Pedro Avelino: BNDES anuncia que vai financiar 14 parques eólicos no Nordeste

Projeto vai criar cerca de mil empregos para a comunidade dos municípios de de Lajes e Pedro Avelino, no Rio Grande do Norte

BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) anunciou nesta quinta-feira (9) que financiará a construção do Complexo Eólico Santo Agostinho, no interior do Rio Grande do Norte, que contempla 14 parques eólicos.

O projeto visa gerar energia limpa e renovável equivalente ao abastecimento de 800 mil domicílios. Segundo o BNDES, espera-se a criação de cerca de mil empregos nos municípios de Lajes e Pedro Avelino, onde o complexo será construído.

Serão 900 trabalhadores locais que vão atuar na construção do projeto, além de outros 80 postos de trabalho criados após a conclusão das obras.

O financiamento do BNDES será de R$ 1,47 bilhão, o que corresponde a 64% do investimento total do projeto (R$ 2,3 bilhões). Os recursos financiados serão utilizados primordialmente na aquisição de 70 aerogeradores.

“O apoio do BNDES ao projeto ilustra bem a estratégia do banco para o setor elétrico, combinando o investimento em fontes renováveis com o desenvolvimento do mercado livre de energia, que é o ambiente onde consumidores comprometidos com metas ASG, geradores de energia renovável competitivos e investidores em busca de ativos sustentáveis podem se encontrar, catalisando um ciclo virtuoso de desenvolvimento de energias limpas no Brasil”, explica a superintendente de Energia do BNDES, Carla Primavera.

“Neste momento, o crescimento de geração de energia elétrica, especialmente de fontes renováveis, é fundamental para o futuro do Brasil”, afirmou Eduardo Sattamini, diretor-presidente e de relações com investidores da Engie.

Segundo o BNDES, desde abril do ano passado o banco já financiou cerca de R$ 3 bilhões em projetos para construção de parques eólicos no nordeste brasileiro.

Os investimentos em geração de energia eólica estão alinhados com o Plano Nacional sobre Mudanças Climáticas (PNMC) para redução das emissões de gases de efeito estufa.

No Brasil, já foram implantados mais de 600 parques eólicos, totalizando 15,4 GW em capacidade instalada, de acordo com o BNDES.

CNN Brasil

Ajude o blog a continuar independente, faz um pix 016.561.084.02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *