Copa do Brasil: noite de eliminações de equipes gaúchas

Jogando em casa, Esportivo, Santa Cruz e Caxias não resistem

Publicado em 17/03/2021 – 23:35 Por Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo

A noite desta quarta-feira (17) foi muito ruim para o futebol gaúcho na Copa do Brasil. Apesar de jogarem em casa, Esportivo, Santa Cruz e Caxias não conseguiram vencer os adversários e ficaram pelo caminho logo na estreia.

Atuando no estádio Centenário, o Caxias perdeu de 1 a 0 para o Fortaleza. O gol do Leão saiu logo aos cinco minutos. O atacante David foi lançado nas costas da zaga gaúcha e não perdeu a oportunidade. Agora, o time do Ceará aguarda na segunda fase o vencedor do duelo entre Penarol, do Amazonas, e Ypiranga, do Rio Grande do Sul. A partida acontecerá na próxima quinta-feira (18), às 20h (horário de Brasília), na Arena Amazônia.

Remo vence na Serra Gaúcha

Mesmo jogando no estádio Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, o Remo derrotou o Esportivo por 2 a 0. A primeira vez que as redes balançaram foi aos 20 minutos da etapa inicial. O meia Felipe Gedoz recebeu bom passe da direita e, da marca do pênalti, colocou os paraenses na frente.

Provando que a noite não era dos gaúchos, o Esportivo teve um pênalti aos 35 minutos. Wesley cobrou forte no canto, mas o goleiro Thiago Rodrigues foi lá e defendeu. Depois, na reta final do jogo, o Remo matou a partida. Aos 41, o atacante Lucas Tocantins mandou para o fundo do gol adversário aproveitando o rebote do goleiro gaúcho. Na próxima fase, o Remo enfrentará o CSA. O mando de campo será dos alagoanos, mas a data do confronto ainda não foi definida. Nesta etapa, quem vencer leva a vaga. Em caso de empate, a decisão vai para os pênaltis.

Joinville empata e segue adiante

Já no estádio dos Plátanos, o Santa Cruz não conseguiu sair do 0 a 0 contra o Joinville. Pelo regulamento, nessa primeira fase, o visitante só é eliminado em caso de derrota. Dessa forma, o time de Santa Catarina garantiu a vaga. Restou ao Santa Cruz ficar com a cota de R$ 560 mil. Além desse valor, o Joinville levou mais R$ 675 mil. Na próxima etapa do torneio, o time do sul do Brasil receberá o Atlético Goianiense.

Copa do Brasil: Palmeiras e Grêmio decidem último campeão de 2020

Verdão tem a vantagem do empate. Tricolor tem de ganhar por dois gols

Publicado em 07/03/2021 – 07:00 Por Lincoln Chaves – Repórter da Tv Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo

O último campeão da temporada 2020 será conhecido neste domingo (7). A partir das 18h (horário de Brasília), Palmeiras e Grêmio fazem o segundo jogo do confronto decisivo da Copa do Brasil no Allianz Parque, em São Paulo. O duelo será transmitido pela Rádio Nacional, com narração de André Marques, comentários de Waldir Luiz, reportagens de Maurício Costa e plantão esportivo de Luiz Ferreira.

Dono de três títulos da Copa do Brasil, o Verdão tem a vantagem do empate por ter vencido o jogo de ida, há uma semana, na Arena gremista, por 1 a 0, com gol do zagueiro Gustavo Gómez. O Tricolor tem de vencer por dois ou mais gols de diferença para chegar, no tempo normal, à sexta taça da competição. Em caso de vitória gaúcha por um gol de saldo, igualando o placar agregado, a decisão será nos pênaltis.

No Palmeiras, o zagueiro Luan, expulso na partida de ida por falta dura cometida no atacante Diego Souza, é o único desfalque. O técnico Abel Ferreira, por sua vez, tem as voltas do volante Patrick de Paula, que se recuperou do novo coronavírus (covid-19), e do zagueiro Benjamin Kuscevic, que tratou uma lesão no quadril. O chileno disputa o lugar deixado por Luan com Alan Empereur.

O provável Verdão neste domingo terá: Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Alan Empereur (Benjamin Kuscevic) e Matías Viña; Felipe Melo, Zé Rafael e Raphael Veiga; Wesley, Rony e Luiz Adriano.

Do lado gremista, o técnico Renato Portaluppi, que renovou contrato na última sexta-feira (5), não tem o zagueiro Pedro Geromel, contundido. Na partida de ida, Paulo Miranda foi o escolhido para jogar ao lado de Walter Kannemann. Outras dúvidas estão no gol (Paulo Victor ou Vanderlei), na lateral direita (Victor Ferraz ou Vanderson), no meio-campo (Jean Pyerre ou Lucas Silva) e no ataque (Alisson ou Ferreirinha).

O Tricolor deve atuar com: Paulo Victor (Vanderlei); Victor Ferraz (Vanderson), Paulo Miranda, Walter Kannemann e Diogo Barbosa; Maicon, Matheus Henrique e Jean Pyerre (Lucas Silva); Alisson (Ferreirinha), Pepê e Diego Souza.

Campanhas

Tanto Palmeiras quanto Grêmio iniciaram a Copa do Brasil direto nas oitavas de final, por também estarem envolvidos com a Libertadores na temporada 2020. O Verdão passou por Red Bull Bragantino (3 a 1 e 1 a 0), Ceará (3 a 0 e 2 a 2) e América-MG (1 a 1 e 2 a 0). Os gaúchos deixaram para trás Juventude (1 a 0 e 1 a 0), Cuiabá (2 a 1 e 2 a 0) e São Paulo (1 a 0 e 0 a 0). Os principais artilheiros de ambos os times contabilizam quatro gols até o momento: o meia Raphael Veiga, do lado alviverde, e Diego Souza, do lado tricolor.

Fluminense de olho

A final deste domingo interessa diretamente ao Fluminense, que terminou a edição 2020 do Campeonato Brasileiro em quinto. O Tricolor carioca torce pelo título alviverde, que abre uma quinta vaga direta, via Brasileirão, à fase de grupos da próxima Libertadores, já que o Verdão é o atual campeão do torneio sul-americano. Caso dê Grêmio, o clube das Laranjeiras terá que disputar a fase preliminar da competição continental.

Os gaúchos, por sua vez, só se garantem na fase de grupos da Libertadores em caso de título da Copa do Brasil. Como terminaram o Brasileiro em sexto, os gremistas disputarão a fase preliminar se não levantarem a taça no Allianz Parque.

Década de mata-matas

É a quarta vez na década que Palmeiras e Grêmio se enfrentam em confrontos de mata-mata. Em 2012, na campanha do segundo título da Copa do Brasil, o Verdão eliminou o Tricolor nas semifinais ao vencer por 2 a 0 em Porto Alegre (no Olímpico, antiga casa do time gaúcho) e segurar o empate por 1 a 1, na Arena Barueri. Os gremistas deram o troco em 2016, quando foram campeões pela última vez. Nas quartas de final, ganharam por 2 a 1 em casa e empataram por 1 a 1 em São Paulo.

O embate mais recente foi pelas quartas de final da Libertadores de 2019. O Palmeiras venceu na Arena do Grêmio por 1 a 0. No Pacaembu, na capital paulista, o Tricolor ganhou por 2 a 1 e levou a vaga pelo critério dos gols marcados fora de casa.

Apesar do histórico recente em duelos eliminatórios ser positivo aos gaúchos, o retrospecto do confronto é favorável aos paulistas. Em 100 partidas, são 42 vitórias do Verdão contra 21 do Tricolor e 37 empates, com 142 gols alviverdes e 104 gremistas.

Grêmio e Palmeiras começam a decidir Copa do Brasil em Porto Alegre

Rádio Nacional transmite o jogo a partir das 20h30 deste domingo

Publicado em 28/02/2021 – 08:00 Por Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo

Neste domingo (28), a partir das 21 horas (horário de Brasília), Grêmio e Palmeiras começam a decidir a Copa do Brasil da temporada 2020. A partida de ida da grande final será disputada na Arena Tricolor, em Porto Alegre.

O time do sul do Brasil, comandado pelo técnico Renato Portaluppi, busca o sexto título da competição para se igualar ao Cruzeiro como o maior vencedor do torneio e se garantir na fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores da América. Já o Palmeiras busca o tetracampeonato do torneio e o terceiro título da temporada, depois de vencer o Campeonato Estadual e a Copa Libertadores da América. Outro objetivo importante da equipe do técnico português Abel Ferreira é se recuperar da campanha abaixo do esperado no Mundial de clubes. No torneio realizado no Catar, o time paulista foi apenas o quarto colocado.

Em relação à escalação que vai a campo logo mais, os gaúchos, que usaram uma equipe completamente reserva na última rodada do Brasileiro, quando perderam para o Bragantino por 1 a 0 na última quinta-feira (25), ainda têm algumas dúvidas. No gol, Paulo Victor deve ganhar a vaga de titular de Vanderlei. Paulo Miranda ou Rodrigues disputam o lugar do lesionado Geromel. Maicon e Matheus Henrique são considerados titulares, mas não têm presença garantida. Outra dúvida do técnico gremista é a utilização do meia Jean Pyerre ou do volante Lucas Silva. Assim, um possível Grêmio tem: Paulo Victor; Victor Ferraz, Paulo Miranda, Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique (Darlan), Maicon (Thaciano) e Jean Pyerre (Lucas Silva); Alisson, Pepê e Diego Souza.

Os paulistas também usaram uma equipe suplente no último jogo do Brasileiro, a derrota por 2 a 0 para o Atlético Mineiro em Belo Horizonte. Para a decisão da noite deste domingo, Abel Ferreira vai contar com com o volante Gabriel Menino e os atacantes Wesley e Gabriel Veron. Por outro lado, o atacante Breno Lopes, que já jogou pelo Juventude na Copa do Brasil, é desfalque. O volante Patrick de Paula, que testou positivo para o novo coronavírus (covid-19), também é ausência. Um provável Alviverde para o compromisso de logo mais tem: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Viña; Felipe Melo, Gabriel Menino e Raphael Veiga; Rony, William e Luiz Adriano.

A partida de volta está marcada para o próximo domingo (7), a partir das 18h, no Allianz Parque, em São Paulo. Em caso de empate na soma dos placares dos dois jogos, a decisão vai para a disputa de pênaltis.

Rivalidade histórica nos anos 1990

A decisão da Copa do Brasil de 2020 será o 13º confronto eliminatório, e a primeira final na história, entre os dois times. Porém, isso é apenas uma curiosidade, pois os dois times têm uma das mais acirradas rivalidades do futebol brasileiro. O auge desses confrontos ocorreu durante a década de 1990. Em números oficiais, o Palmeiras está na frente, com 38 vitórias, 20 derrotas e 33 empates. Porém, em mata-matas, os gaúchos levam vantagem. Eles possuem sete classificações contra cinco eliminações. São três duelos com sucesso dos paulistas na antiga Taça Brasil (em 1961, 1965 e 1967). No Campeonato Brasileiro, o Grêmio avançou em 1990 e em 1996, na campanha do título. Em Copas do Brasil, deu Grêmio em 1993, em 1995 e em 2016, quando o time de Porto Alegre acabou campeão, e o Palmeiras conseguiu a vaga em 1996 e em 2012, quando foi campeão. Em Copas Libertadores, o Tricolor passou em 1995, no caminho do título, e em 2019.

Transmissão da Rádio Nacional

Rádio Nacional transmite Grêmio e Palmeiras ao vivo com a narração de André Luiz Mendes, comentários de Mário Silva e plantão de Bruno Mendes. Você escuta, o Show de Bola Nacional, que começa às 20h30, aqui:

Veja a tabela da Copa do Brasil.

São Paulo e Flamengo duelam por vaga na semifinal da Copa do Brasil

Embate no Morumbi às 21h30 será transmitido pela Rádio Nacional

Publicado em 18/11/2020 – 07:00 Por Rafael Monteiro – Repórter da Rádio Nacional – Rio de Janeiro

O Estádio do Morumbi, na capital paulista, será palco na noite desta quarta-feira (18) de São Paulo x Flamengo, jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil.  O Tricolor entra em campo com a vantagem do empate para avançar às semifinais do torneio, já que venceu a partida de ida por 2 a 1 no Maracanã. Já o Rubro-Negro precisa vencer por dois gols de diferença para permanecer sonhando com o título. Caso os cariocas ganhem por apenas um gol de diferença, a definição da vaga será na cobrança de pênaltis. A partida, com início às 21h30 (horário de Brasília), terá transmissão da Rádio Nacional, com narração de  André Marques, comentários de Mário Silva, reportagem de Maurício Costa e plantão de Bruno Mendes.

Os donos da casa chegam embalados pelo momento positivo que vivem na temporada. Na última rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo chegou à terceira colocação na tabela, com dois pontos a menos em relação ao líder Atlético Mineiro. No entanto, os são paulinos têm dois jogos a menos que o Galo. Do outro lado, o Flamengo vive o momento mais delicado nesta temporada. Os cariocas não venceram nos últimos três jogos: perderam dois e empataram um..

Além da derrota pela Copa do Brasil na última quarta (11), o Flamengo já cruzou com o Tricolor Paulista este ano pelo Brasileirão. No primeiro turno, em 1° de novembro, a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz goleou o time carioca por 4 a 1 no Maracanã. O revés em casa foi uma das derrotas que contribuiu para a demissão do técnico catalão Domènec Torrent, substituído pelo atual treinador, o ex-goleiro Rogério Ceni.

Outros jogos

Mais três confrontos decidem semifinalistas da Copa do Brasil.  Mais cedo, às 16h30, Grêmio e Cuiabá medem forças em Porto Alegre. Como o Tricolor Gaúcho venceu o primeiro duelo por 2 a 1, a equipe de Renato Portaluppi passa de fase com um simples empate. Por outro lado, o Dourado só avança se vencer por dois gols de diferença. Entretanto, se os mato-grossenses vencerem por apenas um gol de vantagem, a decisão da vaga irá para as penalidades. 

O segundo desta quarta (18) será às 19h, com Ceará e Palmeiras, na Arena Castelão, em Fortaleza. O Verdão encaminhou a vaga no jogo de ida, ao vencer em casa o Vozão por 3 a 0 no primeiro jogo das quartas.  Mesmo se perder por dois gols de diferença, os paulistas se classificam às semifinais. Já o Ceará terá de vencer por quatro gols para avançar direto. Se o Vozão derrotar Alviverde por três gols de diferença, haverá disputa de pênaltis.

Às 21h30, o América Mineiro recebe o Internacional em Belo Horizonte e depende apenas de um empate para seguir na competição.. O Coelho construiu a vantagem no jogo de ida, em Porto Alegre, quando venceu o Colorado por 1 a 0. Já o time gaúcho só se classifica se ganhar por dois gols de diferença. Se a vitória da equipe do treinador Abel Braga for por apenas um gol de vantagem, a decisão da vaga será nas penalidades.