Pedro Avelino vai sentir falta do filho da terra

Sei que todos nós temos virtudes e defeitos, e na politica não é diferente, meu pai foi o maior adversário político na vida pública de José Adécio, sempre combatendo o bom combate sem nunca ter falseado a verdade para se dar bem. Combateu os erros cometidos pelo deputado que beneficiava um grupo que lhe defendia enquanto ele estava com o poder, disso tenho consciência e não tiro uma vírgula do que meu saudoso pai combateu. Eu sempre fui muito ligado ao meu pai e daí eu alertava a ele também, as virtudes do deputado José Adécio em defesa do nosso querido município, embora via que existia erros onde o grupo que sempre viveu e vive das tetas do poder público, sem ter amor pelo município e

sim querendo se beneficiar a todo custo dos recursos que ali chegava para sobreviverem como verdadeiras saunas humanas, do suor e dos direitos dos que trabalham honestamente..

Digo sem medo de errar, noventa porcento dos que fazem ou fizeram política em Pedro Avelino se beneficiaram dos favores e do prestígio do Deputado José Adécio.

Faço parte do seu grupo há vinte e cinco anos sem nunca ter cometido uma pequena traição ou deixei de participar da mais perigosa missão mesmo sabendo que poderia colocar minha vida em jogo, o nosso primeiro teste foi quando trabalhei ao seu lado na campanha para governo em 1994 contra o favoritismo Garibaldi Filho, mas não foram as duas vitórias de Garibaldi; as duas vitórias de Vilma; mais duas com os nossos aliados, uma com a governadora Rosalba e a outra com Robinson Faria que me fez deixar de ser seu aliado em troca de beneficio para mim ou para alguém da minha família.

Quando perdeu a eleição em 2010 e ficou no segundo escalão do governo na direção da Ceasa, liguei para ele e disse: “Estou com você para o rumo que tomar, porque não conheço Rosalba, mas o amigo José Adécio sei onde encontrar nas horas que o precisar”.

Sou seu eleitor desde 1994, votando sempre pelo reconhecimento do que José Adécio, ao lado de sua esposa Neide Suely, fizeram pelo nosso município. Aqui abaixo seque algumas coisa que lembrei para refrescar a memória dos mais jovens conterrâneos do nosso querido município, e por essas razões que meu voto sempre foi seu. A luta continua com Gustavo. Perdemos uma batalha, mas ainda estamos pronto para a Guerra.

Fundação Donatile Costa,

Rádio Central FM 101,3,

Hospital Governador José Varela,

Conjunto IPE com 52 casas,

Conjunto Donatile Costa com 92 Casas,

Conjunto Cohab com 56 Casas,

Oficina Escola, Lavanderia da Cohab,

Matadouro Publico,

Calçadão da Rua Epitácio Pessoa,

Rodoviária com a Praça Celestino Barista,

CEI (Centro Educacional Integrado)

Biblioteca,

Junta Militar,

Fórum Municipal,

Museu Cônego Antas,

Caern onde fez o saneamento do açude Maracajá,

Câmara Municipal,

Balaustrada na saída para Lages,

Praça Cônego Antonio Antas com fonte luminosa,

Praça Manoel Campos,

Ponte que liga o centro da cidade ao Bairro São Francisco,

Lavanderia Pública no bairro São Fcº,

Conjunto habitacional com 20 casas,

Posto de saúde,

Praça próximo ao colégio Castelo Branco,

Cobertura da Feira Livre,

Telern para se comunicar com o mundo,

Escola de 2º grau Josefa Sampaio Marinho,

Agencias Bancarias do Banco do Brasil, Bandern e Bradesco,

Postos de saúde pela zona rural,

Grupos escolares,

Poços tubulares,

Energia elétrica para a zona rural e o Distrito de Baixa do Meio,

Na sua época era para Pedro Avelino que chegava as primeiras vacas do projeto curral,

Centro de manejo de caprinos nas localidades Aroeira e comunidade São José do Pé da Serra,

Milho para salvar o rebanho dos nossos criadores,

Uma patrulha moto mecanizada para fazer vários açudes no município e região,

Um avião para combater a maior praga de gafanhoto da nossa historia e não podia deixar de lembrar os vários empregos que conseguiu para seus conterrâneos em diversos cargos importantes junto aos governos Lavoisier Maia, José Agripino, Vilma Maia, Rosalba e Robinson Faria sem esquecer os empregos na Assembleia Legislativa.

A você, meu ilustre conterrâneo, amigo de fé, meu irmão camarada, Deputado José Adecio, o meu muito obrigado por ter lutado em defesa dos mais podres e humildes do Rio Grande do Norte, e principalmente do pequeno município com menos de sete mil habitantes chamado Pedro Avelino, que a partir de hoje ficará órfão de um deputado que o represente com tanto amor pelo seu povo.

Encerro com uma frase que sempre escuto do meu ilustre professor João Bosco, (O deputado José Adécio é daqueles que passa ficando para sempre na história política do Rio Grande do Norte).

Ao deputado José Adécio e Família um forte abraço do amigo de todas as horas,

Agtônio Soares.