Caso Zaira: PM é preso suspeito de participar da morte da estudante

Mulher foi encontrada sem vida dentro do carro que seria do suspeito, preso na manhã desta sexta-feira

Março 15, 2019 às 08:44 – Por: 

O policial militar Pedro Inácio de Maria foi preso na madrugada desta sexta-feira (15) em Currais Novos, a 180 quilômetros de Natal, por suspeita de participação na morte da estudante universitária Zaira Cruz, de 22 anos. O corpo dela foi encontrado dentro de um carro na manhã do dia 2 de março, sábado de carnaval, no município de Caicó, a 282 quilômetros da capital potiguar, na Região do Seridó.

Apesar de ter confirmado a prisão do PM, a Polícia Civil do RN só deve detalhar a investigação e os indícios de envolvimento do suspeito durante entrevista coletiva ainda esta manhã. O suspeito está sendo conduzido para Natal. O laudo sobre a morte da universitária já foi concluído, mas não foi divulgado para não atrapalhar as investigações. O documento está com a Polícia Civil.

Leia também:
Família de universitária morta em Caicó pede prudência na internet
Amigas marcam protesto contra morte da estudante Zaira Dantas

Caso Zaira: parte de laudos do Itep já está com a Polícia Civil
Morte de mulher dentro de carro em carnaval ainda é mistério

Mulher de Currais Novos encontrada morta dentro de carro em Caicó

Zaira Cruz era natural de Currais Novos, onde o policial é lotado, e estudava engenharia química na Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa). Ela havia viajado na companhia de um grupo de amigos para o carnaval de Caicó, um dos mais movimentados do estado. No sábado pela manhã, a estudante foi encontrada morta dentro de um veículo que seria de Pedro. De acordo com depoimento de amigos e familiares da vítima, eles mantinham um relacionamento com encontros esporádico.

OP9 RN

Xande de Pilares é atingido por carro de som em Desfile das Campeãs

Apesar do susto com o carro da escola Salgueiro, o incidente não foi grave e o músico saiu apenas mancando

JC Online

Publicado em O músico logo se recuperou e seguiu com sua agenda de shows para a noite.+

O músico logo se recuperou e seguiu com sua agenda de shows para a noite.+
Foto: Reprodução/Instagram

Xande de Pilares, ex-integrante do grupo Revelação, sofreu um incidente enquanto desfilava pela escola de samba do Salgueiro no Desfile das Campeãs, na madrugada deste sábado. Ao atravessar a Avenida por onde passava a agremiação, o músico foi atropelado por um carro de som. Apesar do susto, o acidente não foi grave, de acordo com o jornal Extra.

O cantor foi atendido pela produção do Salgueiro e levado para uma sala reservada, onde ficou para colocar gelo no pé. Testemunhas informaram ao Extra que Xande teria saído mancando do local devido ao impacto. Já a assessoria do músico afirma que ele está bem.

Apesar do incidente, Xande conseguiu realizar os shows que estavam marcados em dois camarotes no Desfile das Campeãs.

Mancha Verde é campeã do Carnaval 2019 de São Paulo

Pela primeira vez, a Mancha Verde é a grande campeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo de 2019. Com o enredo “Oxalá, salve a princesa. A saga de uma guerreira negra”, escola trouxe para o Anhembi a hostória de uma princesa africana Aqualtune, avó de Zumbi dos Palmares, e discutiu escravidão, direitos de negros e mulheres e intolerância religiosa. Em uma disputa acirrada a Acadêmicos doTatuapé ficou com o vice-campeonato.

Nove quesitos foram avaliados, por quatro jurados cada: Bateria, Samba-enredo, Evolução, Fantasia, Harmonia, Comissão de Frente, Mestre Sala e Porta Bandeira, Enredo, Alegoria. As notas fracionadas variaram de nove a dez.

A campeã e as outras quatro escolas mais bem colocadas vão participar do desfile das campeãs na sexta-feira (8).

Agência Brasil

Hospital do RN atende 14 foliões que dizem ter sido atacados com agulhas de seringas durante o carnaval de Caicó

Pelo menos 14 foliões, todos atendidos pelo setor de emergência do Hospital Regional do Seridó, em Caicó, disseram ter sido atacados com agulhas de seringa em meio ao Carnaval. Segundo a direção da unidade, os atendimentos foram feitos no sábado (2), domingo (3) e segunda-feira (4). Ninguém foi preso.

A organização do Carnaval de Caicó chegou a emitir um alerta à população, o que causou preocupação. No entanto, segundo a Polícia Civil, nenhuma das pessoas atendidas pelo hospital procurou a delegacia da cidade para formalizar queixas.

Diretora-geral do Hospital do Seridó, Maura Vanessa Sobreira disse ao G1 que as vítimas foram submetidas à profilaxia pós-exposição, que é uma medida de prevenção de urgência à exposição pelo HIV, hepatites virais e outras infecções sexualmente transmissíveis. “Todos deram resultado negativo”, ressaltou.

 

Ainda de acordo com a diretora, o hospital chegou a receber cerca de 20 pessoas dizendo terem sido furadas por agulhas. “Algumas afirmaram ter visto as seringas”, revelou. “Outras, porém, ao serem informadas que a medicação que receberiam poderia causar efeitos colaterais, como enjoo, por exemplo, se negaram a ser atendidas”, acrescentou.

 

“As pessoas que foram atendidas, 14 ao todo, foram orientadas a procurar a Polícia Civil, e nos próximos dias devem ser acompanhadas por um infectologista. “Caso alguém apresente alguma complicação, exames devem ser refeitos”, acrescentou Maura.

 

Semelhança

 

No ano passado, em meio ao São João de Campina Grande, na Paraíba, 34 casos semelhantes de ataques foram registrados. No entanto, a polícia não confirmou que os ferimentos foram causados por agulhadas

Com  informações do G1RN

Prefeitura de Macau emite nota de esclarecimento sobre a interdição do Carnaval decretada pelo Corpo de Bombeiros

Nota de Esclarecimento

A Prefeitura de Macau, através da presente nota, vem esclarecer à sociedade macauense e à sociedade potiguar que a interdição decretada pelo Corpo de Bombeiros Militares do Estado do Rio Grande do Norte, que impede, apenas e por enquanto, o funcionamento dos palcos e a circulação do trio elétrico durante o carnaval, a liberação dos quais fica dependente das respectivas vistorias, as quais continuamos envidando esforços para que sejam urgentemente realizadas, não decorreu de qualquer irregularidade ou ilegalidade apontada na estrutura ou na organização do evento, senão de questões de ordem burocrática.

O carnaval está liberado quanto às demais manifestações, como blocos e “paredões”, por exemplo. Ou seja, não houve proibição ao carnaval de Macau! Além disso, estamos empenhados na superação tempestiva de todas as adversidades, para garantir aos foliões macauenses e àqueles que nos visitam a oportunidade dessa confraternização coletiva que faz parte da tradição histórica de nosso município, com trio elétrico e com palco. Bom carnaval a todos!

Justiça determina suspensão do carnaval de Macau

A Justiça potiguar atendeu o pedido do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e determinou a suspensão imediata do Carnaval de Macau 2019, a partir desta sexta-feira (1º). A ação civil pública com pedido de liminar ajuizada pela Promotoria de Justiça da cidade alega que o Corpo de Bombeiros não identificou o protocolamento de qualquer documento para vistoria e autorização de funcionamento.

Em caso de descumprimento da decisão, será imposta multa no valor de R$ 100 mil por dia a ser aplicada ao prefeito de Macau. A suspensão estará em vigor até que a organização do evento apresente ao Juízo da comarca de plantão o Atestado de Vistoria e aprovação do Corpo de Bombeiros.

A Justiça também determinou que seja expedido ofício à Delegacia Plantonista da Região de Macau e ao Comando Geral da Polícia Militar, Pelotão de Macau, comunicando a concessão da liminar e seus termos. As autoridades policiais devem fiscalizar o cumprimento da decisão, remetendo certidão diária em relação aos eventos que ocorreram no Carnaval de Macau 2019. A decisão engloba ainda a intimação ao Comandante do Corpo de Bombeiros para que receba os documentos apresentados pelo Município de Macau.

Para o MPRN, “a realização do evento sem a devida vistoria e autorização acarreta risco a integridade física dos participantes, considerando a existência de estruturas de palcos e trios elétricos, itens que exigem critérios específicos do Corpo de Bombeiros”

Cópia autorizada mediante citação com link: https://oportaln10.com.br/justica-determina-suspensao-do-carnaval-de-macau-86949/#ixzz5gy9RA2t9
Under Creative Commons License: Attribution
Follow us: @PortalN10 on Twitter | PortalN10 on Facebook

Operação Carnaval 2019 tem efetivo extra entorno de 5 mil policiais no RN

Começa nesta sexta-feira (1º) a Operação Carnaval 2019, com o objetivo de garantir festejos tranquilos para a população do Rio Grande do Norte. A ação vai até a próxima quarta-feira (6), com esquemas especiais montados por todos os órgãos que compõem a Secretaria do Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed). Na Polícia Militar, quase 5 mil homens reforçam o efetivo.Operação Carnaval 2019 tem efetivo extra de quase 5 mil PMs.

Fonte: G1 RN

De acordo com o Governo do Estado, a operação terá efetivo extra, através de diárias operacionais no valor de mais de R$ 3 milhões. Além disso, ainda segundo o Executivo, as forças estaduais atuarão em parceria com Polícia Rodoviária Federal (PRF), Guarda Municipal e Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU).

“Montamos um esquema de integração entre todas as forças de segurança do Estado para que a população possa aproveitar o período de carnaval sabendo que o Governo do Estado está trabalhando para garantir a segurança de todos”, declarou o coronel Francisco Araújo, secretário da Segurança do RN, na manhã desta quinta-feira (28), durante entrevista coletiva concedida à imprensa para explicar o esquema.

Segundo a Sesed, o trabalho ostensivo da Polícia Militar será realizado em todo estado, com reforço para os municípios que costumeiramente atraem um maior público nesse período. Ao todo, serão 4.900 PMs de efetivo extra, sendo 2.478 do Comando de Policiamento Metropolitano (COM), 1.752 do Comando de Policiamento do Interior (CPI) e 670 do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE).

A Polícia Civil disponibilizará 465 agentes de segurança realizando um policiamento ostensivo e repressivo, e exercendo as funções de Polícia Judiciária. A Secretaria explica que o objetivo é reprimir crimes como o porte ilegal de armas; o furto e roubo aos foliões, veranistas, turistas, moradores e comerciantes; o furto e o roubo de veículos; o tráfico de entorpecentes; a exploração sexual infantojuvenil, como também outras modalidades de crime.

Durante o período do Carnaval, os serviços essenciais do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) funcionarão 24h por dia, de acordo com o Governo do Estado, com os profissionais atuando em escala de plantão.

Bombeiros

Ao todo, serão mais de 150 bombeiros militares atuando diariamente nos principais polos em solo potiguar.

Segundo o Corpo de Bombeiros, mergulhadores e guarda-vidas atuarão em postos distribuídos nas praias da Redinha, Praia do Forte, Praia do Meio, Praia dos Artistas, Praia de Areia Preta, Ponta Negra, Búzios, Camurupim, Praia da Barra (Tibau do Sul), Praia do Amor (Tibau do Sul), Emanuelas e Ceará (Tibau). O objetivo é desenvolver ações de prevenção, fiscalização, orientação e resgate nas diversas praias do litoral potiguar.

O 1º Grupamento Bombeiro Militar, que atua na área de prevenção e combate a incêndio na Grande Natal e cidades vizinhas, atuará com postos avançados durante as festividades do Carnaval visando a reduzir o tempo de resposta às possíveis ocorrências que surgirem no período.

O Serviço de Atividades Técnicas (SAT) contará com militares vão atuar nas ações de vistorias de carnaval de eventos temporários em 38 municípios do Rio Grande do Norte.

Prefeitura de João Câmara atende a recomendação do MP e cancela o Carnaval do município

Atendendo orientação do Ministério Público de Contas do Rio Grande do Norte (MPCRN), a Prefeitura de João Câmara suspendeu a programação de carnaval, que planejava realizar nos próximos dias. Em documento expedido a mais de cem municípios do Estado, o MPC/RN recomenda que os prefeitos “se abstenham de utilizar recurso público municipal para quaisquer possíveis contratações relacionadas com eventos artísticos, culturais e festivos, incluindo a contratação de artistas, serviços de “buffets” e montagens de estruturas para eventos”.

A recomendação é destinada aos municípios que se encontram em situação de emergência declarada; que apresentem gasto total com despesa de pessoal do Poder Executivo acima do Limite legal, bem como, aos que independente do percentual atingido, estejam em atraso quanto ao pagamento da sua folha de servidores. O descumprimento da recomendação poderá implicar em sanções ao ente Federado.

Confira Nota da Assessoria de Comunicação do Palácio Torreão

Diante do estado de calamidade financeira decretado pelo governo do estado, situação esta que reflete inclusive nos municípios, seguindo recomendação do ministério público, a prefeitura municipal de João Câmara, não realizará mais a festa da quarta-feira de cinzas conforme vinha sendo anunciada. Com esta decisão o prefeito Manoel Bernardo segue com a política de responsabilidade e zelo para com a gestão pública. Resta apenas, a população entender que essa é uma determinação do ministério público que vem atingindo vários municípios do RN.

Blog Jadson Nascimento

Carnaval: Governadora proíbe gastos do estado com Carnaval e vai revisar contratos

Fonte: Tribuna do Norte

Os decretos para contenção da crise financeira do Rio Grande do Norte foram publicados na edição do Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (3). Pelos textos publicados, os gestores estão proibidos de ampliarem despesas e uma comissão será criada para negociar, em até 60 dias, os contratos que geram custos ao Poder Público. O apoio a qualquer festividade, como o Carnaval, também está vedado.

O decreto nº 28.693 determina a adoção de medidas para a contenção de despesas em todas as secretarias, autarquias e sociedades de economia mista que tenham participação do estado. Em até 60 dias, todos os órgãos deverão proceder a reavaliação de todos os processos licitatórios, em qualquer fase, “resguardando a conclusão em tempo hábil daqueles destinados à prestação de serviços ou aquisição de bens essenciais e inadiáveis”. Além disso, também determina a revisão e renegociação de todos os contratos administrativos em vigor, redução das despesas com locação de imóveis, e a revisão ou cancelamento de restos a pagar não processados “cujo objeto de contratação não seja essencial ou inadiável para o funcionamento do órgão e cuja liquidação possa ser postergada.

Para as renegociações contratuais, a governadora determinou a criação de uma Comissão Especial Provisória de Revisão de Contratos, que será formada por servidores designados pelas secretarias de Planejamento, Tributação e Administração, além da Procuradoria-Geral do Estado e Controladoria-Geral do Estado.

A governadora também vedou qualquer aumento de despesas com locações ou compra de imóveis ou veículos, aditivos a contratos que impliquem acréscimo de objeto, no tocante a contratos administrativos de prestação de serviços e de aquisição de bens; e o aumento no número de terceirizados.

Ainda no decreto, Fátima Bezerra vedou gastos públicos com festas, o que inclui o Carnaval, previsto para o fim de fevereiro e início de março. Pelo decreto, fica proibido “patrocínio e apoio à realização de festividades, eventos culturais, solenidades, recepções, confraternizações, homenagens, enfeites, presentes e outras situações similares”.