Conta de água vai subir 6,7% no RN a partir de segunda-feira

Conta de água para consumidores do Rio Grande do Norte terá um reajuste de 6,7% em 2021

Redação 29/01/2021 | 10:38

A tarifa minina para uso residencial passara dos atuais R$ 43,77 para R$ 46,71 para quem consume até 10 mil litros por mês

A conta de água para consumidores do Rio Grande do Norte terá um reajuste de 6,7% em 2021. O aumento, solicitado pela Companhia de Águas e Esgotos (Caern), já foi autorizado pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado (Arsep) e entra em vigor a partir da próxima segunda-feira 2.

Todas as tarifas de consumo vão subir. A mais comum, para uso residencial, passará dos atuais R$ 43,77 para R$ 46,71, para quem consome até 10 mil litros por mês. Acima disso, as tarifas para consumo adicional também sofrerão reajuste.

As tarifas para a classe de consumo de residencial social, para quem consome até 10 mil litros por mês, será de R$ 9,49. Os consumidores comerciais terão a tarifa mínima de R$ 71,88. Os industriais passam a pagar R$ 156,75 pelo valor mínimo. Por fim, a tarifa mínima do setor público ficou estipulada em R$ 150,21.

A regulamentação de novos aumentos na tarifa de água, ao longo do período de 2021 a 2025, fica está condicionada a validação do inventário da Base de Ativos Regulatória (BAR), pela Arsep.

No entanto, os reajustes de tarifas de serviços públicos de saneamento básico só poderão ser feitos observando intervalo mínimo de doze meses.

Com isso, qualquer alteração da estrutura tarifária posterior, somente será possível mediante a apresentação e validação da Base de Ativos Regulatória.

A medida manteve, ainda, a cobrança das tarifas dos serviços de esgotamento sanitário nos seguintes percentuais. Com isso, o valor passa a ser de 35% da tarifa de água para consumo em todas as categorias de consumidores em sistemas de esgotos condominiais.

Ainda segundo a Arsep, para os consumidores em sistemas de esgotos convencionais, o valor é de 70% da tarifa de água. Por fim, a cobrança será de 100% da tarifa de água para os poços tubulares.

Saiba mais em: https://agorarn.com.br/ultimas/conta-de-agua-vai-subir-67-no-rn-a-partir-de-segunda-feira/ | Agora RN

Pedro Avelino e mais sete cidades da região ficarão sem abastecimento de água nesta quarta-feira (8)

Serviço será concluído no mesmo dia e normalização no fornecimento acontece em 48 horas.

Por G1 RN

06/01/2020 15h48  Atualizado há 7 horas

Adutora Sertão Central Cabugi — Foto: Divulgação/Caern
Adutora Sertão Central Cabugi — Foto: Divulgação/Caern

O abastecimento de água vai ser interrompido em 8 cidades do Rio Grande do Norte nesta quarta-feira (8). Segundo a Companhia de Águas e Esgotos do estado (Caern), a pausa é necessária porque a Adutora Sertão Central Cabugi vai passar por uma manutenção.

Os municípios que são abastecidos pela adutora e serão afetados são: Angicos, Fernando Pedroza, Lajes, Pedro Avelino, Caiçara do Rio do Vento, Pedra Preta, Jardim de Angicos e Riachuelo, o que também engloba a localidade de Cachoeira do Sapo.

A equipe da Caern vai trabalhar na manutenção corretiva da estação de bombeamento 1, que fica no município de Itajá. O fornecimento de água será parado das 5h às 18h.

Após o religamento do sistema, serão necessárias 48 horas para normalização do abastecimento.

Serviço de manutenção interrompe abastecimento de água em 23 bairros de Natal

Água será cortada entre as 8h e as 17h desta sexta-feira (26) e normalização do abastecimento deve acontecer em até 48h após o término do trabalho.

Por G1 RN

24/07/2019 15h36  Atualizado há 17 horas


Serviço de manutenção interrompe abastecimento de água em 23 bairros de Natal — Foto: Agência Brasil
Serviço de manutenção interrompe abastecimento de água em 23 bairros de Natal — Foto: Agência Brasil

Um serviço de manutenção na Estação de Tratamento de Água (ETA) do Jiqui vai interromper o abastecimento de água em 23 bairros das zonas Leste, Oeste e Sul de Natal na sexta-feira (26). De acordo com a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), o trabalho vai acontecer entre as 8h e as 17h, momento em que o fluxo de água será cortado. A normalização do abastecimento deve acontecer em até 48h após o término do serviço.

Serão afetadas as seguintes localidades: Bom Pastor, Candelária, Capim Macio, Cidade da Esperança, Cidade Nova, Felipe Camarão, Lagoa Nova, Nazaré, parte do bairro de Neópolis, Alecrim, Areia Preta, Bairro Nordeste, Barro Vermelho, Cidade Alta, Lagoa Seca, Mãe Luíza, Petrópolis, Praia do Meio, Quintas, Ribeira, Rocas, Santos Reis e Tirol.

Ainda segundo a Caern, o serviço é necessário para uma manutenção elétrica nas estações elevatórias da ETA e montagem de um grupo motobomba (bombeamento de água).

Projeto de Lei obriga Companhia de Água a instalar eliminadores de ar nos medidores

Tramita na Câmara de Vereadores de Blumenau um projeto de lei que quer obrigar o Samae (Companhia de Água local )a instalar um equipamento eliminador de ar na tubulação de água das casas, antes do hidrômetro.

De acordo com o texto proposto pelo vereador Marcos da Rosa (DEM), a autarquia deverá instalar o dispositivo em até 30 dias após a solicitação do consumidor. Caso isso não ocorra, o Samae terá de oferecer um desconto equivalente a 30% do valor da conta de água do mês anterior ao pedido. O desconto virá nas faturas do morador até a realização do serviço.

O parlamentar diz que a ideia de criar a lei surgiu após ouvir inúmeras reclamações e fazer pesquisas sobre o assunto:

“Eu mesmo tive essa experiência na minha casa. Faltou água e, antes dela voltar, o hidrômetro girava muito rápido quando vinha o ar. E se ele gira é porque está marcando como consumo de água. E o consumo de água reflete no valor cobrado do esgoto”, ressalta.

Se a proposta for aprovada como está, o equipamento deverá ser pago pelo Companhia de Água local. Os novos hidrômetros, inclusive, deverão ser instalados já com o eliminador de ar, sem qualquer ônus financeiro ao usuário.

Fonte: Redação ClicOeste com Informações omunicipioblumenau.com.br

Caern suspende o fornecimento de Àgua na Adutora Sertão Central Cabugi

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) suspendeu temporariamente o abastecimento da Adutora Sertão Central Cabugi. A medida foi solicitada pela Agência Nacional de Águas (ANA). A parada no abastecimento ocorre a partir desta quarta-feira e deverá ser retomado na sexta-feira, dia 17. Segundo a Companhia, a interrupção é para que a ANA realize um reparo nas comportas da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves que alimentam o rio Piranhas-Açu e o Canal do Pataxó. Serão afetadas as cidades que recebem água pela adutora: Angicos, Fernando Pedrosa, Lajes, Pedro Avelino, Comunidade de Santana do Matos, Jardim de Angicos, Pedra Preta, Caiçara do Rio dos Ventos e Riachuelo.

Princesa 90 FM

Duas cidades saem da situação de colapso no abastecimento

O quadro de abastecimento nos municípios do Rio Grande do Norte registrou duas boas notícias nos últimos dias. Do total de cinco cidades que ainda estavam em situação de colapso no fornecimento de água, duas deixaram essa condição.

CAERN29 Apr 2019 11:36

CAERN

 

Na região Seridó, desde o último dia 25, a cidade de Cruzeta não está mais nessa lista. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) retomou o fornecimento, com o atendimento à população agora em sistema de rodízio, sendo quatro dias com abastecimento e três dias com o sistema paralisado.

No Alto Oeste, foi o município de João Dias que teve o abastecimento retomado. Com o novo quadro, apenas três cidades da região do Alto Oeste potiguar permanecem em situação de colapso: Paraná, Pilões e São Miguel.

Apesar da boa notícia, a Caern recomenda que a população use a água de forma racional, a fim de preservar os mananciais por mais tempo.

COMUNICADO

Cidades da região Agreste terão parada no abastecimento nesta terça (30)

A Caern informa que quatro cidades da região Agreste do Estado terão uma interrupção no abastecimento de água durante o dia desta terça-feira (30): Lajes Pintadas, Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo. A parada também vai atingir a cidade de Santa Cruz, que é atendida por um sistema próprio de abastecimento, a cargo da prefeitura. A água distribuída é adquirida da Caern.

A interrupção será necessária para que a companhia faça a substituição de um registro e parte da tubulação, além da instalação de um medidor de vazão para a cidade de Santa Cruz.
O sistema será desligado logo cedo, às 6h, com retorno previsto para as 17h30 do mesmo dia. Após a religação do sistema, o abastecimento será totalmente normalizado em até 48 horas.

Rede Governadoria

Natal: água na zona Sul está com aspecto sujo. CAERN explica

Fenômeno seria apenas físico, sem comprometer qualidade

Por Redação

20 de março de 2019 | 16:50

 

Moradores da zona Sul de Natal estão preocupados com a aparência da água que tem saído de suas torneiras nos últimos dias. O líquido está amarelado, com a aparência de chá, levando os consumidores a acreditarem que está sujo e impróprio para o consumo humano. A Companhia de Águas e Esgoto do Rio Grande do Norte (Caern) diz que esse fenômeno é de aspecto físico, não compromete a potabilidade para consumo da água.

Segundo a companhia, apesar de reconhecer o desconforto provocado pela alteração na cor da água, isso ocorre em função das chuvas recentes e que está trabalhando na adequação do tratamento de água que é realizado na Estação de Tratamento de Águas do Jiqui (ETA), um procedimento que é rotina em todas as concessionárias de abastecimento do país, durante o período de inverno.

Portal no Ar

Comunicado: CAERN Retoma Hoje Abastecimento, com Prioridade para Riachuelo

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) deve concluir na tarde desta sexta-feira (15) o serviço para a retomada do abastecimento das cidades atendidas pela Adutora Sertão Central Cabugi. Na madrugada do último dia 12, os cabos da subestação e das bombas instaladas no Canal do Pataxó, em Assu, foram furtadas, deixando sete cidades sem abastecimento.

Hoje, será reinstalada a bomba, que passou por manutenção, e o sistema será religado. Por apresentar uma situação mais crítica, a cidade de Riachuelo terá prioridade no abastecimento, recebendo água até que esteja 100% abastecida. Por ficar na ponta da adutora – de 30 km de extensão -, Riachuelo geralmente é a última a receber o fornecimento.

As outras cidades atendidas pela Adutora Sertão Central Cabugi são Angicos, Fernando Pedroza, Pedro Avelino, Caiçara do Rio do Vento, Jardim de Angicos, Lajes e Riachuelo.

Redação – ACS Caern

Moradores do município de Riachuelo interditaram a BR-304 na manhã desta sexta-feira para protestar contra a falta d’água nas torneiras. Confira

Moradores do município de Riachuelo interditaram a BR-304 na manhã desta sexta-feira (15) em protesto contra a falta d’água na cidade. Segundo os moradores, o município está sem água há pelo menos 20 dias. A Polícia Rodoviária Federal esteve no local e a via foi liberada por volta das 10h.

A população queimou pneus no BR-304 por volta das 9h30 e a via ficou completamente interditada nos dois sentidos por cerca de meia hora.

De acordo com a Caern, no início da semana criminosos roubaram cabos que ficavam em uma subestação que abastece sete cidades. O abastecimento então ficou comprometido. Os técnicos estão trabalhando na substituição dos cabos.

A Companhia explicou ainda que Riachuelo fica no extremo dos municípios abastecidos por esta subestação e, por isso, quando há problema na rede a cidade é a primeira a ficar sem água. A Caern não deu prazo para normalização do abastecimento.

Fonte G1RN

Furto de cabos de energia deixa 7 cidades do RN sem água

Por G1 RN

 


Adutora Sertão Central Cabugi fica na região Central potiguar — Foto: Caern/DivulgaçãoAdutora Sertão Central Cabugi fica na região Central potiguar — Foto: Caern/Divulgação

Adutora Sertão Central Cabugi fica na região Central potiguar — Foto: Caern/Divulgação

Sete cidades do Rio Grande do Norte, que são abastecidas pela Adutora Sertão Central Cabugi, tiveram o fornecimento de água interrompido por causa do furto de cabos de energia. A informação foi divulgada pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

Estão sem água:

  • Angicos
  • Fernando Pedroza
  • Pedro Avelino
  • Caiçara do Rio do Vento
  • Jardim de Angicos
  • Lajes e Riachuelo

Segundo a Caern, os cabos furtados alimentavam a subestação e as bombas instaladas no Canal do Pataxó, em Assu, na região Oeste do estado. O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira (12).

A Caern informou que já está trabalhando para substituir os cabos furtados. Contudo, o sistema dó deve voltar a funcionar, emergencialmente, até a tarde desta quarta-feira (13).

Também já foram tomadas as providências no âmbito administrativo e legal, como o registro de um boletim de ocorrência policial.

G1