Caern vai suspender abastecimento em oito cidades nesta terça

São cidades abastecidas pela adutora Sertão Central Cabugi

Por Redação, Portal no Ar

18 de março de 2019 | 16:40

 

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) informa à população abastecida por meio da Adutora Sertão Central Cabugi que o abastecimento será suspenso a partir da noite desta terça-feira (19), às 22h, para uma manutenção preventiva no reservatório apoiado da Estação de Tratamento de Água (ETA), além da retirada de um vazamento na adutora e outros pequenos reparos necessários.

As equipes devem concluir o serviço e o abastecimento retomado às 19h, da quarta-feira (20). Serão afetadas as cidades e localidades de Angicos, Fernando Pedrosa, Mulungu, Pedro Avelino, Lajes, Pedra Preta, Caiçara, Jardins de Angicos, Cachoeira do Sapo e Riachuelo.

Após a retomada do abastecimento, o fornecimento de água será gradualmente regularizado em até 48 horas.

Furto de cabos de energia deixa 7 cidades do RN sem água

Por G1 RN

 


Adutora Sertão Central Cabugi fica na região Central potiguar — Foto: Caern/DivulgaçãoAdutora Sertão Central Cabugi fica na região Central potiguar — Foto: Caern/Divulgação

Adutora Sertão Central Cabugi fica na região Central potiguar — Foto: Caern/Divulgação

Sete cidades do Rio Grande do Norte, que são abastecidas pela Adutora Sertão Central Cabugi, tiveram o fornecimento de água interrompido por causa do furto de cabos de energia. A informação foi divulgada pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

Estão sem água:

  • Angicos
  • Fernando Pedroza
  • Pedro Avelino
  • Caiçara do Rio do Vento
  • Jardim de Angicos
  • Lajes e Riachuelo

Segundo a Caern, os cabos furtados alimentavam a subestação e as bombas instaladas no Canal do Pataxó, em Assu, na região Oeste do estado. O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira (12).

A Caern informou que já está trabalhando para substituir os cabos furtados. Contudo, o sistema dó deve voltar a funcionar, emergencialmente, até a tarde desta quarta-feira (13).

Também já foram tomadas as providências no âmbito administrativo e legal, como o registro de um boletim de ocorrência policial.

G1

Chuvas causam danos na adutora Sertão Central Cabugi

Houve suspensão do abastecimento para algumas cidades

Por Redação

7 de fevereiro de 2019 | 15:23

ADUTORA SERTÃO CENTRAL – ADUTORA SERTÃO CENTRAL CABUGI. FOTO: HERLÂNIO EVANGELISTA

As chuvas que ocorreram na madrugada desta quinta-feira (7) provocaram o rompimento de coluna de concreto que dá sustentação à adutora Sertão Central Cabugi, entre as cidades de Itajá e Angicos.

A falta de sustentação abriu a tubulação da adutora na altura do quilômetro 127 da BR-304. A equipe da Caern precisará fazer acesso para chegar ao local devido aos estragos provocados pela chuva. O pilarete, que é a coluna que segura a adutora, rompeu-se devido a quantidade de água que caiu no local. Serão utilizadas retroescavadeira e caminhão munck para execução do serviço.

Por este motivo, houve suspensão do abastecimento para as cidades de Fernando Pedroza, Angicos, Lajes, Caiçara do Rio do Vento, Pedra Preta, Jardim de Angicos, Cachoeira do Sapo e a comunidade de Mulungu. A previsão é que o sistema seja religado no final da tarde desta sexta-feira (8) e a completa normalização do abastecimento deve ocorrer em 72 horas.

Portal no Ar

Adutora Sertão Central passará por manutenção por até 72hs a contar desta quinta-feira

A adutora Sertão Central vai passar por uma parada nesta quinta-feira, 6, para que seja feita uma manutenção corretiva, com a substituição do conjunto motor bomba. A parada será a partir das 13h30 desta quinta, devendo retornar na sexta-feira, 7, às 17h.

A parada vai atingir as cidades de Angicos, Fernando Pedroza, Pedro Avelino, Lajes, Caiçara, Riachuelo e comunidades vizinhas.

O prazo de normalização do abastecimento é de 72h após a conclusão do serviço. A recomendação da Companhia é que a população utilize a água disponível de forma racional.

xerife