Homem morre eletrocutado em obra de shopping em Natal

Homem teria levado choque ao tocar em andaime eletromecânico. Segundo Polícia, vítima usava todos os equipamentos de proteção.

Por Sérgio Henrique Santos, Inter TV Cabugi

21/01/2020 08h45  Atualizado há uma hora

Polícia Civil foi ao local para fazer perícia após morte de operário em shopping na Zona Norte de Natal nesta segunda (20 — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Polícia Civil foi ao local para fazer perícia após morte de operário em shopping na Zona Norte de Natal nesta segunda (20 — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Um homem morreu eletrocutado em um andaime eletromecânico usado nas obras de um shopping no bairro Potengi, Zona Norte de Natal, na noite desta segunda-feira (20). De acordo com a Polícia Civil, a vítima sofreu uma descarga elétrica ao tocar a mão no andaime, que estava sendo carregado para o trabalho no dia seguinte. Segundo a Polícia, a vítima usava equipamentos de proteção durante o serviço.

Ainda de acordo com informações da Polícia, a vítima é Diego de Queiroz Morais, de 30 anos. Ele era de Recife, PE, e trabalhava como operário em uma empresa terceirizada contratada pelo shopping para obras. A Polícia Civil foi ao local para realizar perícia.

Segundo o delegado da Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal, a vítima estava com todos os equipamentos de proteção individual, como botas e luvas. De acordo com o delegado, mesmo assim ele sofreu uma descarga elétrica ao tocar no andaime.

O fluxo de saída de carros e o funcionamento do shopping não foi prejudicado. Em nota, o Partage Norte Shopping disse que “lamenta profundamente o incidente ocorrido, que presta apoio à família e toma providências para o esclarecimento do incidente”. O centro comercial também disse que orienta lojistas e prestadores de serviços a tomarem cuidado e cumprirem as legislações e protocolos de segurança.

Mulher grávida perde bebê após acidente na BR-304 no RN; outras 5 pessoas ficaram feridas

Caso aconteceu no início da tarde desta sexta-feira (17) em Caiçara do Rio do Vento, segundo a PRF. Duas crianças também estão entre as vítimas.

Por G1 RN

17/01/2020 17h34  Atualizado há 12 horas


Acidente aconteceu por volta de meio-dia desta sexta-feira (17) na BR-304, em Caiçara do Rio do Vento, RN — Foto: Redes sociais
Acidente aconteceu por volta de meio-dia desta sexta-feira (17) na BR-304, em Caiçara do Rio do Vento, RN — Foto: Redes sociais

Seis pessoas ficaram feridas após dois carros baterem de frente com outro veículo que invadiu a contramão, início da tarde desta sexta-feira (17), na BR-304, em Caiçara do Rio do Vento, município da região Central potiguar. Uma mulher que estava no quinto mês de gestação perdeu o bebê, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Duas crianças também estão entre as vítimas.

De acordo com a PRF, o caso aconteceu por volta de meio-dia no quilômetro 221 da rodovia. A suspeita é de que um carro teria invadido a contramão durante uma ultrapassagem e teria atingindo outros dois veículos, de frente. O caso ainda será investigado.

As vítimas foram socorridas para o hospital de Caiçara, mas quatro delas precisaram ser transferidas para o Hospital Walfredo Gurgel, em Natal.

De acordo com a unidade de saúde do município, foram enviados à capital uma criança de 2 anos, a gestante, um adolescente de 16 anos e outra mulher, de 25 anos. A relação entre as vítimas não foi informada.

Confira:

Sanfoneiro morre atropelado em estrada do Rio Grande do Norte

Motorista fugiu sem prestar socorro, foi identificado e liberado da delegacia após pagar fiança de mil reais. Caso aconteceu na noite de terça (23) na RN-063, próximo a Nísia Floresta.

Por G1 RN

24/12/2019 12h44  Atualizado há uma hora


Homem foi detido pela Polícia Rodoviária Estadual  — Foto: PM/Divulgação
Homem foi detido pela Polícia Rodoviária Estadual — Foto: PM/Divulgação

Um sanfoneiro de 37 anos morreu atropelado na noite de segunda-feira (23) na rodovia RN-063, na altura de Nísia Floresta, região metropolitana de Natal. Segundo a polícia, o homem estaria alcoolizado e andava pela rodovia, quando foi atingido por um carro.

O motorista do veículo fugiu do local sem prestar socorro, mas foi identificado e preso. Na delegacia, ele confessou o caso e só foi liberado após pagar fiança de mil reais.

O corpo de Henrique Antonio da Silva foi encontrado por pessoas que acionaram a polícia. A placa do carro foi identificada pela Polícia Rodoviária Federal e, dessa forma, os policiais chegaram ao motorista suspeito do atropelamento.

Na delegacia, o homem afirmou à polícia que não parou para prestar socorro porque não sabia em que tinha batido e teve medo de ser assaltado, já que estava com esposa, filhos e uma funcionária.

Ele pagou fiança estabelecida pelo delegado e deverá responder ao caso em liberdade.

Corpos de vítimas de acidente aéreo são encontrados no mar

Avião da Força Aérea do Chile levava 38 pessoas à Antártica

Publicado em 12/12/2019 – 10:54

Por RTP (emissora pública de televisão de Portugal) Santiago do Chile

Debris believed by the Chilean Air Force to be from a Hercules C-130 military cargo plane that crashed this week and went missing, is seen in the Drake Passage or Sea of Hoces, Mid-Sea in this undated handout received on December 11, 2019.

Autoridades chilenas anunciaram que foram encontrados restos mortais na mesma zona onde a Força Aérea estabeleceu o último contato com o avião militar que desapareceu na segunda-feira (9) com 38 pessoas a bordo.

“A Força Aérea deu-nos uma notícia que nos deixou consternados: a descoberta de corpos no mar de Drake e também parte da fuselagem que corresponde ao avião atingido, o C130 da Força Aérea do Chile”, disse o governador da região de Magalhães, José Fernández.

Debris believed by the Chilean Air Force to be from a Hercules C-130 military cargo plane that crashed this week and went missing, is seen in the Drake Passage or Sea of Hoces, Mid-Sea in this undated handout received on December 11, 2019.
DESTROÇOS QUE A FORÇA AÉREA CHILENA ACREDITA SER DE AVIÃO MILITAR QUE CAIU ESTA SEMANA FORAM ENCONTRADOS NA PASSAGEM DE DRAKE (REUTERS/FUERZA AEREA DE CHILE

A Força Aérea do Chile anunciou, na segunda-feira, ter perdido “o contato via rádio” com um avião militar C130 com 38 pessoas a bordo, que decolou de Punta Arenas, sul do país, para uma base na Antártica.

O contato via rádio foi interrompido no início da noite, de acordo com um documento da Força Aérea.

O avião, que decolou da base aérea de Chabunco, em Punta Arenas, a mais de 3 mil quilômetros ao sul de Santiago do Chile, tinha como missão prestar apoio logístico à base na Antártica.

Saiba mais

Edição: -Tags: Chileacidenteaviãomortos

Uma pessoa morre e duas ficam feridas em acidente na BR-101 em Parnamirim

Colisão foi na manhã desta quinta-feira (5) no sentido Natal. Segundo PRF, motorista que provou acidente tinha sintomas de embriaguez.

Por Inter TV Cabugi – 05 de dezembro de 2019 às 08h16

Veículo bateu em carrinho de lanches e em outro veículo na manhã desta quinta-feira (5) na BR-101, em Parnamirim

Geraldo Gerônimo/Inter TV Cabugi

Uma homem morreu e duas pessoas ficaram feridas em um acidente na BR-101 na altura do bairro Boa Esperança em Parnamirim, na Grande Natal, na manhã desta quinta-feira (5). João Batista da Silva, de 46 anos, era carregador de cargas e estava no local esperando um caminhão chegar ao local para ir trabalhar, segundo o irmão dele.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que o Voyage que causou o acidente vinha do centro de Parnamirim em direção à rodovia, perdeu o controle e bateu em um carrinho de lanches que estava em frente a uma parada de ônibus. Outro veículo, um Mille, também foi atingido.

De acordo com a PRF, o motorista e um passageiro do veículo que provocou o acidente apresentavam sinais de embriaguez. Eles tiveram ferimentos e foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Vídeo: Aos 36 anos, Tuka Rocha não resiste a ferimentos e morre após acidente aéreo na Bahia

Ex-piloto de Stock Car teve 80% do corpo queimado e complicações pulmorares

Por Globoesporte.com — Rio de Janeiro

17/11/2019 08h35  Atualizado há 5 horas


Ex-piloto com passagens por categorias nacionais e internacionais como Stock Car, A1GP e Fórmula Superliga, Tuka Rocha não resistiu aos ferimentos sofridos em um acidente aéreo em Maraú, no Sul da Bahia, e faleceu na manhã deste domingo, por volta das 6h30. As informações são da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

+ Amigos e pilotos lamentam e fazem homenagens a Tuka Rocha
+ Aeronave cai durante pouso em resort na Bahia

O ex-piloto de Stock Car estava internado desde a última quinta-feira no Hospital Geral do Estado de Salvador. Tuka passou por uma série de cirurgias após ficar com 80% do corpo queimado, teve complicações pulmonares e não resistiu.

Além de Tuka, Maysa Marques Mussi, de 27 anos, e a irmã dela, a jornalista Marcela Brandão Elias, de 37 anos, também faleceram no acidente. Outras 7 pessoas continuam internadas.

Tuka Rocha não sobrevive a acidente aéreo e morre aos 36 anos

Ainda não se sabe precisamente o que provocou a queda da aeronave, que tentava pousar na pista de um resort em Barra Grande, distrito do município de Maraú, na tarde da última quinta.

Tuka, que competiu na Stock Car Brasil entre 2011 e 2018, iria completar 37 anos dia 13 de dezembro. O ex-piloto chegou a vencer um prova da categoria em 2015, em Ribeirão Preto, e, em 2011, escapou de um acidente com o carro em chamas.

O paulista também teve passagens pelos campeonatos de A1GP e Fórmula Superliga, categoria em que Tuka pilotou o carro da equipe do Flamengo. Tuka também foi 3 vezes campeão brasileiro de kart.

Homem detido embriagado após causar acidente com mortes em Natal tem prisão preventiva decretada

Motorista provocou colisão que resultou na morte da companheira dele e do condutor de um outro veículo no sábado (2), na Rota do Sol.

Por G1 RN

04/11/2019 10h26  Atualizado há 2 horas

Carro ficou destruído após ser atingido na traseira e arremessado contra palmeira; motorista morreu na hora — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi
Carro ficou destruído após ser atingido na traseira e arremessado contra palmeira; motorista morreu na hora — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

O motorista que provocou o acidente que resultou na morte de duas pessoas no sábado (2), em Natal, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva pela Justiça neste domingo (3), durante a audiência de custódia. Ele já havia sido autuado por duplo homicídio culposo, quando não há a intenção de matar. Segundo a polícia, o suspeito estava visivelmente embriagado.

A colisão aconteceu na Rota do Sol, principal via de acesso ao litoral Sul potiguar. A companheira dele e o condutor de outro veículo morreram no local. A batida aconteceu nas faixas do sentido Pium-Natal, próximo à Base de Lançamentos da Barreira do Inferno. O carro preto, guiado por ele, bateu na traseira de uma caminhonete branca, que foi lançada para o canteiro central e se chocou em uma palmeira. O motorista da caminhonete morreu na hora.

A passageira do carro preto chegou a ser socorrida, porém não resistiu e morreu ainda no local. O filho dela, uma criança de oito anos, era outro passageiro do carro, mas não se feriu. Segundo a polícia, a mulher era companheira do condutor do veículo, que embriagado. Já o menino é enteado do dele.

O pai do garoto foi buscá-lo, antes que ele soubesse da morte da mãe. Porém, de acordo com os policiais de trânsito, antes de ir embora, relatou que o padastro havia ingerido bebida alcoólica e dirigia em alta velocidade, enquanto discutia com a companheira, quando o acidente aconteceu.

Parentes do motorista da caminhonete branca contaram que ele era casado, tinha dois filhos e trabalhava vendendo verduras. Caixas de feira ficaram espalhadas pela pista.

Os policiais mantiveram o motorista embriagado dentro da viatura para evitar que ele fosse agredido pelos familiares das vítimas. O teste do bafômetro não foi realizado no local da colisão porque a viatura que atendeu a ocorrência não estava com o equipamento para o exame. Nesses casos, o teste é realizado na delegacia.

Porém, ao chegar à Central de Flagrantes da Polícia Civil, o homem se negou a fazer o exame. Ainda assim, a embriaguez foi registrada em um auto de constatação, em que os policiais analisam os sinais físicos da ingestão do álcool.

Homem morre após bater em caminhão e carro na BR-304, no RN

Vítima de 47 anos perdeu controle do veículo após batida em caminhão e se chocou de forma frontal com outro carro do lado oposto da pista. Outras duas pessoas ficaram feridas.

Por G1 RN

12/10/2019 09h38  Atualizado há 4 horas


Vítima tinha 47 anos e fazia trajeto no sentido de Mossoró para Natal — Foto: Divulgação/PRF
Vítima tinha 47 anos e fazia trajeto no sentido de Mossoró para Natal — Foto: Divulgação/PRF

Um homem de 47 anos morreu na noite de sexta-feira (11) ao bater o carro que dirigia em um caminhão e, na sequência, em outro veículo que estava no sentido contrário da pista. O acidente aconteceu na BR-304, na altura do município de Itajá, interior do Rio Grande do Norte. Outras duas pessoas tiveram ferimentos leves.

O acidente aconteceu por volta das 19h30 próximo ao km 126. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima colidiu com um caminhão que estava deixando o acostamento e entrando na pista.

Após essa choque, o motorista perdeu o controle do veículo e bateu de forma frontal com um carro que estava no sentido contrário da pista. O condutor desse veículo, que tinha 47 anos, morreu na hora. Ele fazia o trajeto de Mossoró para Natal.

Carro que estava do outro lado da pista foi atingido de forma frontal na BR-304 — Foto: Divulgação/PRF
Carro que estava do outro lado da pista foi atingido de forma frontal na BR-304 — Foto: Divulgação/PRF

Tragédia: Acidente de carro deixa uma vítima fatal na RN 401 em Guamaré

22 de setembro de 2019 Guamaré em Dia Notícias

Foi registrado um acidente nas primeiras horas da manhã de hoje (22) pela Policia Militar, com vítima fatal, envolvendo um carro tipo Celta de placa HGC 4692, que liga Guamaré, a comunidade de Baixa do Meio, na RN 401, especificamente próximo estação da da Caern.

De acordo com as informações colhidas no local, o condutor do carro, identificado por Francisco Josimar Pinheiro, mas conhecido por Gabiru, perdeu o controle do veiculo, desceu a pista e capotou varias vezes, vindo a óbito no local. Ele vinha do distrito de Baixa do Meio para Guamaré, onde morava.

A PM e a GM estão no local do acidente realizando os procedimentos de praxe, aguardando a equipe do Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP) que foi acionada para fazer a remoção do corpo. A Polícia Civil foi informada da ocorrência, e a 5ª Regional da Polícia Civil de Macau investigará as causas do acidente.

Susto no hipismo: brasileiro cai durante prova do Pan-Americano

Publicado em 03/08/2019 – 15:30

Por Karine Melo – Repórter da Agência Brasil Brasília

No décimo primeiro dia de disputas dos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, um susto no hipismo complicou a situação da equipe do Conjunto Completo de Equitação (CCE) – que inclui as modalidades Adestramento, Cross-Country e Salto. O cavaleiro brasileiro Ruy Leme da Fonseca, sofreu uma queda durante prova e o cavalo Ballypatrick SRS caiu em cima do atleta. Ruy foi levado a um hospital para examinar o ombro, mas, apesar do susto, não se machucou com gravidade. O cavalo também não se machucou.

A equipe do Brasil busca uma das duas vagas em disputa para a Olimpíada de Tóquio 2020. Os brasileiros foram bem no Adestramento ficando na terceira posição, com 85,90 pontos perdidos, atrás de Estados Unidos (76,40) e Canadá (81,30). A queda e a consequente eliminação de Fonseca complica a situação do Brasil, que não terá mais direito a descarte da pior nota. Ainda disputam o cross-country pela equipe verde-amarela Rafael Losano, Marcelo Tosi e Carlos Parro.

Tiro esportivo

Já no tiro esportivo, Ana Luiza Ferrão se classificou para a final da pistola tiro rápido 25 metros (m) feminino. A brasileira ficou na sétima colocação na eliminatória e garantiu vaga entre as oito que vão disputar medalha neste sábado. Rachel Castro terminou em 16º e não segue na competição.

Na carabina mista 10m, o Brasil chegou perto, mas não conseguiu vaga entre os cinco primeiros. Na eliminatória, Geovana Meyer e Leonardo Nascimento terminaram a disputa na sexta posição. Jefferson Lima e Simone Prachtausser ficaram em 20º.

Tênis

Carol Meligeni vai disputar o bronze, no tênis. A brasileira perdeu hoje na semi-final e com isso, o sonho de repetir o ouro do tio Fernando Meligeni no Pan, chegou ao fim. Carol perdeu por 2 sets a 0 (7/6 e 6/2) para a norte-americana Caroline Dolehide.

Saltos ornamentais

Principal nome dos saltos ornamentais do Brasil, Ingrid de Oliveira está classificada para a final da plataforma de 10m. Ela passou pelas eliminatórias em sétimo lugar, com 302,55 pontos. A prova foi fortíssima e contou com a presença de quatro finalistas do mundial, realizado no mês passado na Coreia do Sul. Ingrid acabou cortada daquela competição por causa de uma lesão na mão, que também a impediu de ter a melhor preparação para o Pan.

Em nono, Andressa Mendes está na final, que será disputada ainda hoje, às 21h no horário de Brasília.

Surfe

No Surfe stand-up paddle (SUP), após avançar diante do canadense Finn Spencer na manhã de hoje, Luiz Diniz, foi eliminado para o norte-americano Daniel Hughes na quarta rodada da repescagem. Ele somou 6,00 (5,00 + 1,00) contra 11,20 (5,67 + 5,53) do atleta dos EUA.

Canoagem

O sábado também foi produtivo para o Brasil na conoagem slalom. Todos os brasileiros que disputaram as eliminatórias hoje garantiram vaga nas semifinais: Felipe Borges (C1 masculino), Ana Sátila (C1 feminina), Pepê Gonçalves (K1 masculino) e Omira Estácia (K1 feminino). Eles voltam a competir neste domingo.    

Edição: Denise Griesinger