Natal declara epidemia de dengue e instala gabinete de crise

Capital teve aumento de mais de 1.500% nos casos de dengue entre janeiro e abril deste ano. Apenas em abril mais de 2 mil casos entre dengue, chikungunya e zika foram registrados.

Por Inter TV Cabugi

Mosquito Aedes aegypti é o transmissor da dengue — Foto: Getty Images

A capital Natal declarou que o município vive uma epidemia de dengue. A situação foi confirmada à Inter TV Cabugi pelo departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta quarta-feira (11).

No final de abril, o município havia reconhecido epidemia em apenas alguns bairros da cidade.

De acordo com o departamento de Vigilância em Saúde, para o reconhecimento do momento, é levado em referência o manual do Ministério da Saúde, que considera três pontos: a linha de incidência de casos por três semanas consecutivas, o alto número de notificações por 100 mil habitantes e o crescente número de busca e atendimento nas urgências.

Diante do atual cenário, o município instalou um gabinete de crise para lidar com a epidemia da doença e tomar decisões no combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, da chikungunya e da zika.

Além da Secretaria de Saúde, compõem o gabinete: a Companhia de Serviços Urbanos (Urbana), a Secretaria de Obras e Infraestrutura (Semov), a Secretaria Municipal de Educação (SME) e a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb).

O Rio Grande do Norte também já havia confirmado epidemia de dengue no estado diante da alta de casos da doença, que em 4 meses de 2022 acumulou mais registros do que em todo o ano de 2021.

Crescimento acima de 1.000%

De acordo com o Boletim Epidemiológico das Arboviroses publicado no dia 10 de maio pela Secretaria Municipal de Saúde, Natal teve um aumento de 1.566% nos casos de dengue de janeiro a abril deste ano em comparação com o mesmo período de 2021.

Ao todo foram 2.966 casos registrados neste ano no período contra 192 em 2021. Os casos de chikungunya – 176 contra 39 – e de zika – 13 contra 9 – também cresceram nos primeiros quatro meses deste ano.

Ao todo, o aumento nos casos de arboviroses no período foi de 1.214%, sendo 3.155 casos notificados em 2022 contra 240 em 2021.

O mês de abril foi o que acumulou o maior aumento, tendo 2.225 casos de arboviroses confirmados apenas nos 30 dias. Em março foram 673, em fevereiro 179 e em janeiro 78.

Bairros

Os bairros com mais casos notificados de arboviroses entre janeiro e abril, em número gerais, foram Pajuçara, Lagoa Azul e Pitimbu. O boletim epidemiológico da SMS considera também a incidência (número de casos pela população) na montagem do ranking dos dez bairros que mais sofreram com a doença:

Casos de dengue de janeiro a abril

DistritoBairrosCasos prováveisIncidência%
SulPitimbu28010908,8%
Norte 1Pajuçara52068816,4%
SulNeópolis1235343,9%
Norte 1Lagoa Azul37553311,8%
SulPlanalto2024976,4%
OesteCidade da Esperança824502,6%
LesteAlecrim1104253,4%
LesteLagoa Seca204130,6%
OesteNossa Senhora de Nazaré684112,1%
LesteCidade Alta314100,9%

Fonte: Secretaria de Saúdedes

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

Cruzamento da Alexandrino com a Hermes será interditado por 9 meses

O cruzamento entre as avenidas Salgado Filho e Almirante Alexandrino de Alencar, um dos mais movimentados de Natal, será interditado por cerca de nove meses a partir do fim de junho deste ano. O motivo é a construção de uma trincheira na Alexandrino. O túnel passará “por dentro” do cruzamento entre as duas avenidas. Portanto, o motorista que vem pela Alexandrino passará por baixo da Salgado Filho para seguir pela via, sem semáforos. A ideia é destravar o cruzamento, principalmente para quem vem da Hermes da Fonseca no sentido Arena das Dunas e vice-versa. O semáforo atual, de três tempos, será substituído por um semáforo de pedestres. A intervenção deve afetar aproximadamente 65 mil motoristas que passam pelo local todos os dias.

STTU planeja rotas de desvios, sendo uma delas pela avenida Rui Barbosa para uma rua hoje fechada para o uso de militares
STTU planeja rotas de desvios, sendo uma delas pela avenida Rui Barbosa para uma rua hoje fechada para o uso de militares

O projeto é orçado em R$ 25 milhões oriundos do Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR), com uma contrapartida de R$ 88 mil da Prefeitura de Natal. O plano está em fase de finalização do edital de licitação, que deverá ser lançado em maio próximo, de acordo com a STTU. A partir da escolha da construtora, a intervenção deve começar entre o fim de junho e o começo de julho, conforme cronograma da Prefeitura. A previsão inicial é de que a obra seja finalizada em nove meses, isto é, em março de 2023.

“Esse é um projeto antigo, que existe desde 2011 e o prefeito solicitou que a gente retrabalhasse o projeto nessa nova visão de urbanismo, de cidade para as pessoas. Nossa projeção, dependendo do projeto construtivo pode ser de nove meses, a gente vai tentar trabalhar isso para manter esse prazo, mas só vai definir mesmo quando a construtora tiver acesso aos projetos. É ela quem pode definir melhor esse tempo necessário, mas a gente entende que pela complexidade do local, do projeto, a gente consegue fazer dentro do período”, destaca Walter Pedro.

Ao longo de todo o processo, o tráfego na área será completamente modificado. A ideia é que apenas uma das faixas permaneça livre no trecho (tanto na Salgado Filho quanto na Alexandrino de Alencar) e que aos fins de semana e em dias específicos, a região seja totalmente fechada, a exemplo do que aconteceu durante as obras da Copa do Mundo 2014 no entorno da Arena das Dunas. A Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal incentivará o trânsito por vias alternativas e fará desvios para quem precisa passar pelo local.

A prefeitura planeja duas rotas de desvio principais. Para quem vem da Salgado Filho no sentido Petrópolis, a saída será pegar a Avenida Nevaldo Rocha (antiga Bernardo Vieira) à direita, na altura do Midway Mall, seguir pela Avenida Rui Barbosa e ir em direção às ruas que ficam por trás do quartel do Exército, até finalmente seguir caminho pela Avenida Hermes da Fonseca. Atualmente, as ruas que ficam na parte de trás do quartel estão fechadas porque os militares vivem na região. A STTU deve se reunir com o Exército para pedir a liberação das vias, que servirão para dar vazão ao tráfego.

No sentido contrário, para quem vem de Petrópolis em direção ao Midway Mall, por exemplo, o desvio será feito pela Rua Alberto Maranhão. Da via, os motoristas poderão acessar avenidas paralelas à Hermes da Fonseca, como Romualdo Galvão ou Prudente de Morais. “A gente vai começar a conversar com quem vai ser diretamente afetado. Ali na parte do quartel, lojas e serviços. Vamos apresentar essas projeções de desvios”, comenta o secretário adjunto.

Projeto prevê mudanças na Alexandrino de Alencar e Hermes da Fonseca
Reprodução

O profissional diz ainda que o órgão fará campanhas com os motoristas para incentivar a redistribuição do fluxo. “Isso não vai ser 100% da Salgado Filho com destino Petrópolis porque a gente vai fazer campanhas para dividir o tráfego pela Nevaldo Rocha para fazer esse seguimento de via. Do contrário, o motorista vai entrar ali na Alberto Maranhão e vai poder escolher Prudente de Morais, Romualdo Galvão, cruzar e ir para o seu destino. Aí ele vai escolher entrar na Nevaldo Rocha, Antônio Basílio, Amintas Barros e assim sucessivamente para voltar para o fluxo”, detalha Walter Pedro.

Mudanças vão absorver fluxo dos próximos 10 anos

De acordo com a  STTU, a perspectiva é de que a obra consiga absorver todo o fluxo de veículos pelos próximos dez anos. Até lá, a projeção é de que o tráfego de veículos no trecho passe dos atuais 65 mil/dia para 95 mil/dia, segundo a pasta.

O adjunto da STTU, Walter Pedro, explica que a escolha se deu pela grande movimentação de carros e pedestres no cruzamento. Além disso, o arquiteto e urbanista diz que o ponto é uma espécie de entroncamento semafórico. A Secretaria de Mobilidade Urbana pontua que será feito um reordenamento nos semáforos da região para aliviar o fluxo de veículos no entorno do cruzamento. “É como se fosse o divisor de redes abaixo, da Salgado Filho sentido Arena das Dunas, e acima, da Hermes da Fonseca vindo para Tirol, Petrópolis”, detalha Walter.

“Além de ser confluência de vários fluxos, demandas vindo das zonas Leste e Sul, precisa-se de muito tempo para dar vazão a quem vem na Hermes da Fonseca e Salgado Filho e quem vem da Alexandrino, o que compromete o circuito de informação de rede para os dois seguimentos de corredores. Por isso cria esse travamento constante. Com a obra, o ‘mergulho’ dos carros vai ser na Alexandrino de Alencar e quando a gente libera a Alexandrino, nós conseguimos redistribuir parte desse fluxo que vem pela Hermes”, acrescenta.

Obra preocupa comerciantes da região

Os empresários que mantêm lojas na região se preocupam com a perspectiva de baixa nas vendas durante o período de interdição. O barbeiro Antônio Gomes, que trabalha no mesmo ponto há 40 anos, diz que com a drástica redução de movimento pela via, a tendência é de queda no faturamento. “A gente se preocupa demais e é uma coisa que ninguém veio nos falar. A gente fica sabendo assim por alto, mas o poder público também precisa olhar para os comerciantes”, avalia.

Também na área há quatro décadas, o vendedor de frutas Zeca Santos teme perder o emprego. Isso porque a quitanda, na qual trabalha há quarenta anos, fundada pela tia nos anos 1970, pode ser retirada do canteiro central da Alexandrino de Alencar. A estrutura está instalada justamente na região onde a trincheira será construída. A prefeitura informou que fará uma intervenção com comerciantes do ponto para encontrar uma saída. Por enquanto, ainda não há definição.
“Fiquei sabendo, mas para a gente não chegou nada. Isso aqui existe há muito tempo. Nós não somos contra qualquer obra que venha para melhorar a vida do povo, mas é uma coisa que precisa ser conversada”, desabafa o vendedor. 

Na segunda-feira (25), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio) reuniu empresários em um encontro com a cúpula da STTU para discutir os impactos da obra. Na reunião, o medo de prejuízos foi abordado pelo diretor da Fecomércio e presidente do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação, Imobiliárias, Incorporadoras, Loteadoras, Colonizadoras, Urbanizadoras e Administração de Imóveis do RN (Secovi RN), Renato Gomes. “Precisamos da garantia que a obra não irá interromper o nosso dia a dia de trabalho e que haverá um cronograma de execução da obra, para informamos aos nossos clientes, adaptar nossa rotina e pensar alternativas”, disse.

“O assunto foi tratado em reunião do Conselho de Transporte e Mobilidade Urbana e nos chamou atenção. Na condição de representante do segmento empresarial, convocamos empresários, representantes de entidades para entender como se dará a obra, os eventuais impactos da obra”, complementou o presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz.

http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/cruzamento-da-alexandrino-com-a-hermes-sera-interditado-por-9-meses/537318

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

VÍDEO: Jovem tenta colocar fogo em casa após jogar Free Fire em Natal

Um jovem tentou atear fogo em casa após jogar Free Fire pela internet, o caso aconteceu no bairro Vale Dourado, zona Norte de Natal.

De acordo com informações do site Via Certa Natal, na tarde deste domingo (24), o jovem jogava pela internet quando um dos jogadores online pediu que ele ateasse fogo em casa e cortasse a garganta de um de seus familiares. 

O jovem foi contido por parentes e pela Guarda Municipal, o SAMU foi acionado pois o rapaz, de acordo com informações da Guarda, estava em surto psicótico. Ninguém foi ferido.

Com informações do Via Certa Natal

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

Traficantes proíbem restaurante de vender refeições para policiais em Natal

Uma família que vende refeições em seu pequeno restaurante em Natal foi proibida pelos traficantes de vender refeições para policiais e demais agentes de segurança pública.

Foto: reprodução

As informações são do Via Certa Natal e dão conta de que caso as refeições continuassem a serem fornecidas aos policiais eles seriam expulsos do bairro ou pagariam com a própria vida.

Os policiais que fizeram a denúncia pediram para que o restaurantes e seus proprietários não fossem identificados, bem como o bairro onde fica o estabelecimento.

Em novembro de 2021, o dono de um restaurante e sua filha foram mortos em São Gonçalo do Amarante por fornecerem quentinhas a policiais na região. Na ocasião, a esposa do proprietário e ficou ferida com os tiros mas sobreviveu. O restaurante teve que fechar as portas.

Via Certal Natal

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81

Homem morre afogado em lagoa de captação

Um homem de 48 anos morreu afogado em uma lagoa de captação localizada no bairro de Ponta Negra, na Zona Sul de Natal. A vítima foi identificada como José Vanildo Mafra.

Local

O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado e fez o resgate do corpo no local.

O fisioterapeuta Nilson Victor conhecia a vítima e acredita que ele tenha ingerido bebida alcoólica antes de entrar na lagoa. “Foi uma fatalidade”, lamentou. “Ele vinha com frequência com um pessoal que tinha esse hábito de nadar na lagoa”, completou.

A delegada Karen Lopes, da 15ª DP de Ponta Negra, contou que “a princípio, foi um afogamento mesmo” e que a lagoa é um local “totalmente inapropriado” para banho. “Ele estava na companhia de alguns colegas, que a gente vai ter que descobrir quem são depois. Eles até jogaram alguns isopores para ele. Estavam bebendo. Ele foi nadar e acabou se afogando”, contou.

José Vanildo era natural de Monte Alegre e cuidava da jardinagem de algumas casas na região, de acordo com Nilson.

g1 RN

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81 contato: 99116-8040

Motorista de ônibus alternativo agarra adolescente, força beijos e é preso por assédio em Natal

Eduardo Ananias aproveitou um momento sem passageiros no veículo, passou a catraca e a agarrou, forçando beijos e a assediando sexualmente.

Ele, motorista de ônibus alternativo em Natal, é investigado pela suspeita da prática do crime de importunação sexual. Foto: Arquivo/Ilustrativa

Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (DCA) prenderam em flagrante, na tarde desta quinta-feira (24), Eduardo Ananias Lavor da Costa, 29 anos. Ele, motorista de ônibus alternativo em Natal, é investigado pela suspeita da prática do crime de importunação sexual, ocorrido no bairro do Alecrim, zona leste da capital potiguar.

De acordo com o depoimento da vítima, uma adolescente de 15 anos, Eduardo Ananias aproveitou um momento sem passageiros no veículo, passou a catraca e a agarrou, forçando beijos e a assediando sexualmente. Eduardo foi preso em flagrante, no terminal de ônibus da linha que dirigia, no bairro do Parque dos Coqueiros, na zona norte de Natal.

Eduardo Ananias foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81 contato: 99116-8040

Prefeitura de São Gonçalo lança edital para seleção de projetos literários

Dentro da programação do II Circuito Cultural Dona Militana, a Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante/RN, por meio da Fundação Cultural Dona Militana (FCDM), lançou, nesta quarta-feira (16), edital para seleção de projetos para o II Festival Literário Dona Militana.

O objetivo é premiar autores são-gonçalenses que apresentem obras nas categorias de conto, dramaturgia, crônicas, romances, literatura-infantojuvenil, poesias, literatura de cordel e revista de fotografia. Ao todo, serão selecionados 17 projetos, e o valor total investido será de R$ 20 mil pelo Fundo Municipal de Cultura.

Os interessados devem comparecer à FCDM, localizada no prédio do Museu Municipal, do dia 18 de março ao dia 23 de abril, no horário das 8h às 15h, para receber os editais, formulários, além de orientação e esclarecimento de dúvidas.

📌Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81 contato: 99116-8040

Ex-prefeita de Natal revela que tentou se matar e que sofreu abuso sexual; VEJA VÍDEO

A ex-prefeita de Natal, Micarla de Sousa, fez revelações supreendentes durante sua participação no Grande Ponto Podcast, disponível na íntegra no canal do YouTube.

Ao relembrar os momentos que sucederam seu afastamento do cargo, a ex-gestora revelou que tentou “se matar, sim”, e que a situação lhe trouxe a memória as duras lembranças de um abuso sexual que sofreu na infância.

Assista ao depoimento impressionante acima

Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81 contato: 99116-8040

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Sede do Detran tem princípio de incêndio e provas teóricas são transferidas para outras unidades em Natal

Usuários que tinham provas agendadas para o Detran de Cidade da Esperança devem procurar outras unidades. Princípio de incêndio atingiu sala vizinha à das provas.

Provas no Detran foram transferidas para outras unidades — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Provas no Detran foram transferidas para outras unidades — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Um princípio de incêndio na sede do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran), na Cidade da Esperança, Zona Oeste de Natal, fez o órgão transferir o local de prova teórica de habilitação dos usuários agendados para outras unidades.

Quem tem prova teórica de habilitação para condutores agendada para os próximos dias deve procurar as unidades do Detran do Via Direta (9h às 18h), Central do Cidadão Zona Norte (9h às 18h) ou Central do Cidadão Parnamirim (8h às 14h) para realização das provas.

O Detran reforça que é necessário chegar com 1 hora de antecedência para a realização da prova.

De acordo com o órgão, o princípio de incêndio aconteceu nesta quarta-feira (9) e que atingiu a sala de credenciamento de centro de formação de condutores, vizinha a sala de prova teórica, situada no anexo do prédio novo onde funciona setores de habilitação de condutores.

A direção do Detran informou que tomou providências para regularizar as atividades de prova teórica na sede do Órgão e logo retornará à normalidade. A data para o retorno ao local não foi divulgada.

Princípio de incêndio atingiu prédio do Detran ao lado da sala de provas teóricas — Foto: Redes sociais
Princípio de incêndio atingiu prédio do Detran ao lado da sala de provas teóricas — Foto: Redes sociais

Por g1 RN

Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81 contato: 99116-8040

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Quase dois meses depois, família descobre que enterrou corpo errado no lugar de idoso no RN

Quase dois meses após realizar um sepultamento em Natal, uma família descobriu que enterrou um corpo errado, no lugar do seu Cícero Gomes, de 68 anos, que morreu vítima de câncer. O motivo foi um erro no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

De acordo com o filho de Cícero, o autônomo Alexandre de Morais, o pai estava em tratamento de câncer de pele e morreu no dia 6 de janeiro em uma unidade de saúde da Zona Norte de Natal.

Como seu Cícero não tinha documento de identidade, o corpo foi levado para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) e só foi liberado para a família cerca de 10 dias depois, após uma decisão judicial determinar a liberação para sepultamento.

A família foi até o Itep para receber o corpo do seu Cícero, mas a família não abriu o caixão, devido à situação em que o corpo já estava. O sepultamento aconteceu no cemitério do Igapó.

Porém, na última terça-feira (8), Alexandre foi chamado no Itep e foi informado de que o corpo que tinha sepultado era de outra pessoa. O erro foi percebido pelo próprio órgão.

“Foi toda a família para o enterro. Já estava amenizando (a dor do luto), mas agora vai ser outro sofrimento, porque vamos ter que fazer outro”, lamentou o filho.

O caso foi confirmado pelo Itep. Em nota, o órgão afirmou que, no dia da liberação havia dois corpos sem identificação na unidade, ambos liberados por alvará judicial.

“No momento de entregar os corpos para as famílias, apenas uma família apareceu. A funcionária do Itep responsável por fazer a liberação, acabou confundindo o número do NIC (Número de Identificação Cadavérica) e entregou o corpo errado para a família. Os números do NIC dos referidos corpos se diferenciavam por apenas um número”, informou o órgão.

“O Itep arcará com todos os custos referentes ao enterro e lamenta que a família tenha passado por tal situação, que não condiz com o trabalho de excelência que o órgão procura oferecer para a população”, concluiu

Ajude nosso blog a continuar independente, faz um pix 046.225.014-81 contato: 99116-8040

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.