Avião com corpo de Gugu Liberato chega ao aeroporto de Viracopos

O corpo do apresentador será velado na Assembleia Legislativa de São Paulo, e o enterro acontecerá nesta sexta-feira (29) no cemitério Gethsêmani 

Do R7

28/11/2019 às 06h01 (Atualizado em 28/11/2019 às 06h45)

Avião pousou no aeroporto de Viracopos exatamente às 6h desta quinta-feira
Avião pousou no aeroporto de Viracopos exatamente às 6h desta quinta-feira

O avião que trouxe o corpo do apresentador Gugu Liberato pousou no aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo, às 6h desta quinta-feira. A aeronave, que também transportou familiares do comunicador, deixou Orlando, nos Estados Unidos, na noite desta quarta-feira. O apresentador morreu na última sexta-feira após sofrer uma queda em casa. 

O corpo de Gugu será velado, em caixão aberto, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), na zona sul de São Paulo. Batedores da Polícia Militar vão acompanhar o trajeto de Viracopos até a Assembleia Legislativa.  A previsão é que o corpo chegue na Alesp por volta das 10h. Inicialmente somente familiares e amigos mais próximos poderão acompanhar o velório. O público poderá se despedir do apresentador a partir do meio-dia e se estende até as 10h desta sexta-feira. 

Veja também: Gugu foi disputado pessoalmente por Silvio e Roberto Marinho

Ao sair da Assembleia, o corpo seguirá em carro aberto do Corpo de Bombeiros até o cemitério Gethsêmani, no Morumbi, zona oeste da capital paulista, em um trajeto de cerca de 10 quilômetros. O enterrado acontecerá nesta sexta-feira, ao meio-dia. 

ACIDENTE

O apresentador Gugu Liberato, de 60 anos, morreu nesta sexta-feira (22), em Orlando, nos Estados Unidos. O comunicador da Record TV estava internado desde quarta no hospital Orlando Health, quando sofreu uma queda em casa e bateu a cabeça.

A informação foi confirmada em nota assinada por familiares e funcionários de Gugu e divulgada pela assessoria de imprensa do apresentador.

“Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato), aos 60 anos, em Orlando, Florida, Estados Unidos”, diz o texto.

Gugu abriu espaço para É o Tchan, Mamonas Assassinas e Shakira

A carreira de Gugu Liberato, de mais de 30 anos na televisão, sempre esteve ligada aos sucessos musicais. O apresentador,<b><a href="http://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/gugu-liberato-morre-aos-60-anos-nos-estados-unidos-22112019"> que morreu nesta sexta-feira (22)</a></b>, nos Estados Unidos, sempre recebeu nos palcos onde trabalhou os nomes mais famosos do cenário musical. O apresentador ainda surfou em ondas internacionais, lançando as boy-bands Polegar e Dominó ao estrelato
A carreira de Gugu Liberato, de mais de 30 anos na televisão, sempre esteve ligada aos sucessos musicais. O apresentador, que morreu nesta sexta-feira (22), nos Estados Unidos, sempre recebeu nos palcos onde trabalhou os nomes mais famosos do cenário musical. O apresentador ainda surfou em ondas internacionais, lançando as boy-bands Polegar e Dominó ao estrelato
Na década de 80 a banda Menudo gerou uma nova mania entre o público brasileiro. Shows lotados, fãs histéricos e inúmeras aparições na TV criaram um novo boom de "boy bands" no país
Na década de 80 a banda Menudo gerou uma nova mania entre o público brasileiro. Shows lotados, fãs histéricos e inúmeras aparições na TV criaram um novo boom de “boy bands” no país
Gugu se empolgou com a nova onda, chegando até a apresentar um especial sobre a turnê do Menudo pelo Brasil. O tino comercial do apresentador o levou a investir neste novo segmento
Gugu se empolgou com a nova onda, chegando até a apresentar um especial sobre a turnê do Menudo pelo Brasil. O tino comercial do apresentador o levou a investir neste novo segmento
O grupo Dominó foi uma das apostas de Gugu. A empresa Promoart, do apresentador, realizou testes por todo o país com jovens entre 14 e 15 anos até encontrar a formação original. No total, foram 6 milhões de álbuns vendidos e sucessos que incluem <i>Ela Não Gosta de Mim</i>, <i>Companheiro</i>, <i>'P' da Vida</i>, <i>Manequim</i> e <i>Com Todos Menos Comigo</i>
O grupo Dominó foi uma das apostas de Gugu. A empresa Promoart, do apresentador, realizou testes por todo o país com jovens entre 14 e 15 anos até encontrar a formação original. No total, foram 6 milhões de álbuns vendidos e sucessos que incluem Ela Não Gosta de MimCompanheiro‘P’ da VidaManequim e Com Todos Menos Comigo
Outro grupo que carregou multidões foi o Polegar. O sucesso foi tão grande que as apresentações batiam recorde de público em quase todas as cidades que visitavam. Na TV, Gugu recebia no palco os jovens para que cantassem os hits como <i>Dá pra Mim</i>, <i>Ando Falando Sozinho</i>, <i>Sou Como Sou</i> e <i>Ela não Liga</i>
Outro grupo que carregou multidões foi o Polegar. O sucesso foi tão grande que as apresentações batiam recorde de público em quase todas as cidades que visitavam. Na TV, Gugu recebia no palco os jovens para que cantassem os hits como Dá pra MimAndo Falando SozinhoSou Como Sou e Ela não Liga
Mas não foram somente as bandas da qual era empresário que se beneficiaram do espaço nos programas de Gugu. Os paulistas do Mamonas Assassinas se apresentavam com frequência no palco e ganharam uma legião de fãs Brasil afora. O programa em que o apresentador anunciou a morte do grupo registrou um recorde de 47 pontos de audiência
Mas não foram somente as bandas da qual era empresário que se beneficiaram do espaço nos programas de Gugu. Os paulistas do Mamonas Assassinas se apresentavam com frequência no palco e ganharam uma legião de fãs Brasil afora. O programa em que o apresentador anunciou a morte do grupo registrou um recorde de 47 pontos de audiência
Outra figurinha carimbada nos programas do apresentador era o grupo É o Tchan
Outra figurinha carimbada nos programas do apresentador era o grupo É o Tchan
Na década de 90, foi a vez de uma colombiana, até então morena, se apresentar ao vivo no palco do Gugu 
Na década de 90, foi a vez de uma colombiana, até então morena, se apresentar ao vivo no palco do Gugu