Lei e Ordem 2: ação do MPRN prende casal suspeito de integrar facção em Angicos

Ação foi feita em conjunto com a Polícia Militar, em continuidade da operação Lei e Ordem 2  

Uma operação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Polícia Militar realizada nesta sexta-feira (13) prendeu um casal suspeito de integrar uma facção criminosa em Angicos. A ação é continuidade da operação Lei e Ordem 2, também do MPRN. O casal também responde pelo crime do tráfico de drogas. 

Abraão Lincolin Martins da Silva, conhecido como “Matuto”, e Talita Emanuely Pinheiro Cesario estavam foragidos da Justiça e serão encaminhados ao sistema penitenciário para custódia. 

A Promotoria de Justiça de Angicos e a Polícia Militar reforçam à população que continuam recebendo denúncias anônimas de crimes. As comunicações podem ser feitas pelo Disque Denúncia 127, que é um canal direto do MPRN para denúncias de crimes em geral. O cidadão pode ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada. 

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para disque.denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas. 

Duas vagas para estagiário de pós em Direito são abertas na Comarca de Angicos

A Comarca de Angicos abriu processo seletivo para estagiário de pós-graduação remunerado em Direito. São oferecidas duas vagas, havendo classificação até o quinto colocado, para efeito de formação de cadastro de reserva.

As inscrições serão realizadas através do e-mailangicos@tjrn.jus.br, até o dia 12 de setembro, ou pessoalmente, no horário de 8h às 15h, na Secretaria Judiciária da Comarca de Angicos, localizada à Rua Pedro Matos, 81, Centro, Angicos.

Para ver o edital clique AQUI.

A lista definitiva dos inscritos, com os locais de realização das provas, será divulgada no Diário da Justiça Eletrônico, no dia 16 de setembro.

A seleção terá prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, que consistirá em uma minuta de sentença cível ou penal. Ela terá duração de quatro horas e será realizada na data de 4 de setembro, às 8h, no Fórum Municipal de Angicos, devendo o candidato comparecer ao local indicado com antecedência mínima de 30 minutos do início da prova.

Condições

A jornada de estágio é de seis horas diárias e 30 horas semanais e a jornada diária será exercida preferencialmente no período de 8h às 14h, sujeito a modificação a critério do supervisor do estágio.

O estagiário receberá mensalmente bolsa-auxílio, atualmente no valor de R$ 1.874 e receberá, ainda, auxílio-transporte, atualmente no valor de R$ 127,60 por mês.

O estágio terá duração máxima de um ano, prorrogável por mais um ano, desde que comprovado o vínculo com a entidade de ensino, não podendo exceder a dois anos, exceto quanto às pessoas com deficiência que poderão exercer o estágio até a conclusão do curso, respeitando-se o encerramento do calendário acadêmico.

Homem morre em acidente de carro no interior do Rio Grande do Norte

Colisão aconteceu na manhã desta segunda-feira (15) na BR-304, entre as cidades de Assu e Angicos, Oeste potiguar.

Por Jeniffer Rocha, Inter TV Costa Branca

15/07/2019 11h29  Atualizado há 2 horas


Homem morreu em acidente de carro no interior do Rio Grande do Norte — Foto: Focoelho
Homem morreu em acidente de carro no interior do Rio Grande do Norte — Foto: Focoelho

Um homem de 39 anos morreu em um acidente de carro que aconteceu na manhã desta segunda-feira (15) na BR-304, entre as cidades de Assu e Angicos, Oeste potiguar. Ele foi identificado como sendo Jansen Câmara Bezerra, servidor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa).

Jansen Bezerra seguia em seu veículo e bateu de fronte com outro carro, guiado por uma mulher que tentava fazer uma ultrapassagem na pista. A motorista foi levada para o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, com ferimentos graves.

Por causa da morte do servidor, Ufersa divulgou nota de pesar e declarou ponto facultativo no Campus Angicos, onde Jansen trabalhava.

Justiça determina bloqueio de 30% do salário do prefeito de Angicos, Deusdete Gomes

O prefeito de Angicos, Deusdete Gomes de Barros (PSDB), terá R$ 2.947,98 (dois mil, novecentos e quarenta e sete reais e noventa e oito centavos) descontados do seu salário todos os meses até que quite  o débito que tem com os antigos funcionários da falida empresa Garra Vigilância LTDA

A dívida do atual prefeito angicano junto à Justiça do Trabalho é de R$ 757.498,48 (setecentos e cinquenta e sete mil, quatrocentos e noventa e oito reais e quarenta e oito centavos).

A decisão foi encaminhada para notificação e execução ao Gabinete Civil da Prefeitura Municipal de Angicos, que tem como secretária a advogada Manuela Trindade.

Acompanhe abaixo a decisão:

Acesse o Instagram do g1.cabuginews.com.br http://https://www.instagram.com/

MP Eleitoral processa Ezequiel Ferreira, Rogério Marinho, prefeito Deusdete Gomes e secretária de Saúde de Angicos, RN

RIO GRANDE DO NORTE

Havendo procedência da ação, eles ficam sujeitos a multa, a decretação de inelegibilidade por oito anos e, no caso dos eleitos nas eleições de 2018, à cassação do diploma.

Por G1 RN
 

Ezequiel Ferreira, presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte — Foto: João Gilberto/ALRN
Ezequiel Ferreira, presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte — Foto: João Gilberto/ALRN

O Ministério Público Eleitoral no Rio Grande do Norte ajuizou, nesta quinta-feira (13), uma ação de investigação judicial eleitoral contra Ezequiel Ferreira de Souza, atual presidente da Assembleia Legislativa, o deputado federal Rogério Marinho, Deusdete Gomes de Barros e Nataly da Cunha Felipe de Souza, que são prefeito e secretária de Saúde de Angicos, respectivamente.

G1 ainda não conseguiu contato com nenhum dos envolvidos na ação.

Segundo o MP Eleitoral, Ezequiel, Deusdete e Nataly fizeram uso promocional da destinação de uma ambulância ao referido município para beneficiar as candidaturas do próprio Ezequiel Ferreira e de Rogério Marinho a deputados estadual e federal, respectivamente, nas eleições de 2018.

Ainda segundo o MP, a Assembleia Legislativa, com sobras do seu orçamento de 2016, adquiriu 85 ambulâncias e as doou ao Executivo estadual.

De acordo com a ação, Ezequiel Ferreira, enquanto presidente da Alern, aproveitou-se do ato para que ele e vários dos demais deputados estaduais aparecessem individualmente perante seus potenciais eleitores em 2018, ao garantir de que cada um deles indicasse o município potiguar – geralmente um “reduto eleitoral” – para o qual cada ambulância seria destinada. Além disso, houve exploração midiática de cada evento de entrega específica dos veículos, segundo o MP.

  1. Rogério Marinho (PSDB-RN) é deputado federal pelo RN e vai integrar a equipe do Governo Federal em 2019 — Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
    Rogério Marinho (PSDB-RN) é deputado federal pelo RN e vai integrar a equipe do Governo Federal em 2019 — Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Nas palavras dos procuradores que assinam a ação, garantiu-se a cada deputado um “quinhão” da doação, com a intenção de propagar no eleitorado a mensagem de que a obtenção de cada ambulância era fruto do esforço, da lembrança e da generosidade pessoal do deputado responsável pela indicação. “Não se tratava do dinheiro arrecadado do povo sendo usado para comprar algo básico para o próprio povo (saúde pública), mas de um ‘agrado’ particular do deputado para com aquela comuna – que a ele deveria ser, portanto, eternamente agradecida”, destacam.

Angicos

No caso do próprio Ezequiel, segundo os promotores, ele destinou uma ambulância ao município de Angicos. E Deusdete Gomes de Barros e Nataly da Cunha Felipe de Souza cuidaram para que a entrega física da ambulância fosse “explorada politicamente”.

Prefeito de Angicos, Deusdete Gomes de Barros, também é alvo da ação — Foto: Claudinho Fotografias/Assessoria da Prefeitura de Angicos
Prefeito de Angicos, Deusdete Gomes de Barros, também é alvo da ação — Foto: Claudinho Fotografias/Assessoria da Prefeitura de Angicos

“Eles agendaram essa entrega para 29/12/2017, mesmo dia da inauguração da Unidade Básica de Saúde Expedito Eudirço Chimbinha, evento que contou com a entrega simbólica das chaves da ambulância por Ezequiel àqueles gestores locais, discursos emocionados de agradecimento, tendas, benção e oração do pároco local, entre outros atos festivos, tudo com grande cobertura de sites e blogues de internet”, alega o MP Eleitoral.

Além disso, prossegue a PRE, no dia 20 de setembro, durante um comício realizado em Angicos em prol das candidaturas de Ezequiel e Rogério Marinho, Deusdete teria vinculado diretamente a doação daquela ambulância à pessoa de Ezequiel, chegando a mencionar que este “deu um belo presente ao povo” da cidade.

Outro ilícito eleitoral apontado pelos procuradores teria sido a utilização de recursos públicos da Saúde para pagar o combustível que abasteceu vários dos veículos que participaram de uma carreata, também ocorrida em 20 de setembro, que antecedeu o comício mencionado no parágrafo anterior. A acusação é baseada em depoimentos e em documentos fiscais obtidos da Secretaria Estadual de Tributação, que apontam “uma série de abastecimentos fora do horário de expediente dos órgãos públicos”.

Havendo procedência da ação, os acusados ficam sujeitos a multa, a decretação de inelegibilidade por oito anos e, no caso dos eleitos nas eleições de 2018, à cassação do diploma.

Nataly da Cunha Felipe de Souza, secretária de Saúde de Angicos — Foto: Reprodução/Facebook
Nataly da Cunha Felipe de Souza, secretária de Saúde de Angicos — Foto: Reprodução/Facebook

Prefeito Deusdete parte para briga e tenta agredir radialista em Angicos

Na manhã de hoje, após programa institucional da prefeitura de Angicos na rádio comunitária o prefeito Deusdete Gomes (PSDB) perdeu o controle e partiu para a agressão contra contra o locutor Gean Carlos, ele foi contido pelas pessoas que estavam próximo. Deusdete usou o  programa para falar da vida pessoal do radialista Gean Carlos. O prefeito que pode ser cassado a qualquer momento tá em desespero, ele tenta calar o radialista na base da porrada. O motivo são as denuncias que Gean vem reportando todo dia no jornal Cabugi Central.

Prefeito raivoso

Prefeito de Angicos Deusdete Gomes poderá perder o mandato nos próximos meses

A situação do prefeito de Angicos-RN senhor Deusdete Gomes (PSDB) tá complicada perante o Ministério Público que investiga irregularidades em sua eleição para o cargo. O prefeito é acusado de compra de votos desde 2012 quando foi eleito vice-prefeito. Deusdete também é acusado de assumir a prefeitura sem se desligar da empresa Garra Vigilância Ltda o qual é dono. São inúmeros processos que impediram que ele termine o mandato. A secretária de saúde Nataly Felipe também, assim como ele também deverá ter o mandato cassado, os dois respondem por crimes eleitorais. O cerco ta se apertando…

Resultado de imagem para deusdete gomes
Por Angicos Verdade

Deputado Ezequiel quer resolver na ‘tapa’ denúncia de corrupção na Assembléia com radialista em Angicos

Ezequiel não explica nada sobre fantasmas na Assembleia e agora quer brigar com quem divulga as denúncias do Ministério Público

O presidente e deputado Ezequiel Ferreira, do PSDB, perdeu ontem em Angicos, a compostura, a civilidade e chamou o radialista e apresentador da FM Cabugi Central, à saírem na tapa, após divulgar notícia sobre desvio de uma fortuna no valor de R$ 2.440.335,47 com inserção de funcionários fantasmas na folha de pagamento do legislativo, segundo o Ministério Público do RN.

Apesar de não dar um pio sobre a prisão da chefe de gabinete da Presidência da Casa, Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho e a investigação do secretário-geral da Presidência LUIZ GONZAGA MEIRA BEZERRA NETO,  da Assembléia Legislativa do RN, o presidente e deputado, completamente descontrolado, agora quer brigar com a imprensa, mas não com o Ministério Público que investiga o esquema criminoso na Assembléia.

“Ele é arroxado na rádio e eu sou arroxado topando com ele. Digam a ele que se arroxe para topar a parada comigo não é no microfone não, é na tapa. Se ele for arroxado eu topo a parada com ele, aonde ele quiser, com aquele vagabundo que anda falando de mim”, desafiou Ezequiel.

Gean Carlos tem apontado o sobrinho da secretária de Saúde, Nataly Felipe, indicado pelo prefeito de Angicos Deusdete Gomes, como um dos supostos fantasmas com salário de mais de R$ 6 mil mensais.(VT).

Foco Coelho