Homem é esfaqueado em festa do título do Atlético-MG

A comemoração pelo título brasileiro conquistado pelo Atlético-MG na noite de quinta-feira 2 terminou em violência no centro de Belo Horizonte. Pelo menos dois torcedores ficaram feridos depois de ser atingidos por fogos de artifício. Um homem foi esfaqueado.

Segundo informações do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), o primeiro torcedor ferido se machucou ao tentar soltar um rojão, que explodiu em sua mão, por volta das 21h20, na região central da cidade.

Já na sede do Atlético-MG, no bairro Lourdes, onde os torcedores se reuniram para celebrar a conquista, uma torcedora foi atingida por fogos de artifício. Ambos foram socorridos e encaminhados para hospitais próximos.

O homem esfaqueado não a identidade divulgada pelas autoridades. Ainda não se sabe quais foram as circunstâncias do episódio.

Na noite de ontem, no Estádio da Fonte Nova, em Salvador, o Atlético-MG derrotou o Bahia por 3 a 2 e assegurou, matematicamente, o título do Campeonato Brasileiro. A equipe não vencia a competição havia 50 anos, desde 1971.

O time comandado pelo técnico Cuca chegou aos 81 pontos em 36 jogos disputados no Brasileirão, com um aproveitamento de 75%, e não pode mais ser alcançado pelo vice-líder Flamengo, que tem 70 pontos e mais três partidas a disputar (só pode chegar a 79 pontos).

Atlético-MG vence Bahia e volta a ser campeão brasileiro após 50 anos

Galo vira duelo em 2º tempo eletrizante e abre 11 pontos para Flamengo

Publicado em 02/12/2021 – 20:19 Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo

Cinquenta anos depois, o torcedor do Atlético-MG pode, enfim, comemorar o título brasileiro. Nesta sexta-feira (2), o Galo derrotou o Bahia por 3 a 2 na Arena Fonte Nova, em Salvador, assegurando o bicampeonato nacional por antecedência. Os cinco gols da noite saíram em um segundo tempo eletrizante, com destaque ao atacante Keno, que balançou as redes duas vezes e decretou a virada do campeão.

O Alvinegro foi a 81 pontos e não tem mais como ser alcançado pelo vice-líder Flamengo, que tem 70 pontos e ainda pode chegar a 79. O Esquadrão de Aço permanece com 40 pontos, abrindo a zona de rebaixamento.

Da primeira conquista (em 1971) para cá, os mineiros bateram cinco vezes na trave na busca pelo bi. Em 1977, 1980 e 1999, o Atlético foi à final do Brasileiro, mas foi superado, respectivamente, por São Paulo (nos pênaltis), Flamengo e Corinthians. Em 2012 e em 2015, já na era dos pontos corridos, o Galo foi vice, na ordem, para o Fluminense e novamente para o Timão. Ídolos históricos como Reinaldo (maior artilheiro do clube, com 255 gols) ou Ronaldinho Gaúcho (principal nome da conquista da Libertadores, em 2013) tentaram, mas não conseguiram tirar o Alvinegro da fila.

A espera acabou sob comando do mesmo treinador que levou o time ao título da Libertadores: Cuca. O Atlético assumiu a ponta do Brasileirão na 15ª rodada, ao derrotar o Juventude por 2 a 1, fora de casa, e de lá não saiu mais. Dono do segundo melhor ataque, com 60 gols, atrás somente do Flamengo (67), o Galo ainda tem a defesa menos vazada da competição, com apenas 27 gols sofridos em 36 jogos disputados.

Como esperado, o Atlético se lançou ao ataque diante do Bahia desde os primeiros minutos. Aos quatro, Keno bateu da entrada da área e obrigou Danilo Fernandes a trabalhar. Aos 17, o atacante soltou a bomba de longe, mas o goleiro novamente salvou. Aos 39 minutos, quando o lateral Matheus Bahia errou o tempo de bola, Nacho Fernández invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado, parando em outra intervenção de Danilo Fernandes. O Tricolor, mais preocupado com a marcação, aventurou-se pouco à frente. Até finalizou tanto quanto os mineiros (cinco), mas sem perigo à meta do goleiro Everson.

O Esquadrão voltou do intervalo com mais disposição ofensiva e equilibrou a partida, saindo na frente. Aos 16 minutos, o zagueiro Luiz Otávio, de cabeça, aproveitou cobrança de escanteio pela direita e marcou. Quatro minutos depois, Matheus Bahia cruzou rasteiro pela esquerda e o atacante Gilberto completou para as redes, ampliando a vantagem.

Os gols acordaram o Atlético, que voltou a marcar pressão e rapidamente conseguiu o empate. Aos 26, Eduardo Sasha foi derrubado por Luiz Otávio na área. O também atacante Hulk bateu e converteu a penalidade. No minuto seguinte, Keno dominou na entrada da área pela esquerda, levou para dentro e finalizou para vencer Danilo Fernandes. Não parou por aí. Aos 32, o meia Nathan achou Keno na meia-lua. O atacante chutou com a bola no ar e mandou no canto do goleiro tricolor, decretando a virada. Desordenado, o Bahia tentou reagir, mas não o suficiente para estragar a festa alvinegra em Salvador.

O Atlético, já como campeão brasileiro de 2021, volta a campo no domingo (5), às 16h, para receber o Red Bull Bragantino no Mineirão, em Belo Horizonte, onde poderá celebrar o título ao lado da torcida. No mesmo dia e horário, o Bahia tentará a reabilitação diante do Fluminense, novamente na Fonte Nova. As partidas valem pela 37ª rodada do Brasileiro

Torcida do Flamengo ovaciona Jorge Jesus, e Everton Ribeiro diz: “Fruto do trabalho dele”

Meia falou na saída de campo após a vitória por 2 a 1 sobre o Ceará, no Maracanã, e agradeceu carinho dos torcedores mesmo após vice na Libertadores: “Eles mereciam um título maior”

Everton Ribeiro comenta festa da torcida do Flamengo no Maracanã após vitória sobre o Ceará

Melhores momentos: Flamengo 2 x 1 Ceará, pela 36ª rodada do Brasileirão 2021

A torcida do Flamengo, que compareceu em peso no Maracanã nesta terça-feira, apoiou a equipe durante os 90 minutos de jogo contra o Ceará. Ao fim da partida, em que o Rubro-Negro venceu por 2 a 1 (gols de Gabigol e Matheuzinho), os mais de 48 mil torcedores ainda ovacionaram Jorge Jesus, com a música “Olê, olê, olê, Mister! Mister”. Questionado sobre a festa, Everton Ribeiro agradeceu o carinho, mesmo após o vice na Libertadores, e afirmou que o ex-treinador merece tamanho reconhecimento por tudo que fez no clube:

“Esse carinho que a torcida tem por ele (Jorge Jesus) é fruto do trabalho dele, o que ele fez aqui, ele merece. Agora, vamos ver o que vai ter pela frente”.

Torcida do Flamengo contra o Ceará — Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Sobre o reencontro da torcida após a derrota para o Palmeiras, no último sábado, em Montevidéu, o capitão rubro-negro agradeceu pelo carinho, disse ainda estar triste pelo resultado e que a torcida merecia um “título maior” na temporada, apesar do esforço do grupo:

– Nosso sentimento ainda é de tristeza por ter perdido esse título, a gente sabia que era muito importante para nós e daria uma alegria imensa para a Nação, mas eles mostram mais uma vez que eles vivem de Flamengo, vivem desse sentimento, que é inexplicável. Chegar hoje e ser recepcionado por essa torcida, com esse carinho, essa alegria…

– Eles mereciam um título maior este ano. Mas eles sabem que a gente sempre deixa tudo dentro de campo, como foi hoje, uma entrega muito grande para tentar retribuir um pouco esse carinho enorme que eles têm pela gente. A gente só tem a agradecer por todo apoio – acrescentou.

Torcida do Flamengo faz festa com jogadores no Maracanã após vitória sobre o Ceará

Suspenso para a próxima partida, após ter recebido terceiro cartão amarelo ainda no primeiro tempo contra o Ceará, Everton Ribeiro admitiu que as chances de título no Campeonato Brasileiro são mínimas, mas que a equipe irá “acreditar até o final” e lutará pelos torcedores:

– A temporada ainda não acabou, temos chances remotas, mas vamos acreditar até o final. Foi uma temporada diferente, que emendou uma na outra, isso dificultou bastante, mas a gente lutou, brigamos por todas as competições, chegamos perto, mas infelizmente não vencemos. Torcida dando um show, e a gente vai lutar sempre por eles.

Sem o camisa 7, o Flamengo volta a campo na próxima sexta-feira, às 20h (de Brasília), para encarar o já rebaixado Sport, na Arena Pernambuco, em jogo válido pela 35ª rodada. Com 70 pontos, o Rubro-Negro está a oito do líder Atlético-MG, e cada um tem ainda nove pontos a serem disputados.

Redação do ge, Rio

Flamengo anuncia saída de Renato Gaúcho

Após vice da Libertadores, diretoria rubro-negra decide pela ruptura imediata. Mauricio Souza comandará a equipe até o fim do Brasileirão

Renato Gaúcho: Do início fulminante à frustração sem títulos no Flamengo

Renato Gaúcho não é mais o técnico do Flamengo. A decisão foi tomada pela diretoria nesta segunda-feira, após conversa com o treinador. A saída acontece depois da perda do título da Libertadores para o Palmeiras, no sábado, em Montevidéu, no Uruguai.

Mauricio Souza, ex-sub-20 e que vinha sendo auxiliar na comissão de Renato, comandará o time até o fim do Campeonato Brasileiro.

O Clube de Regatas do Flamengo informa que, após conversa entre as partes, o técnico Renato Gaúcho não comanda mais o time principal – publicou o clube nas redes sociais.

Renato Gaúcho em Palmeiras x Flamengo

Independentemente do resultado na decisão, a permanência do treinador para 2022 já estava em xeque, fosse pelo trabalho que não é bem avaliado internamente, fosse por atitudes no dia a dia que irritam jogadores. Terça-feira, dia do empate com o Grêmio, por exemplo, Renato não foi ao CT do próprio clube gaúcho dar treino para os titulares, o que causou irritação.

Sob o comando de Renato Gaúcho, o Flamengo foi eliminado para o Athletico-PR na semifinal da Copa do Brasil e perdeu o título da Libertadores para o Palmeiras. O treinador deixa o time na vice-liderança do Brasileirão, com remotas chances de título.

Ao todo, Renato comandou o Rubro-Negro em 38 jogos, com 25 vitórias, 8 empates e 5 derrotas, um aproveitamento de 72,8%.

Via GE, Rio

Morre Frank Williams, criador de uma das mais vencedoras equipes da F1

Frank Williams, uma das maiores lendas do automobilismo mundial, morreu neste domingo (28), aos 79 anos. A morte foi anunciada nas redes sociais da equipe Williams.

Frank Williams morreu aos 79 anos
Frank Williams morreu aos 79 anos

“Sentimos a mais profunda tristeza pela morte de Sir Frank Williams. Sua vida foi movida pela paixão pelo automobilismo, seu legado é incomensurável e fará parte da F1 para sempre. Conhecê-lo foi uma inspiração e um privilégio. Ele deixará muita, muita saudade”, escreveu o perfil oficial da equipe. A família não divulgou a causa da morte.

Além de fundador da equipe, ele foi piloto e mecânico. Em 17 anos, entre 1980 e 1997, a escuderia Williams conquistou nove títulos de construtores e sete de pilotos. Em 1986, Frank Williams sofreu um acidente de carro, na França, que o deixou paraplégico.

O brasileiro Nelson Piquet foi campeão mundial de Fórmula 1, pilotando uma Williams, em 1987. José Carlos Pace, piloto que dá o nome ao autódromo de Interlagos, em São Paulo, e que morreu em 1977, em um acidente aéreo, também correu pela Williams.

A última corrida de Ayrton Senna foi pilotando um carro da Williams, em 1994, quando o brasileiro morreu em um acidente no Grande Prêmio de San Marino, na Itália.

A equipe Williams, sob o comando de Frank, conquistou 313 pódios, com 114 vitórias.

Agência Brasil

Campeão olímpico Ítalo Ferreira realiza sonho do pai e o leva para a final da Libertadores

Surfista potiguar está em Montevidéu com Seu Luizinho e vai assistir a um jogo do Rubro-Negro no estádio pela primeira vez. Decisão é neste sábado

Italo Ferreira e o pai em Montevidéu

O campeão olímpico Ítalo Ferreira está em Montevidéu, no Uruguai, para assistir à final da Copa Libertadores. Torcedor do Flamengo, ele realiza o sonho do pai, Luiz Ferreira, que tinha o desejo de poder ver o Rubro-Negro em uma decisão.

Ele está proporcionando um dos meus sonhos, de assistir a uma final do Flamengo. Eu agradeço a você, Ítalo, por tudo que você está fazendo – contou Seu Luizinho em entrevista à Fla TV.

Meu pai torcia pelo Flamengo e eu segui ele. É uma oportunidade incrível para ele. Estou feliz demais – destacou Ítalo.

O surfista campeão mundial em 2019 revelou que nunca viu o Flamengo no estádio e não esconde a empolgação.

É a minha primeira vez assistindo a um jogo do Flamengo. Para mim vai ser incrível, ainda mais por ser uma final. Vai ser demais – comentou.

Na sexta-feira, eles acompanharam um jogo festivo com a participação de ex-jogadores como Lugano, Sorin, Loco Abreu e Júnior Baiano. Seu Luizinho fez fotos com os ídolos e ainda ganhou a bola utilizada na partida, além de uma camisa do Flamengo e uma medalha idêntica a que os campeões irão receber neste sábado.

Ítalo contou que a chegada a Montevidéu precisou ser adiada em um dia após um susto, mas, no fim, deu tudo certo.

Tivemos que abandonar o voo porque meu pai passou mal. Ele estava mais ansioso que os jogadores – falou.

Pai e filho estão confiantes na conquista do tricampeonato da Libertadores. Seu Luizinho aposta em uma vitória por 2 a 0, com gols de Gabigol e Arrascaeta. Ítalo acredita em um 3 a 1, com gols de Gabigol, Arrascaeta e Bruno Henrique.

Flamengo e Palmeiras fazem a final no Estádio Centenário, às 17h (de Brasília). O ge acompanha a decisão em tempo real.

Redação do Ge, Natal

Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores

Rádio Nacional transmite a partida ao vivo neste sábado (27)

Publicado em 27/11/2021 – 07:00 Por Agência Brasil – Rio de Janeiro

Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Copa Libertadores da América, a partir das 17h (horário de Brasília) deste sábado (27), no estádio Centenário de Montevidéu (Uruguai). A partida decisiva terá transmissão da Rádio Nacional.

O jogo coloca frente a frente os dois últimos vencedores da competição (o Rubro-Negro da edição 2019 e o Verdão da edição 2020).

O Flamengo chega à busca do tricampeonato continental (venceu em 1981 e em 2019) em um momento de instabilidade da temporada. Após ficar de fora da final da Copa do Brasil (após eliminação nas semifinais diante do Athletico-PR), a equipe da Gávea viu o título do Brasileiro ficar mais distante, pois tropeçou quando poderia diminuir a distância para o líder Atlético-MG.

Assim, a conquista da Libertadores é a grande oportunidade de encerrar a temporada levantando um troféu. Na coletiva antes da decisão o técnico Renato Gaúcho deixou claro que sabe que a vitória é de suma importância em um país como o Brasil, no qual só ficam gravados na história os nomes dos vencedores: “Trabalhamos para buscar os resultados, os títulos. Entramos para vencer, mas o adversário também. Amanhã [sábado] temos uma decisão. O mais importante é que chegamos por méritos. No Brasil, infelizmente, só dão importância a quem vence”.

Para alcançar este objetivo o treinador contará com força máxima, inclusive o meio-campista uruguaio De Arrascaeta, que desfalcou o time da Gávea em vários jogos da temporada. Com isso, a provável escalação do Flamengo na decisão é: Diego Alves; Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís; Willian Arão, Andreas Pereira, Éverton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel Barbosa.

O Verdão também busca a terceira glória da Libertadores (após vencer em 1999 e em 2020). Porém, para alcançar este objetivo terá que quebrar um incômodo tabu, voltar a vencer o Flamengo, o que não acontece desde 2017 (neste período as equipes mediram forças em 9 oportunidades, com 5 triunfos do Rubro-Negro e 4 empates).

Na opinião do técnico Abel Ferreira, este retrospecto não pode tirar o ânimo de sua equipe. “Apesar de não ganhar há mais de quatro anos [do Flamengo] temos chance de fazer isto amanhã [sábado]. Minha trajetória no Palmeiras tem sido fazer história com estes jogadores aqui e agora”.

Na coletiva antes do jogo ficou no ar a possibilidade de o experiente volante Felipe Melo começar na equipe titular. Caso ele realmente fique com a vaga entre os 11 iniciais do Verdão, o Palmeiras deve entrar em campo com: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo, Zé Rafael, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa; Dudu e Rony

Copa do Mundo: Itália e Portugal caem na mesma chave da repescagem

Apenas o vencedor de cada grupo avança para o Mundial no Catar

Publicado em 26/11/2021 – 18:45 Por Rohith Nair – Bengalore (Índia)

Itália e Portugal, os dois últimos campeões europeus, podem disputar uma vaga da Copa do Mundo de 2022 (Catar) agora que foram sorteados na mesma chave da repescagem europeia nesta sexta-feira (26).

Os 12 times, 10 dos quais ficaram em segundo lugar em seus grupos, foram divididos em três chaves de quatro times, cada uma com suas próprias semifinais e finais.

O time vencedor de cada chave se classifica para a Copa do Catar, o que significa que ou Itália ou Portugal não disputará o torneio.

A Itália, que conquistou a Euro em julho deste ano, e Portugal, campeão europeu em 2016, disputarão suas partidas de semifinais em casa, respectivamente contra a Macedônia do Norte e a Turquia.

Caso os dois pesos-pesados avancem, Portugal terá a vantagem de jogar em casa na final.

“Poderia ter sido um pouco melhor, com certeza”, disse o técnico da seleção italiana, Roberto Mancini, à rede RAI2. “Estamos confiantes e positivos, especialmente nos momentos mais difíceis”, declarou.

“Assim como nós teríamos evitado eles [Portugal] com prazer, provavelmente eles também nos teriam evitado. Teremos que jogar uma ótima partida [contra a Macedônia do Norte], depois veremos na final”, afirmou.

Não conseguir avançar seria um grande contratempo para a tetracampeã mundial Itália, que não disputou a edição de 2018. Foi a primeira vez em 60 anos que o time não se classificou.

O País de Gales, que anseia disputar sua primeira Copa do Mundo em 64 anos, foi sorteado na mesma chave da Escócia, que não se classifica desde 1998.

“Nós nos demos uma grande oportunidade. Trabalhamos duro como nunca para terminar em segundo e conseguir a rodada em casa. Temos tudo em jogo”, disse o treinador dos galeses, Robert Page, à rede BBC.

Torcedores mais velhos do País de Gales ainda ficam com os batimentos cardíacos acelerados quando pensam na repescagem para o Mundial de 1977 contra a Escócia.

No jogo disputado no estádio Anfield, do Liverpool, os escoceses saíram na frente com um pênalti concedido por toque de mão, embora replays tenham mostrado que o toque foi do atacante escocês Joe Jordan.

A Escócia venceu por 2 a 0 e conseguiu uma vaga na Copa do Mundo da Argentina no ano seguinte.

Oito anos depois, os escoceses conseguiram um empate vital em Cardiff para jogar no Mundial do México de 1986, mas a comemoração durou pouco, após o técnico Jock Stein ter um infarto na lateral do campo e morrer no vestiário pouco depois.

Repescagem Europeia

Chave A
Semifinal 1: Escócia x Ucrânia
Semifinal 2: País de Gales x Áustria

Chave B
Semifinal 3: Rússia x Polônia
Semifinal 4: Suécia x República Tcheca

Chave C
Semifinal 5: Itália x Macedônia do Norte
Semifinal 6: Portugal x Turquia

Repescagem Intercontinental
Representante da Confederação Asiática de Futebol x Representante da Conmebol
Representante da Concacaf x Representante da Confederação de Futebol da Oceania

* Com reportagem adicional de Simon Evans e Pete Hall

Verstappen terá 1ª chance de ser campeão da F1 no GP da Arábia Saudita

Próxima corrida, penúltima do circuito mundial, será em 5 de dezembro

Publicado em 22/11/2021 – 16:20 Por Alan Baldwin – Londres

Max Verstappen terá sua primeira chance de conquistar o título da Fórmula 1 na Arábia Saudita dentro de duas semanas, mas o piloto da Red Bull e líder do campeonato também pode ver sua vantagem desaparecer completamente.

A disputa do título de 2021 continua apertada demais para previsões, já que o heptacampeão mundial Lewis Hamilton, da Mercedes, diminuiu a diferença para oito pontos com mais uma vitória imponente no Catar neste domingo (21).

Faltando duas corridas na temporada, a perspectiva de um confronto do tipo “o vencedor leva tudo” na última prova, no circuito Yas Marina de Abu Dhabi, é enorme.

Para Verstappen conquistar o título no primeiro Grande Prêmio Saudita em Jedá no dia 5 de dezembro, precisa terminar ao menos na segunda colocação.

Mas se Hamilton vencer a prova com um ponto de bônus pela volta mais rápida e Verstappen ficar em segundo, a dupla empatará em pontos e o piloto da Red Bull terá nove vitórias contra as oito do rival.

Nesta situação, o título será conquistado por quem terminar a última corrida à frente do outro, a menos que um tire o outro da prova.

Caso Hamilton vença em Jedá e Verstappen cruze atrás do segundo colocado, será o piloto da Mercedes que terá a vantagem na corrida final

Goleiro Bruno posta foto com pitbull e causa polêmica: “Amiga fiel”

Bruno Fernandes, o goleiro Bruno, condenado pelo assassinato da ex-modelo Eliza Samudio, postou em seu perfil no Instagram uma foto com uma cadela da raça pitbull. Bruno cumpre pena em regime aberto pelo crime. Na legenda, o goleiro escreveu: “Amiga fiel!”. Em resposta a um seguidor que afirmou nos comentários que “pitbulls matam e comem a carne”, a mulher de Bruno, Ingrid Calheiros, negou: “Ela é um american bully! E tudo depende da criação, aqui todos são criados com muito amor. Nenhum cachorro come carne humana; é mito, isso não existe!”

Eliza teria sido morta, esquartejada e, depois, jogada para os cachorros, segundo o goleiro afirmou no julgamento no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, em 2013.

Nos comentários, seguidores associaram o animal à morte da ex-modelo. “A ração dele é de carne”, “Esse cachorro come que tipo de carne?”, “Foi essa que comeu os restos mortais?”e “Tento esquecer, mas aí vc posta uma foto dessa. Aí não dá” foram alguns dos comentários.

Outros seguidores, no entanto, apoiaram. “Só porque ele postou com a cachorra dele precisa darem piada o cara já pagou pelo o que ele fez deixa ele recomeça em paz a vida dele só Deus viu” (sic), disse uma seguidora. Outro comentário fala do direito a uma segunda chance: “ente podre na Internet todo mundo tem direito a segunda chance pelo amor de Deus mais amor e respeito com as pessoas”.

Bruno cumpre parte da pena de 22 anos e três meses de prisão, estipulada pela Justiça de Minas Gerais em 2013, pelo assassinado de Eliza, mãe de seu filho, e foi morta em junho de 2010, quando ele ainda jogava pelo Flamengo. Extra