Cordel: A seca no meu sertão o velho cacimbão

Os passos de tio Checo
Fizeram trilha no chão,
Caminhou por muitos anos
Da vivenda ao cacimbão,
Tá tudo seco e rachado
Falta água e capim pro gado
Tem dó pela criação.

A água é da natureza
A seca é no meu torrão,
Secou o pequeno açude
E também o cacimbão,
É forte a Triste Partida
A passagem é só de ida
E quem canta é Gonzagão.

Na seca o matuto roga
Lamenta e chora de dor,
Acaba a água e os bichos
O efeito devastador,
Velho suplica a Jesus
O Senhor é quem conduz
Mande chuva, por favor!.

Marcos Calaça: professor, poeta matuto e cordelista.

Facebook do jornalista Marcos Calaça

Apresentador da Globo que pediu demissão ao vivo tentou suicídio

Em fevereiro deste ano, uma atitude inusitada do jornalista Kaio Cézar chamou atenção. Na ocasião, ele pediu demissão ao vivo da TV Verdes Mares, afiliada da Globo no Ceará.

Crédito: Reprodução/ Instagram

Da Redação

O apresentador está movendo um processo contra o Grupo Edson Queiros, dono da Verdes Mares. Na ação protocolada no último dia 16 de março, Kaio cita inúmeras situações de assédio envolvendo a emissora.

Um trecho do processo relata que Kaio chegou até a tentar suicídio por conta da situação vivida na emissora. “Após os eventos da Copa da Rússia, quando ainda estava viajando a trabalho, o Reclamante efetivamente tentou suicidar-se – tentativa que, felizmente, não logrou êxito -, o que não será descrito com detalhes em respeito à dor do Reclamante, por ser tema excessivamente delicado e sobre o qual ele não se abriu sequer com a sua esposa”, diz o processo.

Na ação movida por Kaio, ele cobra R$ 3.873.399,10 da Verdes Mares, contando todos os valores de salário, diárias e pagamentos que deixou de receber, além de indenizações por dano moral, material e existencial. O jornalista também pede que a Grupo Edson Queiroz e a Globo paguem todo o processo, já que ele diz não ter condições de fazê-lo atualmente por conta de problemas pessoais.

ISTOÉ