Vídeo: Aos 36 anos, Tuka Rocha não resiste a ferimentos e morre após acidente aéreo na Bahia

Ex-piloto de Stock Car teve 80% do corpo queimado e complicações pulmorares

Por Globoesporte.com — Rio de Janeiro

17/11/2019 08h35  Atualizado há 5 horas


Ex-piloto com passagens por categorias nacionais e internacionais como Stock Car, A1GP e Fórmula Superliga, Tuka Rocha não resistiu aos ferimentos sofridos em um acidente aéreo em Maraú, no Sul da Bahia, e faleceu na manhã deste domingo, por volta das 6h30. As informações são da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

+ Amigos e pilotos lamentam e fazem homenagens a Tuka Rocha
+ Aeronave cai durante pouso em resort na Bahia

O ex-piloto de Stock Car estava internado desde a última quinta-feira no Hospital Geral do Estado de Salvador. Tuka passou por uma série de cirurgias após ficar com 80% do corpo queimado, teve complicações pulmonares e não resistiu.

Além de Tuka, Maysa Marques Mussi, de 27 anos, e a irmã dela, a jornalista Marcela Brandão Elias, de 37 anos, também faleceram no acidente. Outras 7 pessoas continuam internadas.

Tuka Rocha não sobrevive a acidente aéreo e morre aos 36 anos

Ainda não se sabe precisamente o que provocou a queda da aeronave, que tentava pousar na pista de um resort em Barra Grande, distrito do município de Maraú, na tarde da última quinta.

Tuka, que competiu na Stock Car Brasil entre 2011 e 2018, iria completar 37 anos dia 13 de dezembro. O ex-piloto chegou a vencer um prova da categoria em 2015, em Ribeirão Preto, e, em 2011, escapou de um acidente com o carro em chamas.

O paulista também teve passagens pelos campeonatos de A1GP e Fórmula Superliga, categoria em que Tuka pilotou o carro da equipe do Flamengo. Tuka também foi 3 vezes campeão brasileiro de kart.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *