Covid-19: Fiocruz alerta para situação extremamente crítica no Brasil

Relatório mostra que 24 estados e DF estão com alta ocupação de UTIs

Publicado em 17/03/2021 – 13:17 Por Adrielen Alves Rio de Janeiro

O Brasil está vivendo o maior colapso sanitário e hospitalar da história do país. A constatação é de pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz, publicada em edição extra do Boletim do Observatório Covid-19 Fiocruz, nessa terça-feira (16).

A análise aponta que a situação é extremamente crítica em todo o país, diante do atual cenário da pandemia. Os indicadores mostram que, no momento, das 27 unidades da Federação, 24 estados e o Distrito Federal estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no SUS iguais ou superiores a 80%, sendo 15 com taxas iguais ou superiores a 90%. Em relação às capitais, 25 das 27 estão com essas taxas iguais ou superiores a 80%, sendo 19 delas superiores a 90%. 

O pesquisador e coordenador do Observatório Fiocruz Covid-19, Carlos Machado, defende a aceleração da vacinação e maior rigor das medidas de restrições às atividades não essenciais para conter o avanço da doença. E, citou o exemplo da cidade paulista de Araraquara, onde o lockdown e medidas de distanciamento conseguiram, em 14 dias, reduzir em 40% o número de casos de Covid-19 e em 30% as internações em leitos de UTI.

De acordo com o boletim do Ministério da Saúde desta terça-feira o país registrou 2.841 mortes por Covid-19 em 24 horas. No total, o número de óbitos chegou a 282.127. Segundo o informe, ainda há 3.045 mortes em investigação por equipes de saúde estaduais. O número de casos confirmados desde o início da pandemia é de 11.603.535, com 83.926 casos registrados em 24 horas.

Data Unificada:  quarta-feira, 17 Março, 2021 – 13:17

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *