Covid-19: voo com carga de máscaras cirúrgicas chega ao Brasil

São 7,9 milhões de máscaras que serão distribuídas em todo o país

Publicado em 11/07/2020 – 11:26 Por Agência Brasil – São Paulo

Um voo vindo da China chegou neste sábado (11) ao Brasil trazendo uma carga de 7,942 milhões de máscaras cirúrgicas de três camadas que serão distribuídas para as 27 unidades da Federação para uso de profissionais da saúde que atuam no enfrentamento da pandemia de covid-19.

Ministério da Infraestrutura traz ao Brasil 35º voo com carga de máscaras
Ministério da Infraestrutura traz ao Brasil nova carga de máscaras compradas da China – Divulgação/Latam

Desde o dia 6 de maio, o país já recebeu cerca de 221 milhões de máscaras cirúrgicas e do tipo N95 de um total de 240 milhões de unidades adquiridas pelo Ministério da Saúde.

O avião foi fretado pelo Ministério da Infraestrutura, que vai contratar mais de 40 voos para transportar ps volumes para os destinos finais. A carga de 7,942 milhões de máscaras cirúrgicas de três camadas foi transportada em aeronave de passageiros Boeing-777, que aterrissou no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

O Ministério da Infraestrutura é responsável pela operação especial para trazer da China as 960 toneladas de máscaras cirúrgicas e N95 compradas pelo Ministério da Saúde. Para auxiliar no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, o ministério desenvolveu um plano de logística e distribuição, em apoio ao Ministério da Saúde e aos governos estaduais e municipais.

“O plano nacional abrange ações para viabilizar a chegada do material importado, articulação com órgãos governamentais que atuam nos aeroportos para prioridade no desembaraço aduaneiro e apoio na distribuição dos equipamentos nos estados”, diz a pasta da Infraestrutura em nota.

Susto: Avião com Leonardo e Gusttavo Lima faz pouso de emergência: veja!

A dupla driblou as esposas, furou a quarentena e saiu junta para uma pescaria, mas acabou passando sufoco ao enfrentar uma tempestade

Do R7 

13/05/2020 – 18h30 (Atualizado em 13/05/2020 – 18h39)

Gusttavo Lima e Leonardo passaram apuro

Olha só o susto que Gusttavo Lima e Leonardo passaram na tarde desta quarta-feira (13).

Os cantores furaram a quarentena e combinaram uma pescaria juntos, embarcando no jatinho de Gusttavo Lima para o passeio. 

No entanto, o que era para ser diversão, virou um filme de terror.

O avião em que os dois cantores e um amigo estavam enfrentou uma terrível tempestade e teve de realizar um pouso de emergência na metade do caminho.

Gusttavo Lima chegou a gravar com o celular os momentos de turbulência no avião, brincando que a pescaria não daria certo por conta da ‘praga’ das esposas deles.

A mulher de Gusttavo Lima, Andressa Suíta, chegou a brincar que ele estava saindo escondido de casa para se encontrar com Leonardo.

Apesar das brincadeiras, Leonardo e o outro amigo da dupla estavam visivelmente assustados com a situação.

Eles acabaram tendo de fazer um pouso forçado no meio do caminho, o que estragou os planos da dupla, que costuma pescar junta com frequência.

Confira:

Governo proíbe entrada por avião de estrangeiros de qualquer nacionalidade no Brasil por 30 dias

Medida abre algumas exceções, como para cônjuges, pais e filhos de brasileiros

Daniel Gullino 27/03/2020 – 19:31 / Atualizado em 27/03/2020 – 20:02

Passageiros de voos internacionais desembarcam no Aeroporto Tom Jobim com máscaras de prevenção da Covid-19 Foto: Gabriel de Paiva/Agência O Globo/06-03-2020
Passageiros de voos internacionais desembarcam no Aeroporto Tom Jobim com máscaras de prevenção da Covid-19 Foto: Gabriel de Paiva/Agência O Globo/06-03-2020

BRASÍLIA — O governo federal proibiu nesta sexta-feira a entrada, por via área, de estrangeiros de qualquer nacionalidade. A medida passa a valer na próxima segunda-feira e tem validade de 30 dias e é destinada a frear a propagação do novo coronavírus. Na quinta-feira, o país já havia imposto a mesma restrição nos portos. E, na semana passada, as fronteiras terrestres com 10 países da América do Sul também há haviam sido fechadas.

A restrição de entrada não se aplica a: brasileiro, nato ou naturalizado; estrangeiro cônjuge, filho, pai ou curador de brasileiro; imigrante com residência de caráter definitivo; profissional estrangeiro em missão a serviço de organismo internacional; funcionário estrangeiro acreditado junto ao governo brasileiro; estrangeiros cujo ingresso seja autorizado pelo governo brasileiro em vista do interesse público ou portador de Registro Nacional Migratório.

Também não se aplica a passageiro que esteja fazendo escala no país, desde que não saia da área internacional e que o país de destino admita seu ingresso, para o transporte de cargas e para um pouso técnico para abastecimento de combustível.

O descumprimento das regras levará à deportação ou repatriação imediata e à inabilitação de pedido de refúgio além de responsabilização penal, civil e administrativa.

A portaria que determina a restrição é assinada pelos ministros Walter Braga Netto (Casa Civil), Sergio Moro (Justiça), Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

Na semana passada, o governo havia barrado a entrada de cidadãos europeus e de alguns países da Ásia com mais casos de coronavírus. Com a ampliação da restrição, a portaria anterior foi revogada. “Como houve uma disseminação do coronavírus por vários outros países, nós entendemos por bem tomar essa iniciativa”, disse Sergio Moro, de acordo com comunicado divulgado pela pasta.

Aviões decolam de Wuhan, na China, com 40 passageiros repatriados ao Brasil e à Polônia

Plano de voo prevê quatro escalas e pouso em Anápolis na madrugada de domingo. Equipes também ficarão em quarentena por 18 dias; Brasil não tem casos confirmados do vírus.

Por G1 — Brasília

07/02/2020 17h07  Atualizado há 15 minutos


Brasileiros que estavam em Whuan, na China, já estão voltando ao Brasil

Os aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) enviados à China para resgatar brasileiros na área mais afetada pela epidemia de coronavírus decolaram de Wuhan por volta das 17h desta sexta-feira (7).

Segundo o Ministério da Defesa, a previsão de voo é de 26 horas, descontadas as escalas. Com isso, as aeronaves devem aterrissar em Anápolis (GO) na madrugada de sábado (8) para domingo (9).

Militar da equipe médica do Instituto de Medicina Aeroespacial (IMAE) afere a temperatura de um dos brasileiros a bordo do VC-2 da FAB em Wuhan, na China — Foto: Força Aérea Brasileira/Divulgação

Os cidadãos repatriados, assim como a equipe médica e a tripulação dos voos, devem cumprir quarentena de 18 dias na cidade goiana, a 150 km do Distrito Federal e 60 km de Goiânia.

Se algum dos confinados apresentar sintomas de infecção, o governo prevê transferência para o Hospital das Forças Armadas em Brasília.

Coronavírus: Brasileiros embarcam em aviões em Wuhan, na China, para voltar ao Brasil

Até as 15h30 desta sexta, o Brasil continuava sem nenhum caso confirmado de coronavírus. Segundo o balanço do Ministério da Saúde, equipes ainda investigam 8 casos suspeitos. Outros 26 já foram descartados.

Quem embarcou em Wuhan

  • 34 brasileiros ou parentes de brasileiros (incluindo três diplomatas brasileiros, que retornam à China após a quarentena)
  • 4 poloneses em Wuhan (desembarcarão na escala na Polônia)
  • 1 chinesa (desembarcará na escala na Polônia)
  • 1 indiana (desembarcará na escala na Polônia)

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores informou que não atendeu a pedidos de países latino-americanos e de Cabo Verde para retirar 80 cidadãos de Wuhan em razão do capacidade das aeronaves e dos protocolos vigentes.

“Apesar da plena disposição do governo brasileiro de auxiliar aqueles cidadãos, tiveram de ser adotadas uma série de restrições no interior das aeronaves, em razão da necessidade de se seguir os protocolos internacionais vigentes, que determinam, dentre outras medidas, que se estabeleça distância adequada entre os passageiros, dado o elevado risco de contaminação. Além disso, foram identificadas inúmeras dificuldades logísticas, em particular para manter os estrangeiros quarentena no Brasil”, acrescentou a pasta.

Funcionária do aeroporto de Wuhan durante embarque de brasileiros em aviões da Força Aérea — Foto: Arquivo pessoal
Funcionária do aeroporto de Wuhan durante embarque de brasileiros em aviões da Força Aérea — Foto: Arquivo pessoal

Além dos repatriados, cada aeronave conta com 11 membros de tripulação e uma equipe médica com 7 profissionais. Essas equipes saíram do Brasil para a operação de repatriação, e também vão cumprir quarentena.

Itinerário previsto

  • 17h da sexta (7) – saída de Wuhan com destino ao Brasil
  • Escala em Ürümqi (China)
  • Escala em Varsóvia (Polônia), com desembarque de estrangeiros
  • Escala Las Palmas (Espanha)
  • 17h30 de sábado (8) – entrada no espaço aéreo brasileiro
  • Escala em Fortaleza (CE)
  • 0h de domingo (9) – chegada a Anápolis (GO)

*Horários de Brasília

Fila de brasileiros no embarque do aeroporto de Wuhan, na China — Foto: Arquivo pessoal
Fila de brasileiros no embarque do aeroporto de Wuhan, na China — Foto: Arquivo pessoal

O que será oferecido aos repatriados na quarentena

  • 6 refeições diárias: café, colação, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia (acompanhados por nutricionistas)
  • Videogame, brinquedoteca, jogos, biblioteca, apresentação de bandas militares
  • Internet, TV a cabo, frigobar, geladeira sem itens alcóolicos
  • Serviço religioso
  • Emergência odontológica
  • Apoio psicológico e pedagógico

Além disso, eles serão submetidos a:

  • 3 monitoramentos diários de saúde, feitos pela Secretaria de Saúde de Goiás
Brasileiros embarcam em Wuhan, na China, epicentro do coronavírus

Quartos

O Ministério da Defesa informou que, na chegada a Anápolis, as duas aeronaves ficarão em filas e as portas serão abertas ao mesmo tempo. Os repatriados descerão e serão levados em ônibus para área restrita.

Os repatriados ficarão na área restrita composta por 40 suítes, onde, caso preciso, receberão atendimento médico. A FAB informou que cada quarto terá o nome de seu ocupante, recebido por um cartão de boas-vindas, acompanhado de uma cesta com frutas e doces.

Corpos de vítimas de acidente aéreo são encontrados no mar

Avião da Força Aérea do Chile levava 38 pessoas à Antártica

Publicado em 12/12/2019 – 10:54

Por RTP (emissora pública de televisão de Portugal) Santiago do Chile

Debris believed by the Chilean Air Force to be from a Hercules C-130 military cargo plane that crashed this week and went missing, is seen in the Drake Passage or Sea of Hoces, Mid-Sea in this undated handout received on December 11, 2019.

Autoridades chilenas anunciaram que foram encontrados restos mortais na mesma zona onde a Força Aérea estabeleceu o último contato com o avião militar que desapareceu na segunda-feira (9) com 38 pessoas a bordo.

“A Força Aérea deu-nos uma notícia que nos deixou consternados: a descoberta de corpos no mar de Drake e também parte da fuselagem que corresponde ao avião atingido, o C130 da Força Aérea do Chile”, disse o governador da região de Magalhães, José Fernández.

Debris believed by the Chilean Air Force to be from a Hercules C-130 military cargo plane that crashed this week and went missing, is seen in the Drake Passage or Sea of Hoces, Mid-Sea in this undated handout received on December 11, 2019.
DESTROÇOS QUE A FORÇA AÉREA CHILENA ACREDITA SER DE AVIÃO MILITAR QUE CAIU ESTA SEMANA FORAM ENCONTRADOS NA PASSAGEM DE DRAKE (REUTERS/FUERZA AEREA DE CHILE

A Força Aérea do Chile anunciou, na segunda-feira, ter perdido “o contato via rádio” com um avião militar C130 com 38 pessoas a bordo, que decolou de Punta Arenas, sul do país, para uma base na Antártica.

O contato via rádio foi interrompido no início da noite, de acordo com um documento da Força Aérea.

O avião, que decolou da base aérea de Chabunco, em Punta Arenas, a mais de 3 mil quilômetros ao sul de Santiago do Chile, tinha como missão prestar apoio logístico à base na Antártica.

Saiba mais

Edição: -Tags: Chileacidenteaviãomortos

Avião da Força Aérea do Chile desaparece com 38 pessoas a bordo

Aeronave, um C-130 Hércules, seguia rumo a uma base chilena na Antártica. Autoridades deslocaram equipes de busca e salvamento.

Por G1

09/12/2019 23h11  Atualizado há 9 minutos


Um avião C-130 Hércules da Força Aérea do Chile que seguia à Antártica desapareceu com 38 pessoas a bordo nesta segunda-feira (9), informou a instituição.

A aeronave partiu da cidade de Punta Arenas às 16h55 (horário local e de Brasília) e perdeu contato com a base de controle às 18h13. Segundo a Força Aérea, das 38 pessoas a bordo,17 eram tripulantes e 21 eram passageiros.

Após o comunicado oficial sobre a perda de contato com a aeronave, equipes de resgate partiram para operação de busca e salvamento na região de Magalhães, no sul do Chile.

Em nota, a Força Aérea do Chile afirma que o avião cumpria tarefas de apoio logístico rumo à Base Aérea Antártica Presidente Eduardo Frei Montalva.

A equipe a bordo faria revisão do oleoduto flutuante que há no local e participaria de uma ação para um tratamento anticorrosivo das instalações no local.

Local de partida e de destino de avião militar chileno desaparecido — Foto: G1 Mundo
Local de partida e de destino de avião militar chileno desaparecido — Foto: G1 Mundo

Local de partida e de destino de avião militar chileno desaparecido — Foto: G1 Mundo

Presidente chileno

O presidente do Chile, Sebastian Piñera, e os ministros de Interior e da Defensa, Gonzalo Blumel e Alberto Espina, respectivamente, embarcaram para Punta Arenas para monitorar a situação de perto.

Lula chega a São Paulo em jatinho de Luciano Huck

Aeronave pertence a empresa que tem o apresentador como sócio; ex-presidente participa de ato a partir das 13h em São Bernardo do Campo

Por Leonardo Lellis 9 nov 2019, 21h05 – Publicado em 9 nov 2019, 12h45

Após ser solto por decisão da Justiça Federal, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou na manhã deste sábado a São Paulo, onde participa de um ato no sindicato dos metalúrgicos em São Bernardo do Campo. O petista voou de Curitiba ao aeroporto de Congonhas em um jatinho particular e participa de um ato no sindicato dos metalúrgicos, em São Bernardo, marcado para começar às 13 horas.

De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil, a aeronave de prefixo PP-HUC pertence à Icon Táxi Aéreo e à Brisair Serviços Técnicos Aeronáuticos, de propriedade do apresentador Luciano Huck e de sua esposa, a também apresentadora de TV Angélica.

Embora pertença 50% a cada uma das empresas, a aeronave é usada pelo apresentador para gravar seu programa na Rede Globo e, segundo explica sua assessoria, quando não é utilizada por Huck, fica à disposição da Icon. “Não tenho qualquer influência para quem ela é fretada”, afirmou o apresentador.

“A aeronave faz parte da frota da Icon Taxi aéreo e por meio da empresa foi contratada para o vôo pois estava disponível na data solicitada. A agenda de locação das aeronaves é de responsabilidade da Icon Taxi Aéreo”, acrescentou a assessoria de Huck.

Mais tarde, Huck voltou a se manifestar em sua conta no Instagram. Ele negou que tenha emprestado ou dado carona a Lula e reafirmou que o voo foi fretado junto à empresa sócia da aeronave.

“Qualquer especulação política em cima disso é maluquice desse momento polarizado dividindo o país. O fato não passou de uma simples questão comercial, vamos dizer assim”, disse — assista abaixo.

A aeronave é um Embraer Phenom 300. De acordo com seu registro junto à Anac, tem licença para uso privado e capacidade para até oito passageiros. Em 2018, a Folha de S.Paulo revelou que o jato privado foi financiado com recursos do BNDES, por meio da Brisair.

O empréstimo do BNDES à Brisair, de 17,7 milhões de reais, foi feito em maio de 2013, e teve como correspondente bancário o Itaú. Os dados são de documentos da instituição pública. O montante foi financiado em 114 parcelas, com juros de 3% ao ano.

A aquisição da aeronave pelo apresentador já foi alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Ao reagir a críticas de Huck, cotado para disputar as eleições presidenciais de 2022, o presidente mandou uma indireta em uma de suas lives semanais.

“Segunda-feira já tem a primeira parte da caixa-preta do BNDES. Pessoal que comprou jatinho, pessoal que comprou jatinho… só dois bilhões de reais. Todo o pessoal com jatinho, gente amiga do rei. Gente que tá dizendo por aí, por exemplo, que estamos no último capítulo do fracasso do Brasil. ‘Eu sou opção para 2022’. Pode até ser, mas a gente vai mostrar o que você fez”, disse o presidente.

Avião de pequeno porte cai sobre carros em bairro residencial de BH

Grande nuvem de fumaça negra se formou sobre o local; acidente aconteceu no bairro Caiçaras, na região Noroeste de Belo Horizonte

Pablo Nascimento, do R7

21/10/2019 às 08h22 (Atualizado em 21/10/2019 às 14h14)

Um avião de pequeno porte caiu, na manhã desta segunda-feira (21), no bairro Caiçara, na região Noroeste de Belo Horizonte. Em abril deste ano, outro monomotor caiu na mesma rua.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu sobre carros. Ao menos duas pessoas ficaram feridas. O helicóptero da Record TV Minas flagrou o atendimento.

O número de veículos atingidos ainda não foi confirmado. Quatro viaturas do resgate seguiram para o local.

O acidente aconteceu entre na rua Minerva. A aeronave saiu do aeroporto do bairro vizinho, Carlos Prates.

Espírito de Gabriel Diniz teria feito algo surpreendente, logo após a morte, diz vidente

Segundo a vidente, o sonho revela uma espécie de ligação espiritual entre os dois artistas.

Instagram Gabriel Diniz / G1 / Fernando

A morte do cantor sertanejo Gabriel Diniz está mexendo com a imprensa brasileira, artistas e fãs. Uma das questões que chamam a atenção de muitos é a passagem espiritual, diante de um momento tão grande. Nesta segunda-feira, 28 de maio, Leni Sensitiva deu uma entrevista a um famoso site, no qual ela fala sobre a suposta reação do espírito de Gabriel Diniz.

A paranormal, que disse recentemente que um cantor morreria em um acidente grave, contou que a alma do artista não teria aceito a morte dele. Leni revela ainda que teria visto o espírito do cantor, que ficou famoso pela música Jenifer, perto dos destroços da aeronave, que caiu no estado do Sergipe.

Segundo Leni, não é incomum que tal fato aconteça em casos como este, que aconteceu de forma tão inesperada.

Sensitiva fala sobre sonho de Simone

Em outro momento, já no Instagram da sensitiva, ela comenta sobre o sonho da cantora Simone. A artista revelou que, durante a madrugada, teve um sonho com Gabriel. No sonho, o cantor falaria que está muito cansado. Simone, que faz dupla com Simaria, disse que viu o artista deitado e que teve dificuldades para dormir à noite.

Veja abaixo um vídeo em que a sensitiva fala sobre a proximidade entre o cantor e Simone, que sonhou com o artista logo após o seu falecimento:

https://www.instagram.com/p/ByBPks8AdJk/?utm_source=ig_web_copy_link

Segundo a vidente, o sonho revela uma espécie de ligação espiritual entre os dois artistas. Nas redes sociais, muitas pessoas disseram acreditar na versão da vidente.

Fonte: 1 News

Corpo de Gabriel Diniz é enterrado em cemitério na Paraíba

O corpo do músico Gabriel Diniz foi enterrado por volta das 17h20 no cemitério Parque das Acácias, em João Pessoa, na Paraíba, em cerimônia reservada apenas à família. O velório ocorreu no Ginásio Ronaldão, na mesma cidade.

Crédito: Reprodução/GloboNews

Da Redação

O corpo do músico chegou por volta das 5h desta terça (28) ao Ginásio Ronaldão para ser velado. Inicialmente, o velório foi fechado para família e amigos. Posteriormente, a cerimônia foi aberta ao público, que já fazia longa fila fora do ginásio desde a madrugada.

Por volta das 11 horas, a namorada do cantor, Karoline Calheiros, visivelmente emocionada, falou algumas palavras durante homenagens feitas a Gabriel. “Obrigado por ser o amor da minha vida. Peço que a gente tenha força para cuidar de tudo”, disse.

Os cantores Wesley Safadão, Matheus, da dupla sertanejo Matheus e Kauan, a youtuber e humorista Gkay e Renan da Resenha, também humorista, foram alguns famosos que marcaram presença na cerimônia.

Tragédia 

Um avião de pequeno porte caiu em Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe no início da tarde dessa segunda-feira (27). Gabriel Diniz, autor do hit de sucesso ‘Jenifer’, estava na aeronave foi uma das vítimas.

Divulgação / Sérgio Steiner

Nas redes sociais, uma série de artistas, como Simone e Simaria, MC Gui, MC Mirella, entre outros, lamentou a morte do cantor. Wesley Safadão, grande amigo de GD, colocou uma foto de luto no perfil do Instagram.

Em nota, a produtora de Gabriel Diniz lamentou a morte do cantor:

“A Luan Promoções, familiares, fãs, amigos e equipe estão todos muito abalados com está triste notícia que pegou todos de surpresa nessa manhã, 27. Com muito pesar confirmamos a morte do Gabriel Diniz. O cantor estava em um bimotor que caiu no sul do estado de Sergipe no começo dessa tarde. Sua alegria estará para sempre em nossos corações! Não deixaremos perder a sua irreverência jamais, você conquistou uma nação com o seu trabalho e carisma!”.

A Universal Music Brasil também divulgou nota sofre o falecimento de Diniz:

“Um dos maiores artistas em ascensão no Brasil, talentoso demais, um ser de muita luz, uma das pessoas mais alegres que conheci em toda a minha vida. A família Universal Music chora por sua partida. Descanse em paz meu amigo. Que as suas músicas fiquem eternizadas e nos ajudem a amenizar essa nossa dor. Muita força e conforto para todos os familiares e amigos”.

Carreira

Natural de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, Gabriel Diniz estava com 28 anos. O cantor ficou famoso no mundo da música pelo sucesso do hit ‘Jenifer’, single que ficou em 1º lugar entre as mais tocadas na rádio e em plataformas de streaming no verão de 2019.

O cantor, que também é conhecido como GD, tem duas músicas em parceria com Wesley Safadão: ‘Acabou Acabou’ e ‘Quem Chorava Hoje Ri’. Antes de investir na carreira solo, Diniz foi vocalista das bandas ‘Forró na Farra’ e ‘Cavaleiros do Forró’.