Jogadores da seleção chinesa devem remover tatuagens ou serão banidos

A China determinou que os jogadores da seleção principal e sub-23 não poderão ter tatuagens caso queiram defender a equipe nacional. No caso dos atletas que já possuem o corpo tatuado, eles deverão passar pelo processo de remoção ou serão banidos do time.

Simon Holmes/Getty Images

– Os atletas da seleção nacional e da seleção sub-23 estão estritamente proibidos de ter novas tatuagens e os que já possuem estão avisados de que deverão removê-las – disse a Administração Geral do Esporte da China.

Em 2018, a entidade já havia determinado que os atletas que possuíam tatuagens deveriam jogar com elas cobertas. Além disso, os atletas não poderiam pintar seus cabelos, deixá-los crescer, com exceção das mulheres, ou usar penteados estranhos.

A justificativa para a convocação de jogadores que não possuem tatuagens é tentar transmitir um “bom exemplo” para a sociedade. A Administração Geral do Esporte também determinou que os atletas da seleção chinesa deverão organizar “atividades de educação ideológica e política” que “fortaleceriam a educação patriótica” dos selecionados.

Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *