Flamengo vai ao STJD contra gerente do Vasco que agrediu Gabigol após clássico

Rubro-Negro prepara representação contra o dirigente de futebol André Souza, que acertou joelhada no atacante rubro-negro após o apito final. Suspensão pode chegar a 180 dias

Por Marcelo Baltar — Rio de Janeiro

14/11/2019 09h22  Atualizado há 2 horas

Imagens mostram gerente de futebol do Vasco agredindo Gabigol após empate no Maracanã

A agressão do gerente de futebol do Vasco, André Souza, no atacante Gabigol, do Flamengo, vai parar no STJD. Revoltada com a atitude, a diretoria rubro-negra entrará ainda nesta quinta-feira com representação contra o dirigente rival.

– Flamengo, em nome do bom futebol, da ética e da paz nos estádios, fará o possível para que haja uma condenação dura nesse caso. Não podemos permitir que pessoas ligadas à gestão do futebol tenham uma conduta desqualificada como essa. O STJD certamente será rigoroso contra isso – disse ao GloboEsporte.com o vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee.

Para fazer a denúncia, o departamento jurídico vai se basear nos artigos 254-A, 257 e 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que tratam de agressão ou conduta contrária à disciplina e à ética esportivas. O que prevê suspensão de até 180 dias ao dirigente cruz-maltino.

+ Joelhada , dura de Luxa em Jesus, pisão de Marí… As polêmicas do clássico

André Souza, de camisa branca, ao lado de Gabigol — Foto: ALEXANDRE DURÃO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO
André Souza, de camisa branca, ao lado de Gabigol — Foto: ALEXANDRE DURÃO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

O que diz a regra

  • Pena do artigo 254-A: suspensão de quatro a doze partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de trinta a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código.
  • Pena do artigo 257: suspensão de duas a dez partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de quinze a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código
  • Pena do artigo 258: suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de quinze a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código.
Clássico terminou com confusão — Foto: André Durão
Clássico terminou com confusão — Foto: André Durão

O episódio aconteceu durante o bate-boca que ocorreu após o clássico, que terminou em 4 a 4, na última quarta-feira, no Maracanã, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. No meio da discussão, André Souza deu uma joelhada no camisa 9 do Flamengo, o que revoltou companheiros no campo, principalmente o lateral-esquerdo Renê (veja o vídeo acima).

Após o ocorrido, o lado cruz-maltino não se pronunciou. Quem deu a versão do lado rubro-negro foi o próprio agredido, Gabigol.

– Estava conversando com o Fellipe (Bastos) sobre o jogo. Ele (André Souza) veio e me deu um tostão. Me agrediu, sim, fica nítido na imagem. Não tive nem reação. A agressão realmente não dá para entender – disse.

Flamengo pode ir ao Mundial de 2021 mesmo se não for campeão da Libertadores

Novo formato do torneio pode receber vice-campeões do torneio sul-americano


MUNDIAL DE CLUBES
12 NOV 2019 | 4:14 PM

Gazeta Press

O Mundial de Clubes da Fifa vai mudar a partir de sua edição de 2021, conforme a entidade anunciou em março deste ano. O novo torneio, que será realizado na China entre 17 de junho a 4 de julho, contará com 24 clubes, sendo oito da Europa e seis da América do Sul. As outras dez vagas serão distribuídas pelas demais confederações.

Os critérios de classificação para a competição, que passará a ser realizada apenas a cada quatro anos, ficarão a cargo de cada confederação, e a Conmebol ainda não confirmou oficialmente como escolherá os clubes do continente. A tendência é que quatro vagas sejam destinadas aos campeões da Libertadores e Sul-Americana dos dois anos anteriores ao torneio, neste caso 2019 e 2020.

A ideia inicial da Conmebol era realizar um torneio, a Supercopa dos Campeões da Libertadores, para definir as duas vagas restantes, mas em reunião com as federações nacionais, não se chegou a um acordo quanto ao formato e as datas para a nova competição.

Especula-se então que, os outros dois participantes possam ser os vice-campeões da Libertadores. Assim, os finalistas de 2019 e 2020 da Libertadores e os campeões da Sul-Americana desses mesmos anos, podem garantir a vaga na China.

Se o critério for confirmado, Flamengo, River Plate e Independiente Del Valle, serão os primeiros três clubes garantidos na China em 2021.

Jorge Jesus tem proposta de renovação do Flamengo em mãos; salário passa dos R$ 2 milhões ao mês

Informações do diário A Bola colocam o treinador ainda mais perto de uma renovação contratual com o time carioca para os próximos dois anos

FOX Sports

O Flamengo não quer perder tempo e começa a se agilizar no mercado para garantir a permanência de uma das peças mais fundamentais de sua estrutura em 2019: o técnico Jorge Jesus. Segundo informações do diário português A Bola, o treinador tem em mãos uma oferta de renovação por dois anos do Rubro-Negro, com salários de 6 milhões de euros por temporada, algo em torno de R$ 2 milhões por mês.

O português, ainda de acordo com a publicação, tem o documento em mãos e pediu um tempo à diretoria do Flamengo para analisar a situação e decidir se aceita de bate pronto ou se precisa negociar algum tópico com os cariocas. O atual vínculo entre as partes tem duração até maio de 2020.

Porém, conforme antecipado por Benjamin Back, apresentador dos canais FOX Sports, há algumas semanas durante uma edição do FOX Sports Rádioexiste uma cláusula no contrato do treinador que o permite deixar o comando do clube agora no mês de dezembro sem que haja multa. A cláusula também serve ao Flamengo, uma vez que o time carioca não queira mais contar com o treinador.

O casamento entre Jorge Jesus e Flamengo foi praticamente perfeito. Com reforços ‘padrão Europa’, o português reinventou a forma do time carioca jogar e soma apenas duas derrotas desde que chegou ao clube. A equipe soma 77 pontos no Campeonato Brasileiro, com dez de vantagem em relação ao vice-líder Palmeiras, restando apenas seis rodadas para o final da competição.

Além disso, no dia 23 de novembro, em Lima, no Peru, o Rubro-Negro volta a decidir uma Conmebol Libertadores, algo que não acontecia desde 1981. O adversário da vez é o River Plate. O FOX Sports faz a cobertura completa de uma das maiores finais de todos os tempos da competição. Não perca!

Crédito da foto: Divulgação/Flickr/Flamengo

Jesus admite que Flamengo não teve “nota artística” e detona postura do Botafogo: “Só sabe bater”

Treinador comemora vitória do Rubro-Negro, mas faz duras críticas à “caça” do rival a seus jogadores: “Não é dessa forma que vai sair da zona de rebaixamento”

Por Cahê Mota e Fred Huber — Rio de Janeiro

07/11/2019 22h40  Atualizado há 21 horas


Melhores Momentos: Botafogo 0 x 1 Flamengo pela 31ª rodada do Brasileirão

O Flamengo venceu por 1 a 0 com um gol no fim, mas a forma como o Botafogo entrou em campo foi o primeiro tema de Jorge Jesus, na coletiva de imprensa, após a vitória, no Nilton Santos. O treinador criticou o excesso de faltas e a violência do rival.

– Vitória importante, em um estádio que é difícil, ha dez anos o Flamengo não ganhava aqui. Um rival de história, com grandes jogadores no passado, como Garrincha e Amarildo. Hoje foi um jogo difícil. Foi mais difícil na primeira parte porque houve uma “caça ao homem” aos jogadores do Flamengo.

– A equipe do Flamengo é melhor do que a do Botafogo, até pela classificação. Para parar uma equipe você tem que ter argumentos técnicos e táticos. Não é essa forma de parar a equipe, não é dessa forma que o Botafogo vai sair da zona de rebaixamento. Fizeram “caça ao homem”, quiseram intimidar nossos jogadores. Não conseguiram. Sabíamos que faríamos o gol – criticou o português.

Jorge Jesus reconheceu que o Flamengo não teve uma grande atuação, mas destacou a importância da vitória na corrida pelo título brasileiro.

– Fizemos o gol com a entrada do Lincoln, algumas alterações táticas… Depois da expulsões tivemos mais gente do que a equipe do Botafogo. Mas os jogadores conseguiram superar as dificuldades. Não ganhamos com nota artística, mas ganhamos três pontos. Ganhamos de uma equipe que nunca quis ganhar, só quis fazer faltas e só sabe bater.

Outros trechos

Violência do Botafogo

Nos primeiros 20 minutos, o nosso médico entrou quatro ou cinco vezes para atender o Bruno Henrique e o Gabigol. Os centrais do Botafogo queriam bater, descontrolar o Gabigol. Isso não é futebol. Quando acabou o jogo, eu disse ao jogador do Botafogo: “Não valeu a pena bater tanto”

Série invicta

Para ganhar títulos, é preciso ganhar os pontos, mas ainda não ganhamos nada. Vamos passo a passo. Não somos campeões de nada. Neste momento, somos campeões de vitórias, de vontade de ganhar, de uma equipe ligada e que não para. Isso tem transportado o Flamengo ao primeiro lugar na tabela.

Temor por lesões

Em face a violência que tivemos contra o Botafogo, um time que quis intimidar, nos dá um temor. Ainda mais que tivemos cinco já com fraturas. O árbitro não puniu os jogadores do Botafogo. Era impossível que acabassem com 11. Os jogadores não podiam temer e se intimidar. Claro que todos os jogadores estão na final da Libertadores. Foi fora do normal o que aconteceu, principalmente os centrais do Botafogo. Que sirva de exemplo, porque isso não é futebol.

Arrascaeta

Ele teve um problema no jogo contra o Corinthians, durante o jogo estava quente e não se queixou de nada. Depois, ficou fora de jogo, está praticamente fora contra o Bahia.

Ansiedade para o título

O tempo vai ficando mais curto e é normal que a ansiedade vá subindo. Estamos chegando perto do fim e queremos chegar na última jornada campeões. Isso mexe com a torcida, com os jogadores, com o treinador, mas temos experiência. Tentamos superar isso com nossa confiança e prazer de jogar. Tentamos fazer isso, mas não nos deixaram jogar. Mas não por organização tática, mas porque só quiseram bater.

Lincoln

Precisava de um jogador com as características dele, precisava de um centroavante. E foi isso que fizemos. É um jogador que vinha de lesão, há duas ou três semanas tem dado retornos positivos nos treinos. Lancei, ele fez o gol e deu a vitória ao Flamengo.

Filipe Luís no banco

Eu que decido quando o coloco para jogar e eu que decido quando ele não joga também.

Novo banner flamengo — Foto: Divulgação

Novo banner flamengo — Foto: Divulgação

Pentacampeão do mundo, Denilson diz o que Flamengo precisa fazer para vencer o River na Libertadores

Ídolo do Real Bétis e com passagens marcantes por São Paulo e Palmeiras, Denilson diz para o time carioca não cair na provocação dos argentinos

EFE

Campeão mundial pela seleção brasileira em 2002, o ex-atacante Denilson alertou o Flamengo nesta quinta-feira para o risco de se deixar abalar psicologicamente durante a final da Taça Libertadores contra o River Plate, no próximo dia 23, e disse considerar o Rubro-Negro melhor na parte técnica.

“O Flamengo não pode cair na provocação. Se cair na provocação dos argentinos, perde o jogo. Quanto à qualidade com a bola, o Flamengo está um pouco à frente”, afirmou o ex-jogador em entrevista à Agência Efe em São Paulo.

Atualmente comentarista de televisão e embaixador do Campeonato Espanhol, Denilson teve passagem rápida pelo Fla em 2000, emprestado pelo Betis, do qual é ídolo até hoje.

“O River é um time que joga muito parecido com o Flamengo, mas tem uma diferença: a garra característica dos clubes da Argentina. Os argentinos gostam de falar muito durante os jogos, deixar os jogos muito brigados, com e sem a bola”, comentou o ex-atleta, que ficou conhecido como ‘Denilson Show’ devido aos dribles.

O time dirigido pelo português Jorge Jesus não perde desde 4 de agosto, quando foi derrotado pelo Bahia por 3 a 0. Desde então, foram 17 vitórias e quatro empates, o que, além de levá-lo à decisão da Libertadores pela segunda vez na história, a primeira desde o título de 1981, o levou à liderança do Campeonato Brasileiro com oito pontos de diferença para o segundo colocado.

“É uma sequência muito positiva, com muitas vitórias e um bom futebol. Tem times que vencem jogos e os torcedores não ficam satisfeitos, mas no caso do Flamengo é um futebol rápido, com qualidade e muitos gols”, elogiou.

Do elenco estrelado à disposição de Jesus, Denilson destacou o atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, artilheiro do Brasileirão, com 20 gols, e da Libertadores, com sete. O centroavante não conseguiu deslanchar na Europa, onde defendeu Inter de Milão e Benfica, mas tem ido bem no Brasil desde o ano passado, quando voltou ao Santos.

“Teve a oportunidade de jogar na Europa e não triunfou, e aqui há dois anos é o maior goleador da temporada”, enalteceu o comentarista, para depois mencionar o também atacante Bruno Henrique.

“É outro jogador que certamente dentro de pouco tempo jogará fora do país, porque é jovem e tem vontade de crescer”, comentou sobre o atacante de 28 anos, que defendeu o Wolfsburg, da Alemanha, de 2015 a 2017.

Denilson expressou admiração também por Jorge Jesus, que assumiu o campeão intercontinental de 1981 em um momento difícil e com parte da torcida irritada com o antecessor, Abel Braga.

“Quando um time começa a vencer jogos, traz a torcida para o seu lado, e é isso que aconteceu. Os torcedores falam muito bem do seu trabalho e com razão, porque o Flamengo vem jogando muito bem”, declarou.

Crédito: Fábio Guinalz/ Fotoarena

Arrascaeta sofre entorse no joelho em treino do Flamengo e está fora da partida contra o Botafogo

Jogador se machucou no trabalho da última quarta-feira e já iniciou tratamento. Vitinho é o favorito a assumir a posição. Confira a lista de relacionados para o clássico

Por GloboEsporte.com — Rio de Janeiro

07/11/2019 12h32  Atualizado há 5 horas


Arrascaeta está fora do clássico do Flamengo contra o Botafogo, nesta quinta-feira, no Estádio Nilton Santos, válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O meia sofreu uma torção no joelho esquerdo no treino da última quarta-feira e ficou fora da relação.

A informação é que se trata de uma leve entorse e que não tem relação com a lesão anterior do jogador na mesma perna. O uruguaio foi submetido a uma artroscopia no dia 4 de outubro, mas teve rápida recuperação, a tempo de voltar ao time na classificação sobre o Grêmio, no dia 23 do último mês.

Após poupar Filipe Luis contra o Corinthians e não contar com Gabigol, suspenso, a expectativa era que o Flamengo atuasse com força máxima na partida contra o Alvinegro. Porém, com a baixa do uruguaio, a tendência é que Vitinho seja escalado. 100% recuperado da lesão, Diego também é uma alternativa.

O camisa 14 foi está convocado pela seleção uruguaia para dois amistosos, nos dias 15 e 19 de novembro, o que tiraria o meia das partida contra o Grêmio, no dia 17 de novembro, e provavelmente contra o Vasco, no dia 13.

Ronaldinho Gaúcho escolhe o lado e dá palpite sobre quem será o campeão da Libertadores 2019

Craque esteve presente em um evento de tecnologia em Portugal e comentou sobre a decisão entre Flamengo e River Plate

FOX Sports

Ronaldinho Gaúcho foi uma das atrações desta terça-feira da Web Summit, festival de inovação e tecnologia realizado em Lisboa, e se mostrou confiante na conquista do título do Flamengo na Taça Libertadores – o Rubro-Negro disputará a final contra o River Plate no próximo dia 23, ainda sem local definido.

“Tive a felicidade de jogar no Flamengo, um grande clube, que está num grande momento, e tem um grandíssimo treinador. Acredito que tem todas as possibilidades de conquistar a Libertadores e espero que seja um grande jogo”, declarou o melhor jogador do mundo em 2004 e 2005 durante o evento na capital portuguesa.

O Fla é treinado pelo português Jorge Jesus, que obteve sucesso à frente das duas principais equipes de Lisboa, o Benfica e o Sporting.

O ex-jogador também falou sobre o futebol de Portugal, em alta depois das conquistas da Eurocopa de 2016 e da Liga das Nações deste ano. “Tem um campeonato muito forte, e a seleção é uma das maiores forças do futebol mundial”, elogiou.

Marcado, entre outros motivos, pelas jogadas de efeito com a bola nos pés, Ronaldinho “driblou” a organização da feira. Foi mostrado um vídeo em que o ídolo se desculpava por não comparecer ao evento, mas instantes depois ele apareceu no meio do público.

Flamengo x River Plate: Conmebol decide que final será em Lima, no Peru, no dia 23

Entidade máxima do futebol sul-americano tomou a decisão após reunião em conjunto com os presidentes dos dois finalistas

CONMEBOL LIBERTADORES5 NOV 2019 | 7:41 PM

FOX Sports

A Conmebol oficializou na noite desta terça-feira (5 de novembro) que a decisão da Conmebol Libertadores 2019 será realizada em Lima, no Peru, no dia 23 de novembro, e não mais em Santiago, no Chile. A decisão foi tomada após uma reunião na sede da entidade em Luque, no país da decisão, envolvendo os presidentes Rodolfo Landim, do Flamengo, e Rodolfo D’Onofrio, do River Plate.

Comunicado Conmebol:

Novas circunstâncias de força maior e ordem pública, analisadas e avaliadas com prudência, considerando a segurança dos jogadores, público e das delegações, motivaram a decisão de levar a final da Copa CONMEBOL Libertadores 2019 a Lima, Peru, e manter a data inicial de 23 de novembro.

A escolha do novo palco se apoia no oferecimento do governo do Peru, nas garantias de segurança. A decisão foi um consenso com os presidentes de Flamengo e River Plate, das confederações da Argentina, Brasil e Chile, e dessa forma se manteve a política de realizar as finais únicas em diferentes países.

A CONMEBOL agradece muito ao governo do Chile e aos diversos órgãos públicos a ativa colaboração para a correta organização da final única da Libertadores 2019. Desejamos ao povo chileno e a suas autoridades paz e boa vontade.

A mudança de local se dá por conta dos fortes e constantes protestos do povo chileno conta o governo local devido ao aumento das passagens de metrô na capital chilena. Logo após o pronunciamento de Cecília Pérez, Ministra do Esporte do Chile, confirmar que a final aconteceria no país, o povo chileno anunciou uma mega manifestação para o dia da final.

O FOX Sports faz a cobertura completa da Conmebol Libertadores e cobrirá todos os detalhes da partida entre Flamengo e River Plate direto do Peru. O FOX Sports também transmite a final, ao vivo.

Lewis Hamilton é hexacampeão da Fórmula 1 com segundo lugar; Valtteri Bottas vence nos EUA

Inglês faz pit stop a menos e quase ganha, mas é ultrapassado quase no fim; Max Verstappen fecha pódio, e Ferrari tem dia ruim com 4º lugar de Charles Leclerc e quebra de Sebastian Vettel

Por GloboEsporte.com — Austin, Estados Unidos

03/11/2019 17h47  Atualizado há 2 horas


Melhores momentos do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1

A Fórmula 1 tem um novo hexacampeão mundial: com um segundo lugar no Grande Prêmio dos Estados Unidos, Lewis Hamilton conquistou mais um título com duas corridas de antecipação. Valtteri Bottas venceu a prova deste domingo em Austin, mas precisava que seu companheiro de equipe ficasse do nono lugar para trás.

+ CONFIRA TODOS OS CAMPEÕES MUNDIAIS DA FÓRMULA 1
+ VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO

https://twitter.com/MercedesAMGF1/status/1191108674971934725?s=19

Hamilton bem que tentou chegar à 11ª vitória no ano: fez um pit stop a menos e liderou até faltarem três voltas para o fim, mas foi superado por Bottas. No fim, o inglês ainda resistiu a um ataque final de Max Verstappen, que completou o pódio, em terceiro.

https://twitter.com/F1/status/1191101314765410304?s=19

Com o sexto título, Lewis Hamilton ultrapassou o pentacampeão Juan Manuel Fangio e ficou a apenas uma conquista de igualar o recordista Michael Schumacher. Depois da corrida, o piloto da Mercedes recebeu os parabéns do ator Mathew McConaughey e do rival Sebastian Vettel.

Ator Mattew McConaughey parabeniza Lewis Hamilton pelo hexa na F1 — Foto: Getty Images
Ator Mattew McConaughey parabeniza Lewis Hamilton pelo hexa na F1 — Foto: Getty Images
https://twitter.com/F1/status/1191099324987514881?s=19

A Ferrari teve uma corrida decepcionante: Vettel abandonou logo no começo com a suspensão quebrada, enquanto Charles Leclerc foi um distante quarto colocado, sem conseguir brigar pelo pódio. Alexander Albon fez boa prova de recuperação após um toque na largada e um pit stop extra para finalizar em quinto.

Também marcaram pontos, da sexta à décima colocações, Daniel Ricciardo (Renault), Carlos Sainz (McLaren), Lando Norris (McLaren), Nico Hulkenberg (Renault) e Daniil Kvyat (STR).

A próxima corrida será disputada daqui a duas semanas, no Brasil, no autódromo de Interlagos. Será a penúltima prova da temporada 2019.

Confira o pódio e a festa do Champagne do GP dos EUA de Fórmula 1

Resultado da corrida

Resultado final do GP dos Estados Unidos — Foto: Reprodução/FOM
Resultado final do GP dos Estados Unidos — Foto: Reprodução/FOM

Os três primeiros

Hamilton, Bottas e Verstappen no pódio em Austin — Foto: Getty Images
Hamilton, Bottas e Verstappen no pódio em Austin — Foto: Getty Images

Valtteri Bottas, vencedor: “É uma vitória legal. O carro esteve muito bom e foi um bom fim de semana para nós. Grandes congratulações a Lewis. Sempre há o ano seguinte para mim, mas ele merece isso”

https://twitter.com/F1/status/1191096509846212608?s=19

Lewis Hamilton, segundo colocado e hexacampeão: “Meu pai me disse quando eu tinha seis ou sete anos para nunca desistir, é o lema da família. Não sei sobre campeonatos, mas como atleta me sinto renovado como agora. Estou pronto para a próxima corrida, vamos continuar pressionando.”

Max Verstappen, terceiro na corrida: “Foi uma corrida muito boa para nós. As bandeiras amarelas no fim significavam que eu não podia usar a asa móvel quando eu estava tentando o segundo lugar, mas é ótimo estar no pódio. Parabéns para Lewis.”

O que você precisa saber?

– Sexto título mundial de Lewis Hamilton, o quinto em seis anos.

https://twitter.com/MercedesAMGF1/status/1191094769327493120?s=19

– Quarta vitória de Valtteri Bottas em 2019 e sétima na Fórmula 1.

– Primeiro vice-campeonato de Valtteri Bottas na Fórmula 1.

https://twitter.com/MercedesAMGF1/status/1191093024018849795?s=19

– Nona corrida consecutiva de Alexander Albon na zona de pontuação.

Largada

Largada do GP dos Estados Unidos, em Austin — Foto: Getty Images
Largada do GP dos Estados Unidos, em Austin — Foto: Getty Images

Bottas largou muito bem, e Vettel foi superado por Verstappen na disputa pelo segundo lugar. Hamilton passou Leclerc e, ainda na primeira volta também superou Vettel, que em seguida foi ultrapassado pelo companheiro. Mais atrás, Albon se tocou com Norris e precisou ir aos boxes.

Confira a largada do GP dos Estados Unidos

Momentos-chave

1. Vettel errou, e Norris aproveitou para ficar em quinto lugar.

Vettel erra e é ultrapassado por Norris

2. Suspensão de Vettel quebrou, e alemão abandonou a corrida.

Vettel passeia fora da pista e acaba quebrando a suspensão traseira e abandona corrida

3. Ricciardo passou por Norris para ficar em quinto lugar.

Ricciardo consegue bonita ultrapassagem sobre Norris e chega a 5ª colocação

4. Kvyat assumiu a 11ª posição ao passar Magnussen.

Kvyat coloca por dentro e passa Magnussen, que tenta o troco, mas tem porta fechada

5. Pérez passou Giovinazzi na marra.

Perez coloca por dentro, segura carro no braço e passa Giovinazzi

6. Verstappen parou muito cedo nos boxes, na 14ª volta.

Verstappen faz seu pit stop e coloca pneus duros para ir até o final da prova

7. Bottas respondeu na volta seguinte e voltou do pit à frente do holandês.

Bottas faz a parada para troca de pneus

8. Finlandês passou rapidamente por Leclerc, por fora, para ficar em segundo.

Bottas faz ultrapassagem por fora sobre Leclerc

9. Verstappen também superou o monegasco e subiu para terceiro.

Verstappen abre a asa e passa Leclerc

10. Detalhe da suspensão quebrada no carro de Vettel.

Confira a peça quebrada na suspensão que tirou Vettel da corrida

11. Leclerc parou na volta 21 e colocou pneus duros; pit stop foi lento.

Leclerc faz seu pit stop, mas tem problemas na troca de penus e demora 7.7 segundos

12. Ricciardo passou Pérez e subiu para sexto.

Ricciardo consegue passar Perez na briga pela 6ª colocação

13. Hamilton facilitou, e Bottas recuperou a ponta.

Bottas recebe autorização para atacar Hamilton, e passa o inglês para assumir a ponta

14. Logo depois, Hamilton parou nos boxes.

Hamilton faz sua parada, coloca penus novos

15. Norris passou por Hulkenberg e recuperou sexto lugar.

Norris passa Hulkenberg na briga pela 6ª colocação

16. Pérez levou a melhor em duelo com Kvyat pelo 11º lugar.

Perez faz manobra sensacional e passa Kvyat

17. Verstappen fez a segunda parada nos boxes.

Verstappen coloca pneus médios

18. Albon passou por Norris e chegou à sexta posição.

Albon passa Norris e assume sexta posição

19. Bottas fez o segundo pit stop e perdeu a ponta para Hamilton.

Bottas faz segunda parada e coloca pneus médios para a atacar final da prova

20. Hamilton discutiu a estratégia com a Mercedes pelo rádio.

Pelo rádio, equipe conversa com Hamilton sobre possível troca de estratégia

21. Albon passou por Sainz e recuperou o sexto lugar.

Albon passa tranquilo por Sainz

22. Logo depois, tailandês também passou Ricciardo.

Albon faz nova vítima e passa Daniel Ricciardo

23. Bottas encostou em Hamilton mas não inicialmente não conseguiu passar.

Bottas coloca por fora, mas Hamilton fecha porta e manda adversário para fora da pista

24. Finlandês finalmente recuperou a liderança a três voltas do fim.

Bottas finalmente consegue ultrapassagem sobre Hamilton

25. Bottas vence em Austin, e Hamilton confirma hexacampeonato.

Bottas termina corrida em primeiro, mas Hamilton (segundo) vence campeonato

A imagem da corrida

Lewis Hamilton cruza a linha de chegada para conquistar hexacampeonato da F1 — Foto: Divulgação
Lewis Hamilton cruza a linha de chegada para conquistar hexacampeonato da F1 — Foto: Divulgação

Jornal: Atlético de Madrid tem negociações avançadas para acertar a compra de Reinier, do Flamengo

Informações do diário AS dão conta de que o time de Madri enviou um emissário ao Brasil em outubro e acertou as bases do negócio com o atleta e seu estafe

FOX Sports

Mais um dos grandes talentos do futebol nacional está próximo de deixar o Brasil sem aparecer muito pelos gramados do Brasil. O diário AS traz em sua edição online desta sexta-feira que o Atlético de Madrid tem negociações avançadas para acertar a compra do garoto Reinier, de apenas 17 anos, do Flamengo. A publicação informa que o garoto e o estafe do atleta deram ‘OK’ ao time de Madri para uma ida ao Velho Continente. A negociação aconteceu após um emissário do time espanhol ir ao Rio de Janeiro para conversar com o atleta e seu estafe.

O próximo passo do Atléti é convencer o Flamengo a sacramentar a negociação. A equipe de Madri deve, nos próximos dias, fazer uma oferta formal ao time carioca. A multa de Reinier é de R$ 277 milhões. E, ainda de acordo com o AS, o Flamengo se recusa a vender a nova sensação da Gávea por valores inferiores às vendas de Vinicius Junior e Rodrygo, este do Santos, ao Real Madrid. Vinicius foi negociado por 45 milhões de euros, algo em torno de R$ 200 milhões, enquanto Rodrygo custou um pouco menos: 40 milhões de euros (R$ 179 milhões).

Por conta da comparação, o Atlético de Madrid está ciente de que terá que oferecer algo acima dos 30 milhões de euros, oferta recusada pelo Flamengo da Premier League pelo garoto. Por conta disso, o time de Madri terá de abrir os cofres e desembolsar algo em torno dos 50 milhões de euros (R$ 223 milhões). Reinier soma três gols em duas partidas e se tornou um dos nomes mais constantes utilizados por Jorge Jesus como opção ao longo das partidas.