Jovem relata agressões físicas e cárcere em bar badalado de Natal

A jovem identificada como Beatriz Moreno usou as redes sociais para relatar cenas de agressão e de cárcere privado no bar Seis em Ponto, de Morro Branco, praticadas pelos próprios seguranças do local. Ela não diz exatamente como tudo começou, mas relata que o motivo teria sido uma queixa quanto a um pedido.

Terça-feira, 16 de junho de 2019 09h07

De acordo com ela, foram desferidos vários socos e ponta-pés contra ela e o namorado, que ficou preso em uma sala para apanhar. As agressões, ainda na versão da jovem, só acabaram com a chegada da Polícia. Todos foram conduzidos para a Delegacia de Plantão. Ela ainda relatou que o delegado disse não ser a primeira vez que isso ocorre.

O Instagram do bar foi retirado do ar e no Facebook não há informações, tampouco contatos para que o blog do BG pudesse escutar o outro lado da história. Fica o espaço aberto.

Fonte: BG

Ex-paquita acusa marido de agressão após descobrir traições veja o vídeo!

A ex-paquita Pituxita, Ana Paula Almeida, contou o caso em uma série de stories em sua conta no Instagram, nos quais acusa o marido de tê-la agredido após uma discussão do casal

   

Abril 16, 2019 às 16:19 – Por: Redação OP9

A ex-paquita Pituxita, Ana Paula Almeida, postou uma série de stories em sua conta no Instagram, nos quais acusa o marido, o empresário José Roberto Barbosa, de tê-la agredido após uma discussão do casal, motivada pela descoberta de traições por parte dele. Ana Paula teria registrado boletim de ocorrência na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), e feito exame de corpo de delito no Hospital Municipal Lourenço Jorge.

“Quero levantar a bandeira da mulher, porque eu infelizmente não vivo aquele sonho de fadas que me pareceu”, contou a ex-paquita, que tem 42 anos, nos stories. Segundo seu relato, José Roberto, de 54 anos, é frequentador de casas de prostituição. Ana Paula já teria sido agredida por ele em outras ocasiões, e no último incidente ela teria caído no chão e sofrido vários arranhões nos braços e na boca.

A ex-paquita ainda afirmou que o marido sofre de transtorno bipolar e que há seis anos eles teriam se separado após uma briga. Em entrevista ao site da Revista Quem, José Roberto afirmou que “não aconteceu nada e tenho provas contra isso. Não sou famoso, tenho que dar satisfação à Justiça. Sou um sujeito homem, trabalhador. E essa pessoa é totalmente descontrolada, destemperada. Vou entrar com um processo de calúnia e difamação contra ela. Agora ela se cortar, se mutilar, eu não vi… Saí correndo para evitar qualquer tipo de problema. Da última vez ela falou que eu a ameaçava de morte. Voltei para ela porque amo o meu filho e tenho pena de ele viver com uma pessoa como ela. A Justiça que vai ter que decidir. Aguardo ansiosamente a polícia apurar os fatos”.

Ana Paula e José Roberto já participaram do reality show “Troca de Esposas“, da Record TV, apresentado por Ticiane Pinheiro. A participação do casal foi ao ar no último dia 14/03.

Por ‘falta de elementos’, filho de ex-prefeito que agrediu namorada não será preso

Victor Junqueira foi filmado espancando a namorada, mas ficará solto

Imagens gravadas pela vítima.

Na quarta-feira (26), a delegada Ana Elisa Gomes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) falou sobre o caso, que ganhou repercussão após o vídeo da agressão vazar na internet. Ela diz que, apesar de as imagens gravadas pela vítima terem sido divulgadas, o material não é suficiente para decretar a prisão do piloto de 24 anos.

“Ele não está prejudicando o trabalho dos investigadores ou praticando outros crimes contra a vítima. O fato não foi em flagrante, ele tem residência fixa e compareceu à delegacia acompanhado de um advogado, portanto não ocorrerá a prisão por hora”, explicou ao ‘Mais Goiás’.

“Se Victor difamar ou desqualificar L.S. na internet ou perturbar o trabalho de investigação, por exemplo, ele pode ser preso. O inquérito foi concluído na sexta-feira e remetido ao poder judiciário na data de hoje [quarta-feira]. A vítima foi orientada sobre as medidas protetivas de urgência enquanto as investigações estão em andamento”, completa a delegada.

O caso

A advogada Luciana Sinzimbra, 26 anos, gravou com um celular o momento em que foi agredida pelo ex-namorado na madrugada do último dia 15, em Goiânia. A Polícia Civil de Goiás abriu um inquérito na Delegacia da Mulher. O agressor, Victor Augusto do Amaral Junqueira, foi ouvido e liberado em seguida.

Na quinta-feira (27), Luciana disse em seu Instagram que não divulgou as imagens nas redes sociais. Ela diz que, como o vídeo foi muito compartilhado na web, está se fortalecendo para “ajudar no combate à violência doméstica”.

“Graças a Deus estou bem fisicamente, porém, abalada emocionalmente. Quanto aos vídeos, estes foram divulgados sem o meu consentimento e se tornaram virais, exigindo de mim uma postura que não me sinto ainda preparada, mas estou me fortalecendo para me pronunciar em breve e ajudar no combate à violência doméstica. Espero que tudo se resolva da melhor forma possível“, afirmou a jovem.

Ele aperta o pescoço dela com as duas mãos. “Você vai me matar desse jeito”, diz advogada

O vídeo mostra uma discussão entre o casal. “Eu tentei fazer uma surpresa”, diz o autor das agressões, com voz de choro, no início do vídeo.

Em seguida, Luciana indaga: “E você acha justo chegar aqui e me bater?”.

O ex-namorado diz que acha “super injusto” e acrescenta: “Mas pelo menos acabou”.

Em seguida, Victor começa a desferir tapas e até um murro na ex-namorada. Luciana implora que Victor pare de agredi-la, mas ele responde: “Eu vou te bater mais”.

Em determinado momento da briga, ele aperta o pescoço dela com as duas mãos. “Você vai me matar desse jeito. Para! Para com isso!”, diz a advogada.

A advogada registrou boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher de Goiânia no dia 15 e pediu medidas protetivas.