Dispensados pelo Flamengo, sobreviventes de incêndio no Ninho são convidados para teste no Vasco

Felipe Cardoso (meia), Wendel Alves (atacante), João Vitor Gasparin Torrezan (lateral-direito), Naydjel Callebe (zagueiro) e Caike Duarte Pereira da Silva não tiveram contrato renovado

Por Hector Werlang* — Rio de Janeiro

20/01/2020 18h38  Atualizado há 3 horas


O Vasco convidou para um período de teste os cinco jogadores que estavam no dia do incêndio no Ninho do Urubu e foram dispensados pelo Flamengo. Por ora, os meninos entre 14 e 16 anos, sobreviventes da tragédia de quase um ano atrás, ainda não deram certeza se vão aceitar o chamado do clube de São Januário.

Felipe Cardoso (meia), Wendel Alves (atacante), João Victor Gasparin (lateral-direito), Naydjel Callebe (zagueiro), Caike Duarte Pereira da Silva (meia) não tiveram o contrato de formação renovado. A decisão do Rubro-Negro foi comunicada a eles entre os dias 7 e 9 de janeiro. Na última sexta-feira, o Vasco entrou em contato.

O zagueiro Naydjel Callebe não teve contrato renovado no Flamengo — Foto: Reprodução
O zagueiro Naydjel Callebe não teve contrato renovado no Flamengo — Foto: Reprodução

– Assim que a gente teve notícia de que os atletas tinham sido dispensados do Flamengo, buscamos o contato dos responsáveis, entramos em contato e colocamos o Vasco à disposição para um período de treinos. É normal que atletas ao saírem de clube grande procurem ingressar diretamente em outros sem precisar de avaliação. A gente entende a expectativa que eles têm. A gente quis se colocar à disposição para, caso eles não consigam, tenham as portas do Vasco abertas – explicou Witor Bastos, coordenador de captação do Vasco, ao GloboEsporte.com, para completar:

– Eles terem saído do Flamengo não é demérito. É um clube de alto rendimento e os jovens podem oscilar. Mas a pressa que a gente teve de colocar o Vasco à disposição teve um caráter social. O Vasco tem essa parte social muito sensível sempre. Faz parte da essência e da história do clube. Não tem como fugir disso.

Homenagens deixadas em frente ao Ninho na época da tragédia — Foto: André Durão

Normalmente, o período de teste é de 15 dias no Vasco. Os meninos treinam e são avaliados pelos profissionais do clube. Ao término, recebem a notícia de aprovação ou não.

O GloboEsporte.com entrou em contato com Clara Boroski, a mãe de Naydjel Callebe. Ela confirmou o convite do Vasco, mas disse que a família ainda não decidiu o que fazer.

– Desde que o Vasco entrou em contato, estamos pensando. Ficamos muito abalados com a tragédia e as mortes dos meninos. Graças a Deus o meu filho não se machucou e ficou bem. Além disso, fomos pegos de surpresa pela decisão do Flamengo. Não entendemos. Vamos conversar e ver ainda o que fazer. Tem muita coisa para ser pensada – disse Clara.

Adriana Gasparin Torrezan, mãe de João Vitor Gasparin Torrezan, também confirmou ao GloboEsporte.com o contato do Vasco. Ela agradeceu, mas informou que o filho já havia combinado de fazer um teste em outro clube:

– Ele recebeu o convite, mas já tínhamos acertado o teste com outro clube. Ficamos felizes pelo convite do Vasco, mas teremos que aguardar.

A tragédia que deixou 10 meninos mortos no Ninho do Urubu completa um ano no próximo dia 8 de fevereiro.

Quem são os meninos dispensados pelo Flamengo e convidados pelo Vasco

  • Felipe Cardoso, meia de 16 anos, chegou ao Flamengo no início de 2019, após início no Santos. No dia da tragédia, ele conseguiu se salvar e ainda ajudou outros companheiros a fugir.
  • Wendel Alves, atacante de 15 anos. Assim como Felipe, chegou ao Flamengo dias antes do incêndio. Na ocasião, ele quebrou uma janela para ajudar os companheiros a fugir das chamas.
  • João Victor Gasparin, lateral-direito de 15 anos, chegou ao clube com 13 anos e passou a dormir no Ninho quando completou 14. No dia do incêndio, contou aos pais que, inicialmente, achou que o alerta dos amigos era uma brincadeira, mas conseguiu escapar em tempo.
  • Naydjel Calleb, zagueiro de 15 anos. Foi um dos últimos a conseguir escapar antes de o fogo tomar conta do alojamento.
  • Caike Duarte Pereira da Silva, meio-campista de 14 anos, conhecido como Paquetá, pela semelhança física com o ex-meia rubro-negro.

*Colaborou Fred Gomes

Palmeiras vai em busca de contratações para dar até “16 titulares” a Luxemburgo

Reforços serão pontuais, segundo o técnico, que quer manter um grupo enxuto

Por GloboEsporte.com — Orlando, Estados Unidos

19/01/2020 11h00  Atualizado há uma hora


Passado o período de se desfazer de alguns jogadores fora dos planos, o Palmeiras admite publicamente estar no mercado em busca de contratações. Serão poucas e certeiras, segundo o técnico Vanderlei Luxemburgo.

– Agora, temos um elenco enxuto, abrindo espaço para os jovens, e vamos em busca daquelas contratações de tiro certo, onde você precisa – disse Luxemburgo, no último sábado.

O treinador quer contratações certeiras por entender que não são muitas as carências do elenco. Além disso, não quer trabalhar com um grupo muito maior do que o atual.

Escalação titular do Palmeiras contra o New York City — Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Escalação titular do Palmeiras contra o New York City — Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Depois da vitória por 2 a 1 sobre o New York City, no encerramento do Torneio da Flórida, Luxemburgo afirmou que tem como ideia utilizar com frequência praticamente os mesmos jogadores.

– Você sabe que vai usar 15 a 16 jogadores quase que sempre, rodando. Os outros vão completando de acordo com cartões, com as coisas que acontecem na temporada. Mas entre 14 e 16 jogadores são os que vão estar sempre atuando – comentou.

Vanderlei Luxemburgo na partida contra o New York City — Foto: Cesar Greco / Ag Palmeiras
Vanderlei Luxemburgo na partida contra o New York City — Foto: Cesar Greco / Ag Palmeiras

Um deles é o atacante Willian. Único a entrar no intervalo na partida de sábado, ele foi decisivo para a vitória de virada, participando do primeiro gol e marcando o segundo.

Outro que deve ter oportunidade ao longo da temporada é Gabriel Veron. Apesar de o Palmeiras tentar a contratação de Rony, atacante do Athletico, o garoto de 17 anos é considerado uma grande promessa do clube e já fez dois gols ao estrear como profissional em 2019.

Cofres municipais recebem repasse do FPM no próximo dia 20; confira os valores

Na próxima segunda-feira, 20 de janeiro, os cofres dos Municípios de todo o país vão receber o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao segundo decêndio do mês de janeiro. O valor total corresponde a R$ 1.220.210.392,58, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção do Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, que inclui o Fundeb, o repasse chega a R$ 1.525.262.990,73

Dados da Secretaria do Tesouro Nacional mostram que, comparado ao mesmo decêndio do ano anterior, o número apresentou uma queda de 2,72%, desconsiderando os efeitos da inflação. Comparando o acumulado do mês o valor também apresentou queda, desta vez de 8,45%. Já o acumulado do ano, comparado ao mesmo período do ano anterior, o FPM também apresenta queda.

O total repassado aos Municípios no período de janeiro até o 2º decêndio de janeiro de 2020, apresenta um a queda de 8,45%, sem considerar os efeitos da inflação, em relação ao mesmo período de 2019. Para o 2º decêndio, a base de cálculo corresponde aos dias 1º ao 10 do mês corrente. Esse decêndio geralmente é o menor do mês e representa em torno do 20% do valor esperado para o mês inteiro.

Orientações

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) reforça que o FPM, assim como a maioria das receitas do país, não apresenta distribuição uniforme. Deste modo, a entidade ressalta que os gestores municipais devem manter cautela em suas gestões e devem ficar atentos ao gerir os recursos municipais. Para tanto, é preciso que os gestores municipais tenham planejamento e reestruturem os compromissos financeiros das prefeituras para que seja possível o fechamento das contas.

Confira quanto seu Município vai receber de repasse no segundo decêndio do FPM de janeiro..

Da Agência CNM de Notícias

LEI: Presidente Bolsonaro sanciona lei que institui a carteira nacional do autista

Norma recebeu o nome de Romeo Mion, que tem transtorno do espectro autista, filho do apresentador de televisão Marcos Mion

Publicado em 10/01/2020 10h35

Presidente Bolsonaro sanciona lei que institui a carteira nacional do autista
Presidente da República, Jair Bolsonaro, recebe o apresentador, Marcos Mion, no gabinete Presidencial – Foto: Marcos Corrêa/PR

Lei 13.977, de 2020, que cria a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea). A norma recebeu o nome de “Lei Romeo Mion”, em referência ao filho do apresentador de televisão Marcos Mion que tem transtorno do espectro autista. A sanção foi publicada nesta quinta-feira (9), no Diário Oficial da União.

O texto altera a Lei Berenice Piana (12.764, 2012), que institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. De acordo com a nova lei, a Carteira deve assegurar aos portadores atenção integral, pronto atendimento e prioridade no atendimento e no acesso aos serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social.

Em sua conta nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro, comemorou a publicação. 

LEI ROMEO MION/Espectro Autista


– Sancionada hoje a Lei 13.977 (Romeo Mion), que cria Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea). A referida carteira é gratuita e garante prioridade nas áreas de saúde, educação e assistência social. pic.twitter.com/PbKFmYAK9j— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) January 8, 2020

Como funciona

A carteira será expedida pelos órgãos estaduais, distritais e municipais que executam a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. A família deve apresentar um requerimento acompanhado de relatório médico com a indicação do código da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID).

No requerimento, deve constar nome completo, filiação, local e data de nascimento, número da carteira de identidade, número de CPF, tipo sanguíneo, endereço residencial e telefone, além de foto 3×4, assinatura ou impressão digital do interessado. A lei também exige nome completo, documento de identificação, endereço residencial, telefone e e-mail do responsável legal ou do cuidador.

A Ciptea terá validade de cinco anos, mas a família deve manter atualizados os dados cadastrais do identificado. Sempre que a carteira for renovada, o número de identificação deve ser mantido, para permitir a contagem das pessoas com transtorno do espectro autista em todo o território nacional. A lei recomenda que os órgãos responsáveis pela emissão de documentos de identidade incluam nas cédulas informações sobre o transtorno do espectro autista.

Estrangeiros

Se o interessado for imigrante detentor de visto temporário ou de autorização de residência, residente fronteiriço ou solicitante de refúgio, deve apresentar a Cédula de Identidade de Estrangeiro, a Carteira de Registro Nacional Migratório ou o Documento Provisório de Registro Nacional Migratório. A nova norma também altera a Lei da Gratuidade dos Atos de Cidadania (9.265, de 1996) para prever que a emissão da Ciptea é gratuita, assim como já ocorre para documentos como título de eleitor, certificado de reservista e certidões de nascimento e de óbito.

Com informações da Agência Senado

Comissão aprova venda direta de etanol de usinas para postos de combustíveis

A Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (20) proposta que permite aos produtores de etanol vender o combustível diretamente para os postos de combustível.

Hoje, essa possibilidade é proibida por um artigo da Resolução 43/09, da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A norma estabelece que todo combustível deve passar por empresa distribuidora antes de chegar às bombas.

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Elias Vaz: “O consumidor será o melhor fiscal da qualidade do combustível, pois ele terá o direito de escolher”

O texto aprovado é o relatório do deputado Elias Vaz (PSB-GO) ao Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 978/18, do senador Otto Alencar (PSD-BA).

O projeto anula o artigo da resolução que proíbe a venda direta de etanol para os postos. O parecer do deputado recomendou a aprovação do PDC 978 e dos dois que tramitam apensados (916/18 e 955/18). Todos tratam do mesmo assunto.

Benefícios para o consumidor
Para o relator, a ANP não tem poderes para limitar a comercialização das usinas para os postos, o que só pode ser feito por lei. Vaz afirmou também que o fim da proibição traz benefícios para a sociedade, com a maior concorrência no mercado de combustíveis e, consequentemente, menor preço para os consumidores.

Ele disse ainda que os postos não serão obrigados a comprar etanol apenas dos produtores. “Isso seria facultativo, não se acabaria com a atual sistemática”, afirmou. “O objetivo dessa proposição é abrir outra possibilidade para os produtores de etanol venderem o seu produto.”

Tramitação
O projeto será analisado agora pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). Depois seguirá para o Plenário da Câmara.

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Natalia Doederlein

Informações: camara.leg.br

Brisanet Telecomunicações abre 131 vagas de emprego no RN

A empresa de telecomunicações Brisanet abriu um processo seletivo para preencher 131 vagas de emprego em diversas funções, distribuídas pelas cidades de Natal, Parnamirim e Umarizal. A companhia tem atuação em diversos estados da região Nordeste.

Foto: Ilustração

O processo seletivo vai contratar profissionais para atuarem como Agente de Coleta, Agente de Almoxarifado, ASG, Supervisor Administrativo de Escritório, Reparador de Telecomunicações, Emendador de Cabos de Fibra Óptica, Instalador de Telecomunicações, Promotor de Vendas e Consultor de Vendas Corporativo.

Os detalhes de cada vaga e inscrições podem ser feitas no link trabalheconosco.brisanet.com.br. Não é necessário possuir graduação específica na maioria das áreas. No entanto, ter CNH é um diferencial.

Com informações de Portal N10

IBGE anuncia 3,4 mil contratações temporárias para Censo 2020 no RN; edital é previsto para fevereiro

Resultado de seleção para 68 vagas no estado foi divulgado nesta sexta-feira (10). Novo edital deverá oferecer 3,4 mil vagas para recenseador e outros cargos.

Por G1 RN – 10 de janeiro de 2020

Mais de 3.478 pessoas deverão ser contratadas temporariamente para trabalhar no Censo Demográfico 2020 no Rio Grande do Norte, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado de uma seleção para 68 vagas foi divulgado nesta sexta-feira (10 pelo órgão. O próximo processo seletivo simplificado tem edital previsto para publicação em fevereiro, com 3.402 vagas.

Os processos seletivos começaram ano passado. Nesta sexta, a Fundação Getúlio Vargas divulgou o resultado final de uma seleção com os nomes de 32 coordenadores censitários de subárea e 36 agentes censitários operacionais que trabalharão em terras potiguares, bem como os candidatos aprovados em outros estados brasileiros (veja aqui). Todas as contratações para o censo são temporárias.

Apenas para recenseador, de acordo com o órgão, serão 2.888 vagas distribuídas nos 167 municípios potiguares. A exigência para o cargo é ensino fundamental completo. A remuneração é baseada na produção. Somente a capital potiguar deverá ter 729 vagas. Mossoró terá 236 recenseadores e Parnamirim, 217.

Além de recenseador, haverá 363 vagas para agente censitário supervisor, com retribuição mensal de R$ 1.700, e 151 vagas para agente censitário municipal com retribuição de R$ 2.100. Ambos os cargos têm como requisito o ensino médio.

Censo 2020

A operação do Censo Demográfico tem início em agosto e está prevista para ser encerrada até o final de outubro. Os 2.888 recenseadores visitarão todos os 1.054.122 domicílios potiguares para conseguir informações fundamentais para a formulação de políticas públicas, como: tipo de residência, a cor ou raça dos moradores, renda, alfabetização, como ocorre o acesso à água e outros tópicos.

No Brasil, são 71 milhões de residências. Além disso, o Censo 2020 vai atualizar o número da população brasileira.

Vagas no Censo 2020 no RN

Total: 3.478

Processo seletivo previsto para fevereiro de 2020 (publicação de edital):

• 2.888 recenseadores

• 363 agentes censitários supervisores

• IBGE publica resultado de seleção para 68 vagas e prevê mais 3,4 mil contratações para Censo 2020 no RNIBGE publica resultado de seleção para 68 vagas e prevê mais 3,4 mil contratações para Censo 2020 no RN151 agentes censitários municipais

Processo seletivo encerrado em janeiro de 2020

• 36 agentes censitários operacionais

• 32 coordenadores censitários de subárea

Processo seletivo encerrado em setembro de 2019

• 8 analistas censitários

CNM esclarece aplicação do reajuste do piso dos professores de 2020

O novo piso salarial nacional do magistério público da educação básica anunciado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, e previsto para ser pago neste ano, tem preocupado gestores municipais de todo o país. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) enumera algumas recomendações e esclarecimentos sobre a aplicação do reajuste do piso dos profissionais da educação básica.

No último dia 23 de dezembro de 2019 foi divulgada a Portaria Interministerial MEC/ME 3/2019, que trouxe nova estimativa da receita do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para 2019. A normativa define o valor mínimo nacional por aluno/ano dos anos iniciais do ensino fundamental urbano em R$ 3.440,29, em substituição ao valor de R$ 3.238,52 que fora estimado na Portaria Interministerial 7/2018.

Com base na nova estimativa de receita do Fundeb, o reajuste do piso salarial nacional do magistério público da educação básica para 2020 é de 12,84%. O valor passa dos R$ 2.557,74 em 2019 para R$ 2.886,15 em 2020, e deve ser pago aos profissionais com formação em nível médio, na modalidade normal, para a jornada de 40 horas semanais.

Com a finalidade de esclarecer as demandas dos Municípios quanto à aplicação do reajuste do piso dos professores, a Confederação reforça que a Lei determina que o piso nacional é o valor abaixo do qual não pode ser fixado o vencimento inicial da carreira inferior, a ser pago aos professores com formação em nível médio na modalidade normal. No entanto, a CNM explica que, se o Município pagou, no ano anterior, mais do que o valor do piso estabelecido para este ano, não está obrigado a conceder reajuste em igual percentual ao do piso salarial do magistério.

Valores

A partir de janeiro de 2020, o piso nacional dos professores é de R$ 2.886,15 para a jornada de trabalho de 40 horas semanais ou 200 horas mensais. No caso de carga horária de 30 horas semanais ou 150 horas mensais, o valor do piso fica estabelecido em R$ 2.164,61.

Na jornada de 25 horas semanais ou 125 horas mensais, o piso terá valor de R$ 1.803,84. Por fim, na jornada de 20 horas semanais ou 100 horas mensais o valor do piso é de R$ 1.443,07.

Leia mais
CNM mostra preocupação com estimativa de reajuste de 12,84% no piso dos professores

Da Agência CNM de Notícias

Foto: Cesar Brustolin/Prefeitura de Curitiba

Motorista que não pagou Taxa dos Bombeiros em 2019 vai ter que quitá-la para renovar documento em 2020 no RN

Em agosto passado, STF autorizou retomada da cobrança da taxa, que é de R$ 25 por ano. Cota precisará ser quitada para emissão de novo Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo.

Por Leonardo Erys, G1 RN

Veículos só terão documentos renovados com pagamento das taxas de 2019 e 2020

O motorista que não pagou a Taxa dos Bombeiros no ano passado, em função do imbróglio judicial que a suspendeu por alguns meses, vai precisar pagar a cota duas vezes em 2020 – ou seja, quitar a de 2019 e pagar a de 2020 – para renovar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo neste ano. A informação foi confirmada pelo Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran-RN) nesta sexta-feira (3), após liberação do calendário. O valor da taxa é de R$ 25 – o mesmo do ano passado.

Em 2019, a Taxa dos Bombeiros foi cobrada pela primeira vez para o licenciamento de veículos no Rio Grande do Norte. Após pedido do Ministério Público, o Tribunal de Justiça do RN suspendeu a cobrança no mês de março.

Em agosto, no entanto, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a retomada da cobrança, acatando um pedido requerido pelo Governo do RN. Dias depois, o Detran liberou a emissão do boleto para retomar o pagamento da taxa.

A Taxa de Proteção Contra Incêndio, Salvamento e Resgate em Via Pública (Taxa de Bombeiros) é destinada ao Fundo Especial de Reaparelhamento do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (Funrebom).

Duas taxas para retirar o CRLV em 2020

Durante o período em que a cobrança da taxa esteve suspensa, muitos motoristas do Rio Grande do Norte não precisaram pagá-la, respaldados pela decisão judicial. No entanto, esse valor, após a decisão do STF que a tornou constitucional, vai ser cobrado em 2020.

Segundo o Detran, quem teve emitido o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) de 2019, mesmo sem ter pago a taxa, não precisa se preocupar pois está em dia com as obrigações. No entanto, quando for renovar o CRLV, que é o documento do veículo, neste ano, será necessário pagar a Taxa dos Bombeiros do próprio ano e a de 2019. Quem já pagou a do ano anterior, só precisará pagar uma – ela segue no valor de R$ 25.

Apesar disso, alguns motoristas têm encontrado problemas, como é o caso do engenheiro civil Vinícius Aquino, de 34 anos. No último dia 20, ele foi parado em um blitz da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Macaíba e apresentou o CRLV.

O documento era de 2018 e, portanto, estava vencido. Ele, no entanto, havia pago o IPVA em cota única e o licenciamento, mas não havia buscado o novo documento. Quando os policiais foram consultar a regularidade do veículo no sistema, ele teve uma surpresa. “Eu estava tranquilo, porque sabia que estava tudo em dia. Mas quando o policial voltou, ele disse que constava uma taxa em aberto e por isso ia apreender o meu carro”, contou Vinícius.

A taxa que estava em dívida era exatamente a Taxa dos Bombeiros, que só foi autorizada pelo STF em agosto. “O meu vencimento foi em maio. Ao pagar o IPVA, a Taxa dos Bombeiros estava suspensa. Então, eu não paguei. E não vi muita repercussão em relação ao retorno dessa taxa. E assim seguiu e achei que estava legal”, falou Vinícius.

Vinícius Aquino ficou com o veículo apreendido por três dias, porque não conseguiu pagar a Taxa dos Bombeiros e emitir o novo CRLV no mesmo dia. “Uma taxa de R$ 25 se tornou num prejuízo de R$ 372, já que foram três diárias e a taxa de reboque do Detran”, disse.

Calendário de licenciamento

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) publicou, nesta sexta-feira (3), o calendário de pagamento das taxas de licenciamento de veículos em 2020. O valor é de R$ 90 independentemente do ano ou categoria do transporte.

https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2019/12/30/ipva-2020-confira-calendario-de-pagamento-2020-no-rn.ghtml

Os pagamentos vão de fevereiro a junho, de acordo com o número final da placa. O estado tem 1.342.000 veículos registrados, segundo o órgão.

Renúncia: Dr. Edivaldo renúncia ao cargo de prefeito de Santana do Matos

Prefeito de Santana do mato Renuncia ao cargo. O prefeito de Santana do Matos que fica localizada no  sertão Central Potiguar pegou todos de surpresa na manhã deste Domingo, ao anunciar nas redes sociais que estava renunciando o cargo de chefe do executivo daquela cidade.

Domingo, 05 de janeiro de 2020

Prefeito de Santana do mato Renuncia ao cargo

Por Pendências News

Logo em seguida Dr. Edivaldo encaminhou ofício ao Poder Legislativo oficializado a renúncia com a justificativa de que retomaria suas atividades como médico, a câmara municipal mesmo estando em recesso, deve convocar para amanhã, segunda-feira uma seção extradicionaria, onde dará posse ao novo gestor, que será vice-prefeita Maria Alice da Silva, uma pessoa muito conhecida na cidade pelos serviços prestados quando ainda era primeira dama do Município.

Alice de Assis da Padaria, como é popularmente conhecida em Santana do Mato, é esposa do ex-prefeito da cidade, e agora terá nas mãos a responsabilidade de governar o Município de ate dezembro de 2020, porem tudo indica que Alice será candidata nas eleições municipal deste ano.