[VIDEO] Prefeito do RN é preso pela Polícia Federal um mês depois de zombar de mandado de prisão

O prefeito preso pela Polícia Federal na tarde de hoje (9) foi o de Canguaretama, Wellinson Dantas, de 41 anos. De acordo com o Blog de Gustavo Negreiros. A PF (que não divulgou o nome do político), informou que a prisão do político aconteceu no momento em que ele, devidamente acompanhado por seus advogados, se apresentou espontaneamente na sede da PF, em Lagoa Nova, e tomou ciência da ordem judicial expedida contra a sua pessoa.

Em novembro, o Blog chegou a divulgar a informação de que ele, mesmo com um mandado de prisão emitido desde agosto pelo Supremo Tribunal Federal (STF), apareceu em vídeo comendo ostra e ‘tirando onda’, porque não foi preso ainda. “Cadê a tornozeleira?”, fala um dos “eleitores” no vídeo. Assista abaixo: 

Em agosto, o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, negou o último recurso impetrados pela defesa e manteve a decisão de primeiro grau e segundo grau que foram convergentes em condenar o paciente à pena de 3 anos e 6 meses de reclusão, referente ao crime de ocultação de documentos (art. 305 do Código Penal), e 1 (um) ano de detenção pelo crime de omissão de prestação de contas (art. 1º, VII, Decreto-Lei 201/67), na forma do art. 69 do Código Penal, a serem cumpridas no regime semiaberto.

A hipótese é de paciente que, no cargo de Prefeito do Município de Canguaretama, “destruiu/ocultou toda a documentação referente a programas de implemento da educação, inviabilizando que a gestão subsequente pudesse realizar a prestação de contas, bem como também desviou e aplicou irregularmente os recursos públicos federais repassados, causando um prejuízo total direto ao erário na ordem de R$1.228.205,10”, descreveu o ministro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *