Campanha de Vacinação contra gripe terá nova etapa a partir de segunda

Meta é imunizar 36,1 milhões de pessoas, diz Ministério da Saúde

Publicado em 15/05/2020 – 12:58 Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil – Brasília

A terceira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe encerrará, neste domingo (17), a primeira de suas duas etapas tem como público-alvo, pessoas com deficiência; crianças de 6 meses a menores de 6 anos; gestantes e mães no pós-parto até 45 dias.

No caso das mães que se encontram no período pós-parto, o ministério informa ser necessária a apresentação de um documento que comprove o puerpério (certidão de nascimento, cartão da gestante, documento do hospital onde ocorreu o parto, entre outros).

A segunda etapa da terceira fase vai de 18 de maio até 5 de junho. Nela serão incluídos professores de escolas públicas e privadas e adultos de 55 a 59 anos de idade. A exemplo das demais fases, a meta do governo é vacinar pelo menos 90% de cada um desses grupos. Na terceira fase, a meta é imunizar 36,1 milhões de pessoas do grupo prioritário.

De acordo com o balanço mais atualizado do Ministério da Saúde, 60,5% do grupo prioritário havia sido vacinado contra a influenza nas duas primeiras fases da campanha, o que corresponde a um total de 39,6 milhões de doses da vacina aplicadas.

Para evitar sobreposição com relação ao número de pessoas vacinadas, o percentual divulgado pelo ministério não inclui os grupos de pessoas com comorbidades, membros das forças de segurança e salvamento, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transportes coletivos, trabalhadores portuários e o público relacionado com o sistema prisional, uma vez que, nesses quantitativos, o que se tem são estimativas populacionais.

“O quantitativo desse público é uma estimativa e pode haver sobreposição a partir de pessoas que integram diferentes grupos prioritários, por exemplo, ser caminhoneiro (público-alvo da segunda fase) e idoso (público-alvo da  primeira fase). Assim, é possível informar apenas o número de doses, de fato, aplicadas da vacina contra a gripe nestes grupos que foi 7,5 milhões”, explicou o Ministério da Saúde em e-mail enviado à Agência Brasil.

Fases anteriores

Em levantamento divulgado no início da semana, o ministério informou ter distribuído 63,2 milhões de doses da vacina. Até então, na segunda fase da campanha iniciada em 16 de abril e encerrada no dia 8 de maio, apenas 36% (ou 5,6 milhões de pessoas) do público-alvo foram vacinados. O número era 10 milhões inferior ao total de pessoas do grupo pretendido.

A segunda fase da campanha teve como público-alvo povos indígenas, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transportes coletivos, trabalhadores portuários, membros das forças de segurança e salvamento; pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Na primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação, dirigida a idosos com 60 anos ou mais e a trabalhadores da saúde, mais de 18,9 milhões de idosos foram vacinados, o que corresponde a 90,66% deste público.

MPRN lança campanha sobre prioridade no atendimento à pessoa idosa

Material será divulgado nas redes sociais da instituição para mobilizar a população sobre a promoção da proteção integral do idoso


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), em parceria com o Conselho Municipal do Idoso (CMI) lançou nesta quinta-feira (24), em suas redes sociais, a campanha Conheça a Prioridade no Atendimento à Pessoa Idosa. A proposta da ação acompanha campanha nacional deflagrada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, que adotou a temática do direito à prioridade do idoso, nos diversos atendimentos, por instituições públicas ou privadas. 

De acordo com Suely Magna de Carvalho Nobre Felipe, 42ª promotora de Justiça de Natal, a ideia é mobilizar a população para a promoção da proteção integral do idoso, com ênfase para o atendimento prioritário nos diversos atendimentos, por instituições públicas ou privadas. 

“A campanha tem a missão de conscientizar e sensibilizar os prestadores de serviços públicos e privados para o atendimento prioritário à pessoa idosa, em especial, aos maiores de 80 anos. Além disso, ela tem o seu viés pedagógico à medida em que leva ao conhecimento dos idosos e de toda a população, de forma pontual, os direitos a eles deferidos em lei, ao passo em que transmite orientações sobre onde buscar ajuda quando da constatação de violação desses direitos”, explica a promotora de Justiça. 

O órgão ministerial que tem atribuição especializada na defesa dos direitos coletivos dos idosos em Natal registra um número expressivo de violação aos direitos do idoso, em especial, o direito prioritário no atendimento. Várias demandas que envolvem esse tipo de violação tramitam na 42ª Promotoria de Justiça de Natal. Muitas recomendações foram expedidas nessa seara. “Em sua maioria, elas têm surtido bons efeitos, razão essa que nos faz acreditar na importância e eficácia da campanha, que deve ter um caráter de continuidade, indo além do mês de outubro”, enalteceu Suely Magna. 

O Ministério Público conta com o apoio da sociedade em geral para a consolidação de um trabalho de excelência visando a garantia da implementação das políticas públicas voltadas à concretização dos direitos do idoso. 

Confira o material disponibilizado em nossa conta do Instagram (@mprn_oficial).

Detran lança campanha e leva educação de trânsito ao interior do Estado

DETRAN/RN12 Jul 2019 06:14DETRAN/RN

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) lançou uma nova campanha educativa direcionada a conscientização da sociedade no sentido de transformar o trânsito num local seguro para todos os envolvidos.

A campanha que traz o conceito “Não Deixe o Trânsito lhe Transformar”, está sendo veiculada nos meios de comunicação de massa e as equipes da Subcoordenadoria de Educação do Detran já iniciam na próxima semana um cronograma de ações pedagógicas com foco nos municípios do interior do Estado.

As medidas de caráter educativo vão ser passadas por meio de abordagens em blitzen, distribuição de material informativo de segurança no trânsito, palestras e treinamentos direcionados a motociclistas. A primeira ação está programada para acontecer na cidade de Caicó, no próximo dia 18, onde instrutores do Detran vão realizar um treinamento gratuito de direção defensiva voltado a pessoas que utilizam a motocicleta como meio de transporte.

As intervenções de educação para o trânsito vão continuar no decorrer do mês com programação voltada as comemorações da Festa de Sant’Ana nas cidades de Caicó (19, 25, 26 e 27/07); Currais Novos (20/07); e Santana do Matos (25, 26 e 27/07). O trabalho educativo vai acontecer nas noites dos festejos e durante o dia na região onde são montadas as feirinhas que atraem uma grande circulação de pessoas.

O plano é abordar temas de segurança viária, principalmente os focados na perigosa mistura álcool e direção. A ideia é alertar os condutores para os perigos de dirigir alcoolizado, além de informar sobre as punições administrativas e criminais que são empregadas aos motoristas flagrados desrespeitando as normas estabelecidas na legislação referente a Lei Seca.

As ações educativas vão contar ainda com o teatro pedagógico onde atores encenam situações comumente encontradas no tráfego de veículos, além de levar música de maneira lúdica apresentando, por meio de paródias, temas importantes versando sobre segurança no trânsito.

Assessoria de Comunicação Detran/RN