Eduardo Leite reduz ICMS da gasolina e provoca irritação em outros estados

Eduardo Leite reduz ICMS da gasolina e provoca irritação em outros estados

Da Redação

Divulgação

O anúncio do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, de abaixar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para diminuir o valor final dos combustíveis irritou os secretparios de Fazenda de outros estados brasileiros. A alíquota, que é de 30%, passará a 25% no início do ano que vem. As informações são do O Globo.

A medida é vista como inoportuna, em um momento em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) responsabiliza os impostos estaduais pelo aumento do preço da gasolina, que já passa de R$ 7,00 o litro em alguns lugares.

Na avaliação dos secretários, ao baixar o ICMS, Leite deu força ao argumento de Bolsonaro e ainda trincou a aliança dos governadores na declaração ao presidente.

Os governadores afirmam que é o próprio Bolsonaro quem provoca a alta nos combustíveis, ao gerar crises políticas que levam à alta do dólar, a variável que mais influi na composição dos preços da Petrobras. Na última semana, após recuar em suas falas golpistas do 7 de setembro, o presidente falou em live que um ambiente político mais calmo reduziria o dólar e o preço da gasolina.

“Aqui em Pernambuco independentemente virando o jogo na guerra da comunicação nas últimas três semanas. Ontem fui encontrar em baixar a alíquota em Pernambuco. O que estava indo bem aqui virou um inferno ontem ”, desabafou o secretário Décio Padilha no grupo de WhatsApp.

Por meio de nota, o próprio governo gaúcho reconhece que não é o ICMS responsável pelos aumentos. “Não é o ICMS o motivador dos aumentos dos créditos. Exemplo disso é que produtos com alíquotas de ICMS totalmente diferentes entre si, como a gasolina (30 %) e o diesel (12%), apresenta aumentos de preços ao idênticos idênticos em 2021 conforme o próprio IBGE ”.

http://atarde.uol.com.br/politica/noticias/2191562-eduardo-leite-reduz-icms-da-gasolina-e-provoca-irritacao-em-outros-estados

PRONTO: Vulcão nas Ilhas Canárias tem nível de alerta elevado e pode causar tsunami na costa do Brasil, inclusive, no RN

O vulcão Cumbre Vieja, localizado na Ilha de La Palma, nas Canárias, comunidade autônoma da Espanha, teve seu nível de alerta elevado de verde para amarelo pelo Plano Especial de Proteção Civil e Atenção às Emergências de Risco Vulcânico das Ilhas Canárias (Pevolca). Isso aconteceu após um aumento rápido no número de terremotos e atividades sísmicas ter sido registrado nos últimos dias. Caso ocorra uma erupção, um tsunami pode atingir as costas brasileira e africana.

Foto: Divulgação

Segundo o governo das Canárias, o aumento significativo nos movimentos sísmicos em La Palma começaram no último sábado. O Metsul Meteorologia, na terça-feira passada foram mais de cem tremores. O comitê Pevolca frisou que a atividade magmática tem “o maior valor observado nos últimos 30 anos”.

Esse cenário foi o que fez com que o alerta passasse de verde para amarelo, quando a população segue com suas atividades normais, mas atentas para comunicados das autoridades.

— O amarelo é (um alerta) intermediário. As pessoas devem ficar de sobreaviso e atentas porque pode haver alguma consequência — disse o geólogo André Avelar, do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Monitoramento é fundamental, alerta especialista

Depois do nível de atenção amarelo, há o nível laranja, quando é decretado atenção máxima para fenômenos que precedem uma erupção. Já no vermelho é feita uma notificação de emergência de que uma erupção está acontecendo.

— O monitoramento é fundamental para que as pessoas que moram na costa sejam avisadas e deixem suas casas imediatamente. Pode haver prejuízo material, mas o importante é preservar a vida — disse Avelar.

Segundo ele, quando há terremotos muito próximos a um oceano, a tendência é gerar ondas:

— As boias monitoram o acréscimos de altitude. Conforme for o acréscimo, é calculado o tamanho da onda.

Para Avelar, caso haja a erupção do Cumbre Vieja, a costa africana deve ser mais afetada que a do Brasil. O geólogo frisou, ainda, que a situação atual não significa que uma erupção vá, de fato, acontecer: caso os terremotos secundários cessem, a região ficaria estabilizada.

O Globo

Prefeito de Pedro Avelino, sanciona lei garantindo 13°, Férias remuneradas e 1/3 de férias para: Prefeito, Vice-Prefeito, Vereadores e Secretários Municipais

A imoralidade com recursos públicos ultrapassa todos os limites. O site da FEMURN trouxe na edição 2611, desta quinta-feira,16 de setembro de 2021, a sansão da lei n° 841/2021 que dispõe sobre a concessão de férias remuneradas, 1/3 de férias e décimo terceiro salário para os agentes políticos municipais, beneficiando o prefeito José Alexandre Sobrinho, o vice prefeito Élson Trindade, os 9 vereadores e todos os secretários municipais.

Facebook

Essa imoralidade é inconstitucional, afronta a lei complementar federal 173 de 2020. ” CONGELA SALÁRIOS, ADICIONAIS DE TEMPO E BENEFÍCIOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS, ESTADUAIS E MUNICIPAIS.”

Esse desatino irresponsável vai custar ao cofre municipal R$ 196.000,00 mil reais. Atualmente um secretário recebe R$ 3.000,00 de salário, um vereador R$ 5.000,00, o vice prefeito R$ 6.000,00 e o prefeito R$ 12.000,00. UM BAITA PRESENTE PARA PREFEITO, VICE PREFEITO, VEREADORES E SECRETÁRIOS MUNICIPAIS.

Dados da Femurn

TRE-RN cassa registro de Wellinson Ribeiro e determina novas eleições em Canguaretama

Em julgamento na tarde desta quinta-feira, 16, o Plenário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) determinou a cassação do registro de candidatura do prefeito eleito de Canguaretama, Wellinson Dantas Ribeiro e a realização de novas eleições no município.

O placar do julgamento foi apertado, 4 a 3 contra o prefeito que concorreu e foi eleito na Eleição Municipal de 2020, mas o diretório municipal do Partido Democrático Trabalhista entrou com recurso contra a expedição do diploma eleitoral concedido ao gestor municipal.

Reprodução

O PDT de Canguaretama apontou que uma condenação criminal do Tribunal Regional Federal da 5ª Região contra Ribeiro, pela prática de crimes contra a fé pública e crime de responsabilidade, o tornaria inelegível.

No julgamento, a relatora do processo, Juíza Adriana Magalhães, votou pelo provimento do recurso do órgão partidário, declarando o prefeito inelegível, e a consequente cassação dos diplomas de Ribeiro e da vice, Maria de Fatima Moreira, além da realização de nova eleição para prefeito no município.

“Importa rememorar que o recorrido foi condenado criminalmente pelo juízo da 14ª Vara Federal da Seção Judiciária do Rio Grande do Norte como incurso nas penas do artigo 305 do Código Penal e artigo 1º do Decreto-Lei 201 de 1967”, destacou a relatora em seu voto.

Sesap confirma duas mortes de pacientes com a variante delta do coronavírus no RN

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) confirmou nesta quarta-feira (15) que duas pessoas diagnosticadas com a variante Delta do novo coronavírus morreram no Rio Grande do Norte. As duas vítimas são moradores do município de São José de Mipibu, na Grande Natal, e estão entre os 34 casos confirmados da variante no estado.

Secretaria informa em nota que vítimas são dois homens, um de 89 anos e outro de 45. — Foto: Getty Imagens

Em nota, a Sesap informou que são dois homens. Um tinha 89 anos, vacinado com as duas doses de Coronavac/Butantan – primeira dose registrada dia 24 de fevereiro, e a segunda em 23 de março -, que morreu no dia 4 de setembro. O outro paciente tinha 45 anos, sem registro de vacina, e faleceu no último dia 11.

No comunicado, a secretaria também “reforça a necessidade da manutenção das medidas sanitárias e da importância de completar o esquema vacinal, pois a variante identificada está circulando por transmissão comunitária e os estudos apontam que ela conta com um alto potencial de transmissão”.

“Queria ver ele me prender. Tenho medo dessa cara não. Repito em alto bom som: ditador da toga”, diz Silas Malafaia, sobre Alexandre de Moraes

O pastor Silas Malafaia foi gravado realizando uma série de ataques ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Em tom de ameaça, o líder religioso diz que “não tem medo” do “ditador de toga” e que “mexer com liderança religiosa é uma casa de marimbondo com ferrão grande”.

“Sabe qual a possibilidade dele tocar em um líder religioso? De zero a cem? É de um. Dele tocar em mim? De zero a cem é de uma distância. Ele sabe que mexer com liderança religiosa é uma casa de marimbondo com ferrão grande. Não que evangélico vá quebrar nada, não tem nada a ver com isso, mas a pressão sobre isso é gigante. Deputados e senadores, que são votos majoritários, levam a eleição com voto dos evangélicos. Não vai aguentar a pressão”, opina Silas.

“Queria ver ele me prender. Tenho medo dessa cara não. Mas não tenho medo mesmo. Repito em alto bom som: ditador da toga. Tem que ter impeachment, não é digno de está vestido de toga no Supremo Tribunal. Pode vir do jeito que ele quiser que eu não tenho medo”, finalizou o pastor.

Malafaia é uma das lideranças religiosas mais próximas do presidente. Durante os atos antidemocráticos de 7 de setembro na Avenida Paulista, em São Paulo, o pastor permaneceu do lado de Jair Bolsonaro. O senador e filh do presidente, Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), também ressaltou, durante sessão da CPI da Covid no dia 20 de maio, que Silas “fala quase diariamente e influencia o presidente”.

Último Segundo – IG

Máscara ao ar livre deve deixar de ser obrigatória até novembro, avalia Queiroga

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é contra a obrigatoriedade do uso do equipamento de proteção ao contágio do novo coronavírus (Sars-Cov-2)

Foto:
Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, prevê o fim da obrigatoriedade de uso de máscara de proteção à Covid-19 ao ar livre até novembro. O anúncio, porém, depende da situação epidemiológica do vírus nos próximos meses. As informações são do Metrópoles .

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem feito pressão para que a máscara deixe de ser obrigatória.  Queiroga, no entanto, é pessoalmente favorável ao uso do EPI, mas não por meio de lei.

Segundo o site, Bolsonaro enviou nessa segunda-feira (13) uma mensagem ao ministro com a notícia de que Portugal liberou o uso do equipamento nas ruas.

O último boletim do Ministério da Saúde revelou que a média móvel de casos de Covid-19 no Brasil está em 15.336. É o menor número desde 20 de maio de 2020, início da pandemia.

Mozaniel anuncia que não irá disputar a eleição suplementar de Guamaré

O engenheiro e candidato nas últimas eleições de Guamaré, Mozaniel Rodrigues, usou sua rede social na noite desta terça-feira (14), para anunciar que não irá disputar a eleição suplementar que ocorrerá em novembro.

Facebook

Mozaniel alegou motivos profissionais e anunciou o nome do vereador, Gustavo Santiago (SD), para disputar a eleição suplementar em 07 de novembro.

Mozaniel Rodrigues EM CARTA ABERTA ANUNCIA QUE NÃO SERÁ CANDIDATO NESSA ELEIÇÃO SUPLEMENTAR E APOIARÁ O CUNHADO E ENTÃO VEREADOR GUSTAVO SANTIAGO

Meus amigos e minhas amigas, ao se aproximar mais uma eleição suplementar em nosso município, é necessário nos posicionarmos em um cenário de tantas incertezas.

Como todos são testemunha, nos últimos 17 anos tenho dedicado grande parte da minha vida e do meu tempo a um projeto político que almeja uma Guamaré melhor e mais justa para todos, sem distinção, especialmente para a população mais carente. Aqueles que realmente precisam de um olhar especial do poder público.

Somente entre os anos de 2008 e 2020 foram 5 eleições disputadas. É muita história que temos para contar e agradecer. Todas elas com os seus personagens.

Não é fácil para ninguém enfrentar um sistema tão desigual como este de Guamaré, mas mesmo assim sempre me coloquei a disposição do grupo e enfrentei todos os percalços em busca de um sonho coletivo. Que tivesse inserido um projeto de mudança e crescimento em nossa cidade.

Como todos sabem, sou engenheiro civil de formação e trabalho para uma empresa privada de forma itinerante por todo o nosso país, fato este que me impede de estar presente em nosso município diariamente. Pois assim como todo trabalhador, preciso dar expediente para garantir o sustento de minha família.

Estou vivendo um excelente momento em minha vida profissional e atualmente tenho me dedicado quase que 100% do meu tempo ao trabalho, pois novos projetos e desafios me foram postos em minha vida profissional neste ano de 2021.

Sendo a política um instrumento dinâmico e que exige uma constante atuação, neste momento, preciso fazer uma escolha difícil, porém necessária.

Entendo que a política é como uma corrida de revezamento, que após percorrermos uma certa distância, às vezes precisamos passar o bastão para que outro aliado percorra o próximo trecho, de modo que a soma das etapas faz o projeto vitorioso, onde cada um dá sua colaboração.

Após refletir muito, ponderar e consultar a minha família e vários amigos, venho anunciar a todos que na próxima eleição suplementar não estarei disponível para disputar o pleito que se aproxima.
Saibam, de coração, que foi uma escolha difícil para mim também.

Esta é uma decisão que tomo de forma pensada, madura e pensando no bem comum.

Porém, amigos, anuncio que o solidariedade, partido do qual sou filiado, terá candidato sim!

Apoiaremos o nome do meu cunhado e vereador, Gustavo Santiago, para disputar a próxima eleição suplementar como candidato a prefeito do nosso grupo.

Gustavo é um vereador muito atuante, que está no mandato há 13 anos, sempre com o compromisso de defender os mais humildes que sempre foi a bandeira de nossa família.

Quero aqui externar mais uma vez a minha gratidão a todos os homens e mulheres de Guamaré que sempre depositaram confiança em meu nome nestas últimas 5 eleições.

Aos meus companheiros de chapa, em cada uma dessas lutas, meus agradecimentos, em especial ao meu irmão Enéas.

À minha esposa, a minha mãe, aos meus filhos, meus irmãos, amigos, ex-aliados e correligionários, muito obrigado por todo apoio e compreensão em toda essas jornadas e batalhas.

Ao meu Pai, João Pedro Filho: eu tentei, fiz o que pude.

Que o Senhor Nosso Deus continue nos abençoando.

A você cidadão de Guamaré, continue acreditando que bons projetos e um olhar aos que mais necessitam, dessa forma teremos uma cidade para todos.

Estaremos juntos em mais uma luta que vem pela frente.

Muito obrigado.

Um forte abraço,

Mozaniel

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=4265678486873923&id=100002954403262

TRE-RN define data de eleição suplementar para prefeito em Guamaré

O novo pleito será realizado no dia 7 de novembro de 2021

Na sessão plenária desta terça-feira (14) o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) definiu o dia 7 de novembro de 2021 como data para realização da eleição suplementar para prefeito no município de Guamaré. O resultado do pleito de 2020 estava sub judice, pois o TRE-RN havia indeferido o registro de candidatura do candidato vencedor, Hélio Willamy Miranda da Fonseca.

O Tribunal Superior Eleitoral julgou recurso de Hélio Willamy e, por unanimidade, manteve a decisão do Regional potiguar. Dessa forma, coube ao TRE-RN determinar a data do novo pleito, que será regulamentado por meio de resolução.

Nessa segunda-feira (13), o presidente do TRE-RN, desembargador Gilson Barbosa, reuniu-se com a juíza da 30ª Zona Eleitoral, Cristiany Maria de Vasconcelos Batista, responsável pela condução dos trabalhos da eleição. “O Tribunal está empenhado para dar todo apoio à magistrada para que façamos uma eleição transparente, séria e nos ditames da Lei”, destacou o desembargador Gilson Barbosa.

Ascom

Produção de motocicletas cresce 30,2% em agosto

No mês, foram fabricadas 123.722 unidades

Publicado em 14/09/2021 – 12:28 Por Flávia Albuquerque – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

Fábrica da Yamaha. Linha de montagem de motocicletas Yamaha. Chão de fábrica. Manaus (AM) 26.10.2010 – Foto: José Paulo Lacerda

A produção de motocicletas no Polo Industrial de Manaus (PIM) chegou a 123.722 unidades em agosto, o que representa 30,2% a mais do que em julho, quando foram produzidas 95.025 unidades. O número é também 25,8% maior na comparação com o mesmo mês do ano passado (98.358 unidades). 

Esse foi o segundo melhor resultado do ano, ficando atrás apenas de março, quando saíram das linhas de montagem 125.556 motocicletas. Os dados foram divulgados hoje (13) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

No acumulado do ano foram fabricadas 787.610 motocicletas, alta de 33,8% na comparação com o mesmo período de 2020 (588.495 unidades). Segundo a entidade, esse é o melhor resultado para os oito primeiros meses do ano, desde 2015 quando a produção totalizou 913.972 motocicletas.

“Os números comprovam a retomada do setor e o esforço para atender os consumidores. As fabricantes trabalham para atender a demanda do mercado, que segue em alta, especialmente por modelos de entrada e de baixa cilindrada, muito utilizados como instrumentos de trabalho e transporte de baixo custo”, disse o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian.

Acrescentou que o setor está reagindo. “A motocicleta é mais barata, tem baixo custo de manutenção e permite deslocamentos mais rápidos na comparação com os carros. Aliado a isso, a alta dos combustíveis está levando muitas pessoas a preferirem o guidão. Estamos atentos, pois a alta dos juros, o aumento da inflação e a explosão dos preços também poderão afetar o setor”, afirmou.

Queda no licenciamento

O levantamento aponta, ainda, que o licenciamento em agosto chegou a 102.463 motocicletas, correspondendo a uma queda de 9,0% na comparação com julho (112.538 unidades). O recuo já era esperado por causa das férias coletivas de julho, o que reduziu a oferta de motocicletas no mercado. 

Na comparação com agosto de 2020, quando foram emplacadas 95.961 motocicletas, houve alta de 6,8%. De janeiro a agosto, foram emplacadas 732.155 motocicletas, representando aumento 37,8% na comparação com as 531.250 registradas no mesmo período de 2020.

De acordo com os dados, a média diária de vendas em agosto, que teve 22 dias úteis, foi de 4.657 motocicletas, 9% inferior ao do mês anterior, que contou com o mesmo número de dias úteis (5.115 unidades por dia). Na comparação com agosto do ano passado, que também teve 22 dias úteis, houve alta de 6,8% (4.362 motocicletas por dia).

A categoria mais vendida, com 50.392 unidades, foi a Street. Esse volume corresponde a 49,2% do total do mercado. Em segundo lugar, ficou a Trail (20.207 unidades e 19,7% do mercado), seguida pela Motoneta (14.073 unidades e 13,7%).

As exportações caíram 7% em agosto, com o embarque de 5.607 unidades ante as 6.026 de julho. Já na comparação com o mesmo mês do ano passado houve alta de 8,5% (5.167 unidades). Os Estados Unidos foram o principal mercado, com 1.924 motocicletas e 29,7% do volume total exportado. Em segundo lugar, ficou a Argentina (1.876 unidades e 29% do volume exportado), seguida pela Colômbia (1.512 motocicletas e 23,4%).

No acumulado do ano, as exportações somaram 37.893 unidades, alta de 88% na comparação com o mesmo período de 2020 (20.157 motocicletas), sendo o principal destino a Argentina, que recebeu 11.321 motocicletas, o que corresponde a 29,6% das exportações. Na sequência vieram a Colômbia (8.551 unidades e 22,3% do total exportado) e os Estados Unidos (8.494 motocicletas e 22,2%).