”. A frase tem sido o lema adotado pelo partido para consolidar a candidatura do ex-ministro da Justiça e ex-juiz.

Ele afirmou ter tido uma “boa conversa” com o governador. “É fundamental criarmos pontes para que possamos construir o país que merecemos: longe do passado de corrupção e sem autoritarismo, inflação, pobreza e desemprego”, escreveu. A presidente nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu (SP), também participou da reunião.

Neste sábado, a sigla realiza a Convenção Estadual no Rio Grande do Sul. Algumas lideranças políticas gaúchas vão se filiar ao Podemos durante o evento. Entre elas, o deputado Maurício Dziedricki, que deixa o PTB. Como deputado federal, o gaúcho só poderia se filiar em meados de março pela janela partidária, mas Dziedricki conseguiu uma carta de anuência para se desfiliar do partido de Roberto Jefferson.

Declaração de Bolsonaro complica deputados do PL no RN

Os deputados estaduais que formam a bancada do PL na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte farão uma reunião em Natal na próxima semana com o presidente estadual do partido, deputado federal João Maia, para discutir o futuro da sigla no Estado.

Deputados João Maia, George Soares, Kleber Rodrigues e Ubaldo Fernandes

O presidente Bolsonaro já mandou o recado: o PL não se coligará com partidos de esquerda nas eleições de 2022.

Ou seja, a coisa complicou para os deputados estaduais que apoiam a governadora Fátima na Assembleia Legislativa.

Será que George Soares, Kleber Rodrigues e Ubaldo Fernandes vão virar oposição ao governo?

Mário Sérgio

TSE inicia testes de segurança da urna eletrônica para eleição de 2022

Investigadores tentarão executar panos de ataque a equipamentos

Publicado em 22/11/2021 – 16:42 Por Agência Brasil – Brasília

TSE – Tribunal Superior Eleitoral Urna eletrônica

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) iniciou hoje (22) o teste público de segurança (TPS) do sistema eletrônico das eleições de 2022. Até sexta-feira (26), 26 investigadores de diversas instituições vão tentar executar 29 planos de ataque aos equipamentos da urna eletrônica. O teste é um procedimento de praxe realizado desde 2009.

As tentativas de burlar o sistema de segurança ocorrem com a disponibilização do código-fonte, procedimento no qual o tribunal entrega aos participantes a chave da programação das máquinas que compõem a urna, como os componentes que realizam o recebimento, a transmissão e a apuração dos votos.

O plano de ataque prevê tentativas de violação do sigilo do voto, identificação de sinais eletromagnéticos a distância, captura de sinais elétricos nas entradas externas e identificação sonora das teclas pressionadas.

De acordo com o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, o tribunal abre o acesso ao código-fonte e permite a realização de planos de ataque para descobrir vulnerabilidades do sistema.

“Isso é o teste público de segurança. É nós aprimorarmos os sistemas mediante ataque de pessoas físicas, instituições, hackers do bem, que queiram tentar vulnerar as diferentes camadas de proteção do sistema. É uma parceria com a sociedade, não é um confronto”, explicou.

Segundo Barroso, se vulnerabilidades forem encontradas, serão corrigidas, e haverá um novo teste para verificar se o sistema continua vulnerável.

“Basicamente, é levar a sério a crítica e a vulnerabilidade e procurar corrigi-las”, afirmou Barroso.

A primeira fase dos procedimentos de checagem da segurança da votação foi em outubro deste ano, quando o TSE realizou uma cerimônia de abertura dos códigos-fonte dos sistemas eleitorais.

inserir link < https://agenciabrasil.ebc.com.br/justica/noticia/2021-10/um-ano-antes-de-eleicao-tse-abre-codigo-fonte-de-urnas-eletronicas

Clorisa lança pré-candidatura ao Governo ao lado do presidenciável Cabo Daciolo

A servidora pública e ex-vereadora de Grossos, Clorisa Linhares (Brasil 35), realizou o lançamento de sua pré-candidatura ao Governo do Estado em evento que reuniu centenas de apoiadores, e que contou a presença do presidenciável Cabo Daciolo, no Hotel Villa Oeste, na noite deste sábado, 20, em Mossoró.O evento também teve participação da presidente nacional do Brasil 35 Suêd Haidar, da presidente estadual Viviane Araújo, da presidente municipal Leodise Cruz, e demais lideranças de Mossoró e região, além de boa parte da imprensa estadual.

A pré-candidata falou sobre o projeto que deveria ter acontecido desde 2018, mas que não a permitiram se candidatar, ela destaca que nunca desistiu da disputa, “Clorisa não é mulher de desistir”, disse.

Ela comentou ainda sobre o atual cenário político do Estado.

– Recebi o convite do partido Brasil35, e avaliando os nomes que estão sendo postos para concorrer ao Governo, decidi aceitar. Dentro do atual quadro, não vejo um nome que possa realmente mudar a realidade do nosso Estado, porque a situação hoje é caótica e eu falo em todos os sentidos: saúde, segurança, educação e também precisamos melhor nossa situação econômica – frisou Clorisa

Já o presidenciável Cabo Daciolo, ao ser questionado em coletiva sobre a possibilidade de ser uma terceira via na disputa presidencial, logo descartou.

– Estamos aqui para ser a primeira via – disse ele.

E a convite da pré-candidata, Cabo Daciolo prometeu voltar ao Estado do RN, onde subirá no palanque de Clorisa Linhares durante o período de campanha.

Por fim, a pré-candidata agradeceu a todos que prestigiaram o evento, e deixou o seu recado.

– Precisamos mudar a forma de fazer campanha. Estamos acostumados a ver no estado o coronelismo. Se você observar a forma como é feita a politica em nosso estado, existe o curral eleitoral. São pessoas indo para os interiores pegando lideranças para trazer votos e se eleger. Todas as minhas campanhas sempre tento fazer diferente, e não comprando votos. Portanto, precisamos fazer diferente, precisamos dá uma nova opção ao nosso povo, e estamos aqui pra isso – concluiu.

Fonte: RN NOTÍCIA

QUAL A SUA OPINIÃO? Para quase 60% dos eleitores, Moro não deveria tentar o Planalto em 2022

Levantamento nacional realizado pelo Paraná Pesquisa aponta que 57,7% dos entrevistados o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro não deveria se candidatar à Presidência da República, ao responderem à pergunta “O ex-ministro Sérgio Moro deve ser candidato a presidente?”.

Reprodução

De todos os entrevistados, apenas 35,5% afirmam que ele deve, sim, disputar a sucessão do presidente Jair Bolsonaro, confirmando apoio ao anúncio da candidatura pelo Podemos, previsto para o próximo dia 19.https://69b35ebff1869b8a0b518217c31cd397.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html?n=0

O ex-juiz federal, que se celebrizou no comando da Operação Lava Jato, tem na região Sul o maior apoio à sua decisão de disputar o Palácio do Planalto, com 42,7% dos entrevistados, mas, ainda assim, a maioria (52,6%) acha que ele não deve fazer isso.

Com sua candidatura temida e rejeitada pelos dois extremos na corrida presidencial, tanto de apoiadores de Bolsonaro quanto de Lula, o ex-ministro da Justiça tem entre os eleitores mais jovens, de 18 a 24 anos, o maior percentual  de “não” à sua candidatura: 62,1%.

Diário do Poder

Benes desmente Eudiane e diz que segue pré-candidato ao Governo

O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos) negou nesta quinta-feira (21) que tenha desistido de ser candidato a governador do Rio Grande do Norte nas eleições de 2022. A informação sobre a desistência foi publicada pelo jornal Agora RN com base em uma entrevista concedida pela deputada Eudiane Macedo (Republicanos) ao veículo.

“Continuo pré-candidato a governador, não tive nenhuma reunião nem com a deputada Eudiane nem com ninguém tratando sobre este assunto e tenho reiterado que tenho colocado meu nome à disposição do grupo se for do consenso e entendimento de todos”, disse o parlamentar, ao negar a informação dita pela deputada.

Eudiane havia declarado na entrevista que o seu partido, o Republicanos, ‘tinha o presidente Benes Leocádio como pré-candidato a governador, mas como ele desistiu, não vai ser mais candidato, a minha intenção é de acompanhar a reeleição da governadora’ Fátima Bezerra (PT).

Após a repercussão, Benes afirmou que não tomou nenhuma decisão sobre esse assunto e segue pré-candidato. “Continuo fazendo meu trabalho como deputado federal e estou à disposição dos potiguares e daqueles que acreditam numa mudança para o que estamos vendo no governo do Rio Grande do Norte”, finaliza.

Eleições 2022: Podemos define filiação de Moro para novembro

O Podemos planeja para novembro a filiação do ex-ministro da Justiça Sergio Moro e o lançamento oficial de sua candidatura a presidente da República. A ideia do partido é “prender o rabo” de Moro, considerado um dos heróis da Lava Jato, antes que outro partido o alicie.

Sérgio Moro – Presidenciável

O ex-juiz reside no exterior, mas, como seu nome aparece bem em pesquisas sobre presidenciáveis, ele resolveu pensar seriamente no assunto.

Questão de ajuste

Por enquanto, somente há consenso em relação ao mês de novembro, mas há divergências quanto à definição do dia da festa de filiação.

Afinidade política

A opção de Moro pelo Podemos atenderá a convite do conterrâneo e senador Alvaro Dias (PR). Há entre eles admiração recíproca.

Estrutura pequena

O Podemos tem hoje dez deputados federais, nove senadores e 99 prefeitos. Vai precisar formar alianças para aumentar o tempo de TV.

Políticos indóceis

A grande dificuldade do Podemos é que Moro é mal-visto pelos políticos, que em geral o detestam pelas noites indormidas durante a Lava Jato.

PESQUISA SETA/BG – SENADO ESTIMULADA/CENÁRIO 2: Fábio Faria lidera com 12,3%, seguido de Rogério Marinho com 8,1%

Outro ponto pesquisado pelo instituto Seta, divulgado pelo Blog do BG, foi a disputa pela única vaga do Senado Federal nas próximas eleições. No quesito estimulado, o ministro das Comunicações Fábio Faria se destaca seguido do Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Para a realização da pesquisa em parceria com o Blog do BG, o instituto Seta entrevistou 1500 eleitores de todas as regiões do Rio Grande do Norte entre os dias 25 e 27 de setembro. Os resultados foram calculados com intervalo de confiança de 95% e com margem de erro de 2,9% para mais ou para menos.

BG

PESQUISA SETA – SENADO ESTIMULADA CENÁRIO 1: Fábio Faria lidera corrida para o Senado com 11.4%, seguido de Carlos Eduardo com 11.3%

Outro ponto pesquisado pelo instituto Seta, divulgado pelo Blog do BG, foi a disputa pela única vaga do Senado Federal nas próximas eleições. No quesito estimulado, o ministro das Comunicações Fábio Faria se destaca seguido de Carlos Eduardo e Rosalba.

Para a realização da pesquisa em parceria com o Blog do BG, o instituto Seta entrevistou 1500 eleitores de todas as regiões do Rio Grande do Norte entre os dias 25 e 27 de setembro. Os resultados foram calculados com intervalo de confiança de 95% e com margem de erro de 2,9% para mais ou para menos.

BG

PESQUISA SETA/BG – GOVERNO ESTIMULADA: Fátima tem 33,8%; Carlos, 21,1%; e Styvenson, 12,2%

A pesquisa do instituto Seta também quis saber da população a intenção de votos deles para o Governo do Estado, sendo feita de forma estimulda, quanto de forma espontânea. Na estimulada, que é aquela em que o eleitor tem acesso aos nomes dos pré-candiatos em uma cartela em formato de rodízio, a governadora Fátima Bezerra lidera com 33,8% das intenções de voto.

O ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves aparece em segundo com 21,1%. Ele é seguido pelo senador Styvenson Valentim com 12,2%. Benes Leocário aparece com 3,3%.

O senador Styvenson Valentim ainda aparece acima da marge de erro com 6%. Indecisos somaram 49,1% e brancos e nulos, 11,3%.

Para a realização da pesquisa em parceria com o Blog do BG, o instituto Seta entrevistou 1500 eleitores de todas as regiões do Rio Grande do Norte entre os dias 25 e 27 de setembro. Os resultados foram calculados com intervalo de confiança de 95% e com margem de erro de 2,9% para mais ou para menos.