Dr. Madson Vidal se emociona e pede perdão por ciência não salvar Brunninha

Menina não resistiu à parada cardíaca e morreu nesse domingo

Por Redação

8 de abril de 2019 | 06:11

Após a triste notícia do falecimento da pequena Brunninha, de 7 anos, o médico Madson Vidal postou uma mensagem de despedida em suas redes sociais. A menina não resistiu à parada cardíaca e morreu nesse domingo (7).

“Minha doce amiguinha e borboletinha BRUNINHA, me perdoe se a ciência,que nós os homens estudamos, não permitiram a sua CURA. Perdão por todos os procedimentos médicos que não deixaram que você continuassem no meio da sua família” escreveu.

O médico relembrou ainda a alegria da pequena. “BRUNINHA, tenha certeza absoluta e do fundo do meu coração que você me deu e ensinou muito mais pela sua alegria e felicidade nas pequenas coisas. Como você cativava quem tivesse ao seu redor. Seu amor era generoso.,Lembro do nosso último abraço( como foi gostoso e generoso ), comemorando nosso reencontro. Foi quando nos vimos nessa internação na UTI”, acrescentou.

“O nosso amor se eternizou naquele ABRAÇO. Nesses últimos dias, eu jamais sonhei imaginar que uma criança pudesse suportar tanta coisa num corpinho doente e frágil, mas isso é de quem é Santa, que nos ensinou de não desistir, de persistência, de valores, de luta, de humildade… BRUNINHA VOCÊ FOI PERFEITA AQUI NA TERRA, como perfeito é o nosso DEUS, que está no CÉU. Vai nosso BORBOLETINHA LINDA ao encontro de Papai do céu porque aqui na terra você já está eternizada em nossos corações e mentes. Te amo para sempre. Obrigado, BRUNINHA!”, concluiu.

Portal no Ar