Quanto mais Alves candidatos, menos Alves no poder

O ex-governador e ex-senador Garibaldi Alves (MDB) anunciou oficialmente sua pré-candidatura à deputado federal. Garibaldi é um jurássico no mundo da política Potiguar. De uma linhagem antiga de políticos que já tiveram poder e prestígio no RN.

Reprodução

Mas a estratégia de Garibaldi tem outro foco. Ele quer bater de frente com o primo, Henrique Alves, que tem sinal verde da nacional do MDB para também disputar o mesmo cargo. E se tudo der errado na aliança com o PT, Walter Alves sai a deputado estadual. A oligarquia está rachada.

Em outra trincheira, temos o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, que não sabe se quer ser candidato a governador ou senador.

Os “Bacuraus” estão em uma verdadeira guerra fria familiar. Egos, arrogância, conflitos internos por interesses e sobrevivência.

Quando mais Alves se lançando candidatos e concorrendo uns com os outros, menos chances dos Alves conseguirem o poder. É capaz de todos morrerem abraçados juntos em 2022.

Informações do blog Ismael Souza

Ajude o blog a continuar independente, faz um pix 016.561.084.02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *