Mulher é espancada por dois homens em Caicó; filha de seis anos presencia

Uma mulher foi agredida fisicamente por dois homens nessa quarta-feira 29, no centro de Caicó, no Seridó do Rio Grande do Norte. Manoella Tatiana mostrou as marcas de ferimentos e hematomas que ficaram no corpo após as agressões.

Reprodução

O vídeo registrado por populares mostra a vítima, inicialmente, sendo espancada por um homem que utiliza algum objeto, tipo uma corda, para bater na mulher. Em seguida, outro agressor vem por trás e acerta um soco no rosto dela, que cai e continua apanhando.

De acordo com a vítima, os agressores são dos filhos do ex-companheiro, com quem ela tem uma filha. Nas redes sociais, Manoella relatou como a violência teria começado.

“Vou na casa do pai da minha filha pegar o capacete dela e sou recebida a socos pelos filhos dele, a mando dele. Covardes”, escreveu.

Em outra publicação, ela reforçou a autoria das agressões. “Vítima dos filhos do pai da minha própria filha”, disse ao mostrar os ferimentos e os hematomas nas pernas.

Ela ainda relatou sobre os danos psicológicos que podem afetar a filha, pois presenciou tudo. “A criança… só Jesus pra curar sua mente. O próprio pai mandar os irmãos fazer isso com a mãe, na frente dela. Imaginem a mente dessa criança”, disse.

A Polícia Civil determinou uma Medida Protetiva contra o agressor e vai investigar todas as denúncias de agressão que envolvem o caso.

Notícias do Seridó

Caicó confirma primeiro paciente com a variante delta do coronavírus; RN soma 39 casos confirmados

Estado já registrou duas mortes de pacientes com a variante.

Caicó confirma primeiro paciente com a variante delta

A Secretaria Municipal de Saúde de Caicó confirmou o primeiro caso da variante delta do coronavírus na cidade.

Ao todo, 39 casos da variante já foram confirmados no RN. O estado registra duas mortes de pacientes com a variante.

O paciente de Caicó é um adolescente de 16 anos, que apresentou sintomas em agosto. O swab do jovem foi colhido no dia 18 do mesmo mês e o resultado positivo saiu dois dias depois.

Foram colhidas amostras e o exame que detecta a variante delta teve resultado confirmado nesta quarta-feira (22). “O paciente disse que não viajou, mas teve contato com familiares viajantes”, informou a coordenadora da SMS, Jardênia Noronha. Segundo ela, o adolescente teve a doença de forma leve.

A equipe de monitoramento do município informou que segue acompanhando o caso e os contatos que o jovem teve. “Deve ter outros casos da variante em Caicó, mas podem apresentar a forma leve devido ao número de vacinados em nossa cidade”, disse Jardênia.

Estudos recentes vêm apontando que a variante delta do coronavírus é muito mais transmissível e tem maior probabilidade de evadir o sistema imunológico, responsável pelas defesas do nosso organismo.

Delta no RN

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou os dois primeiros casos da variante delta no RN no dia 24 de agosto em duas pacientes de Natal. Três dias depois a Secretaria Municipal de Saúde de Natal confirmou a transmissão comunitária da variante delta na capital.

O estado registra duas mortes de pacientes diagnosticados com a variante.

Sintomas

Segundo especialistas, os sintomas da variante delta são semelhantes aos das demais que circulam atualmente. Na maioria das vezes, são quadros benignos de resfriado comum, mas também podem apresentar sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), podendo passar para uma vasta gama de sinais, como: obstrução nasal, coriza, tosse, dor de garganta, dor de cabeça, irritabilidade, falta de apetite, diarreia, vômitos, dor abdominal, manchas na pele, entre outros.

Comerciante é morto a tiros dentro de loja em Caicó

Crime aconteceu na tarde desta quarta (19).

Por G1 RN

Comerciante George Basílio de Queiroz, de 30 anos, foi morto a tiros nesta quarta (19) dentro da sua loja em Caicó.
Arquivo da família

O comerciante George Basílio de Queiroz, de 30 anos, foi morto a tiros nesta quarta (19) dentro da sua loja em Caicó.

O crime aconteceu no final da tarde na Avenida Rui Mariz , bairro Boa Passagem.

De acordo com a Polícia Militar, um homem armado entrou na loja de roupas, atirou em George e fugiu sem roubar nada. Ainda não se sabe a motivação do crime.

O crime será investigado pela Polícia Civil.

Comerciante foi morto a tiros dentro de loja de roupas
Plantão Caicó/Cedida

Filho de lavadeira passa em 1º lugar no curso de Medicina da UFRN em Caicó: ‘É por você, mainha’

O primeiro sinal de um aprovado no Sisu é a cabeça raspada e a testa riscada com o nome do curso. O de Luiz Gustavo de Oliveira, de 19 anos, é Medicina. E, no caso dele, representa muita superação. Além de toda a adaptação necessária em um ano de pandemia, ele contou com uma ajuda especial: a dedicação da mãe, dona Francileide Marques, que trabalha como lavadeira e também como boleira.

São cerca de 14 horas de trabalho por dia para conseguir ajudar nos estudos do filho. “Eu acordava muito cedo para lavar roupa. Lavava, passava. Quando dava umas 5h30, já soltava as roupas para ir para os bolos. Minha casa é pequena. Eu carregava a batedeira para dentro do meu quarto, cobria com um pano de prato e fechava as portas para ele não ouvir”, conta a mãe.

Por causa da dificuldade financeira dos pais, Luiz Gustavo contou com a ajuda de uma tia, que financiava os estudos dele. Em 2019, concluiu o Ensino Médio, concorreu também ao curso de Medicina, mas não passou.

No ano passado, conseguiu uma bolsa de estudos em um cursinho da cidade. Foram várias noites de sono perdidas, mas a recompensa veio. O jovem fez o Enem e atingiu 940 pontos. Com apenas 19 anos, foi aprovado em primeiro lugar no curso de Medicina da UFRN em Caicó.

“Eu encontrava as vezes com Luiz indo de bicicleta para a escola. Eu passava de carro para ir trabalhar e achava ele no caminho”, relata o professor Rhodriggo Mendes

“Sábados, domingos, que ficava ali fazendo simulados, algo extremamente cansativo. E agora, estou colhendo os frutos. Isso é o que vem na minha mente”, diz o rapaz.

A história de Luiz Gustavo é praticamente a mesma de milhares de potiguares que tentam, através dos estudos, dar uma vida melhor aos pais.

“Minha mãe e meu pai acordam às 4h da manhã para começar a trabalhar em um trabalho que às vezes vai acabar umas 22h, 22h30. Isso é muito cansativo para ela. O mais rápido que eu conseguir tirar minha mãe dali, eu vou tirar. Essa era minha motivação. Era ver meus pais, saber que o que eles estavam fazendo era muito mais difícil do que eu estava fazendo, que era estudar”, afirma o jovem.

“É por você mainha, por você pai, vocês que trabalham muito por mim e estão orgulhosos de mim. Isso tudo é por vocês”, declarou Luiz.

“É muita felicidade, muita gratidão. Eu sabia que esse dia ia chegar”, disse Francileide. “Estou me sentindo feliz”, resumiu o pai do novo universitário, José Procópio.G1 RN

Carro com cinco pessoas se envolve em capotamento próximo a Caicó

A Polícia Rodoviária Federal e o Corpo de Bombeiros foram acionados para registro e socorro, respectivamente, em um acidente automobilístico ocorrido no início da tarde desse domingo, por volta das 14 horas, na BR-427, próximo a Caicó.

A informação chegada ao blog Jair Sampaio dá conta de que pelo menos cinco pessoas ocupavam o veículo no momento do sinistro, contudo não houve vítimas graves, apenas escoriações leves e danos materiais no veículo: tipo Corsa.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, as vítimas saíram de Natal com destino a São Bento-PB. O acidente se deu entre o trevo que dá acesso a São José do Seridó e o de Jucurutu, e segundo o motorista, um buraco na pista provocou o sinistro.

Jair Sampaio

Novo carregamento com 66 mil doses de vacina contra Covid-19 chega ao Rio Grande do Norte

Secretaria de Estado da Saúde Pública inicia distribuição aos municípios neste sábado (27).

Por G1 RN

26/03/2021 17h46  Atualizado há uma hora


Novo carregamento com 66 mil doses de vacina chega ao Rio Grande do Norte — Foto: Divulgação
Novo carregamento com 66 mil doses de vacina chega ao Rio Grande do Norte — Foto: Divulgação

Um novo carregamento de vacinas contra a Covid-19 chegou ao Rio Grande do Norte na tarde desta sexta-feira (26). De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), são 66,1 mil novas doses, sendo 48,2 mil unidades da CoronaVac e 17,9 mil da AstraZeneca.

A distribuição aos municípios será realizada a partir da manhã deste sábado (27), segundo a Sesap.

No total, serão entregues aos municípios 62.820 doses, sendo 45.790 da CoronaVac e 17.030 da AstraZeneca.

O restante do lote vai para a reserva técnica, assim como recomenda o Ministério da Saúde. A Sesap orienta que as vacinas atendam a população quilombola, encerrem a imunização da população entre 70 e 74 anos e inicie o processo de vacinação dos idosos entre 65 e 69 anos.

Números

Com este novo carregamento, o RN contabiliza 536.640 doses do imunizante contra a Covid-19. Segundo o RN+ Vacina 221 mil pessoas já receberam pelo menos a primeira dose, representando 84% de cobertura do público-alvo da primeira fase, e outros 24% (63,8 mil pessoas) receberam a segunda dose. A estimativa da Sesap é de que pelo menos 90% desse grupo seja alcançado pelo plano de imunização.

Os municípios do RN receberam até hoje 444.027 doses de vacinas, sendo 360.894 da CoronaVac e 82.810 da AstraZeneca, além de mais 323 para reposição por perdas técnicas.

Tragédia: Após discussão esposa mata marido e liga para polícia em Caicó

Na noite deste sábado, 04 de Janeiro de 2020, a Polícia Militar de Caicó, na região do Seridó Potiguar, recebeu a informação sobre um crime de homicídio por disparos de arma de fogo ocorrido por trás do campo de Gilson, na Volta do Campo em Caicó.

Segundo a PM a ligação telefônica partiu de uma mulher de nome Maria Eduarda, que informava ter matado seu marido de nome Airton Arthur, com disparo de arma de fogo, e que estaria aguardando a chegada dos policiais.

A vítima foi encontrada pela equipe policial com perfurações de tiros pelo corpo e sem vida dentro da residência do casal. Maria Eduarda estava dentro da casa, confessou o crime e foi presa em flagrante sendo conduzida à Delegacia de Polícia Civil da cidade.

No depoimento a Polícia Civil a mulher disse que a motivação do crime teria sido por ameaças e espancamento, problemas de ordem familiar envolvendo o casal, o que infelizmente resultou neste crime de homicídio. Um crime passional.

As equipes da Polícia Militar, Polícia Civil e ITEP foram até o local para fazerem o levantamento dos fatos e realizar os procedimentos cabíveis. O corpo da vítima foi encaminhado para o ITEP de Caicó onde foi necropsiado e liberado para sepultamento. Maria Eduarda foi autuada em flagrante por homicídios (artigo 121) e encaminhada ao sistema prisional do estado, onde ficará custodiada aguardando decisão da justiça.

Caicó Na Rota da Notícia

Caso Zaira: PM é preso suspeito de participar da morte da estudante

Mulher foi encontrada sem vida dentro do carro que seria do suspeito, preso na manhã desta sexta-feira

Março 15, 2019 às 08:44 – Por: 

O policial militar Pedro Inácio de Maria foi preso na madrugada desta sexta-feira (15) em Currais Novos, a 180 quilômetros de Natal, por suspeita de participação na morte da estudante universitária Zaira Cruz, de 22 anos. O corpo dela foi encontrado dentro de um carro na manhã do dia 2 de março, sábado de carnaval, no município de Caicó, a 282 quilômetros da capital potiguar, na Região do Seridó.

Apesar de ter confirmado a prisão do PM, a Polícia Civil do RN só deve detalhar a investigação e os indícios de envolvimento do suspeito durante entrevista coletiva ainda esta manhã. O suspeito está sendo conduzido para Natal. O laudo sobre a morte da universitária já foi concluído, mas não foi divulgado para não atrapalhar as investigações. O documento está com a Polícia Civil.

Leia também:
Família de universitária morta em Caicó pede prudência na internet
Amigas marcam protesto contra morte da estudante Zaira Dantas

Caso Zaira: parte de laudos do Itep já está com a Polícia Civil
Morte de mulher dentro de carro em carnaval ainda é mistério

Mulher de Currais Novos encontrada morta dentro de carro em Caicó

Zaira Cruz era natural de Currais Novos, onde o policial é lotado, e estudava engenharia química na Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa). Ela havia viajado na companhia de um grupo de amigos para o carnaval de Caicó, um dos mais movimentados do estado. No sábado pela manhã, a estudante foi encontrada morta dentro de um veículo que seria de Pedro. De acordo com depoimento de amigos e familiares da vítima, eles mantinham um relacionamento com encontros esporádico.

OP9 RN

Hospital do RN atende 14 foliões que dizem ter sido atacados com agulhas de seringas durante o carnaval de Caicó

Pelo menos 14 foliões, todos atendidos pelo setor de emergência do Hospital Regional do Seridó, em Caicó, disseram ter sido atacados com agulhas de seringa em meio ao Carnaval. Segundo a direção da unidade, os atendimentos foram feitos no sábado (2), domingo (3) e segunda-feira (4). Ninguém foi preso.

A organização do Carnaval de Caicó chegou a emitir um alerta à população, o que causou preocupação. No entanto, segundo a Polícia Civil, nenhuma das pessoas atendidas pelo hospital procurou a delegacia da cidade para formalizar queixas.

Diretora-geral do Hospital do Seridó, Maura Vanessa Sobreira disse ao G1 que as vítimas foram submetidas à profilaxia pós-exposição, que é uma medida de prevenção de urgência à exposição pelo HIV, hepatites virais e outras infecções sexualmente transmissíveis. “Todos deram resultado negativo”, ressaltou.

 

Ainda de acordo com a diretora, o hospital chegou a receber cerca de 20 pessoas dizendo terem sido furadas por agulhas. “Algumas afirmaram ter visto as seringas”, revelou. “Outras, porém, ao serem informadas que a medicação que receberiam poderia causar efeitos colaterais, como enjoo, por exemplo, se negaram a ser atendidas”, acrescentou.

 

“As pessoas que foram atendidas, 14 ao todo, foram orientadas a procurar a Polícia Civil, e nos próximos dias devem ser acompanhadas por um infectologista. “Caso alguém apresente alguma complicação, exames devem ser refeitos”, acrescentou Maura.

 

Semelhança

 

No ano passado, em meio ao São João de Campina Grande, na Paraíba, 34 casos semelhantes de ataques foram registrados. No entanto, a polícia não confirmou que os ferimentos foram causados por agulhadas

Com  informações do G1RN