Curtis Blaydes aproveita falha e vence Junior Cigano por nocaute no segundo round no UFC Raleigh

Brasileiro tenta aplicar um uppercut e é surpreendido com um direto de direita que abriu o caminho para que o americano conquistasse a vitória por nocaute técnico

Por Combate.com — Raleigh, EUA

26/01/2020 00h43  Atualizado há 7 horas


Não foi a noite de Junior Cigano. O peso-pesado brasileiro foi surpreendido na trocação pelo wrestler americano Curtis Blaydes e acabou nocauteado com uma série de golpes junto à grade a 1m06s do segundo round. Ex-campeão da categoria, Cigano sofreu a segunda derrota consecutiva, enquanto Blaydes chegou à terceira vitória consecutiva. Mais rápido e ágil durante todo o combate, Blaydes levou vantagem na trocação diante de um Cigano menos ágil do que nas suas últimas apresentações.

Curtis Blaydes Junior Cigano UFC Raleigh — Foto: Getty Images

A luta

O duelo começou com Cigano mantendo a distância curta para Blaydes e tentando desferir golpes rápidos. O americano buscou as pernas do brasileiro por duas vezes, sem sucesso. Cigano controlava a disputa mesmo no clinche junto à grade, e mostrou boa velocidade de esquiva quando Blaydes tentou se aproximar jogando golpes. O americano conseguiu acertar dois bons golpes no brasileiro nos segundos finais, e Cigano lançou um uppercut fortíssimo, que passou raspando à cabeça do rival.

Na volta para o segundo round, na primeira aproximação de Cigano, Curtis Blaydes conectou uma boa combinação de jab de esquerda e direto de direita que acertou em cheio o rosto do brasileiro. Na sequência, o americano aproveitou uma aproximação de Cigano, que preparava um uppercut, para conectar um direto devastador de direita que explodiu na cabeça do brasileiro. Abalado, Cigano se afastou e Blaydes aproveitou para desferir três joelhadas seguidas de uma sequência de socos que obrigaram o árbitro a encerrar a luta, declarando o nocaute técnico.

Confira os resultados de todas as lutas do evento:

CARD PRINCIPAL
Curtis Blaydes venceu Junior Cigano por nocaute técnico a 1m06s do R2
Michael Chiesa venceu Rafael dos Anjos por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)
Alex Perez venceu Jordan Espinosa por finalização aos 2m33s do R1
Angela Hill venceu Hannah Cifers por nocaute técnico aos 4m26s do R2
Jamahal Hill venceu Darko Stosic por decisão unânime (triplo 29-27)
CARD PRELIMINAR
Bevon Lewis venceu Dequan Townsend por decisão unânime (triplo 30-27)
Arnold Allen venceu Nik Lentz por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
Justine Kish venceu Lucie Pudilova por decisão unânime (triplo 30-27)
Montel Jackson venceu Felipe Cabocão por decisão unânime (30-26, 30-26 e 30-25)
Sara McMann venceu Lina Lansberg por decisão unânime (30-27, 30-26 e 30-25)
Brett Johns venceu Tony Gravely por finalização aos 2m53s do R3
Herbert Burns venceu Nate Landwehr por nocaute aos 2m43s do R1

João Lucas, Rodrigo Muniz e Bill celebram primeiro gol pelo Flamengo: “Outro patamar”

Lateral e centroavante marcam pela primeira vez como profissionais, enquanto o último balança as redes pela primeira vez pelo time rubro-negro

Por GloboEsporte.com — Rio de Janeiro

25/01/2020 20h25  Atualizado há 3 horas


O time de jovens jogadores que atua pelo Flamengo na Taça Guanabara venceu o Volta Redonda por 3 a 2 neste sábado, no Maracanã, em partida válida pela terceira rodada da competição. Os autores dos gols balançaram as redes pela primeira vez pelo time profissional do Rubro-Negro. O gol decisivo foi marcado por Bill, que em 2019 foi emprestado à Ponte Preta, onde marcou uma vez.

– Sempre digo que precisamos estar preparados para a oportunidade. Seja ela com cinco, dez, quinze ou dois minutos. Para entrar e fazer o melhor. Sem medo, com responsabilidade.

– A gente que joga no Flamengo tem que estar preparado para tudo. Para virar um jogo, empatar um jogo. Sabemos da responsabilidade. Os sonhos a gente deixa do lado de fora, quando entramos estamos 100% focados no jogo. Outro patamar – finalizou o jovem.

Bill Flamengo Volta Redonda — Foto: André Durão

O lateral-direito João Lucas, de 21 anos, que disputou o Carioca do ano passado pelo Bangu e foi contratado pelo Flamengo na sequência, fez seu primeiro gol como profissional. O jogador fez também seu primeiro jogo na temporada, já que o titular da posição nas duas primeiras rodadas foi Matheuzinho.

– Sensação que não tem como explicar. Minha estreia como profissional foi no Maracanã. Fizemos um bom primeiro tempo, mas pecamos na bola parada. Professor conversou com a gente e voltamos dispostos a reverter. Temos coisas a melhorar, mas estamos focados.

João Lucas gol Flamengo Volta Redonda — Foto: André Durão

– Fazer meu primeiro gol no Maracanã eu vou contar para os meus netos – disse João Lucas.

O outro artilheiro estreante da noite foi Rodrigo Muniz, que também fez sua primeira partida como titular pela equipe rubro-negra. Titular no lugar de Vitor Gabriel, o atacante marcou um belo gol de cabeça, após cruzamento de Ramon.

Vitor Gabriel Rodrigo Muniz Flamengo Volta Redonda — Foto: André Durão

– Muito feliz pelo gol. Ganhei a vaga no jogo de hoje. Trabalhei muito para isso. Trabalhamos muito e pode ser. Estamos outro patamar – disse o centroavante.

Arsenal faz proposta e negocia com o Flamengo por Pablo Marí

Prazo pequeno é um dos obstáculos do negócio, já que janela de transferências na Inglaterra se encerra na próxima semana. Conversas estão em andamento

Por Felipe Schmidt e Paula Carvalho — Rio de Janeiro

24/01/2020 19h01  Atualizado há 13 minutos


Valorizado pelas boas atuações em 2019, Pablo Marí pode voltar para a Europa. O Arsenal, da Inglaterra, mostrou interesse no zagueiro e fez uma proposta ao Flamengo para contratar o jogador. A negociação está em andamento e tem boa chance de acontecer. A informação foi divulgada pelo jornalista Tiago Cordeiro e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Um dos obstáculos para a negociação acontecer é o prazo. A janela de transferências na Inglaterra se encerra na próxima sexta-feira. O Flamengo topa negociar, mas não vai facilitar nas conversas. Há a expectativa de que o zagueiro viaje nos próximos dias para a Inglaterra.

Curiosamente, Marí esteve nesta semana no Ninho do Urubu. O próprio Flamengo, em suas redes sociais, divulgou um vídeo da visita do zagueiro aos funcionários no centro de treinamento. A princípio, o zagueiro se reapresenta na próxima segunda-feira, junto com o restante do elenco principal.

Pablo Marí Flamengo — Foto: Cahê Mota / GloboEsporte.com

Marí foi contratado pelo Flamengo em julho de 2019. Antes, passou por Mallorca, Girona e Deportivo La Coruña, da Espanha. Ele chegou a ser contratado pelo Manchester City, mas nunca atuou pelo clube inglês e passou a ser emprestado a equipes parceiras.

No Flamengo, Marí tornou-se rapidamente titular e ajudou nas conquistas do Brasileirão e da Libertadores de 2019.

Vídeo: Casagrande explica por que sucesso de Jesus no Flamengo fez brasileiros perderem espaço

Comentarista analisa a onda de comandantes gringos no futebol brasileiro em 2020

Por GloboEsporte.com — São Paulo

24/01/2020 07h53  Atualizado há 3 horas


Na Sala do Casa: comentarista fala sobre os técnicos estrangeiros no Brasil

O sucesso do português Jorge Jesus no Flamengo e do argentino Jorge Sampaoli no Santos no ano passado fez com quem o número de técnicos estrangeiro aumentasse no Brasil. E é sobre essa onda de treinadores de fora do país que Casagrande comentou no “Na Sala do Casa” desta sexta-feira.

– O Jesus e o Sampaoli deram espetáculo. O Santos foi vice-campeão, e o Flamengo foi campeão, com time leve, atacando, ofensivo, um futebol encantador. E isso chamou a atenção da imprensa e o torcedor. Foi um resgate do futebol brasileiro – disse o comentarista.

Para esta temporada, o Santos, depois de perder Sampaoli, foi a Portugal em busca de Jesualdo Ferreira. No Inter, o argentino Eduardo Coudet foi a opção da diretoria. E o Atlético-MG foi atrás do venezuelano Rafael Dudamel. Mas por qual motivo os técnicos brasileiros perderam espaço?

– Nos últimos anos, os campeões tinham um jogo de marcação. E essa não é a característica do futebol . Isso não é da raiz do futebol brasileiro, não é agradável. Os treinadores brasileiros estão perdendo espaço porque negaram a ofensividade do futebol brasileiro – completou Casão.

Veja o episódio completo de “Na Sala do Casa” no vídeo acima.

“Na Sala do Casa” discute a onda de técnicos estrangeiros no Brasil — Foto: Reprodução

Com reverência a Zico, atacante Pedro é anunciado oficialmente pelo Flamengo

Emprestado pela Fiorentina até o fim da temporada, ele já trabalha no Ninho do Urubu desde a última sexta-feira

Por GloboEsporte.com — Rio de Janeiro

23/01/2020 10h32  Atualizado há uma hora


Pedro, de 22 anos, foi anunciado oficialmente pelo Flamengo — Foto: Reprodução

O Flamengo anunciou oficialmente nesta quinta-feira a contratação do atacante Pedro, que assinou contrato de empréstimo de um ano com o clube. O jogador desembarcou no Rio de Janeiro na última sexta-feira, e desde então faz trabalhos físicos no Ninho do Urubu. Em seus canais oficiais nas redes sociais, o clube postou uma imagem do atacante reverenciando a estátua de Zico no Ninho do Urubu.

Faltava apenas o recebimento de documentos da Fiorentina para que a contratação fosse oficializada pelo clube. O Flamengo vai pagar cerca de 1 milhão de euros (R$ 4,6 milhões) pelo empréstimo até o fim da temporada. O valor será abatido caso o clube opte por efetuar a compra dos direitos econômicos ao fim deste período.

Revelado pelo Fluminense, Pedro foi comprado em setembro de 2019 pela Fiorentina por 11 milhões de euros. Pela Viola, o atacante disputou apenas quatro partidas e não balançou a rede. Foram 59 minutos com a camisa do clube italiano.

https://twitter.com/Flamengo/status/1220345388336586752

Agora, falta o Flamengo fechar a permanência de Gabigol para definir o setor ofensivo. A diretoria negocia com a Inter de Milão a compra dos direitos econômicos do artilheiro.

Flamengo anunciou oficialmente a contratação de Pedro — Foto: Reprodução

Além de Pedro, o Flamengo anunciou outros quatro reforços para a temporada: o zagueiro Gustavo Henrique, o volante Thiago Maia e os atacantes Michael e Pedro Rocha.

Bruno Henrique repete frase e zoa Vasco após vitória do Flamengo: “Estamos em outro patamar”

De férias, atacante rubro-negro comemora em rede social do clube

Por GloboEsporte.com — Rio de Janeiro

23/01/2020 00h02  Atualizado há 15 minutos

Bruno Henrique comentou no Instagram do Flamengo após o clássico — Foto: Reprodução
Bruno Henrique comentou no Instagram do Flamengo após o clássico — Foto: Reprodução

Bruno Henrique ainda está de férias, mas já com a cabeça (e os olhos) no Flamengo. Nesta quarta-feira, logo após a vitória por 1 a 0 do time de garotos sobre o Vasco, o atacante comemorou nas redes sociais com a frase que já virou sua marca registrada. Em postagem do clube no Instagram, ele comentou:

– Estamos em outro 🐾🌊.

A resposta do atacante foi percebida por vários seguidores e rapidamente viralizou. O comentário reapareceu justamente contra o Vasco, contra quem “tudo começou”. No último clássico entre os clubes no ano passado, que terminou empatado por 4 a 4 e com discussão, Bruno Henrique na saída de campo ressaltou que o Rubro-Negro estava brigando pelo título, enquanto o rival não.

Melhores momentos de Vasco 0 x 1 Flamengo pela 2ª rodada do Campeonato Carioca

Com a vitória, o Flamengo se recuperou do empate na estreia com o Macaé e já divide a liderança do Grupo A com o Boavista com quatro pontos, mas dois gols a menos de saldo. Na próxima rodada, o Rubro-Negro recebe o Volta Redonda sábado, às 18h (de Brasília), no Maracanã. Bruno Henrique e os demais jogadores do elenco se reapresentam na semana que vem.

Dispensados pelo Flamengo, sobreviventes de incêndio no Ninho são convidados para teste no Vasco

Felipe Cardoso (meia), Wendel Alves (atacante), João Vitor Gasparin Torrezan (lateral-direito), Naydjel Callebe (zagueiro) e Caike Duarte Pereira da Silva não tiveram contrato renovado

Por Hector Werlang* — Rio de Janeiro

20/01/2020 18h38  Atualizado há 3 horas


O Vasco convidou para um período de teste os cinco jogadores que estavam no dia do incêndio no Ninho do Urubu e foram dispensados pelo Flamengo. Por ora, os meninos entre 14 e 16 anos, sobreviventes da tragédia de quase um ano atrás, ainda não deram certeza se vão aceitar o chamado do clube de São Januário.

Felipe Cardoso (meia), Wendel Alves (atacante), João Victor Gasparin (lateral-direito), Naydjel Callebe (zagueiro), Caike Duarte Pereira da Silva (meia) não tiveram o contrato de formação renovado. A decisão do Rubro-Negro foi comunicada a eles entre os dias 7 e 9 de janeiro. Na última sexta-feira, o Vasco entrou em contato.

O zagueiro Naydjel Callebe não teve contrato renovado no Flamengo — Foto: Reprodução
O zagueiro Naydjel Callebe não teve contrato renovado no Flamengo — Foto: Reprodução

– Assim que a gente teve notícia de que os atletas tinham sido dispensados do Flamengo, buscamos o contato dos responsáveis, entramos em contato e colocamos o Vasco à disposição para um período de treinos. É normal que atletas ao saírem de clube grande procurem ingressar diretamente em outros sem precisar de avaliação. A gente entende a expectativa que eles têm. A gente quis se colocar à disposição para, caso eles não consigam, tenham as portas do Vasco abertas – explicou Witor Bastos, coordenador de captação do Vasco, ao GloboEsporte.com, para completar:

– Eles terem saído do Flamengo não é demérito. É um clube de alto rendimento e os jovens podem oscilar. Mas a pressa que a gente teve de colocar o Vasco à disposição teve um caráter social. O Vasco tem essa parte social muito sensível sempre. Faz parte da essência e da história do clube. Não tem como fugir disso.

Homenagens deixadas em frente ao Ninho na época da tragédia — Foto: André Durão

Normalmente, o período de teste é de 15 dias no Vasco. Os meninos treinam e são avaliados pelos profissionais do clube. Ao término, recebem a notícia de aprovação ou não.

O GloboEsporte.com entrou em contato com Clara Boroski, a mãe de Naydjel Callebe. Ela confirmou o convite do Vasco, mas disse que a família ainda não decidiu o que fazer.

– Desde que o Vasco entrou em contato, estamos pensando. Ficamos muito abalados com a tragédia e as mortes dos meninos. Graças a Deus o meu filho não se machucou e ficou bem. Além disso, fomos pegos de surpresa pela decisão do Flamengo. Não entendemos. Vamos conversar e ver ainda o que fazer. Tem muita coisa para ser pensada – disse Clara.

Adriana Gasparin Torrezan, mãe de João Vitor Gasparin Torrezan, também confirmou ao GloboEsporte.com o contato do Vasco. Ela agradeceu, mas informou que o filho já havia combinado de fazer um teste em outro clube:

– Ele recebeu o convite, mas já tínhamos acertado o teste com outro clube. Ficamos felizes pelo convite do Vasco, mas teremos que aguardar.

A tragédia que deixou 10 meninos mortos no Ninho do Urubu completa um ano no próximo dia 8 de fevereiro.

Quem são os meninos dispensados pelo Flamengo e convidados pelo Vasco

  • Felipe Cardoso, meia de 16 anos, chegou ao Flamengo no início de 2019, após início no Santos. No dia da tragédia, ele conseguiu se salvar e ainda ajudou outros companheiros a fugir.
  • Wendel Alves, atacante de 15 anos. Assim como Felipe, chegou ao Flamengo dias antes do incêndio. Na ocasião, ele quebrou uma janela para ajudar os companheiros a fugir das chamas.
  • João Victor Gasparin, lateral-direito de 15 anos, chegou ao clube com 13 anos e passou a dormir no Ninho quando completou 14. No dia do incêndio, contou aos pais que, inicialmente, achou que o alerta dos amigos era uma brincadeira, mas conseguiu escapar em tempo.
  • Naydjel Calleb, zagueiro de 15 anos. Foi um dos últimos a conseguir escapar antes de o fogo tomar conta do alojamento.
  • Caike Duarte Pereira da Silva, meio-campista de 14 anos, conhecido como Paquetá, pela semelhança física com o ex-meia rubro-negro.

*Colaborou Fred Gomes

Jorge Jesus chega ao Brasil e vê renovação com o Flamengo próxima: “Não haverá problema”

Técnico volta ao trabalho nesta segunda-feira e iniciará semana de planejamento da temporada. Entre as missões, conversas com Gabigol

Por Felipe Schmidt — Rio de Janeiro

20/01/2020 06h22  Atualizado há 4 horas


O Mister voltou, e pelo jeito vai ficar mais tempo. Ao desembarcar no Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira, o técnico Jorge Jesus afirmou que não deve haver problema para renovar seu contrato com o Flamengo, que termina em maio.

– Vamos acabar com essa especulação. Quero que todos os flamenguistas percebam isso. Nós, Braz, eu, Bruno (Spindel) e o presidente, antes de acabar a temporada nos reunimos para pensar nesta possibilidade. Da minha parte, disse que só queria pensar nisso quando acabasse o Mundial. Foi isso. Estou chegando ao Brasil, e seguramente estamos em sintonia e vamos conversar. Não vai haver problema – afirmou.

Jesus desembarcou no aeroporto do Galeão na manhã desta segunda-feira  — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo
Jesus desembarcou no aeroporto do Galeão na manhã desta segunda-feira — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Enquanto os jogadores do elenco principal só retornam aos treinos na próxima segunda-feira, o técnico terá esta semana para tocar o planejamento da temporada. Entre as missões, está conversar com Gabigol para ajudar na permanência do atacante – o Flamengo avança a cada dia na negociação, mas ainda não sacramentou a contratação do artilheiro.

– Na minha chegada hoje ao Brasil vou ter a possibilidade de conversar com ele. Tenho confiança muito grande nele, um carinho muito especial, como por todos os jogadores do Flamengo. Com certeza vou conversar com ele – completou.Jesus e sua comissão técnica voltarão ao trabalho nesta semana. Em pauta, reuniões para definir os treinamentos da pré-temporada do elenco principal, que se reapresenta na próxima segunda-feira, dia 27. A previsão é de que o primeiro jogo oficial da equipe seja na Supercopa do Brasil, contra o Athletico, em 16 de fevereiro, em Brasília.

Jorge Jesus desembarca no Rio de Janeiro — Foto: Felipe Schmidt
Jorge Jesus desembarca no Rio de Janeiro — Foto: Felipe Schmidt

Apesar do retorno do Mister, a equipe do Flamengo no Carioca continuará a ser comandada por Mauricio Souza, com os meninos do sub-20. Jesus afirmou que vai aproveitar para observar melhor os garotos.

– Vou acompanhar mais os meninos, vou ver os jogos, o treinador vai continuar a ser o Mauricio. Para mim, vai ser bom, porque alguns meninos da equipe sub-20 que não conheço vou ter oportunidade de conhecê-los melhor.

Confira outros tópicos da entrevista coletiva de Jorge Jesus:

Motivação para o ano

– Chegamos com o mesmo objetivo, a mesma determinação que chegamos no primeiro dia ao Brasil. A ideia é a mesma, sabendo que hoje temos mais responsabilidade, mas também temos mais créditos. E o Flamengo, para ser a equipe que todo os flamenguistas desejam, o maior clube do mundo, tem que continuar a ganhar títulos.

Avaliação dos reforços

– Todas as aquisições tiveram critério técnico e tático. Não é fácil qualquer jogador no Brasil entrar na equipe do Flamengo. Eles vêm acrescentar qualidade ao plantel. Estou muito satisfeito com a direção de ter conseguido já estes jogadores.

Praticamente estão quase todos, ainda faltam alguns jogadores que achamos que podem melhorar a quantidade do time. Nós procuramos um jogador dentro das características que a equipe tem para jogar. É nisso que temos nos baseados e estamos muito satisfeitos com o que fizemos até hoje.

Propostas de outros clubes

– Isso pouco importa. O importante é que estou no Flamengo, num dos melhores clubes do mundo. Estou focado. O resto para mim é secundário.

Planejamento da pré-temporada

– A final da Supercopa fez com que chegássemos mais cedo, porque estava marcada para 27 (de janeiro). Não estávamos à espera de que fosse marcada para duas semanas depois de começarmos a trabalhar. Temos que acelerar nossa preparação.

Agora é chegar dia 27 e trazer coisas novas aos jogadores para preparar uma temporada tão boa ou melhor que a que já fizemos. Disse uma vez, vou dizer novamente: o maior adversário do Flamengo para o ano vai ser o Flamengo.

Férias em Portugal

– Estou com saudade de trabalhar. Estive em Portugal por um mês, todos os dias treinava sozinho. Não saí de Portugal, quis descansar. A temporada foi desgastante, mas com muitas alegrias, e espero que esse ano tenha o mesmo caminho.

Participação nas contratações

– Todas as aquisições foram com a ideia de equipe do Flamengo. Eu, Braz e Bruno todos os dias nos comunicávamos. Era como se eu estivesse presente.

Eles estiveram na anunciação, mas em termos de conhecimento técnico/tático, a responsabilidade da escolha dos jogadores, como é óbvio, onde eu estou, no Brasil, na China ou em qualquer lado, sou eu que decido.

Pacto por volta ao Mundial de Clubes

– Quanto ao Mundial, a ideia dos jogadores e minha quando perdemos a final contra o Liverpool, todos se reuniram comigo e disseram: “Mister, ano que vem vamos voltar, queremos ser campeões do mundo”.

Recado à torcida

– Confiança, como têm tido até agora conosco. Praticamente não vamos ter saída de nenhum jogador. Tirando o Gabigol, todos são do clube. A confiança é total e ainda maior, porque já temos seis meses de trabalho.

América vence o Palmeiras por 3 a 0 e se classifica para a final do primeiro turno

América e Palmeira se enfrentaram no Estádio Nazarenão neste domingo (19). A partida foi movimentada, mas quem levou a melhor foi o time visitante, o América, que venceu por 3 a 0. Adriano Alves, Nilo e Wallace Pernambucano fizeram os gols da vitória da equipe Alvirrubra.

Com o resultado, o América continua com 100% de aproveitamento, na liderança e tem classificação garantida na final da Copa Cidade do Natal. Enquanto que o Palmeira permanece na última colocação com dois pontos somados.

Os times voltam a campo na quarta-feira (22), às 20h. O América joga diante do ABC, o primeiro Clássico Rei do ano, às 20h, na Arena das Dunas. Já o Verdão do Agreste joga fora de casa contra o Potiguar, no Estádio Nazarenão.

Foto: Diego Simonetti / América

Palmeiras vai em busca de contratações para dar até “16 titulares” a Luxemburgo

Reforços serão pontuais, segundo o técnico, que quer manter um grupo enxuto

Por GloboEsporte.com — Orlando, Estados Unidos

19/01/2020 11h00  Atualizado há uma hora


Passado o período de se desfazer de alguns jogadores fora dos planos, o Palmeiras admite publicamente estar no mercado em busca de contratações. Serão poucas e certeiras, segundo o técnico Vanderlei Luxemburgo.

– Agora, temos um elenco enxuto, abrindo espaço para os jovens, e vamos em busca daquelas contratações de tiro certo, onde você precisa – disse Luxemburgo, no último sábado.

O treinador quer contratações certeiras por entender que não são muitas as carências do elenco. Além disso, não quer trabalhar com um grupo muito maior do que o atual.

Escalação titular do Palmeiras contra o New York City — Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Escalação titular do Palmeiras contra o New York City — Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Depois da vitória por 2 a 1 sobre o New York City, no encerramento do Torneio da Flórida, Luxemburgo afirmou que tem como ideia utilizar com frequência praticamente os mesmos jogadores.

– Você sabe que vai usar 15 a 16 jogadores quase que sempre, rodando. Os outros vão completando de acordo com cartões, com as coisas que acontecem na temporada. Mas entre 14 e 16 jogadores são os que vão estar sempre atuando – comentou.

Vanderlei Luxemburgo na partida contra o New York City — Foto: Cesar Greco / Ag Palmeiras
Vanderlei Luxemburgo na partida contra o New York City — Foto: Cesar Greco / Ag Palmeiras

Um deles é o atacante Willian. Único a entrar no intervalo na partida de sábado, ele foi decisivo para a vitória de virada, participando do primeiro gol e marcando o segundo.

Outro que deve ter oportunidade ao longo da temporada é Gabriel Veron. Apesar de o Palmeiras tentar a contratação de Rony, atacante do Athletico, o garoto de 17 anos é considerado uma grande promessa do clube e já fez dois gols ao estrear como profissional em 2019.