PESQUISA BG / BRÂMANE / DEP ESTADUAL: Albert Dickson , Adjuto, Ubaldo, Azevedo e Ezequiel se destacam na corrida para Assembleia. Confiram todos os nomes

A pesquisa de intenção de voto realizada pelo instituto Brâmane também quis saber dos eleitores potiguares em quem eles pretendem votar para deputado estadual e federal de forma espontânea, ou seja, com o entrevistado falando o primeiro nome que lhe vem à cabeça. Na disputa por uma das cadeiras da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Albert Dickson lidera com (3,2%), seguido de Adjuto Dias com (2,5%), Ubaldo Fernandes (2,3%) e Coronel  Azevedo (2,3%) se destacam entre os pré-candidatos.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza ainda foi bem cotado acima dos 2,1%. Indecisos somaram 61,5%. Brancos e nulos corresponderam a 7,6%.

A pesquisa do instituto Brâmane, divulgada pelo Blog do BG, foi realizada entre os dias 2 e 5 de maio com 1500 entrevistados de todas as microrregiões do Rio Grande do Norte. Os resultados foram calculados com margem de erro de 2,53% para mais ou para menos e com intervalo de confiança de 95%. Ela foi protocolada na Justiça Eleitoral sob o registro RN-07483/2022.

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

PESQUISA BG / BRÂMANE / FEDERAL ESPONTÂNEA : Garibaldi lidera, seguido de Natália, Kelps e Carla Dickson. Confiram todos os nomes

A pesquisa de intenção de voto realizada pelo instituto Brâmane também quis saber dos eleitores potiguares em quem eles pretendem votar para deputado estadual e federal de forma espontânea, ou seja, com o entrevistado falando o primeiro nome que lhe vem à cabeça. Na disputa por uma das cadeiras que o Rio Grande do Norte tem na Câmara dos Deputados, Garibaldi Alves lidera com (4,3%), seguido de Natália Bonavides (3,1%). Depois vem Carla Dickson (2,9%) e Kelps Lima com (2,9%).

A pesquisa do instituto Brâmane, divulgada pelo Blog do BG, foi realizada entre os dias 2 e 5 de maio com 1500 entrevistados de todas as microrregiões do Rio Grande do Norte. Os resultados foram calculados com margem de erro de 2,53% para mais ou para menos e com intervalo de confiança de 95%. Ela foi protocolada na Justiça Eleitoral sob o registro RN-07483/2022.

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

PESQUISA BG / BRÂMANE / SENADO ESPONTÂNEA: Rogério Marinho lidera com 10,8%; Carlos Eduardo tem 9,7%

O instituto Brâmane também fez um levantamento sobre a preferência dos eleitores potiguares quanto ao voto para senador. Nesse levantamento feito de forma espontânea, que é aquele em que o eleitor fala o primeiro nome que lhe vem à cabeça, sem acesso a qualquer lista, o ex-ministro Rogério Marinho foi o mais citado com 10,8%.

Em seguida aparece o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves com 9,7% das intenções de voto. Os demais nomes citados não atingiram a margem de erro da pesquisa. Os indecisos somaram 61,2%. Brancos e nulos somaram14,7%.

A pesquisa do instituto Brâmane, divulgada pelo Blog do BG, foi realizada entre os dias 2 e 5 de maio com 1500 entrevistados de todas as microrregiões do Rio Grande do Norte. Os resultados foram calculados com margem de erro de 2,53% para mais ou para menos e com intervalo de confiança de 95%. Ela foi protocolada na Justiça Eleitoral sob o registro RN-07483/2022.

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

PESQUISA BG / BRÂMANE / SENADO ESTIMULADA: Rogério Marinho lidera com 18,1% contra 17,3% de Carlos Eduardo

O instituto Brâmane também fez um levantamento sobre a preferência dos eleitores potiguares quanto ao voto para senador. Nesse quesito feito de forma estimulada, em que o eleitor tem acesso a uma lista com os nomes dos candidatos, simulando o real cenário das eleições, o ex-ministro Rogério Marinho aparece em primeiro com 18,1% das intenções de voto.

Numericamente em segundo e tecnicamente empatado, aparece o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves com 17,3% da preferência do eleitorado. Os demais nomes não atingiram a margem de erro amostral da pesquisa. Os indecisos corresponderam a 46,3% do eleitorado. Brancos e nulos somaram 14,9%.

A pesquisa do instituto Brâmane, divulgada pelo Blog do BG, foi realizada entre os dias 2 e 5 de maio com 1500 entrevistados de todas as microrregiões do Rio Grande do Norte. Os resultados foram calculados com margem de erro de 2,53% para mais ou para menos e com intervalo de confiança de 95%. Ela foi protocolada na Justiça Eleitoral sob o registro RN-07483/2022.

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

PESQUISA BG / BRÂMANE / GOVERNO ESPONTÂNEA: Fátima tem 27,5%; Styvenson, 10,1%; e Fábio, 7,6%

Ainda dentro da corrida eleitoral pelo Governo do Estado, o instituto Brâmane quis saber do eleitorado potiguar a intenção de voto para o cargo. Nesse cenário, feito de forma espontânea, com o eleitor falando o primeiro nome que lhe vem à cabeça, a governadora Fátima Bezerra tem 27,5% contra 10,1% do senadr Styvenson Valentim.

Em terceiro, aparece o ex-vice-governador Fábio Dantas com 7,6% das intenções de voto. Os demais nomes não atingiram a margem de erro. Brancos e nulos somaram 43,4%.

A pesquisa do instituto Brâmane, divulgada pelo Blog do BG, foi realizada entre os dias 2 e 5 de maio com 1500 entrevistados de todas as microrregiões do Rio Grande do Norte. Os resultados foram calculados com margem de erro de 2,53% para mais ou para menos e com intervalo de confiança de 95%. Ela foi protocolada na Justiça Eleitoral sob o registro RN-07483/2022.

PESQUISA BG / BRÂMANE: Desaprovação do Governo Fátima Bezerra é de 45,8%; aprovação é de 43,8%

A pesquisa do instituto Brâmane também buscou saber do eleitorado potiguar a chamada avaliação administrativa, que é saber se o povo aprova ou não as gestões. No âmbito estadual, a desaprovação da gestão da governadora Fátima Bezerra chegou a 45,8%. A aprovação atingiu 43,8%. Um total de 10,4% não soube opinar ou preferiu não responder.

A pesquisa do instituto Brâmane, divulgada pelo Blog do BG, foi realizada entre os dias 2 e 5 de maio com 1500 entrevistados de todas as microrregiões do Rio Grande do Norte. Os resultados foram calculados com margem de erro de 2,53% para mais ou para menos e com intervalo de confiança de 95%. Ela foi protocolada na Justiça Eleitoral sob o registro RN-07483/2022.

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

PESQUISA BG / BRÂMANE / GOVERNO / REJEIÇÃO: Fátima é a mais rejeitada

Ainda dentro da corrida eleitoral pela cadeira de governador do Rio Grande do Norte, o instituto Brâmane quis saber do eleitorado potiguar a rejeição que eles têm dos candidatos postos até agora, que nada mais é aquele nome em que o eleitor não vota de maneira alguma.  Nesse ponto pesquisado, a governadora Fátima Bezerra é a mais rejeitada entre os pré-candidatos com 16%.

O segundo mais rejeitado é o senador Styvenson Valentim com 10,1%. A terceira mais rejeitada é a servidora pública e ex-vereadora de Grossos, Clorisa Linhares, com 6,7%.Ainda foram citados na rejeição: Fábio Dantas (3,3%) e Haroldo Azevedo (2,7%).

A pesquisa do instituto Brâmane, divulgada pelo Blog do BG, foi realizada entre os dias 2 e 5 de maio com 1500 entrevistados de todas as microrregiões do Rio Grande do Norte. Os resultados foram calculados com margem de erro de 2,53% para mais ou para menos e com intervalo de confiança de 95%. Ela foi protocolada na Justiça Eleitoral sob o registro RN-07483/2022.

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

PESQUISA BG / BRÂMANE / GOVERNO ESTIMULADA: Fátima tem 31,4%; Styvenson, 15%; e Fábio Dantas, 8,3%

Ainda dentro da corrida eleitoral pelo Governo do Estado, o instituto Brâmane quis saber do eleitorado potiguar a intenção de voto para o cargo. Nesse quesito, feito de forma estimulada, com o eleitor tendo acesso aos nomes dos pré-candidatos, simulando o real cenário das eleições, a governadora F[atima Bezerra lidera com 31,4% das intenções de voto.

Em segundo aparece o senador Styvenson Valentim com 15% da preferência do eleitorado. Ele é seguido pelo ex-vice-governador Fábio Dantas, que pontuou 8,3%. O empresário Haroldo Azevedo foi o quarto mais citado com 2,7%. Os demais nomes não atingiram a amrgem de erro amostral da pesquisa.

Brancos e nulos somaram 9,9%. Já os indecisos corresponderam ao percentual de 30,9% do eleitorado.

A pesquisa do instituto Brâmane, divulgada pelo Blog do BG, foi realizada entre os dias 2 e 5 de maio com 1500 entrevistados de todas as microrregiões do Rio Grande do Norte. Os resultados foram calculados com margem de erro de 2,53% para mais ou para menos e com intervalo de confiança de 95%. Ela foi protocolada na Justiça Eleitoral sob o registro RN-07483/2022.

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

O que a pesquisa Seta/Band diz sobre a disputa no RN

O instituto seta, em parceria com a Band, veiculou uma pesquisa para lançar luz sobre o pleito de 2022 no RN. Foram entrevistados 1500 eleitores entre os dias 30 de abril e 02 de Maio.

Vamos por partes.

GOVERNO

Há um cenário estável. A governadora Fátima mantém cerca de 1/3 do eleitorado enquanto que os demais candidatos somados atingem um pouco menos do que isso. Esta condição não foi alterada.

Dizer que Fátima está estacionada, remetendo a uma ideia de teto conforme oposicionistas mencionam, só faria sentido se os demais estivessem se movendo. Não é o caso. Todo quadro está paralisado.

Apesar de toda a fumaça das redes sociais, o eleitor médio sinaliza que não quer saber de política agora – o maior contingente constituído é daqueles sem candidatos. Esse grupo tende a diminuir com a chegada da eleição, se aproximando da média histórica de cerca de 25% do eleitorado que vota em branco ou anula no dia do pleito.

Fabio Dantas, após ampla agenda em rádios, blogs e tvs do RN, conseguiu mostrar e divulgar que é o nome escolhido pela oposição. Com isso, chegou ao mesmo patamar de Ezequiel, que era nas pesquisas anteriores a possibilidade apresentada a esse perfil de eleitor. É sintomático que Fábio tenha batido os cerca de 10% que Ezequiel, já fora da disputa, também vinha trazendo. Entre o eleitorado já com opinião fechada este parece ser o ponto de largada para uma postulação mais vinculada ao grupo bolsonarista.

O senador Styvenson Valentim, que ventilou lá atrás uma possível candidatura ao governo, foi lentamente perdendo tração. Tanto que na pesquisa em pauta atingiu seu pior índice, o de 8%. Styvenson não tem agenda de candidato, postura de candidato e, nas vezes que apareceu, foi para nutrir polêmicas em que conseguiu desagradar os dois lados da disputa.

Um dado pouco notado, mas digno de nota é que a governadora apresentada queda em sua rejeição eleitoral, pontuando com 18% no quesito. Neste aspecto fica claro que ela não chegou em “seu teto” e ainda deve capturar alguns dos eleitores indecisos.

SENADO

A pesquisa foi feita sem a introdução do nome de Rafael Motta. Quando ele avisou aos institutos que teria o interesse de constar nas listas de pesquisa, a sondagem já tinha sido aplicada.

Ainda assim, Carlos Eduardo estabeleceu uma distância de 10% contra Rogério Marinho. Marinho, principal nome do bolsonarismo, tem uma base menor, mas mais sólida. A polarização contra alguém do campo progressista é ruim para ele.

Caso Motta saia de fato candidato, a divisão dos votos dessa ala pode atrapalhar, tanto ele como CE, favorecendo Rogério Marinho.

O fato é que a “campanha ainda não pegou”. O eleitor está preocupado com outras urgências e, de acordo com o cenário, Fátima segue como favorita.

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

Inclusão do nome de Rafael Motta em pesquisas para Senado pode causar desconforto na chapa Fátima/Walter/Carlos Eduardo

O pedido vem sendo interpretado por apoiadores como uma sinalização do atual parlamentar para sentir o ‘clima’ sobre a aceitação do seu nome

Rafael Motta, deputado federal pelo RN – Foto: Divulgação

O PSB do Rio Grande do Norte solicitou a institutos de pesquisa, por meio de ofício, a inclusão do nome do deputado federal Rafael Motta entre os pré-candidatos ao Senado Federal. O pedido vem sendo interpretado por apoiadores como uma sinalização do atual parlamentar para sentir o ‘clima’ sobre a aceitação do seu nome, caso desista de concorrer à reeleição para a Câmara Federal em uma nominata que inclui o ex-ministro e ex-deputado federal Henrique Alves (PSB).

Nos bastidores, a iniciativa tem causado desconforto no grupo que inclui a governadora Fátima Bezerra (PT), que já tinha definição de Walter Alves como seu vice e Carlos Eduardo Alves para o Senado. Se a candidatura de Motta se mostrar viável, pode impedir o nome do ex-prefeito de Natal na chapa com o PT.

A possível pré-candidatura de Rafael Motta tem sido bem aceita entre filiados do partido e até pela militância petista, que rejeita a chapa com Carlos Eduardo.

Por NOVO Notícias

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81