Covid: RN volta a ultrapassar 50% de ocupação dos leitos críticos após 3 meses

Taxa não era atingida desde o dia 22 de julho. Atualmente, o estado tem 90 leitos públicos ocupados com pacientes com a doença.

Leitos no hospital João Manchado, em Natal – foto: Divulgação/Governo do RN

Rio Grande do Norte voltou a ultrapassar os 50% de ocupação dos leitos críticos para a Covid nesta terça-feira (2). Essa taxa não era atingida desde o dia 22 de julho – há mais de três meses.

Os dados constam no Regula RN, que monitora em tempo real a internação nos hospitais públicos do estado. A consulta foi realizada às 15h.

Atualmente, são 90 leitos de UTI ocupados, 86 disponíveis e 18 bloqueados. A diferença para o dado de 22 de julho é que naquela época havia 172 leitos ocupados para 341 disponíveis.

A partir daquele mês, com a queda no número de casos, internações e mortes, além do avanço da vacinação, o governo do RN decidiu começar a “reverter” leitos específicos para Covid para outras doenças, o que causou uma redução.

Ocupação dos leitos críticos no estado voltou a passar dos 50% — Foto: Divulgação/Regula RN
Ocupação dos leitos críticos no estado voltou a passar dos 50% — Foto: Divulgação/Regula RN

No dia 2 de outubro, há cerca de um mês, estado chegou a 21,5% de ocupação, a menor ocupação já registrada desde o início da pandemia – esse número tinha sido batido antes no fim de setembro.

Naquela data, eram 46 leitos ocupados de 214 disponíveis. Atualmente com 90 leitos ocupados, esse número praticamente dobrou em 30 dias.

A situação mais complicada atualmente é a da Região Seridó, com 66,7% dos leitos ocupados. A Metropolitana tem 51,7% e o Oeste 45,5%.

Outubro: menos mortes, mais casos

O mês de outubro foi o com menos mortes registradas por Covid desde abril de 2020 no Rio Grande do Norte, segundo dados do boletim diário divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Ao todo, foram 60 mortes.

O número de casos positivos aumentos no RN — Foto: Vinicius de Melo/GDF
O número de casos positivos aumentos no RN — Foto: Vinicius de Melo/GDF

Por outro lado, no entanto, o número de casos da doença aumentou. Foram 5.065 casos em outubro – cerca de 1,5 mil a mais que os 3.586 de setembro.

O crescimento dos casos em outubro se alia à confirmação dos casos da variante delta no estado. Atualmente, são 173 casos confirmados – a última atualização foi feita em 15 de outubro. A variante é tida como de maior transmissibilidade.

Uso de máscaras

Recentemente, o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da UFRN informou que vai recomendar à Sesap a flexibilização no uso de máscaras em locais abertos quando 70% da população adulta do Rio Grande do Norte estiver vacinada com as duas doses.

A previsão é de que isso aconteça neste mês de novembro. Atualmente, segundo o RN+ Vacina, 56% da população adulta está vacinada.

Apesar da recomendação, a Sesap emitiu um comunicado em que se disse contra essa medida neste momento, considerando que é cedo pensar nessa flexibilização.

No último dia 29, o governo alertou sobre o aumento do número de casos e solicitou que a população conclua a imunização contra a Covid-19. Mais de 200 mil potiguares não foram tomar a segunda dose da vacina.

Por g1 RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *