Oficial: Maracanã será o palco da final da Libertadores 2020

Conmebol anunciou a escolha oficialmente após reunião do conselho nesta quinta-feira; Outros sete estádios estavam na disputa

Divulgação

O Maracanã será o palco da grande final da Libertadores 2020. O anúncio oficial foi feito pela Conmebol no início da tarde desta quinta-feira (17), após reunião do conselho da entidade sul-americana e a decisão já tem data marcada: 21 de novembro de 2020.

O Maracanã desbancou outros sete candidatos a sediar a decisão da competição. Desses, cinco eram em solo brasileiro. São eles: Arena Corinthians, Morumbi, Mineirão, Arena do Grêmio e Beira-Rio. Além do Nacional de Lima, no Peru, e Estádio Mário Kempes, na Argentina.

“As finais únicas da Libertadores e da Sul-Americana aumentaram a projeção e o alcance internacional do nosso futebol. Rio de Janeiro e Córdoba se converteram nos melhores anfitriões para acolher a grande família do futebol sul-americano”, disse Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

A Conmebol mudou o regulamento das suas competições e, a partir deste ano, a final da Libertadores será realizada em jogo único em um estádio definido antes do torneio começar. Em 2019, estreia do novo formato, o Estádio Nacional do Chile, em Santiago, será a sede da grande decisão.

A escolha pelo Rio de Janeiro como sede da final da Libertadores da próxima temporada passa, entre outros motivos, pelo fato do Maracanã ser um estádio icônico e que completará 70 anos em 2020. Além disso, a cidade é um ponto turístico e a Conmebol considerou satisfatória a experiência durante a Copa América. O estádio recebeu a grande final do torneio, entre Brasil e Peru.

Novo vídeo mostra prédio desabar sobre pessoas em Fortaleza

Edifício Andrea ruiu na terça-feira em uma área nobre de Fortaleza. Duas pessoas morreram e nove foram resgatadas com vida.

Por Valdir Almeida, G1 CE

16/10/2019 09h57  Atualizado há uma hora


Vídeo mostra primeiros momentos do desabamento em Fortaleza

Um novo vídeo divulgado nesta quarta-feira (16) mostra o momento em que o Edifício Andrea desabou, nesta terça em Fortaleza. Nas imagens, que podem ser vistas acima, é possível identificar cinco pessoas correndo no instante em que o prédio ruiu.

Segundo os bombeiros informaram na manhã desta quarta, o desabamento, em área nobre da capital cearense, deixou ao menos dois mortos. Nove pessoas seguem desaparecidas e nove foram resgatadas com vida.

O vídeo registra o momento em que um homem, do lado de fora do prédio, percebeu o desabamento e conseguiu fugir correndo. Logo depois, uma enorme nuvem de poeira cobriu todo o ambiente.

Até a última atualização desta reportagem, não havia informação sobre se as pessoas que aparecem nas imagens dentro condomínio estão entre os feridos ou desaparecidos.

homem que aparece do lado de fora correndo do desabamento é o vigilante Vando Pereira, que trabalha em uma loja vizinha ao edifício.

“Eu estava sentado trabalhando na frente do prédio. Ouvi um estalo grande, quando eu olhei e vi a poeira. De repente, saí correndo, e, graças a Deus, consegui sobreviver”, disse o vigilante.

O vigilante disse que, após o desmoronamento, os destroços do prédio ficaram espalhados por toda a rua. Houve correria também de pessoas que estavam no entorno das vias próximas ao edifício.

“Conseguimos sair correndo. Eu estava sentado. É muito tranquilo aqui. Minha rotina é sempre muito tranquila, pois tem mais é idoso no prédio. Eu vi só os estragos, caindo tudo, pois estava mesmo debaixo. Foi muito rápido, rápido demais. Não sei nem como estou aqui”, lembrou Vando.

Imagem impressionante mostra o momento em que o Edifício Andrea desmorona em Fortaleza. — Foto: Reprodução/SVM
Imagem impressionante mostra o momento em que o Edifício Andrea desmorona em Fortaleza. — Foto: Reprodução/SVM

O que se sabe até agora

  • Edifício Andrea desabou às 10h28
  • A primeira morte foi confirmada às 23h55 de terça, e a segunda, na manhã desta quarta
  • Ao menos nove pessoas foram resgatadas com vida
  • Até o início da manhã desta quarta, nove pessoas seguiam desaparecidas
  • Ruas no entorno do edifício foram bloqueadas
  • O prédio ficava no cruzamento na Rua Tibúrcio Cavalcante com Rua Tomás Acioli
  • O edifício ficava a cerca de 3 quilômetros da Praia de Iracema, região turística da capital cearense
Bombeiros trabalham na busca por sobreviventes nos escombros do prédio que desabou em Fortaleza — Foto: José Leomar/Diário do Nordeste
Bombeiros trabalham na busca por sobreviventes nos escombros do prédio que desabou em Fortaleza — Foto: José Leomar/Diário do Nordeste

O governo do Ceará e a prefeitura de Fortaleza informaram, por meio de nota, que o resgate às vítimas do desabamento se mantém ininterrupto desde o início dos trabalhos.

Segundo a prefeitura, o prédio foi construído de maneira irregular, e, até 1995 havia uma casa no lugar do prédio, na Rua Tibúrcio Cavalcante. O primeiro imóvel teria sido erguido na década de 1970. A administração municipal informou, ainda, que não há registros oficiais do prédio.

No vídeo abaixo, o momento do desabamento pode ser visto por outro ângulo.

Vídeo mostra momento de desabamento de prédio em Fortaleza

Mapa mostra localização do Edifício Andrea, que desabou nesta terça-feira em Fortaleza — Foto: Juliane Souza/ G1
Mapa mostra localização do Edifício Andrea, que desabou nesta terça-feira em Fortaleza — Foto: Juliane Souza/ G1

Carro pega fogo na Avenida Roberto Freire, na Zona Sul de Natal

Caso aconteceu na manhã desta terça-feira (15), por volta das 10h. Corpo de Bombeiros foi acionado e controlou as chamas.

Por G1 RN

15/10/2019 11h35  Atualizado há uma hora


Corpo de Bombeiros controlou incêndio em carro durante a manhã desta terça-feira (15), em Natal. — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Corpo de Bombeiros controlou incêndio em carro durante a manhã desta terça-feira (15), em Natal. — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Um carro pegou fogo na avenida Roberto Freire, Zona Sul de Natal, por volta das 10h desta terça-feira (15). O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado para o local e controlou as chamas. Ninguém ficou ferido.

O veículo modelo Strada trafegava na via, que é um fica entre os bairros de Capim Macio e Ponta Negra, região turística da cidade, quando começou a pegar fogo.

Os ocupantes saíram do carro e acionaram o Corpo de Bombeiros, que enviou duas viaturas ao local.

A causa do incêndio ainda será apurada.

Bombeiro apaga chamas em carro que pegou fogo na Zona Sul de Natal — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Bombeiro apaga chamas em carro que pegou fogo na Zona Sul de Natal — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Prédio residencial desaba em Fortaleza

Moradores relatam que pessoas estão sob os escombros. Ruas no entorno do prédio foram isoladas.

Por G1 CE

15/10/2019 10h45  Atualizado há 2 minutos

Prédio residencial desaba no Bairro Dionísio Torres, em Fortaleza

Prédio desabou em área nobre de Fortaleza  — Foto: Reprodução/SVM
Prédio desabou em área nobre de Fortaleza — Foto: Reprodução/SVM

Prédio desaba em Fortaleza

Um prédio residencial desabou, na manhã desta terça-feira (15), no Bairro Dionísio Torres, área nobre de Fortaleza. O vídeo acima mostra os destroços momentos após a queda.

Testemunhas do desabamento relatam que viram pessoas dentro do edifício, no cruzamento na Rua Tibúrcio Cavalcante com Rua Tomás Acioli. Logo após o ocorrido, moradores saíram correndo de dentro do condomínio.

Segundo moradores do bairro, o prédio tinha sete andares, incluindo a cobertura. Algumas pessoas que passavam pelo local e que sofreram ferimentos foram encaminhadas para algumas clínicas próximas ao prédio.

“Eu estava em casa. Há 30 minutos ouvi um barulho forte. Como se fosse uma batida de caminhão, coisa do tipo. Em seguida ouvi um barulho desencadeado. Eu disse: não. Caiu alguma coisa. Desabou alguma coisa. Olhei pela janela e vi poeira muito forte e gente correndo”, disse Mário Ferreira, morador da região.

Prédio tinha sete andares. Não há informações sobre feridos. — Foto: Cinthia Freitas/G1 Ceará
Prédio tinha sete andares. Não há informações sobre feridos. — Foto: Cinthia Freitas/G1 Ceará

Segundo informações de moradores do bairro, o prédio tinha sete andares, incluindo a cobertura. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada ao local. Duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também estão no local.

O Corpo de Bombeiros pediu para que todos os moradores da região deixassem suas residências. Segundo os bombeiros, há risco de explosões devido a um possível vazamentos de gás, além do risco de choque elétrico devido aos fios de energia espalhados pela rua.

Por conta do desabamento, um trecho da Avenida Antônio Sales até a a Avenida Tomás Acioli ficou bloqueado.

Prédio que desabou em Fortaleza — Foto: Google/Reprodução
Prédio que desabou em Fortaleza — Foto: Google/Reprodução

Cirurgia de Rafinha é bem-sucedida, e lateral do Flamengo se reapresenta na quinta-feira

Jogador passou por procedimento nesta segunda-feira para corrigir fratura na face sofrida na partida diante do Athletico-PR no último domingo; ele terá alta nesta terça

Por GloboEsporte.com — Rio de Janeiro

14/10/2019 23h22  Atualizado há 50 minutos

A lesão de Rafinha, lateral-direito do Flamengo — Foto: Infoesporte
A lesão de Rafinha, lateral-direito do Flamengo — Foto: Infoesporte

A cirurgia para corrigir fratura na face de Rafinha foi realizada com sucesso na noite desta segunda-feira no Rio de Janeiro. O problema do lateral-direito do Flamengo foi no osso zigomático, também conhecido como “osso da bochecha”. O chefe do Departamento Médico do clube, Márcio Tannure, informou que o atleta terá alta nesta terça e se reapresentará na quinta. Não há previsão para retorno.

– A cirurgia do atleta Rafinha terminou agora. O procedimento foi bem-sucedido, a fratura foi reduzida, e a gente ficou satisfeito com o resultado. Ele tem alta na terça-feira de manhã, segue em casa até quinta-feira, quando se reapresenta no Centro de Treinamento do Flamengo para iniciar a fisioterapia. Lembrando que a gente não determina prazo de volta, porque cada atleta reage de uma maneira diferente. A gente vai avaliar como ele vai se recuperar e ver a evolução no dia a dia – disse Tannure.

Ele se machucou em choque com Rony, do Athletico-PR, ainda no primeiro tempo e foi substituído no intervalo. Augusto César, médico especialista em cirurgias na face, foi o responsável por fazer a avaliação de Rafinha e comandou o processo cirúrgico, que estava previsto para começar às 20h. O objetivo foi a fixação da fratura.

Não foi necessário utilizar placa ou parafuso, o que joga a favor da recuperação em tempo para dia 23. O Flamengo está otimista, mas só terá condição de saber na quinta-feira, quando o lateral será reavaliado.

Rafinha contra o Athletico-PR — Foto: Matheus Sebenello / Foto FC
Rafinha contra o Athletico-PR — Foto: Matheus Sebenello / Foto FC

Além de Rafinha, o Flamengo perdeu outros dois titulares para o jogo contra o Fortaleza, pelo Brasileiro, nesta quarta-feira, às 20h, no Castelão. Éverton Ribeiro e Bruno Henrique, suspensos por receberem o terceiro cartão amarelo, voltaram ao Rio. O lateral virou preocupação também para o jogo de volta da semifinal da Libertadores, contra o Grêmio, no dia 23 de outubro.

Por outro lado, o zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Gabigol voltam a ficar à disposição. Depois de defenderem a seleção brasileira em amistosos, se juntaram ao grupo rubro-negro em Fortaleza.

Ralf, do Corinthians, transfere idoso atropelado para hospital particular e faz visita

Volante presta assistência ao homem de 68 anos que foi atingido na noite da última sexta-feira

Por Bruno Cassucci — São Paulo 14/10/2019 18h13 Atualizado há 4 horas

O volante Ralf, do Corinthians, transferiu para um hospital particular o homem de 68 anos atropelado pelo carro dele na noite da última sexta-feira, na Zona Leste de São Paulo.

O serralheiro Alicio de Castro Gameleira estava internado na Santa Casa de Misericórdia e foi levado para o Hospital São Luiz. Além de arcar com todos os custos do atendimento hospitalar, Ralf visitou a vítima do atropelamento na tarde desta segunda-feira, após treino do Corinthians.

O homem atropelado quebrou o fêmur e o dedo polegar.

Ralf, volante do Corinthians, ao lado da família do idoso atropelado — Foto: Arquivo Pessoal

De acordo com Ralf, no momento do acidente o carro dele era dirigido por seu segurança. O veículo bateu em um ponto de ônibus, arremessando Alicio de Castro para longe, e foi parar no outro lado da rua, passando por dois portões de uma casa, sendo um de metal e outro de madeira.

Ralf alega que estava no banco de trás. O pai e o irmão do jogador também se encontravam no carro.

No último sábado, a Polícia Civil realizou uma perícia para descobrir quem era o condutor no momento da batida. Ralf também prestou depoimento.

O jogador não sofreu qualquer punição do Corinthians e foi reintegrado ao elenco na manhã desta segunda-feira. Ele pode voltar à equipe na quarta-feira, diante do Goiás, no estádio Serra Dourada.

Governo libera R$ 7,27 bi do Orçamento com recursos do petróleo

Contando com parte dos recursos do leilão do excedente da cessão onerosa, que ocorrerá no início de novembro, o governo liberou R$ 7,27 bilhões que estavam contingenciados (retidos) no Orçamento Geral da União de 2019. O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, anunciou o valor há pouco.

Governo libera R$ 7,27 bi do Orçamento com recursos do petróleo

Agência Brasil14/10/19 – 20h20 – Atualizado em 14/10/19 – 20h39

Para liberar os recursos, a equipe econômica considerou R$ 52,5 bilhões dos R$ 106,6 bilhões que deverão entrar nos cofres públicos com o leilão. Além disso, foi considerada a arrecadação de R$ 8,9 bilhões do leilão da 16ª rodada de concessões da Agência Nacional do Petróleo (ANP), ocorrido na última quinta-feira (11). Essas receitas extras compensaram a frustração de R$ 1,8 bilhão na arrecadação da Receita Federal registrada em setembro.

Os três fatores – cessão onerosa, leilão da ANP e frustração de receitas – reforçarão o caixa da União em R$ 59,906 bilhões em receitas líquidas. A liberação final para os órgãos do Poder Executivo ficou próxima dos R$ 7 bilhões porque o governo fará uma reserva de R$ 52,47 bilhões para ser paga à Petrobras e ser repartida com os estados e os municípios.

Apenas para o Poder Executivo, o governo liberará R$ 4,966 bilhões. Também serão liberados R$ 145,9 milhões para os Poderes Legislativo, Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública da União e R$ 2,156 bilhões para as emendas impositivas de parlamentares, totalizando R$ 7,268 bilhões.

Conservadorismo

Segundo Rodrigues, a liberação de recursos não considerou os R$ 7,8 bilhões do leilão de partilha da produção do pré-sal, previsto para ocorrer em 7 de novembro. O secretário explicou que a equipe econômica decidiu ser cautelosa nas estimativas com as receitas de petróleo no segundo semestre. “Se fosse considerado o leilão de partilha, o valor liberado poderia ser ainda maior, mas a gente decidiu ser conservador”, disse.

Em setembro, o governo tinha desbloqueado R$ 8,3 bilhões do Orçamento , a liberação de recursos na ocasião foi possível por causa da melhora na previsão para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, de 0,81% para 0,85%, neste ano, à expansão da arrecadação nos últimos meses e à antecipação de dividendos de empresas estatais.

Com a decisão de hoje, o total de despesas discricionárias (obrigatórias) desbloqueado para órgãos do Executivo Federal sobe para R$ 13,3 bilhões. Até julho, o bloqueio efetivo no Orçamento chegava a cerca de R$ 32 bilhões.

Venda de excedentes

Por meio da cessão onerosa, a União vende o direito de petroleiras explorarem o petróleo na camada pré-sal, sem licitação. Em 2010, a Petrobras pagou R$ 74,8 bilhões ao Tesouro Nacional para extrair até 5 bilhões de barris. Nos últimos anos, no entanto, descobriu-se que o pré-sal abriga até 15 bilhões de barris a mais do que o inicialmente previsto, o que requererá novo leilão.

Marcado para 6 de novembro, o leilão arrecadará R$ 106,6 bilhões e vai ofertar os excedentes em quatro áreas do pré-sal na Bacia de Santos: Atapu, Búzios, Itapu e Sépia. A Petrobras manifestou direito de preferência pelos campos de Búzios e Itapu, que renderá R$ 70 bilhões, dos quais 75% (R$ 52,5 bilhões) serão pagos ainda em 2019, e os 25% restantes (R$ 17,5 bilhões) serão pagos em 2020. A primeira parcela só será paga em 27 de dezembro.

Os R$ 36,6 bilhões restantes, sobre os quais a Petrobras não manifestou direito de preferência, não foram considerados na liberação de recursos. Esse valor cobre os campos de Sépia e Atapu, que serão leiloados à iniciativa privada.

Jovem Marcílio Segundo desponta como pré-candidato a vereador em Parnamirim

A revolução política que acontece nos últimos anos no país, causou muita desesperança em grande parte da população, mas fez com que jovens se coloquem a disposição em suas cidades.

Segunda-feira, 14/10/2019 17h21

Edvaldo Alves – Presidente do PTC estadual e Marcílio Segundo – Presidente do PTC Jovem de Parnamirim e do Estado

O jovem Marcílio Segundo, tem realizado uma série de visitas no município de Parnamirim e tem chamado a atenção nas redes sociais. O jovem, é filho do ex-sub-prefeito do município Marcílio Sena.

Militante político desde muito jovem, assumiu recentemente a presidência do PTC Jovem de Parnamirim e do Estado.

“Meu maior objetivo é poder levar para a população uma política com ideias construtivas e também despertar o interesse dos jovens pela política do bem, minha maior expectativa é ver a cidade crescer junto com a população”, declarou.

STF vai julgar prisão de condenados em segunda instância nesta quinta-feira

Se o plenário mudar de posição, as prisões voltariam a ser decretadas somente depois de analisados todos os recursos judiciais ao alcance do réu. Neste caso, o ex-presidente Lula poderia ser libertado

O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, durante sessão AILTON DE FREITAS / AGÊNCIA O GLOBO

POR CAROLINA BRÍGIDO E ANDRÉ DE SOUZA14/10/19 – 12h00 | Atualizado: 14/10/19 – 13h35

BRASÍLIA – O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, marcou para a próxima quinta-feira o julgamento das ações sobre a possibilidade de prisão de réus condenados em segunda instância. Desde 2016, o entendimento majoritário na Corte é de que a pena pode ser executada após decisão em segunda instância. A orientação agora poderá mudar. Existe a possibilidade de que o réu possa aguardar em liberdade por mais tempo. O julgamento será realizado em plenário, com os onze ministros.

SemiabertoQuatro pontos sobre o que está em jogo na recusa de Lula

Hoje, o entendimento do tribunal é que réus nessa condição possam ser submetidos ao cumprimento antecipado da pena. Se o plenário mudar de posição, as prisões voltariam a ser decretadas somente depois de analisados todos os recursos judiciais ao alcance do réu. Neste caso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderia ser libertado.

Entendaréus da Lava-Jato poderão ter a condenação anulada a partir do que foi decidido pelo STF?

Toffoli estudava uma data mais adequada para julgar os processos sobre segunda instância desde setembro do ano passado, quando tomou posse na presidência do STF. No fim do ano passado, chegou a dizer que agendaria os casos para antes da Páscoa, mas recuou da própria decisão. Agora, diante da pressão de colegas, disse a interlocutores que o momento é favorável para se debater o assunto em plenário.

Miríam Leitão : Aras defende prisão após condenação na 2ª instância

Além disso, há expectativa entre os ministros que a Segunda Turma da Corte, formada por cinco ministros, retome o julgamento de um recurso de Lula. Em junho, durante a análise do caso, o ministro Gilmar Mendes pediu vista e interrompeu a discussão. Ele poderá liberar o processo para julgamento ainda neste mês. Em seguida, caberá à presidente da turma, ministra Cármen Lúcia, agendar uma data.

Tudo sobre Lula:Mandatos, ações, prisão e personagens políticos

Os dois processos começaram a se movimentar nos bastidores um dia depois da divulgação da carta em que Lula afirma que não vai “barganhar” sua liberdade – ou seja, não vai aceitar migrar do regime fechado para o semiaberto. O ex-presidente aposta na mudança de entendimento do plenário sobre a segunda instância. E também na possibilidade de ter sua condenação anulada na Segunda Turma. No recurso, a defesa alega que o então juiz Sergio Moro não era isento o suficiente para conduzir os processos do ex-presidente.

Lava-Jato em xeque

A assessoria de imprensa de Toffoli informou na semana retrasada que não há nova data marcada para o julgamento da tese que busca amenizar o alcance da decisão que atinge sentenças da Lava-Jato.

Na última sessão sobre o assunto ficou definido que seria aprovada uma tese para criar parâmetros de fixação do entendimento firmado na semana passada, segundo o qual sentenças da Lava-Jato poderão ser anuladas se não tiver sido respeitada a ordem de alegação final dos réus. De acordo com o plenário, primeiro devem ser ouvidos delatores e, em seguida, delatados.

Depois da sessão, ministros começaram nos bastidores um movimento para não comparecerem à discussão, para que a tese não fosse aprovada. Parte desses ministros discorda da fixação de uma tese, para que juízes tenham a liberdade de decidir caso a caso. Outra parte gostaria até que o plenário fixasse uma tese, mas não necessariamente a sugerida por Toffoli.

O presidente do tribunal percebeu o risco de não obter maioria em torno da tese que ele propôs na tarde desta quarta-feira. Para ele, devem ser anuladas sentenças apenas se a defesa do réu recorreu da ordem de alegações finais desde a primeira instância. Os outros critérios seriam: demonstrar prejuízo com a ordem conjunta de alegações e também a homologação prévia da delação premiada.

Goleiro Bruno, acusado de matar Eliza Samúdio, volta ao futebol ovacionado por torcedores e com direito a selfie

Goleiro Bruno, acusado de matar a modelo Eliza Samúdio em 2010, volta ao futebol diante de um público de apenas 200 pessoas no amistoso entre o Poços de Caldas e o Independente Juruaia, no Sul de Minas, neste domingo (06/10).  Ingressos custaram R$ 10 e os torcedores ovacionaram o goleiro

Goleiro Bruno, acusado de matar Eliza Samúdio, volta ao futebol – foto: reprodução

O jogo marca a estreia de Bruno no time de Poços de Caldas. Goleiro só entrou em campo por decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. O juiz Tarciso Moreira de Souza, da Vara de Execuções Penais de Varginha, havia autorizado Bruno a participar do amistoso. Segundo a decisão, o goleiro poderá sair às 6h de sua casa, em Varginha, a 150 quilômetros de Poços, e retornar, em caráter excepcional, às 21h. O juiz levou em conta o parecer favorável do Ministério Público, relata o jornal Meia Hora, do Rio.

Para quem não acompanha o caso, Bruno cumpre pena em regime domiciliar semiaberto em Varginha, onde está desde abril de 2017. Goleiro conseguiu a progressão de pena em 19 de julho após uma decisão da 1.ª Vara Criminal e de Execuções Penais do município. As penas somam 20 anos e nove meses de prisão. Bruno foi condenado em março de 2013 pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samúdio e pelo sequestro e cárcere privado do filho, Bruninho.

Os 200 “curiosos”, que pagaram dez reais para acompanhar a volta de Bruno ao futebol, esperaram até o segundo tempo para ver o goleiro sair do banco de reservas e entrar no jogo. De acordo com relatos da imprensa local, ele foi pouco exigido e, mesmo assim, errou em alguns lances.

“Sem ritmo de jogo, o arqueiro errou duas saídas de bola em seus primeiros movimentos, mas não foi muito exigido pelo adversário. Sempre que uma bola era recuada para ele ou quando batia tiro de meta, os torcedores gritavam seu nome. Em certo momento do amistoso, o Poços de Caldas teve uma falta na entrada da área e o público pediu para Bruno cobrar. Mas, com o dedo, ele fez gesto de que não iria. Ovacionado em toda sua estreia, o goleiro sentiu um problema na coxa direita e explicou. “Me preparei 60 dias para jogar, senti uma lesão, mas não atrapalhou”, disse à beira do gramado – segundo relata o Meia Hora.

Por mais incrível que possa parecer, Bruno tirou selfies com torcedores e após o jogo retornou à Varginha no prazo estabelecido pela Justiça

“Tenho 34, a posição de goleiro ajuda, espero jogar muitos anos ainda. Meu contrato vai até janeiro, mas eu vou ter o tempo necessário para treinar, para poder resolver meus problemas pessoais. E, quem sabe, quando começar a competição, eu possa já ter ajustado esses detalhes”, disse o goleiro, após vitória do Poços contra Juruaia por 2 a 0.

Campanha nas redes sociais para volta do goleiro Bruno ao futebol:

chuteirafc.cartacapital