Pedro Avelino: Prefeito contrata à mesma cooperativa que o MP mandou cancelar o contrato em várias cidades do estado

A prefeitura de Pedro Avelino/RN, representada pelo seu prefeito José Alexandre Sobrinho (MDB), contratou em, 02 de junho de 2021, a Cooperativa de Trabalho dos Profissionais de Educação do Estado do RN – COOPEDU. O mais grave é que o prefeito sendo advogado sabe que é proibida essa contratação pela súmula 281 do TCU. A publicação no site da femurn foi no dia; 08/06/2021 edição 2540

Em Pedro Avelino/RN, a cooperativa contratou ilegalmente as seguintes mãos de obras

05 – Coordenador Pedagógico com salários de R$ 1.773,85;

10 – ASG com salários de R$ 1.500,95;

20 – Auxiliar de sala com salários de R$ 1.500,95;

01 – Professor de Português com salário de R$ 1.773,85;

01 – Professor de Matemática com salário de R$ 1.773,85;

06 – Merendeiras com salário de R$ 1.500,95;

05 – Porteiros com salários de R$ 1.500, 95;

06 – Motoristas com salários de R$ 1.500,95;

02 – Auxiliar administrativo com salários de R$ 1.500,95

Os ministérios públicos das cidades de Carnaubais, Ceará Mirim, Ipanguaçu e João Câmara recomendou o cancelamento dos contratos com a referida cooperativa e pediu que as prefeituras enviassem a documentação provando a nulidade.

Confira as recomendações na íntegra

http://www.mprn.mp.br/portal/inicio/noticias/11407-mprn-recomenda-que-prefeitura-de-carnaubais-anule-pregao-eletronico-e-rescinda-contrato-com-a-coopedu

http://www.mprn.mp.br/portal/inicio/noticias/11406-mprn-recomenda-que-prefeitura-de-ceara-mirim-anule-contrato-com-cooperativa

http://www.mprn.mp.br/portal/inicio/noticias/11404-mprn-recomenda-que-prefeitura-de-ipanguacu-anule-pregao-e-rescinda-contrato-com-cooperativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *