Subsídio chega ao fim e diesel sobe 2,5% nas refinarias no dia 1º

A Petrobras anunciou hoje, 31, que o preço médio nacional de comercialização de diesel em suas refinarias subirá 2,5%, passando a ser R$1,8545 por litro. O novo valor entra em vigor a partir de 0h de amanhã (1º).

Marcelo Camargo / Agência Brasil
Valores serão reajustados

O aumento decorre do fim do subsídio pactuado entre o governo federal e os caminhoneiros que lideraram a paralisação ocorrida no final de maio. Na ocasião, milhares de veículos ficaram estacionados nas estradas e não distribuíram mercadorias, provocando desabastecimento de vários itens em todo o país, como combustível e alimentos.

Para superar o impasse, um dos pontos do acordo foi uma redução de R$0,46 do preço diesel nas refinarias. Desse valor, R$ 0,16 foram obtidos por meio de redução de tributos, R$ 0,30 foram assegurados por meio do programa de subvenção que seria válido inicialmente por 60 dias. Posteriormente, o governo federal decidiu prorrogá-lo até o fim do ano.

De acordo com nota divulgada pela Petrobras, apesar do aumento, o custo praticado nas refinarias será ainda 11,75% mais baixo do que era em 31 de maio, quando foi anunciado o último valor antes do subsídio entrar em vigor. “Esta alteração é consequência da variação do câmbio e do preço internacional do diesel no período”, informou a estatal.

Já considerando o reajuste, o preço médio do diesel comercializado pela Petrobras acumula queda de 2,1% em 12 meses. O valor cobrado nas refinarias da estatal está atrelado, entre outras variáveis, a cotações internacionais do combustível e do câmbio. Já o valor pago pelo consumidor nos postos de combustível agrega outros fatores como a incidência de tributos e as margens de lucro dos distribuidores e revendedores.

Grávida de 8 meses morre em acidente e bebê sobrevive

Domingo, 31 de Dezembro de 2018 
Foto: Reprodução / Acorda Cidade
Uma gestante, de 24 anos, morreu após uma batida entre o carro em que estava e outro veículo em Feira de Santana. O bebê sobreviveu. Segundo o G1, a mãe da criança, que estava no oitavo mês de gravidez, foi enterrada neste sábado (29) em Santo Estevão, município da mesma região. O acidente ocorreu na sexta-feira (28) na Avenida Rio de Janeiro, no bairro Pedra do Descanso.
As circunstâncias do acidente ainda não foram divulgadas. Andressa Gomes Evangelista ainda foi encaminhada para um hospital, mas não resistiu. A criança sobreviveu após a equipe médica do Hospital da Criança fazer o parto de emergência. O bebê segue internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital.

Veja o que foi prometido e o que foi cumprido por Robinson Faria

Foto: Kleber Texeira

Promessas de Governo de Robinson 

15 > Não cumpriu

12 > Em parte

11 > Cumpriu

38 > Total

ADMINISTRAÇÃO

Cumpriu

Implantar uma Ouvidoria

Implantar uma Ouvidoria do governo como instrumento de controle social da gestão.Programa consta do programa de governo

Cumpriu

Criar o programa Compra Justa

Criar um banco de dados para garantir o preço máximo médio em todas as compras governamentais.Programa consta do programa de governo

Cumpriu

DIREITOS HUMANOS E SOCIAIS

Cumpriu

Implantar o Cadastro Único

Implantar o Cadastro Único da população atendida nos vários programas sociais do governo estadual.Programa consta do programa de governo

Não cumpriu

Erradicar o trabalho infantil no Rio Grande do Norte

Erradicar o trabalho infantil no Rio Grande do Norte por meio da ampliação do atendimento do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) e de ações socioeducativas que objetivam retirar crianças e adolescentes do trabalho precoce, perigoso, penoso, insalubre ou degradante.Programa consta do programa de governo

ECONOMIA

Não cumpriu

Implantar as Zonas de Processamentos de Exportação (Macaíba e do Sertão)

Robinson prometeu implantar a Zona de Processamento de Exportação de Macaíba. O projeto total será implantado numa área de 165 hectares, distribuídos em 140 lotes industriais com aproximadamente 5.000 m² cada um. A 1ª etapa terá 43 lotes, com áreas de preservação ambiental e reserva legal. Com o funcionamento da ZPE, o RN garante a atração de novos investimentos nacionais e estrangeiros, geração de aproximadamente 10 mil empregos, além do aumento das exportações do estado e uma infraestrutura logística privilegiada e desenvolvida com a localização próxima ao Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante. A ZPE do Sertão funcionará no município de Assu, na região Oeste do Rio Grande do Norte, e terá um perfil capaz de atender segmentos da região como fruticultura (processamento das frutas) e mineração.Programa consta do programa de governo

Cumpriu

Implantar a Central do Empreendedor

O objetivo é agilizar o processo para a abertura de empresas no estado, criando uma central onde será possível tirar todas as licenças necessárias para abertura de uma empresa em ‘pouco mais de dez dias’.Promessa feita durante debate no 1º turno, em setembro de 2014.

Cumpriu

Reduzir ICMS do querosene da aviação

A promessa é que a alíquota do imposto passe de 17% para 12%. Com a redução, o governo espera que as companhias aéreas, em contrapartida, ampliem suas frequências de voos para o Rio Grande do Norte, realizando o abastecimento integral das aeronaves no estado.Promessa feita durante debate no 1º turno, em setembro de 2014. Em parte

Instalar centros de atendimento em cidades com mais de 20 mil habitantes

Os Centros de Atendimento da Tributação serão instalados em cidades com mais de 20 mil habitantes e terão como objetivo viabilizar aos usuários da Secretaria de Estado da Tributação (SET-RN) o acesso rápido e fácil aos seus serviços. Isso evitará que nossos usuários tenham que percorrer grandes distâncias para, por exemplo, parcelar débitos, realizar solicitações de isenções ou mesmo para protocolar processo de Inventário e Doação.Programa consta do programa de governoSaiba o porquê do status

Não cumpriu

Criar o e-processo administrativo tributário

A ideia é implantar um processo administrativo tributário totalmente eletrônico no estado.Programa consta do programa de governo

Não cumpriu

Criar benefício fiscal para atração de empresas do setor automotivo

Criar um benefício fiscal para atrair empresas do setor automotivo para o Rio Grande do Norte.Programa consta do programa de governo

EDUCAÇÃO E CULTURA

Em parte

Oferecer educação em tempo integral nas escolas públicas estaduais

Adotar a educação em tempo integral nas escolas públicas do estado.Programa consta do programa de governo

Não cumpriu

Criar a Lei Estadual Cultura Viva

O objetivo é fortalecer os Pontos de Cultura e a Diversidade Cultural do Estado, tendo como base a Lei Nacional Cultura Viva implementada pelo Ministério da Cultura.Programa consta do programa de governo

Em parte

Criar uma Política Estadual de Patrimônio Cultural

A Política Estadual de Patrimônio Cultural irá envolver os elementos da história, tradições, símbolos, geografia, culinária, moda e artesanato, fortalecendo a criação de museus, acervos culturais e arquivos de acesso público.Programa consta do programa de governo

EDUCAÇÃO E CULTURA

Cumpriu

Universalizar o atendimento escolar para a população de 4 a 17 anos com deficiência

Universalizar o atendimento escolar para a população de 4 a 17 anos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento a altas habilidades ou superdotação na rede regular de ensino.Programa consta do programa de governo

Em parte

Reduzir o abandono, a repetência e a distorção idade-série no ensino médio

Reduzir o abandono, a repetência e a distorção idade-série no ensino médio.Programa consta do programa de governo

Não cumpriu

Universalizar o ensino fundamental de 9 anos para toda a população de 6 a 14 anos

Universalizar o ensino fundamental de 9 anos para toda a população de 6 a 14 anos e garantir que os alunos concluam essa etapa na idade certa, até o último ano de vigência do Plano Nacional de Educação (PNE) e Plano Estadual de Educação (PEE).Programa consta do programa de governoSaiba o porquê do status

Não cumpriu

Alfabetizar todas as crianças até os 8 anos de idade

Alfabetizar todas as crianças até os 8 anos de idade, durante os primeiros cinco anos de vigência do Plano Nacional de Educação (PNE) e Plano Estadual de Educação (PEE).Programa consta do programa de governo

ESPORTE

Cumpriu

Criar e implantar o programa Bolsa Atleta

O programa será responsável por incentivar o esporte de competição.Programa consta do programa de governo

Não cumpriu

Implantar o programa Segundo Tempo no estado

O objetivo é, em parceria com o governo federal, democratizar o acesso à prática esportiva por meio de atividades esportivas e de lazer realizadas no contraturno escolar.Programa consta do programa de governo

Não cumpriu

Criar o Museu do Esporte na Arena das Dunas

Criar o Museu do Esporte do Rio Grande do Norte na Arena das Dunas, um espaço para expor a história do desporto potiguar.Programa consta do programa de governo

Não cumpriu

Recuperar e ampliar o Museu do Esporte de Lagoa Nova

Recuperar e ampliar o Museu do Esporte no Caic, de Lagoa Nova, e criar novas unidades nas cidades-polo.Programa consta do programa de governo

Em parte

Construir equipamentos esportivos e criar campeonato entre cidades

Construir novos equipamentos esportivos e criar um campeonato entre as cidades para que a que mantiver melhor os espaços seja premiada com a ‘Cidade Camisa 10’.Programa consta do programa de governo

Em parte

Implantar o projeto ’24 horas de esporte é aqui’

Promover em cada cidade o projeto de ’24 horas de esporte é aqui’, incentivando a prática esportiva em todas as idades.Programa consta do programa de governo

Não cumpriu

Criar escolinhas nas comunidades do interior

Criar escolinhas nas comunidades do interior (futebol, voleibol, atletismo, basquetebol), em parceria com os municípios e a sociedade civil organizada.Programa consta do programa de governo

HABITAÇÃO

Em parte

Construir 40 mil novas casas para a população

Construir 40 mil casas para reduzir o déficit habitacional no estado.Promessa feita durante debate no 2º turno, em outubro de 2014.

INFRAESTRUTURA

Em parte

Criar o Corredor Logístico da Zona Metropolitana de Natal

Criar o Corredor Logístico da Zona Metropolitana de Natal. Não há mais detalhes sobre a promessa.Programa consta do programa de governo

Criar um programa estadual de convivência com o semiárido

Criar um programa que inclua, entre outras medidas, um amplo plano de barragens subterrâneas, cisternas, associados com as ações da Secretaria de Recursos Hídricos e em harmonia com os programas do governo federal, com o fim de consolidar, entre os agricultores do semiárido, a prática da pluriatividade como forma de diluir os riscos de perdas econômicas decorrentes de fenômenos climáticos.Programa consta do programa de governo

Em parte

Concluir os sistemas adutores do estado

Concluir e reforçar os sistemas adutores do estado como solução para o problema de abastecimento de água a partir das barragens, tais como a de Oiticica para o Seridó, Umarizeira para Umarizal e região e Porto Carão (Rio Piranhas/Açu).Programa consta do programa de governo

Não cumpriu

Realizar as obras do Canal do Sal

O Canal do Sal é a região salineira entre Mossoró, Macau e Areia Branca. As obras do Canal do Sal pretendem preservar o grau de salinidade da região – mesmo com a construção de obras de adutoras. O desvio da vazão de estiagem do Rio Apodi/Mossoró em cerca de 30 quilômetros irá proteger a região do Canal do Sal, conhecida pela intensa produção de sal durante todo o ano. O projeto atende ao pedido dos salineiros, que há anos estão preocupados com as conseqüências da construção de obras hidráulicas, como a Barragem de Santa Cruz e de Umari e a perenização do rio, que pode reduzir a salinidade das águas no Canal do Sal, região responsável por 40% da produção nacional de produto. Programa consta do programa de governo

MEIO AMBIENTE E AGRONEGÓCIO

Não cumpriu

Criar um programa de reforma agrária

Criar um programa estadual em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) de estruturação dos assentamentos de reforma agrária.Programa consta do programa de governo

Cumpriu

Criar um programa de de energia renovável, sustentável e limpa

Criar um programa de fomento, desenvolvimento, implantação e consumo de matriz energética renovável, sustentável e limpa, focado em energia solar e eólica.Programa consta do programa de governo

MEIO AMBIENTE E AGRONEGÓCIO

Cumpriu

Implantar programa de incentivo as práticas de conservação das florestas

Implantar um programa de incentivo as práticas de conservação das florestas, especialmente das matas ciliares, com ênfase para os recursos hídricos e ambientais em parcerias com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Companhia de Águas e Esgoto do Rio Grande do Norte (Caern), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn) e instituições de ensino.Programa consta do programa de governo

SAÚDE

Em parte

Recuperar os hospitais regionais

Recuperar 25 unidades que se encontram hoje entregues ao abandono, completamente sucateadas. O objetivo é recuperar os hospitais e redefinir os seus perfis.Programa consta do programa de governo

Não cumpriu

Construir o Hospital de Traumas

Instalar um hospital de traumas no estado para tentar desafogar o Hospital Walfredo Gurgel, que é o maior hospital público do estado.Promessa feita durante a posse do cargo

Criar centros de recuperação de dependentes químicos

Criar centros de recuperação para que dependentes químicos tenham tratamento adequado.Promessa feita durante a posse do cargo

SEGURANÇA PÚBLICA

Em parte

Instalar Centrais de Policias que funcionem 24 horas por dia

O governador disse que pretende quebrar o paradigma das ‘delegacias de plantão’ e repensar o modelo das delegacias especializadas instaladas individualmente, criando ‘centrais de polícia’ que funcionem 24 horas por dia, instaladas inicialmente nos pontos principais da capital e, em seguida, na Região Metropolitana e no interior do estado. As centrais de polícia contarão com equipes de policiais civis e policiais militares, além de servidores da Polícia Técnica, trabalhando juntos numa mesma unidade, atendendo a todo tipo de ocorrência. Além de permitir rapidez e bem-estar no atendimento à população, o trabalho de ostensividade da Polícia Militar produzirá resultados mais eficazes com a integração com a Polícia Técnica e a imediata comunicação com as equipes da Polícia Civil.Programa consta do programa de governo

Instalar a polícia comunitária com o programa Ronda Cidadã

O programa Ronda Cidadã pretende garantir a presença policial nos bairros e a proximidade ao cidadão para combater a violência e dar mais agilidade aos atendimentos.Programa consta do programa de governo

TURISMO

Não cumpriu

Construir um novo centro de convenções

Construir um novo Centro de Convenções para ter um calendário permanente de eventos no estado, incentivando o turismo de eventos.Promessa feita durante debate no 1º turno, em setembro de 2014.

G1/RN

Presidente Michel Temer desiste de editar indulto de Natal em 2018

A decisão ocorre após o Supremo Tribunal Federal (STF) encerrar o ano sem finalizar o julgamento sobre a validade do indulto natalino assinado por ele no ano passado

Marcos

No fim de novembro, o STF formou maioria para derrubar a liminar e manter o indulto de Temer de 2017.

O presidente Michel Temer desistiu de editar neste ano o decreto do indulto de Natal, que concede perdão a presos condenados a determinados crimes não violentos. A decisão ocorre após o Supremo Tribunal Federal (STF) encerrar o ano sem finalizar o julgamento sobre a validade do indulto natalino assinado por ele no ano passado. As regras do ano passado foram suspensas após o presidente reduzir as restrições e incluir condenados por corrupção entre os beneficiados.

É a primeira vez desde a redemocratização que o decreto não será editado. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo apurou, Temer já tinha em mãos a proposta do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP), ligado ao Ministério da Justiça e responsável por elaborar as regras para o indulto a cada ano. O documento previa endurecer as condições para um condenado obter o perdão da pena e incorporava restrições impostas em decisão liminar do ministro do STF Luís Roberto Barroso, como o veto do indulto a condenados por corrupção.

Além de vedar o benefício a condenados por corrupção, havia a previsão de que o perdão só poderia ser concedido a quem tivesse cumprido um terço da pena e sob a condição de a condenação não ser superior a oito anos. O texto também ampliava a lista de crimes pelos quais não poderia haver o indulto, como os cometidos contra agentes de segurança, estupro de vulnerável e homicídio culposo em acidentes de trânsito. Temer, no entanto, poderia alterar o texto proposto pelo conselho.

“A Constituição confere ao Presidente a autoridade para conceder indulto quando ele considerar oportuno. Ele não é obrigado a faze-lo”, afirmou o presidente do CNPCP, desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo César Mecchi Morales.

Supremo

No fim de novembro, o STF formou maioria para derrubar a liminar e manter o indulto de Temer de 2017, que admitia o perdão a condenados por crimes sem violência – como corrupção – que tivessem cumprido um quinto da pena até 25 de dezembro de 2017, ponto contestado pela Procuradoria-Geral da República e suspenso por Barroso.

“O presidente não quis confrontar o Supremo neste momento. Ele preferiu se resguardar, não quis tripudiar em cima de nenhuma decisão de ministro”, afirmou o vice-líder do governo na Câmara, deputado Beto Mansur (PRB-SP). Para ele, o Supremo formou maioria no entendimento de que o presidente pode até se desgastar politicamente, mas não pode ser impedido de fazer algo que é prerrogativa sua definida pela Constituição, como o indulto de Natal.

Previsto na Constituição da República, o indulto natalino foi criticado por mais de uma vez pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, que já prometeu não conceder o benefício em seu governo.

Fonte: Notícias ao Minuto

Fogo: Incêndio em mata interrompe trânsito na avenida Olavo Lacerda Montenegro

Fogo na vegetação gerou muita fumaça e deixou o trânsito lento no inicio da tarde deste sábado, 29, em Parnamirim; chamas foram debeladas por uma equipe do Corpo de Bombeiros  

Um incêndio registrado às margens da avenida Olavo Lacerda Montenegro, em Parnamirim, na região metropolitana de Natal, deixou o trânsito lento e foi alvo de uma série de boatos ao longo da tarde deste sábado, 29.

O registro de fogo aconteceu por volta do meio dia, já nas proximidades do conjunto Coophab, e ainda não há informações sobre o que causou o início das chamas. A fumaça interrompeu o trânsito por vários minutos.

Imagens do incêndio, por volta das 13h, foram compartilhadas nas redes sociais. Logo surgiu o boato de que a queimada foram iniciada após a queda de uma aeronave.

Uma guarnição do Corpo de Bombeiros foi acionado e o incêndio foi debelado. O que foi registrado no local foi a queima de parte da vegetação que margeia a avenida.

O trânsito na avenida Olavo Lacerda Montenegro está normalizado.

Mega da Virada: estado mais sortudo, números mais sorteados, pagamentos e outras curiosidades

Mega da Virada pode pagar R$ 280 milhões — Foto: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Estadão Conteúdo.

Os prêmios milionários da Mega-Sena da Virada fazem muita gente sonhar com um ano novo com o bolso cheio. Para o sorteio deste ano, a Caixa Econômica Federal estima um prêmio de R$ 280 milhões e, desde o dia 21 dezembro, as apostas passaram a ser exclusivas para o concurso especial.

Até que horas é possível fazer uma aposta? Quais os números que mais saíram nos sorteios? Sabe como resgatar o prêmio? Confira abaixo estas e outras informações e curiosidades sobre a Mega da Virada.

1. Como apostar?

Os jogos podem ser feitos pelas lotéricas ou pela internet e a aposta simples custa R$ 3,50. Nas lotérias, elas dever ser feitas com o volante específico do concurso da Virada.

Já na internet os apostadores também têm a opção de registrar suas apostas de qualquer local no site http://www.loteriasonline.caixa.gov.br. O valor mínimo da aposta diária no site é de R$ 30 e o máximo é de R$ 500, e a forma de pagamento é apenas por cartão de crédito.

Outra possibilidade é fazer a aposta via internet banking da Caixa (disponível para correntistas do banco).

2. Até que horas dá pra jogar?

O horário limite para as apostas deste sorteio especial será até as 16h do dia 31 de dezembro.

3. Prêmio não acumula

Como ocorre em todos os concursos especiais, o prêmio da Mega-Sena da Virada não acumula. Caso ninguém acerte os seis números, o prêmio é dividido entre os apostadores que acertaram cinco dezenas, e assim por diante.

4. Em quanto tempo o prêmio é pago?

Para prêmios de até R$ 1.903,98, o ganhador pode ir a uma lotérica ou agência da Caixa e já sair com a grana na mão.

Valores iguais ou acima de R$ 10 mil são pagos após dois dias da apresentação do ganhador em qualquer agência da Caixa.

5. E se ninguém resgatar o prêmio?

Depois da data em que é feito o sorteio, em 31 de dezembro, os ganhadores tem até 90 dias para retirar o prêmio.

Caso os sortudos não apareçam nesse prazo, o dinheiro é repassado para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), programa que oferece financiamento para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas.

6. Os mais sorteados na Mega da Virada

  • Três vezes: 10
  • Duas vezes cada um: 2, 3, 5, 11, 20, 34, 36, 37, 51; 53 e 56
  • Uma vez cada: 1, 4, 6, 14, 16, 17, 18, 22, 24, 27, 29, 30, 31, 32, 33, 38, 40, 41, 42, 43, 45, 46, 47, 49, 50, 52 ,55 58

7. Os mais sorteados em 2018

8. Estado mais sortudo até agora

  • São Paulo foi o mais sortudo, que teve 13 dos 51 vencedores da história da Mega da Virada.
  • Em segundo lugar está o Paraná, com seis sortudos.
  • Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais tiveram cinco vencedores cada.
  • 11 estados foram mais azarados e não tiveram vencedores desde 1º sorteio em 2009

9. Bilhete premiado

Assim que conferido e efetuado o pagamento, o bilhete premiado é inutilizado – e o vencedor não pode guardar como lembrança. Se estiver confiante, melhor garantir a selfie com o bilhete para não ficar sem recordação.

10. Todo cuidado é pouco

O papel para impressão dos bilhetes é térmico de alta sensibilidade. Ele tem uma camada especial, na cor branca, que impede a degeneração da imagem impressa e preserva os dados impressos por no mínimo cinco anos.

Ainda assim, é preciso tomar alguns cuidados: evitar exposição do papel à luz do sol, lâmpadas fluorescentes, fontes de calor, umidade excessiva e óleo ou outros produtos químicos.

11. Uma década de concurso especial

Neste ano, a Mega da Virada chega ao 10° sorteio. O primeiro deles ocorreu no dia 31 de dezembro de 2009, teve valor superior a R$ 144 milhões e duas apostas vencedoras

  • Prêmio: R$144.901.494,92
  • N° de ganhadores: 2
  • Valor para cada ganhador: R$72.450.747,46
  • Cidades vencedoras: Brasília (DF) e Santa Rita do Passa Quatro (SP)
  • Dezenas sorteadas: 49 – 58 – 40 – 46 – 10 – 27

12. Valor arrecadado

Segundo a Caixa, parte do valor arrecadado com as apostas é repassada ao governo federal, que pode, então, realizar investimentos nas áreas de saúde, seguridade, segurança, cultura e esporte, Entre 2010 e 2018, somente com a arrecadação proporcionada pela Mega da Virada, R$ 2,4 bilhões foram convertidos em benefício da polulação por meio desses investimentos.

13. Milhões não resgatados

Segundo a Caixa, mais de R$ 85 milhões deixaram de ser resgatadosdesde o primeiro sorteio, em 2009.

14. Bilhões pagos

Desde a criação da Mega da Virada, a Caixa já pagou R$ 2,8 bilhões em todas as faixas de premiação: somando sena, quina e quadra.

No total, 985 mil apostadores já receberam alguma quantia ao longo desses anos. De acordo com a Caixa, apenas 51 apostas acertaram as seis dezenas e receberam ao todo o valor de R$1.760.612.949,11.

15. Maior prêmio da América Latina

De acordo com a Caixa, o prêmio de 2017, que teve valor de R$ 306.718.743,71, foi o maior já pago por loterias na América Latina. Foi também o recorde de vencedores, 17 que dividiram o dinheiro, com cada um recebendo R$18.042.279,04.

As dezenas sorteadas foram 03 – 06 – 10 – 17 – 34 – 37. O prêmio saiu para os estados da Bahia, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

Bandeira tarifária em janeiro será verde, sem cobrança de tarifa extra

Bandeira tarifária em janeiro será verde, sem cobrança de tarifa extra

EM DEZEMBRO, A BANDEIRA TARIFÁRIA TAMBÉM FOI VERDE.

A bandeira tarifária para janeiro de 2019 será verde, sem custo adicional para os consumidores. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a estação chuvosa está propiciando elevação da produção de energia pelas usinas hidrelétricas e do nível dos reservatórios.

Em dezembro, a bandeira tarifária também foi verde.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira, nas cores verde (sem cobrança extra), amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica.

A Aneel alerta que, mesmo com a bandeira verde, é importante manter as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício de energia elétrica.

 

Agência Brasil

Por ‘falta de elementos’, filho de ex-prefeito que agrediu namorada não será preso

Victor Junqueira foi filmado espancando a namorada, mas ficará solto

Imagens gravadas pela vítima.

Na quarta-feira (26), a delegada Ana Elisa Gomes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) falou sobre o caso, que ganhou repercussão após o vídeo da agressão vazar na internet. Ela diz que, apesar de as imagens gravadas pela vítima terem sido divulgadas, o material não é suficiente para decretar a prisão do piloto de 24 anos.

“Ele não está prejudicando o trabalho dos investigadores ou praticando outros crimes contra a vítima. O fato não foi em flagrante, ele tem residência fixa e compareceu à delegacia acompanhado de um advogado, portanto não ocorrerá a prisão por hora”, explicou ao ‘Mais Goiás’.

“Se Victor difamar ou desqualificar L.S. na internet ou perturbar o trabalho de investigação, por exemplo, ele pode ser preso. O inquérito foi concluído na sexta-feira e remetido ao poder judiciário na data de hoje [quarta-feira]. A vítima foi orientada sobre as medidas protetivas de urgência enquanto as investigações estão em andamento”, completa a delegada.

O caso

A advogada Luciana Sinzimbra, 26 anos, gravou com um celular o momento em que foi agredida pelo ex-namorado na madrugada do último dia 15, em Goiânia. A Polícia Civil de Goiás abriu um inquérito na Delegacia da Mulher. O agressor, Victor Augusto do Amaral Junqueira, foi ouvido e liberado em seguida.

Na quinta-feira (27), Luciana disse em seu Instagram que não divulgou as imagens nas redes sociais. Ela diz que, como o vídeo foi muito compartilhado na web, está se fortalecendo para “ajudar no combate à violência doméstica”.

“Graças a Deus estou bem fisicamente, porém, abalada emocionalmente. Quanto aos vídeos, estes foram divulgados sem o meu consentimento e se tornaram virais, exigindo de mim uma postura que não me sinto ainda preparada, mas estou me fortalecendo para me pronunciar em breve e ajudar no combate à violência doméstica. Espero que tudo se resolva da melhor forma possível“, afirmou a jovem.

Ele aperta o pescoço dela com as duas mãos. “Você vai me matar desse jeito”, diz advogada

O vídeo mostra uma discussão entre o casal. “Eu tentei fazer uma surpresa”, diz o autor das agressões, com voz de choro, no início do vídeo.

Em seguida, Luciana indaga: “E você acha justo chegar aqui e me bater?”.

O ex-namorado diz que acha “super injusto” e acrescenta: “Mas pelo menos acabou”.

Em seguida, Victor começa a desferir tapas e até um murro na ex-namorada. Luciana implora que Victor pare de agredi-la, mas ele responde: “Eu vou te bater mais”.

Em determinado momento da briga, ele aperta o pescoço dela com as duas mãos. “Você vai me matar desse jeito. Para! Para com isso!”, diz a advogada.

A advogada registrou boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher de Goiânia no dia 15 e pediu medidas protetivas.

Deputado Carlos Augusto Maia foi convidado para presidir a Junta Comercial

Para onde vai o deputado Carlos Augusto Maia, que não foi reeleito?

Filiado ao PCdoB e aliado de primeira hora da governadora, o parlamentar foi convidado para assumir a Junta Comercial do RN.

Aceitou.

Mas só assumirá em fevereiro.

Janeiro ainda segue como deputado

Fonte/Thaísa Galvão

Robinson Faria entrega obra e percebe que turma do “tapinha nas costas” desapareceu

O governador Robinson Faria já deve ter percebido que a maioria daquela turma que o cercava, dava tapinhas nas costas, abraçava e queria ser fotografada com ele “tomou Doril”, porque sabe que a gestão está com o pé na cova. O negócio, para quem não tem competência para fazer outra coisa, é correr atrás da futura governadora Fátima Bezerra.

Robinson Faria entrega obra e percebe que turma do “tapinha nas costas” desaparece

Hoje, 28, o Governo do RN entregou uma das principais obras de mobilidade urbana da capital potiguar: a primeira etapa do Pró-Transporte do Complexo Viário da Redinha, na Zona Norte de Natal, que integra o Anel Viário Metropolitano. Com investimento de R$ 30 milhões, recursos provenientes do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), Proinveste e Orçamento Geral da União, o trecho tem 3,5 km de extensão e interliga a Avenida Conselheiro Tristão à Avenida Moema Tinoco, até a entrada de Genipabu.

A obra corresponde à pavimentação da via, drenagem asfáltica, ciclovia, novos abrigos de passageiros, corredores exclusivos para ônibus, iluminação e sinalizações vertical e horizontal, além de calçadas acessíveis, o que vai permitir maior mobilidade de ciclistas e pedestres, principalmente daqueles com maior dificuldade de locomoção.

Como se vê nas fotos, por pouco Robinson não foi sozinho ao evento.

Com informações da Assecom
Fotos: Ivanízio Ramos