Fátima terá de ‘dar explicações’ na campanha sobre possível aliança com MDB, diz vice-governador

O vice-governador do Rio Grande do Norte, Antenor Roberto (PCdoB), disse nesta segunda-feira (10) que a campanha à reeleição da governadora Fátima Bezerra (PT) terá de “dar explicações” caso se concretize a aliança com o MDB que está sendo negociada nos bastidores.

Vice-governador do Rio Grande do Norte, Antenor Roberto (PCdoB). Foto: 98 FM

Em entrevista à 98 FM Natal, o vice-governador afirmou que a campanha petista terá de explicar porque estará aliada ao MDB se em 2018 levantou o discurso de “combate às oligarquias”, representadas por figuras como o ex-governador Garibaldi Alves Filho, que comanda o partido no Estado.

“Na campanha em que nós nos elegemos, o discurso ‘antioligárquico’ foi muito forte. Você propôs uma ruptura… Éramos o último estado do Nordeste a conseguir eleger um governo fora do modelo tradicional da transferência que a gente tinha entre os grupos familiares…”, lembrou Antenor Roberto sobre o pleito de 2018.

Na avaliação do vice-governador, com a aproximação agora com o MDB, Fátima Bezerra terá de dar satisfações sobre os movimentos eleitorais.

“Eu acho que (essa aliança) leva a fazer explicações em campanha. Quando você coloca determinados ingredientes que precisa eleitoralmente, você vai para uma campanha de forma explicativa. Em 2018, Fátima não tinha muitas explicações a dar. Ela dizia que era a candidata que vinha rompendo modelos. Era uma campanha mais simples do ponto de vista da narrativa”, afirmou.

Antenor Roberto complementou que, para avaliar os impactos da aproximação com o MDB, será preciso aguardar o desfecho da disputa nacional. “Eu acho que vai depender do cenário nacional”, afirmou o vice-governador.

Apesar de sugerir uma crítica à possível aliança entre PT e MDB, o vice-governador defendeu o pragmatismo das aproximações e lembrou que o próprio PCdoB faz esses movimentos, inclusive abrindo diálogos com o PDT do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, que foi adversário de Fátima em 2018.

“A gente tem que ter muita paciência para entender a aliança que vai de fato permitir ganhar, governar”, concluiu.

98 FM Natal

Ajude o blog a continuar independente, faz um pix 016.561.084.02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *