Nelter Queiroz diz que avisou a cúpula do MDB que não vota em Fátima Bezerra

Faltando ainda um ano para ser deflagrada a eleição para as escolhas de deputados estaduais, deputados federais, senador e governador, os entendimentos políticos começam a ser encaminhados e com isso, por conta da legislação partidária, alguns nomes de expressão da política potiguar podem mudar de sigla para concorrer às próximas eleições. Aliás, na política, principalmente em época de eleição, tudo pode acontecer.

Na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN), por exemplo, tem dois deputados super insatisfeitos com a direção de seu partido, que são os parlamentares Jacó Jácome e Vivaldo Costa, ambos do Partido Social Democrático (PSD), que aqui no estado é dirigido pelo ex-governador Robinson Faria. Os dois deputados estão conflitando com a direção do partido, inclusive um deles “brigando” na justiçaO representante do segmento evangélico Jacozinho e o Papa Vivaldo Costa são defensores intransigentes da gestão Fátima Bezerra, enquanto o presidente do PSD e ex-governador Robinson Faria é severamente massacrado pela própria e pelos correligionários da governadora, irmã de Tetê.

Pelo caminhar dos entendimentos políticos que vão tomando forma de consolidação para o pleito majoritário com reflexos na eleição proporcional, outros parlamentares também vão divergir da cúpula de seus partidos, como é o caso do deputado Nelter Queiroz (MDB) que já foi prefeito de Jucurutu, tem oito mandatos cumpridos na Assembleia Legislativa e já confirmou que vai se submeter a novo julgamento dos eleitores “papa-jerimuns” nas próximas eleições.

Convidado pela editoria do www.blogtuliolemos.com.br a falar sobre o seu posicionamento no próximo pleito, o deputado Nelter Queiroz, como sempre, sem papas na língua, foi direto ao assunto, confirmou que será candidato à reeleição:

“e vou apoiar o ministro Rogério Marinho, pelas suas ações, para o Senado como também Benes para o governo do estado (…)”.

Em sua gravação de pouco mais de 3 minutos, Nelter Queiroz que, anteriormente, fizera severas críticas à gestão de Fátima Bezerra, relata um fato envolvendo a governadora e o ex-senador Garibaldi Filho, fala de sua conversa com o presidente do MDB, deputado Walter Alves a quem pede respeito pelo seu posicionamento político não votar na irmã de Tetê no próximo pleito.

Ouça a gravação do depoimento do deputado Nelter Queiroz:

por Tulio Lemos

Chapa Moro-Mourão para 2022 é ventilada em Brasília

Ex-juiz da Lava Jato voltou ao Brasil e se encontrou com políticos do Podemos na última semana

Por Eduardo Gonçalves

AUTOEXÍLIO - Moro: conversa com partido, pesquisas qualitativas, programa de governo e silêncio sobre candidatura – Andre Coelho/Getty Images

Uma nova e surpreendente alternativa para a chamada terceira via presidencial em 2022 vem sendo cogitada pelos corredores de Brasília. Na última semana, dirigentes do PRTB, partido do vice-presidente partido do vice-presidente Hamilton Mourão, receberam uma sondagem de um grupo de apoiadores de Moro sobre a possibilidade de participação dele em uma chapa encabeçada pelo ex-juiz e ex-ministro da Justiça. As chances de Moro topar ingressar na disputa são pequenas, mas a insistência dos entusiastas ocorre pelas dificuldades hoje de encontrar um nome com popularidade suficiente para se contrapor aos favoritos Lula e Bolsonaro.

Moro, que deixou a vida pública para trabalhar como sócio-diretor da consultoria Alvarez & Marsal nos Estados Unidos, andou circulando por Brasília e Curitiba na última semana. Ele não dá sinais claros de que pretende disputar o pleito, mas teve encontros com o senador Alvaro Dias (Podemos-PR), entusiasta da sua candidatura, e a deputada Renata Abreu (Podemos-SP), presidente nacional da sigla. E ouviu desses políticos que a data limite para ele tomar uma decisão é novembro deste ano.

Os dirigentes do PRTB evitam se manifestar publicamente sobre a consulta feita ao vice presidente para compor a chapa Moro-Mourão, pois a sigla ainda é cotada como uma das alternativas para abrigar o presidente Jair Bolsonaro, que está sem partido desde 2019. Mourão, por sua vez, tem buscado se reaproximar do presidente e deixou o assunto em banho-maria.

Se o ex-juiz ainda está indeciso se deve se lançar candidato ou não, seus apoiadores estão em plena campanha para convencê-lo a entrar na política. O maior entusiasta é o empresário Fábio Aguayo, presidente do Sindicato das Empresas de Gastronomia, Entretenimento e Similares de Curitiba, que tem patrocinado outdoors e adesivos pró-Moro e organizado movimentos de apoio a ele.

A VEJA, Aguayo confirmou que uma chapa Moro-Mourão chegou a ser especulada. Na sua opinião, no entanto, ele prefere que o ex-juiz dispute a presidência com alguém da Região Nordeste – o empresário cita os nomes da ex-ministra do STJ Eliana Calmon, da Bahia, e até do cantor Fagner, do Ceará.

“Ele [Moro] não desencoraja a gente, mas também por causa do compromisso profissional ele não pode se posicionar de forma mais efusivo. Ele tem que se recolher mesmo, não é o momento de fazer campanha. Nós concordamos, mas vamos levando as mobilizações e essas interlocuções entre a sociedade civil e o meio político”, disse o empresário.

“Essa campanha de convencimento está crescendo e surtindo efeito e já estamos incomodando o status quo”, acrescentou ele, referindo-se a críticas recentes do presidente Bolsonaro e do ex-presidente Lula a uma candidatura de terceira via.

Mesmo evitando se posicionar como pré-candidato, Moro tem aparecido bem colocado nas pesquisas de intenções de voto. Segundo o Datafolha de maio, ele aparecia na frente, com 7%, de outros presidenciáveis de centro, como Ciro Gomes (6%) e João Doria (3%), ficando atrás de Lula (41%) e Bolsonaro (23%). Uma eventual candidatura do juiz ícone da Lava Jato preocupa o entorno do presidente, pois ele seria hoje o postulante de terceira via mais apto a tirar eleitores do capitão.

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em junho

Beneficiários do Bolsa Família com NIS 5 também recebem hoje

Publicado em 23/07/2021 – 06:06 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília
Atualizado em 23/07/2021 – 08:05

Auxílio emergencial 2021

Trabalhadores informais nascidos em junho recebem hoje (23) a quarta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente.

Também hoje, beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de dígito final 5 recebem o benefício.

No último dia 15, a Caixa anunciou a antecipação do pagamento da quarta parcela. O calendário de depósitos, que começaria hoje e terminaria em 22 de agosto, teve o início antecipado para o último dia 17 e será concluído em 30 de julho.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Crédito na poupança social

Mês de nascimentodia do depósito
Janeiro17 de julho
Fevereiro18 de julho
Março20 de julho
Abril21 de julho
Maio22 de julho
Junho23 de julho
Julho24 de julho
Agosto25 de julho
Setembro27 de julho
Outubro28 de julho
Novembro29 de julho
Dezembro30 de julho

Saque em dinheiro

Mês de nascimentodia da liberação
Janeiro02 de agosto
Fevereiro03 de agosto
Março04 de agosto
Abril05 de agosto
Maio09 de agosto
Junho10 de agosto
Julho11 de agosto
Agosto12 de agosto
Setembro13 de agosto
Outubro16 de agosto
Novembro17 de agosto
Dezembro18 de agosto

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

O pagamento da terceira parcela aos inscritos no Bolsa Família começou na segunda-feira (19) e segue até o dia 30. O auxílio emergencial somente será depositado quando o valor for superior ao benefício do programa social.

Calendário do Bolsa Família

Número final do NISdia da liberação
119 de julho
220 de julho
321 de julho
422 de julho
523 de julho
626 de julho
727 de julho
828 de julho
929 de julho
030 de julho

Em todos os casos, o auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020.

O programa se encerraria neste mês, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para as parcelas.

Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

RN retoma eventos de massa para até 150 pessoas a partir de hoje

Os eventos de massa poderão ser realizados no Rio Grande do Norte a partir da sexta-feira (23). Conforme o cronograma definido pelo Governo do Estado, serão liberados para público de até 150 pessoas, desde que não ultrapasse 20% da capacidade do local. Cinemas e teatros poderão ter até 60% da capacidade e eventos corporativos poderão ter até 450 pessoas, também a partir de sexta-feira. Os cuidados com higiene, distanciamento e utilização de máscaras seguem em vigor.

De acordo com o decreto publicado no dia 23 de junho, o Governo estabeleceu três grupos com os tipos de eventos permitidos, com duas previsões de datas para eles. Inicialmente, os eventos corporativos, técnicos, científicos e convenções, assim como o funcionamento de cinemas, museus teatros, circos e parques de diversões, têm cinco fases para a retomada, que começou no dia 25 de junho e vai até 20 de agosto, com liberação gradativa de número de pessoas e percentual de ocupação dos locais. A terceira fase será a que começa na sexta-feira, para eventos dessa natureza.

Já para os eventos de massa, sociais, recreativos e similares, as cinco fases começam na sexta-feira, dia 23 julho, e vão até o dia 17 de setembro, quando haverá liberação para ocupação de 100% dos locais destinados aos eventos e sem limitação no público.

A retomada e o funcionamento dos setores, no entanto, dependerá da classificação do indicador composto para o município de realização das atividades, que leva em consideração o panorama da epidemia e a capacidade de resposta do Estado. Os parâmetros são definidos em Nível 1: Risco Baixo – Cor Verde Claro; Nível 2: Risco Moderado – Cor Verde Escuro; Nível 3: Risco Médio – Cor Amarela; Nível 4: Risco Alto – Cor Laranja; Nível 5: Risco Extremo – Cor Vermelha.

Essa classificação do indicador composto é semanalmente divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), para fins de adoção das medidas estabelecidas no decreto. Para a retomada dos eventos de massa, só haverá a liberação para os municípios com os indicadores verde claro e verde escuro, enquanto para os demais está liberado até para o nível amarelo.

Além dessa condicionante, todos os eventos, se realizados com público inferior a 450 pessoas, deverão ser comunicadas previamente à Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed). Caso o público seja previsto entre 450 e 600 pessoas, ficam condicionadas à autorização prévia após requerimento encaminhado ao Gabinete Civil. Já para eventos com público superior a 600 pessoas, ficam condicionadas à autorização prévia da Sesap.

Com informações da Tribuna do Norte

Chapa com Álvaro Dias Governador e Tomba vice é assunto do momento na política do RN

O assunto do momento na política Estadual, é de uma possível formação de chapa tendo o prefeito de Natal, Álvaro Dias, e o deputado estadual Tomba Farias, como vice.

Aliás, o deputado Tomba deve migrar para o DEM.

Álvaro terá um encontro neste sábado (24), com o ministro Rogério Marinho.

Informações do potiguar news

Receita libera consulta a terceiro lote de restituição do IR

Lote será o maior da história em número de contribuintes

Publicado em 23/07/2021 – 06:57 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Brasília – Receita Federal libera o programa da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2016, ano-base 2015 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A partir das 10h de hoje (23), o contribuinte que entregou a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física até meados de maio poderá saber se acertou as contas com o Leão. A Receita Federal liberará a consulta ao terceiro dos cinco lotes de restituição de 2021.

Esse será o maior lote de restituição da história em número de contribuintes. Ao todo, 5.068.200 contribuintes receberão R$ 5,8 bilhões.  Do total, 4.913.343 contribuintes entregaram a declaração até 18 de maio.

O restante tem prioridade legal, sendo 13.985 contribuintes idosos acima de 80 anos, 95.298 contribuintes entre 60 e 79 anos, 8.987 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 36.616 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

O dinheiro será pago em 30 de julho. A consulta pode ser feita na página da Receita Federal da internet. Basta o contribuinte clicar no campo Meu Imposto de Renda e, em seguida, Consultar Restituição. A consulta também pode ser feita no aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para os smartphones dos sistemas Android e iOS.

A consulta no site permite a verificação de eventuais pendências que impeçam o pagamento da restituição – como inclusão na malha fina. Caso uma ou mais inconsistências sejam encontradas na declaração, basta enviar uma declaração retificadora e esperar os próximos lotes.

Calendário

Inicialmente previsto para terminar em 30 de abril, o prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física foi encerrado em 31 de maio por causa da segunda onda da pandemia de covid-19. Apesar do adiamento, o calendário original de restituição foi mantido, com cinco lotes a serem pagos entre maio e setembro, sempre no último dia útil de cada mês.

A restituição será depositada na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado, como no caso de conta informada desativada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

Neste caso, o cidadão pode reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Paulinho Freire disputará vaga de Deputado Federal pelo Democratas

O presidente da Câmara Municipal de Natal (CMN), Paulinho Freire, desembarcou agora de madrugada no aeroporto Aluízio Alves, com sua candidatura à deputado federal na mala. O partido será o Democratas (DEM) que tem como presidente estadual o ex-governador e ex-senador José Agripino. 

A legenda no RN é composta por 25 prefeitos e um deputado estadual. Paulinho Freire é presidente da Federação das Câmaras Municipais do RN (FECAM-RN). 

Em Parnamirim, seu grupo já estaria todo montado, só esperando a ordem para cair em campo, mas o candidato também terá apoio político em quase todos os municípios, contando com o envolvimento de grande parte de seus colegas vereadores.

http://www.blogmatheusperes.com/2021/07/paulinho-freire-disputara-vaga-na.html

Justiça Federal do RN intima Petrobras e Governo Federal a justificar aumento de gás e combustíveis

Justiça Federal do Rio Grande do Norte intimou a Petrobras e o Governo Federal para que apresentem, no prazo de até 72h, explicações sobre os novos aumentos nos preços do gás de cozinha, da gasolina e do diesel.

Intimação decorrente da ação movida pela deputada federal Natália Bonavides (PT/RN), que acionou o judiciário contra o aumento dos preços.

O aumento no preço do gás de cozinha tem feito o botijão custar mais de cem reais.

A ação da parlamentar leva em conta o fato da Petrobras ter em seu regimento o dever de tomar suas decisões visando não apenas o retorno financeiro de seus acionistas, mas considerando a responsabilidade social que possui.

Blog Território Livre

Justiça confirma demissão por justa causa de funcionária que se recusou a tomar vacina contra Covid

Pela primeira vez, a Justiça confirmou, em segunda instância, a demissão por justa causa de um empregado que se recusou a se vacinar contra a covid-19. A decisão é do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo e atinge uma auxiliar de limpeza hospitalar que se recusou a se imunizar. O acórdão foi publicado dia 19, segunda-feira.

Reprodução

O entendimento do órgão foi de que o interesse particular do empregado não pode prevalecer sobre o coletivo. Foi a primeira decisão nesse sentido, segundo advogados especialistas nesse tipo de ação.

Christiane Aparecida Pedroso trabalhava como auxiliar de limpeza no Hospital Municipal Infantil Marcia Braido, em São Caetano. No dia marcado para a vacinação, ela não compareceu e depois foi demitida por justa causa. Christiane foi dispensada no dia 2 de fevereiro deste ano por ato de indisciplina. Ela era contratada pela Guima-Conseco, empresa que atua na área de oferta de mão de obra terceirizada, a maior parte para hospitais.

No processo, Cristiane alegou que a sua dispensa foi abusiva e que o simples fato de ter se recusado a tomar a vacina contra a covid-19 não pode ser considerado ato de indisciplina ou insubordinação. A defesa sustentou, sem sucesso, que o ato da empresa de forçar que ela tomasse a vacina feria a sua honra e dignidade.

A vacina foi disponibilizada a ela pelo governo para proteger os profissionais que atuavam de forma habitual na linha de frente da área de saúde em ambiente hospitalar.  No processo, a empresa diz que realizou a campanha de vacinação após disponibilizar aos empregados informativos sobre medidas protetivas para conter o risco de contágio do coronavírus.

O julgamento foi presidido pelo desembargador Roberto Barros da Silva. Por unanimidade, o recurso foi rejeitado. Para o tribunal, a aplicação da justa causa não foi abusiva. No julgamento, o órgão entendeu que o interesse particular do empregado não pode prevalecer sobre o coletivo e que a auxiliar, ao deixar de tomar a vacina, realmente colocaria em risco a saúde dos colegas da empresa, dos profissionais do hospital e dos seus pacientes.

“Considerando a gravidade e a amplitude da pandemia, resta patente que se revelou inadequada a recusa da empregada, que trabalha em ambiente hospitalar, em se submeter ao protocolo de vacinação previsto em norma nacional de imunização, e referendado pela Organização Mundial da Saúde”, diz a decisão.

Estadão

TRE-RN nega recurso de Carla Ubarana para reaver direitos políticos sem pagar multas em condenação no caso dos precatórios do TJ

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) negou em julgamento na tarde desta quinta-feira, 21, pelo placar de 4 a 3 recurso da ex-servidora do TJRN, Carla Ubarana, condenada no caso do escândalo dos precatórios, para que pudesse reaver os direitos políticos sem o pagamento de multa e ressarcimento imposto na condenação criminal.

Reprodução

A maioria do TRE-RN seguiu o entendimento de enviar o caso para a zona eleitoral para que se avalie o caso dela e a situação financeira quanto aos valores devidos determinados pela Justiça.

Justiça Potiguar

Encontrada mulher que estava desaparecida desde amanhã desta quinta-feira

Depois da divulgação e compartilhamento de vários Blogs Edna foi encontrada

22/07/2021 20h25 Atualizada

Tivemos as informações que Edna Marinho conhecida como ( Kekena ) foi encontrada dentro de uma mata muito Debilitada entre as localidades de Pedreira zona rural de Ipanguaçu e Alto da felicidade zona Rural de Afonso Bezerra, Edna ao avistar as pessoas ainda tentou correr, mais foi alcançada. 

Com a iniciativa de ajudar a encontrar Edna Marinho o site Notícias em Foco, teve a matéria compartilhada por outros Blogs de notícias da Região que também entraram na luta para encontrar a jovem como os Blogs G1 CABUGI NEWS e ANGICOS NOTÍCIAS.

Notícias em Foco

Mulher de Ipanguaçu some após falar para os filhos que nunca mais eles voltaria à vê-la

A jovem foi vista pela última vez na localidade de Alto da felicidade 2 em Afonso Bezerra

22/07/2021 18h23
Por: Hermerson Barbosa

Uma Mulher por Nome Edna Marinho conhecida como (Kekena) residente na zona Rural do Município de Ipanguaçu/RN, desapareceu na manhã desta Quinta-feira dia 22 de Julho, a família encontra-se desesperada.

A equipe do Site Portal Notícias em Foco foi procurado por familiares de da Jovem Edna para tentar ajudar a encontra-la. Luan Aurélio Primo da Jovem, falou que Edna teria cido vista no assentamento Alto da felicidade 2 zona Rural do município de Afonso Bezerra/RN. 

Luan também contou! que no momento que Edna saiu de sua residência, ela téria falado para os 3 filhos, que nenhum deles iriam voltar a ver ela novamente é depois disso disso téria tomado rumo enguinorado.

A família encontra-se desesperada e quem tiver informações da Jovem Edna Marinho entrar em contato pelo número (84) 99607-3323 Whatsapp 

Notícias em Foco

Braga Netto ameaça golpe em meio a denúncias de militares pela CPI da Covid

O ministro da Defesa, Braga Netto,  fez chegar ao gabinete do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o recado de que não haveria eleições em 2022, se não houvesse voto impresso e auditável.

Por Marina Oliveira – Congresso em Foco

O ministro da Defesa, general Braga Netto Agência Brasil
Agência

A informação foi revelada pelo Estadão, que disse ainda que ao dar o aviso ao parlamentar, o ministro estava acompanhado de chefes militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. A subida de tom de Braga Netto se dá justamente no momento em que a CPI da Covid passa a descobrir o envolvimento de militares nas negociações para a compra de doses de vacinas.

Ao receber o recado do ministro da Defesa, diz o jornal, Lira procurou Jair Bolsonaro e disse, segundo interlocutores, que não contasse com ele para qualquer ato de ruptura institucional. O deputado afirmou se manter fiel ao presidente, mas não admitiria golpe.

Bolsonaro respondeu que nunca havia defendido um golpe, apesar de repetir as falas de Braga Netto a apoiadores e em sua live semanal.

Na semana passada, o governo articulou uma manobra para não sofrer derrota na comissão especial da Câmara que analisa a PEC do voto impresso. Recentemente, 11 partidos disseram não apoiar o texto. Antes do projeto ser barrado, no entanto, o governo conseguiu adiar a discussão para depois do recesso parlamentar, em agosto.

Desde então, Arthur Lira tem defendido publicamente o semipresidencialismo, sistema de governo que retira poderes do presidente.

‘Precisamos ouvir os companheiros de partido’- diz Garibaldi sobre aliança com o PT

Garibaldi sobre aliança com o PT: “É preciso refletir, ouvir os companheiros do partido”

Reprodução

O ex-senador e ex-ministro Garibaldi Alves filho (MDB) pregou cautela sobre uma possível aproximação com o PT da governadora Fátima Bezerra numa possível aliança para as eleições de 2022. Indagado pelo portal Agora RN sobre a possibilidade de união das duas legendas, Garibaldi disse que “é preciso refletir, ouvir os companheiros do partido”.

Há rumores de que o ex-presidente Lula virá ao RN em breve para ter, de forma bem reservada, uma conversa com o ex-senador Garibaldi. A conversa será para definir uma possível aliança, na qual Garibaldi seria o vice da governadora Fátima Bezerra, para concorrer ao lado da petista em uma possível reeleição.

Garibaldi Alves disse que ainda não foi procurado pelo ex-presidente Lula para marcar o encontro. “Não recebi nada da sua assessoria. Se for convidado, não deixarei de ir ao seu encontro. Quem sou eu para não ir se até o ex-presidente Fernando Henrique foi conversar com ele”, disse ao Agora RN.

Em outra ocasião, o deputado Walter Alves, presidente do MDB no RN e filho de Garibaldi confirmou que há conversas com o partido do ex-presidente Lula nacionalmente, muito em função da aproximação dos partidos durante a eleição da presidência da Câmara dos Deputados.

“Existe sim uma aproximação. A nacional está conversando com lideranças em vários estados. A aliança dos partidos para a eleição da presidência da Câmara dos Deputados uniu os dois partidos, uma vez que o PT apoiou Baleia Rossi, que é o presidente nacional do MDB. O MDB está aberto a conversas com todos os partidos. Saímos muito fortalecidos nas eleições de 2020, graças a história do partido. Elegemos 39 prefeitos, 30 vices e mais de 400 vereadores. Vamos de forma gradativa conversar com todo mundo para ver o que será melhor para todos”, disse Walter Alves.

Portal Grande Ponto

Funcionário chamado de “gordo fedorento” será indenizado por empresa

Operador de telemarketing vítima de gordofobia por parte de sua supervisora hierárquica receberá indenização de R$ 3 mil de empresa. O trabalhador comprovou ter sido humilhado com ofensas e palavras de baixo calão, chegando a ser chamado de “gordo fedorento”. A decisão foi proferida pela 2ª turma do TRT da 5ª região, que reformou a sentença da 32ª vara do Trabalho de Salvador/BA, aumentando o valor da indenização, antes fixada em R$ 1 mil.

Operador de telemarketing receberá indenização por ofensas gordofóbicas proferidas pela supervisora.(Imagem: Freepik)

De acordo com o relator do acórdão, desembargador Renato Simões, ficou comprovado o excesso cometido pela superior hierárquica, fato que requer uma indenização por danos morais.

O magistrado pontuou que o assédio foi amplamente demonstrado no depoimento da testemunha, sendo a supervisora sempre hostil e difícil, tratando os operadores, principalmente o autor da ação, com discriminação por estar com sobrepeso, além de outras humilhações.

No que se refere ao valor indenizatório, o desembargador relator afirmou: “considerando a gravidade do dano, consubstanciado no constrangimento de submeter um empregado a tratamento inadequado; considerando ainda a capacidade financeira do agressor (fato notório), sem, contudo, provocar-lhe empobrecimento injusto, há que ser majorada a condenação da empresa ao valor de R$ 3.000,00 pelo dano moral”.

Leia o acórdão

Informações: TRT da 5º região. 

Cármen Lúcia rejeita ação para obrigar Lira a pautar impeachment

A ministra do STF Cármen Lúcia rejeitou nesta quarta-feira (21) um mandado de segurança de integrantes do PT para obrigar o presidente da Câmara, Arthur Lira, a analisar um pedido de impeachment de Jair Bolsonaro. A ação faz referência especificamente a um pedido de impeachment protocolado, em maio de 2020, por entidades da sociedade civil.

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Na avaliação de Cármen, o pedido não atende aos requisitos básicos de um mandado de segurança. A ministra ainda disse que não há omissão de Lira comprovada.

“Sem comprovação dos requisitos constitucionais e legais para o seu processamento válido não há como dar seguimento regular ao presente mandado de segurança, faltante demonstração de direito subjetivo, líquido e certo dos impetrantes ao comportamento buscado e a ser imposto e de ato omissivo da autoridade apontada como coatora.”

O Antagonista

Arrecadação federal chega a R$ 137,169 bilhões em junho

Resultado foi impulsionado por recolhimentos atípicos de empresas

Publicado em 21/07/2021 – 13:56 Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Superintendência da Receita Federal, em Brasília.

A União arrecadou R$ 137,169 bilhões no mês passado, de acordo com dados divulgados hoje (21) pela Receita Federal. Na comparação com junho do ano passado, houve um crescimento de 46,77% descontada a inflação, em valores corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O valor é o segundo maior para os meses de junho desde o início da série histórica da Receita Federal, em 1995, em valores corrigidos pela inflação. Apenas em junho de 2011 a arrecadação foi maior, de R$ 143.793 bilhões.

Nos seis primeiros meses de 2021, a arrecadação federal soma R$ 881,996 bilhões, com alta de 24,49% acima da inflação pelo IPCA, recorde para o período.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, comentou os resultados e disse que as altas expressivas na arrecadação mostram o forte impulso da economia. “Todos os sinais que estão vindo da Receita, exportações, importações, ritmo de pagamento de impostos em todas as variedades, todos dão sintomas clássicos de uma vigorosa retomada de crescimento econômico”, disse.

Guedes destacou que, dos 86 setores, apenas seis ainda estão com arrecadação abaixo do período pré-pandemia. “São eventos, agências de viagem, bares e restaurantes, por exemplo, porque ainda existem vetores importantes de distanciamento social, cuidados, muitas prefeituras e estados em regime de exceção à mobilidade”, explicou.

Resultado

De acordo com a Receita, o resultado da arrecadação federal pode ser explicado, principalmente, pelos fatores não recorrentes (que não se repetirá em outros anos), como recolhimentos extraordinários de aproximadamente R$ 20 bilhões em Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e em Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), de janeiro a junho de 2021.

No mesmo período do ano passado, os recolhimentos extraordinários foram de R$ 2,8 bilhões. No mês, o crescimento foi de 76,88% acima da inflação, com pagamento atípico de R$ 4 bilhões por empresas de diversos setores econômicos.

Nos últimos meses, esses recolhimentos fora de época têm impulsionado a arrecadação, por causa de empresas que registraram lucros maiores que o previsto e tiveram de pagar a diferença.

Os valores contrabalançaram a elevação de R$ 6,675 bilhões (em valores corrigidos pelo IPCA) nas compensações tributárias entre junho de 2020 e de 2021. O aumento foi de 89% em junho deste ano em relação a junho de 2020 e cresceram 51% no período acumulado.

Por meio da compensação tributária, uma empresa que previu lucros maiores do que o realizado e pagou IRPJ e CSLL por estimativa em um exercício pode pedir abatimento nas parcelas seguintes, caso tenha prejuízo ou lucro menor que o esperado. Por causa da pandemia da covid-19, que impactou o resultado das empresas, o volume de compensações aumentou de R$ 7,471 bilhões, em junho de 2020, para R$ 14,146 bilhões, em junho de 2021.

Outros fatores

Além do IRPJ e CSLL, os destaques do mês foram as altas registradas na arrecadação do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), 116,25% em valores reais – corrigidos pela inflação. Além da alta de 26,20% no volume de vendas e de 23% no volume de serviços, a receita desses tributos subiu porque o recolhimento de PIS/Cofins foi postergado três meses no ano passado por causa da pandemia.

A arrecadação da Previdência Social aumentou 49,28% acima da inflação por causa do adiamento do recolhimento das contribuições patronais e do Simples Nacional.

Também houve crescimento da arrecadação dos tributos de comércio exterior, em razão, principalmente, do crescimento da taxa de câmbio e do valor em dólar das importações, que teve elevação de 73,81% em entre maio de 2020 a maio de 2021.

O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) teve aumento de 60,97% em relação a junho de 2020, especialmente nos setores de metalurgia, comércio atacadista e fabricação de produtos de borracha e material plástico. O resultado é explicado, principalmente, pelo crescimento de 25,79% na produção industrial.

Covax Facility: Brasil recebe mais de 1 milhão de vacinas

Os imunizantes contra covid-19 são da fabricante AstraZeneca/Oxford

Publicado em 21/07/2021 – 12:31 Por Karine Melo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Um novo lote com 1.036.800 vacinas contra covid-19 vindas pelo consórcio Covax Facility devem chegar ao Brasil nesta quarta-feira (21). Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), os imunizantes serão da fabricante AstraZeneca/Oxford.

Até quinta-feira (22), serão enviadas aos estados e ao Distrito Federal mais de 8,7 milhões de doses de vacinas covid-19. Desde o início da campanha de vacinação, o Ministério da Saúde já distribuiu mais de 154 milhões de doses. A população-alvo no Brasil é de 160 milhões de brasileiros com mais de 18 anos.

Vacinados

De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 56,5% da população brasileira já recebeu a primeira dose da vacina: 90,4 milhões de pessoas. Há 34,5 milhões de brasileiros com o ciclo vacinal completo, ou seja, já receberam a segunda dose dos imunizantes ou dose única.

Covax

O Brasil é um dos quase 200 países que integram a iniciativa global, criada para permitir o acesso justo e igualitário de vacinas covid-19 por meio de parcerias com laboratórios. Além da Organização Mundial da Saúde (OMS), o consórcio é coliderado pela Coalizão para Promoção de Inovações em prol da Preparação para Epidemias (CEPI) e pela Aliança Mundial para Vacinas e Imunização (Gavi), em parceira com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

Segundo Ministério da Saúde, ao todo, o consórcio deve entregar 42,5 milhões de doses de vacinas contra covid-19, de diferentes laboratórios, até o fim de 2021.

O Brasil já recebeu entre março e julho deste ano 6.952.800 vacinas contra covid-19 desse consórcio, sendo 6.110.400 da AstraZeneca/Oxford e 842.400 da Pfizer/BioNTech. O novo lote não foi contabilizado nesse balanço.

Ministro da Educação diz que retorno às aulas é urgente

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, usou a rede de rádio e televisão, na noite desta terça-feira (20) para falar que o retorno às aulas é urgente. Durante o pronunciamento, ele ainda citou estudos sobre o impacto do isolamento para estudantes quando adotado por longo prazo.

“Não podemos mais adiar este momento. O retorno às aulas presenciais é uma necessidade urgente”, afirmou Bento Ribeiro.

“O Ministério da Educação não pode determinar retorno presencial das aulas. Caso contrário, eu já teria determinado. Mas não o retorno a qualquer preço – que isso fique bem claro – fornecemos protocolos de biossegurança sanitários a todas as escolas”, disse.

Deputado acusa Fátima de tentar tomar PSD de Robinson no RN

O deputado estadual Galeno Torquato (PSD) acusou a governadora Fátima Bezerra (PT) de tentar tirar a presidência do PSD do ex-governador Robinson Faria no Rio Grande do Norte. Segundo ele, Fátima teria ligado para o presidente nacional da legenda, Gilberto Kassab, e solicitado uma “intervenção” no partido.

Reprodução

O fato teria acontecido após o PSD suspender os deputados Vivaldo Costa e Jacó Jácome de suas funções. O deputado Francisco do PT afirma que a oposição só ficou com maioria na CPI por causa desse ato partidário do PSD contra os deputados, que são mais alinhados ao governo Fátima.

“Gilberto Kassab disse que o partido era para ficar com Robinson Faria. É esse o tipo de golpe que o PSD tá dando? Esse modus operandi do PT de querer botar culpa e não assumir os desmandos isso aí não me cabe”, disse Galeno na sessão da Assembleia nesta terça-feira (20).

O parlamentar também acusou a bancada governista de “protelar” a instalação da CPI da Covid-19 no RN e ainda criticou o discurso do líder do Governo na Assembleia, deputado Francisco do PT, que afirmou que a oposição aplicou um “golpe” para ter maioria na comissão”.

“O PSD vai estar junto com o blocão, vamos trabalhar nessa CPI, vamos investigar e, se houver desmandos, o governo vai ter que responder; se não houver desmandos, não tem problema, a governadora vai pra disputa. Se vai ganhar no primeiro, segundo turno, quem vai dizer é o povo livre do nosso Rio Grande do Norte”, finalizou Galeno.

Fonte: Portal Grande Ponto

RN deve receber 70 mil doses da vacina russa Sputnik V ainda neste mês

O Rio Grande do Norte deve receber 70 mil doses da vacina russa Sputnik V ainda neste mês de julho, de acordo com o Consórcio Nordeste.

Informação é do Consórcio Nordeste que prevê a chegada das vacinas ao Brasil no dia 28 de julho. — Foto: Reprodução/Facebook/Embaixada da Rússia no Brasil

A Anivsa liberou a aplicação da Sputnik V com restrição: cada estado deve aplicar a dose em, no máximo, 1% da população, para que seja monitorada a eficácia do produto.

A previsão do Consórcio Nordeste é que o lote da primeira remessa com um total de 1.145.000 doses chegue ao Brasil no dia 28 de julho. A partir daí, o imunizante será distribuídos aos nove estados do Nordeste.

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) não informou a quais grupos a vacina russa será destinada no Rio Grande do Norte.

A autorização para importação da Sputnik foi dada pela Anvisa em junho com uma série de restrições.

Veja algumas das condições:

A vacina deverá ser utilizada apenas em adultos saudáveis (veja detalhes mais abaixo).

Todos os lotes importados só poderão ser usados após liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde da Fiocruz.

A Anvisa receberá relatórios periódicos de avaliação de risco-benefício da vacina.

A vacina deverá ser utilizada em condições controladas, com condução de estudo de efetividade, com delineamento acordado com a Anvisa e executado conforme boas práticas clínicas.

A Anvisa poderá, a qualquer momento, suspender a importação, distribuição e uso das vacinas importadas.

As pessoas deverão ser informadas de que a vacina “não tem avaliação” da agência quanto a qualidade, eficácia e segurança.

A vacina NÃO poderá ser aplicada nos seguintes casos:

Pessoas com hipersensibilidade a qualquer dos componentes da fórmula
Gravidez
Lactantes
Menores de 18 anos ou maiores de 60 anos
Mulheres em idade fértil que desejem engravidar nos próximos 12 meses
Enfermidades graves ou não controladas e antecedentes de anafilaxia
Pessoas que tenham recebido outra vacina contra a Covid-19
Pessoas com febre
Pessoas vivendo com HIV, hepatite B ou C
Pessoas que tenham se vacinado nas 4 semanas anteriores
Pessoas que tenham recebido imunoglobulinas ou hemoderivados 3 meses antes
Pessoas que tenham recebido tratamentos com imunossupressores, citotóxicos, quimioterapia ou radiação 36 meses, tenham recebido terapias com biológicos incluindo anticorpos anticitocinas e outros anticorpos.

Vacinação no RN

De acordo com o portal Regula Mais Vacina, que monitora a vacinação no RN, o estado tem 511.256 pessoas totalmente vacinadas e 1.403.675 de pessoas que receberam apenas a primeira dose.

Seleção feminina de futebol inaugura participação do Brasil em Tóquio

Lideradas por Marta, brasileiras enfrentam a China às 5h (de Brasília)

Publicado em 20/07/2021 – 14:35 Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo

A seleção feminina de futebol abre nesta quarta-feira (21), a partir das 5h (horário de Brasília), a participação do esporte brasileiro na Olimpíada de Tóquio (Japão). A estreia é contra a China no estádio Miyagi, em Rifu (cidade a cerca de 380 quilômetros da capital japonesa), na estreia pela fase de grupos da modalidade.

O Brasil está no Grupo F, onde ainda estão Holanda e Zâmbia. O duelo com europeias será neste sábado (24), às 8h, também em Rifu. Já o confronto diante das africanas será na terça-feira que vem (27), às 8h30, no estádio de Saitama (a 27 km de Tóquio).

As brasileiras buscam a terceira medalha olímpica na história do futebol feminino. As duas anteriores foram de prata. A primeira em 2004, nos Jogos de Atenas (Grécia). A segunda quatro anos depois, em Pequim (China). Do atual elenco, duas atletas estiveram presentes nas conquistas: a volante Formiga, que disputará a sétima Olimpíada da carreira; e a meia-atacante Marta, eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo e que defenderá o país pela quinta vez no evento.

“É uma grande alegria poder estar aqui, na expectativa de poder vivenciar ativamente mais uma Olimpíada. Essa edição é especial não somente pelo momento que vivemos, mas porque é um objetivo que a gente vem buscando há bastante tempo. Uma atleta de alto nível sempre vai pensar em jogar as grandes competições e trabalhar constantemente para estar preparada quando a oportunidade chegar”, disse Marta, em entrevista coletiva nesta terça-feira (20).

Nas duas finais olímpicas em que o Brasil foi superado, o adversário foi o mesmo: os Estados Unidos. Na decisão de 2008, curiosamente, a técnica rival era justamente Pia Sundhage, atual comandante da seleção brasileira.

“Acho que cuidamos de nossas prioridades nesses dois anos de trabalho. Acredito que nossa defesa, que já era boa, é mais sólida atualmente e que nosso ataque é um pouco mais organizado, o que significa que todo o time quer estar na mesma página. Mas eu nunca tiraria o samba, o estilo brasileiro com o qual elas me surpreenderam, porque eu amo isso. E acho que essa mistura, espero, vai nos fazer ir longe nessa Olimpíada”, afirmou Pia, que não confirmou a escalação que levará a campo nesta quarta.

A julgar pelos últimos compromissos da seleção brasileira, as dúvidas do provável time estão na lateral direita e no meio-campo. Apesar de ter uma jogadora de ofício para o lado direito da defesa (Letícia Santos) no elenco, Pia atuou várias com uma zagueira no setor (normalmente Bruna Benites), para dar maior liberdade aos avanços de Tamires na esquerda. Outra opção seria Poliana, que joga como zagueira no Corinthians, mas foi lateral por muitos anos no São José e no próprio escrete canarinho. Mais a frente, sem a titular habitual (Luana, que está contundida e não pode ser convocada), a técnica pode escolher entre Júlia Bianchi e Andressinha.

O Brasil deve enfrentar as chinesas com Bárbara; Bruna Benites (Letícia Santos ou Poliana); Érika, Rafaelle e Tamires; Formiga, Andressinha (Júlia Bianchi) e Marta; Debinha, Bia Zaneratto e Ludmilla.

É a terceira vez que brasileiras e asiáticas estarão frente a frente em uma Olimpíada. Na semifinal dos Jogos de Atlanta (EUA), em 1996, a China venceu por 3 a 2. O troco veio há cinco anos, no Rio de Janeiro, com triunfo canarinho por 3 a 0. A meia-atacante Andressa Alves, uma das convocadas de Pia, fez um dos gols da seleção nacional na ocasião. Por coincidência, o duelo marcou a estreia da seleção feminina no evento em solo carioca.

O histórico brasileiro em estreias olímpicas, aliás, é positivo: quatro vitórias e dois empates. São 13 gols marcados e apenas dois sofridos (ambos no 2 a 2 com a Noruega, na primeira rodada dos Jogos de Atlanta).

TRE-RN nega habeas corpus a Henrique Alves em processo de corrupção passiva e lavagem de dinheiro

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) negou a unanimidade o habeas corpus do ex-ministro Henrique Alves contra processo que apura corrupção e lavagem de dinheiro.

Reprodução

No pedido de habeas corpus, a defesa de Henrique Alves argumentou “ausência de descrição de promessa ou ato de contrapartida em troca das doações de campanha”, o não esclarecimento “do ato de ofício praticado pelo denunciado a justificar o recebimento de propina, o qual seria necessário para configurar o delito de corrupção passiva” e inexistência de crime antecedente que configurasse lavagem de dinheiro.

Já a Procuradoria Regional Eleitoral se manifestou pela denegação do habeas corpus, apontando que não há fundamentação para a utilização desse artifício. “Estão querendo coartar a ação penal logo no início, de forma prematura, quando essa medida tem que ser excepcionalíssima , quando de plano se verifica uma ilegalidade. O que não se verifica no caso presente”, destacou o Procurador Regional Eleitoral, Ronaldo Sérgio Chaves.

Justiça Potiguar

Resultado da primeira etapa do Prouni já está disponível

Lista pode ser acessada no site gov.br

Publicado em 20/07/2021 – 11:15 Por Antônio Claret Guerra – Repórter Agência Brasil – Belo Horizonte

O resultado da primeira etapa do Programa Universidade para Todos (Prouni) já está disponível, desde a manhã desta terça-feira (20), no site gov.br, plataforma do governo federal que reúne, em um só lugar, serviços para o cidadão e informações sobre a atuação de todas as áreas do governo. Caso o estudante não seja cadastrado, basta criar a conta. 

No site é possível conhecer a lista de pré-selecionados e ver a listagem, em ordem alfabética, em cada curso, que é única e compreende pré-selecionados em ampla concorrência e ações afirmativas, segundo o Ministério da Educação. 

Os estudantes convocados terão de hoje a 28 de julho para comprovar as informações.

O resultado da segunda chamada está marcado para 3 de agosto, com a comprovação de dados no período de 3 a 11 de agosto. Haverá ainda lista de espera no período de 17 a 18 de agosto. O resultado deve sair no dia 20 de agosto e a entrega de documentos ficará para o período de 23 a 27 de agosto

As inscrições para o Prouni do segundo semestre terminaram na sexta-feira (16). Ao todo estão sendo ofertadas 134.329 bolsas, sendo 69.482 integrais e 64.847 parciais, para 10.821 cursos em 952 instituições de ensino superior da rede privada. 

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante teve que comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um e meio salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. 

Podem se inscrever estudantes brasileiros que não tenham diploma de curso superior e que tenham participado do Enem 2020 e obtido, no mínimo, 450 pontos de média nas provas. O estudante também não pode ter tirado zero na redação.

Covid19: Pedro Avelino ultrapassa a marca dos 300 casos confirmados

A SMSPA informou nesta segunda-feira, 19, através de uma rede social que o município de Pedro Avelino/RN, ultrapassou a marca de 300 casos confirmados do novo coronavírus.

O boletim epidemiológico trouxe mais precisamente: 303 casos confirmados; 297 recuperados; 00 suspeitos; 1096 notificados; 793 descartados; 05 óbitos e 02 monitorizados.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
19 DE JULHO DE 2021.
SMSPA Pedro Avelino/RN.
Atualizado às 13:30 em 19/07/2021

Pedro Avelino: A segunda parcela do FPM de julho será pouco mais de R$ 61 mil

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informou no ultimo dia, 16 de julho, a segunda parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de julho será de R$ 905.059.741,26. A transferência representa 20% do total mensal, considera o período entre os dias 1º e 10 e entra nos cofres municipais na próxima terça-feira, 20. Ano passado, o repasse somou R$ 713 milhões, pouco menos do que valor atual com a retenção do Fundo Nacional da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) – R$ 724.047.793,01.

Segundo levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), este decêndio de julho será positivo em 26,79%, mas, considerando a inflação, o crescimento reduz para 18,6%. Ao somar a primeira e a segunda transferência, o FPM do sétimo mês do ano soma R$ 5,6 bilhões contra R$ 4 bilhões de 2020. O mês está 38,80% melhor ou, considerando a inflação, 29,25% maior.

Até o momento, em todos os meses, o fundo foi superior e já repassou mais de R$ 77 bilhões aos Entes municipais. Por mês, o crescimento menos expressivo ocorreu em fevereiro, apenas 4,13%. Em abril, maio e julho, a alta respectiva foi de 25,44%, 42,57% e 51,86%, já considerando a inflação. O acumulado do ano tem crescimento de 30,35%. Com a inflação do período, esse cenário fica em 22,42%.

Esta semana, o presidente Paulo Ziulkoski, da CNM, denunciou o impacto que o relatório da Reforma do Imposto de Renda (IR) pode causar no fundo dos Municípios, uma vez que é composto pelo IR e pelo Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI). “Embora haja um justo clamor por reduzir a carga tributária, R$ 13,1 bilhões serão subtraídos dos cofres municipais”, protestou o líder municipalista por meio de nota, que ganhou ampla divulgação.

Distribuição
Ziulkoski lembra ainda que a distribuição da verba é mais favorável aos grandes centros urbanos e as pequenas cidades têm dificuldade com a prestação de serviços. Conforme mostra o levantamento deste decêndio, as 2.447 prefeituras de coeficientes 0,6 ficarão com R$ 178.265.448,11 do montante. Além disso, sob os valores brutos do repasse, cada gestão deve destinar 15% para saúde e 1% para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

Em relação ao resultado positivo, a CNM volta a lembrar da sazonalidade das receitas federais, que impactam diretamente nos valores repassados aos Entes locais. “Quando se avalia mês a mês, o comportamento dos repasses realizados, nota-se que ocorrem dois ciclos distintos: no primeiro semestre os maiores repasses; e entre julho e outubro, os valores diminuem significativamente”, alerta.

Confira o levantamento na íntegra

Por Raquel Montalvão
Da Agência CNM de Notícias

Trinta municípios do RN têm abastecimento de água suspenso para manutenção em adutora

Suspensão acontece nesta terça (20), das 6h às 17h, para manutenção da Adutora Monsenhor Expedito.

Por G1 RN

Trinta municípios do RN têm abastecimento de água suspenso para manutenção em adutora

Trinta municípios do Rio Grande do Norte terão o abastecimento de água suspenso nesta terça-feira (20) para manutenção na Adutora Monsenhor Expedito. A suspensão acontece das 6h às 17h.

Os municípios são Rui Barbosa, São Pedro, São Tomé, São Paulo do Potengi, Japi, Coronel Ezequiel, Jaçanã, São Bento do Trairi, Lajes Pintadas, São José de Campestre, Serrinha, Sítio Novo, Boa Saúde, Serra Caiada, Lagoa de Velhos, Barcelona, Bom Jesus, Lagoa Salgada, Lagoa de Pedras, Tangará, Santa Cruz, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Passa e Fica, Lagoa D`anta, Monte Alegre, Ielmo Marinho, Santa Maria, Senador Eloi de Souza e Campo Redondo.

Com a conclusão do serviço, executado pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), a previsão é que fornecimento seja retomado no final da tarde. O abastecimento deve ser completamente normalizado, segundo a Caern, em um prazo de até 48h.

Libertadores: Atlético-MG e Boca Juniors lutam por vaga nas quartas

Com estratégias distintas, times duelam nesta terça, em Belo Horizonte

Publicado em 19/07/2021 – 17:35 Por Maurício Costa – Repórter da Rádio Nacional – Rio de Janeiro

Atlético-MG e Boca Juniors decidem nesta terça-feira (20), às 19h15min, no Mineirão, quem avança às quartas de final da Copa Libertadores da América. O jogo de ida terminou com o empate em 0 a 0, em Buenos Aires (Argentina). As duas equipes adotaram estratégias diferentes em seus respectivos compromissos nos campeonatos nacionais antes de se enfrentarem novamente.

O time argentino decidiu poupar todos os titulares no empate em 1 a 1 diante do Unión Santa Fé, na primeira rodada do Campeonato Argentino. Somente no decorrer da partida que o técnico Miguel Ángel Russo utilizou alguns atletas que vão começar o jogo desta terça-feira.

Por outro lado, Cuca decidiu utilizar praticamente o que tinha de melhor contra o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, e derrotou o Timão por 2 a 1, de virada, alcançando a segunda posição. O técnico explicou o motivo.

“Se o jogador está saudável, está com predisposição para o jogo, não tem necessidade de você tirar o jogador porque ele vai cansar ou ficar em casa descansado. Não, é um campeonato importantíssimo que a gente não ganha há 50 anos. Nós temos que entrar com força máxima. Lógico que eu poupei alguns jogadores, mas os demais tinham condições de jogo e por isso nós fomos com a força máxima dentro do possível. A gente não pode abrir mão de qualquer jogo, o campeonato é muito difícil”, disse o treinador durante coletiva.

As escolhas de Cuca estão dando resultado. Mesmo com o clima favorável, o técnico não quer perder o foco.

“Eu acho que estamos fazendo tudo o que podemos. Lógico que sempre tem o que se melhorar, mas acho que o torcedor do Atlético, hoje, tem que comemorar e ficar muito feliz. A gente não, você ganhou um domingo de paz, mas a segunda-feira já tem concentração e tem o Boca pela frente. Se você tropeçar, tudo muda. Então temos que dar sequência a este momento que vivemos da melhor forma. A gente não sabe até onde vai, de que forma vai, mas a gente vai deixar tudo no campo. Esse é o nosso grande desafio”.

Para o confronto desta terça (20), Cuca deverá ter os retornos de Savarino e Nacho Fernández, poupados contra o Corinthianns. O zagueiro Igor Rabello cumpriu suspensão no último sábado e está à disposição de Cuca. Ainda no setor defensivo, Réver se recupera de uma inflamação no cotovelo esquerdo e não tem presença garantida, assim como Keno e Marrony, que voltam de lesão. Eduardo Vargas testou positivo para covid-19 e está fora da partida.

Abatido e com cabeça raspada: Justiça nega habeas corpus a DJ Ivis

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, indeferiu nesta segunda-feira (19) um pedido de habeas corpus protocolado em favor do músico DJ Ivis, preso preventivamente na quarta-feira (14) por agredir a ex-esposa, Pamela Holanda.

O pedido não foi impetrado pela defesa do músico e chegou ao STJ por meio de Lucas Ferreira Vaz Lionakis, apontado pelo tribunal como um “perito judicial”. Segundo ele, DJ Ivis não iria atentar contra a vítima ao longo do processo e, por não ter descumprido medida protetiva prévia, não poderia ser preso.

O ministro, no entanto, julgou que qualquer habeas corpus emitido pela corte poderia tumultuar o processo. 

“O presente writ [pedido] não merece prosperar. Inexiste nos autos documento que
demonstre a real situação do ora paciente”, escreveu o ministro. “Não é possível saber sequer se o STJ é competente para apreciar o pedido, pois não há notícia de que o tribunal de origem tenha examinado as questões ora alegadas”, complementou.

Além disso, a apresentação do habeas corpus pode prejudicar a própria defesa do músico, ressaltou Humberto Medeiros. Leia a íntegra da decisão.

Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, foi preso preventivamente em Fortaleza (CE) por agressões contra a ex-mulher, Pamela Holanda.

No dia 11 de julho, Pamela divulgou vídeos que mostram o músico dando chutes e socos contra ela. As imagens, gravadas por câmeras de segurança do apartamento em que os dois moravam, em Fortaleza, mostram Ivis puxando o cabelo, dando socos e chutes na vítima. Os vídeos e fotos de hematomas foram publicados por Pamella em um perfil que mantém nas redes sociais. 

Também pelas redes, DJ Ivis tentou justificar as agressões, alegando que a mulher dizia que iria se matar e que não estava mais aguentando as chantagens. Momentos antes de ser preso, o DJ gravou um vídeo pedindo desculpas a Pamella, às mulheres e aos fãs. 

Operadora deve indenizar vítimas de golpe no WhatsApp após chip clonado

Os mecanismos de fraudes e clonagens encontram-se cada vez mais aperfeiçoados, cabendo às grandes empresas tomar as providências necessárias para evitar prejuízos aos consumidores inocentes e vítimas de fraudadores, dificultando o acesso a terceiros.

Reprodução

Operadora deve indenizar vítimas que sofreram golpe após clonagem de chip

Assim entendeu a juíza Fernanda Franco Bueno Cáceres, do Juizado Especial Cível do Foro Regional de Santo Amaro (SP), ao condenar a Telefônica a indenizar duas amigas vítimas de um golpe no WhatsApp após a clonagem do chip do celular de uma delas.

O valor da reparação por danos morais é de R$ 4,5 mil cada, e R$ 7,4 mil a uma delas pelos danos materiais. Segundo os autos, uma das vítimas teve o chip do celular clonado e o estelionatário, por meio de mensagens no WhatsApp, pediu à amiga um empréstimo para pagar um boleto. Pensando falar com a amiga, a coautora transferiu R$ 7,4 mil.

Para a juíza, a situação deve ser solucionada com base no Código de Defesa do Consumidor, já que a relação entre as autoras e a empresa é de consumo. “No presente caso, pela análise do conjunto probatório dos autos, restou demonstrada a falha nos serviços prestados pela requerida, que acabou por permitir a clonagem do chip do aparelho celular da consumidora”, disse.

De acordo com a magistrada, ainda que a operadora de telefonia móvel não tenha responsabilidade pelo conteúdo das conversas no WhatsApp, “é ela responsável pela garantia de que o emissário da mensagem seja aquele que realmente celebrou o contrato com a empresa”.

Dessa forma, para a magistrada, a Telefônica falhou ao possibilitar a violação dos dados pessoais da cliente, sendo responsável pelos danos causados. Ao fixar a indenização por danos morais, Cáceres também afirmou que a a situação “se mostra por demais constrangedora a ambas as consumidoras”, além de implicar “grande angústia e intensa dor emocional”.

Clique aqui para ler a sentença
1038007-43.2020.8.26.0002

Conjur

Prefeito de Pedro Avelino vai gastar um fortuna com pneus

O prefeito ainda vai compra Câmaras e Protetores para atender a frota de veículos.

O prefeito de Pedro Avelino/RN, José Alexandre Sobrinho (MDB), vai gastar mais de R$ 1,1 milhão na compra de pneus, câmaras de ar e protetores para atender a frota de veículos da municipalidade.

HOMOLOGO em favor das licitantes: PAIVA AUTO SERVIÇOS LTDA vencedora dos itens 01, 02, 03, 09, 10, 11, 12, 13, 16, 17, 18, 22, 23 e 24, totalizando o valor de R$ 795.040,00 (setecentos e noventa e cinco mil e quarenta reais) e NEIRE D. DE OLIVEIRA PNEUS E SERVIÇOS EIRELI-ME vencedora dos itens 04, 05, 06, 07, 08, 14, 15, 13, 19, 20, 21, 25, 26, 27, 28, 29, 30, 31, 32, 33, 34, 35, 36, 37, 38, 39, 40, 41, 42, 43, 44, 45 e 46, totalizando o valor de R$ 314.216,00 (trezentos e quatorze mil, duzentos e dezesseis reais)

A ata de Registro de Preços publicada no Diário Oficial dos Municípios, edição de N° 2568 de 16 de julho de 2021, Licitação Pregão Presencial N° 022/2021.

É uma verdadeira fortuna para uma cidade pequena como é Pedro Avelino.

Ato de homologação

Termina hoje prazo para pagamento da taxa de inscrição do Enem 2021

Valor da inscrição é R$ 85

Publicado em 19/07/2021 – 10:50 Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Exame Nacional do Ensino Médio,Enem

Termina hoje (19) o prazo para pagamento, via GRU Cobrança, da taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) edição 2021. O valor da taxa é de R$ 85 e deve ser paga até o fim do dia.

“O participante deve se atentar ao horário estabelecido pela sua instituição financeira para realização de pagamentos on-line”, alerta o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela prova. A inscrição para o exame só será confirmada após a realização do pagamento da taxa de inscrição.

De acordo com o instituto, 4.004.764 pessoas estão inscritas para a edição 2021 do Enem – número que corresponde às duas versões do exame (impressa e digital).

Provas

As provas do Enem 2021 serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro – tanto a versão digital quanto a impressa. As duas versões também terão a mesma estrutura de prova: quatro cadernos de questões e a redação.

Cada prova terá 45 questões de múltipla escolha, que, no caso do Enem Digital, serão apresentadas na tela do computador. Já a redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção da versão em papel. Os participantes receberão folhas de rascunho nos dois dias.

No primeiro dia, serão aplicadas as provas de linguagens; códigos e suas tecnologias; e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. A aplicação regular terá cinco horas e 30 minutos de duração. No segundo dia, as provas serão de ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias. Nesse caso, a aplicação regular terá cinco horas de duração.

Anvisa autoriza análise da eficácia de dose de reforço da AstraZeneca

Também foi autorizado estudo sobre medicamento proxalutamida

Publicado em 19/07/2021 – 10:19 Por Antônio Claret Guerra – Repórter da Agência Brasil – Belo Horizonte

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, nesta segunda-feira (19), a realização de estudo clínico para avaliar a segurança, a eficácia e a imunogenicidade da aplicação de terceira dose da vacina contra covid-19 da AstraZeneca.

Segundo a Anvisa, o estudo inicial será feito em participantes que já receberam as duas doses do imunizante, com um intervalo de quatro semanas entre as aplicações. A dose de reforço será aplicada de 11 a 13 meses após a segunda dose.

A Anvisa explica que trata-se de um estudo de fase três, em que o voluntário não saberá o que tomou: se uma dose da vacina ou de placebo.

Voluntários

“Serão incluídos voluntários com idade entre 18 e 55 anos, que estejam altamente expostos à infecção com o novo coronavírus, como profissionais de saúde. Não serão incluídas gestantes ou pessoas com comorbidades”, explica a agência, em nota.

Segundo informou a Anvisa, o estudo, patrocinado pela AstraZeneca, será realizado somente no Brasil, nos estados da Bahia (1,5 mil voluntários), Rio de Janeiro (1,5 mil), Rio Grande do Sul (3 mil), Rio Grande do Norte (1,5 mil) e São Paulo (2,5 mil).

Após a quebra do “cegamento da pesquisa”, quando os voluntários ficam sabendo se receberam a vacina ou o placebo, todos os participantes do grupo placebo serão convidados a tomar a dose de reforço.

Proxalutamida

Nesta segunda-feira, também foi autorizada a realização de um estudo clínico para avaliar a segurança e a eficácia do medicamento proxalutamida na redução da infecção viral causada pelo novo coronavírus e no processo inflamatório provocado pela covid-19.

O estudo é de fase três e avaliará a eficácia e a segurança da substância em participantes ambulatoriais do sexo masculino com covid-19 de leve a moderada.

O estudo é patrocinado pela empresa Suzhou Kintor Pharmaceuticals, sediada na China, e será realizado na Alemanha, Argentina, África do Sul, Ucrânia, México, Estados Unidos e Brasil, onde participarão 12 voluntários do estado de Roraima e 38, de São Paulo.

Nesse domingo (18), o presidente Jair Bolsonaro disse que pediria estudos sobre o uso do medicamento no Brasil.

Policial federal reage a assalto e mata criminoso em Natal

Bandidos tentavam roubar carro do agente. Caso é considerado legítima defesa

Por Sérgio Henrique Santos, Inter TV Cabugi

Um policial federal foi vítima de uma tentativa de assalto na tarde deste sábado (17), em Natal. Ele reagiu e matou um dos bandidos.

O agente estava em um estabelecimento na Rua Pedro de Barro, no Barro Vermelho, Zona Leste, quando três homens chegaram em um carro. Dois deles desceram e abordaram a vítima. Os bandidos tentaram levar o carro do policial.

De acordo com testemunhas, a vítima fingiu que ia pegar a chave do veículo e sacou a arma. Os criminosos correram, mas um foi atingido com diversos disparos e não resistiu. Os outros dois fugiram.

De acordo com a delegada de Homicídios Michelle Barros, “o assaltante atingido ainda não foi identificado. Ele usava tornozeleira eletrônica coberta com papel alumínio e portava um revólver calibre 38”.

Policial federal reage a assalto e mata criminoso em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Policial federal reage a assalto e mata criminoso em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

O policial federal permaneceu no local, se explicou à delegada e terá que apresentar a arma na Delegacia. O caso é considerado legítima defesa.

Presidente Jair Bolsonaro recebe alta médica

Presidente estava internado em São Paulo desde o dia 14

Publicado em 18/07/2021 – 09:52 Por Agência Brasil – Brasília

O Hospital Vila Nova Star, onde o presidente Jair Bolsonaro está internado, divulgou nota anunciando a alta do presidente. A nota é assinada pela equipe médica que acompanha o presidente desde o dia 14 de julho, quando foi internado.

O presidente estava internado para tratar de uma obstrução intestinal. De acordo com o comunicado, Bolsonaro seguirá com acompanhamento ambulatorial pela equipe médica assistente.

A íntegra da nota:

“O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, teve alta hoje do Hospital Vila Nova Star, da Rede D’Or. Ele estava internado desde a quarta-feira, 14 de julho, para tratar um quadro de suboclusão intestinal. Ele seguirá com acompanhamento ambulatorial pela equipe médica assistente.

Direção médica responsável:

Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo – Cirurgião-chefe

Dr. Ricardo Camarinha – Cardiologista do Presidente

Dr. Leandro Echenique – Clínico e Cardiologista

Dr. Antonio Antonietto – Diretor médico do Hospital Vila Nova Star

Dr. Pedro Henrique Loretti – Diretor Geral do Hospital Vila Nova Star”

Eleições: Hacker que invadiu TSE diz ser possível mudar resultado

Marcos Roberto, conhecido como Vandathegod, afirmou que invadiu site da Corte de forma simples

Paulo Moura – 17/07/2021 13h53 | atualizado em 17/07/2021 13h54

Marcos Roberto Correia da Silva, o hacker Vandathegod Foto: Reprodução

O hacker Marcos Roberto Correia da Silva, conhecido como Vandathegod, preso em março deste ano por participar do megavazamento de dados de 223 milhões de brasileiros, disse que é possível alterar os resultados da apuração das eleições. A declaração foi dada por ele em uma entrevista ao deputado Filipe Barros (PSL-PR).

Marcos, que foi um dos capturados na Operação Deepwater, da Polícia Federal, também invadiu o sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) durante as eleições de 2020, o que resultou em um atraso da contagem de votos. Questionado por Barros se seria possível violar o processo de apuração, ele respondeu positivamente.

– Conseguiria [invadir o sistema eleitoral]. A manipulação de votos na rede, na hora da votação ela é desligada, mas na hora de contar os votos ela é sim ligada e conectada à internet. E se ela estiver em algum lugar e alguém estiver nessa rede, ele consegue fazer a invasão, e aí consegue manipular a votação – disse.

Vandathegod atualmente está preso na Colônia Penal Professor Jacy de Assis, em Uberlândia, Minas Gerais, por ter vazado dados do Serasa e responde por ter invadido o TSE. De acordo com o hacker, a invasão do site da Corte Eleitoral foi fácil e foi possível através de códigos maliciosos.

Barros, que é o relator da PEC que tramita no Congresso para a criação do voto impresso auditável, também questionou o hacker a respeito da vulnerabilidade dos sistemas do TSE a ataques originados do exterior. Sobre isso, Vandathegod também respondeu positivamente.

– [O sistema do TSE é vulnerável a ataques de] Outros países, geralmente do Irã. Muitas pessoas que eu conheço de lá atacam aqui – destacou.

Marcos finalizou dizendo que, caso o grupo que invadiu o TSE tivesse aguardado mais tempo em seu ataque, os hackers poderiam invadir o banco de dados com os resultados eleitorais e acrescentar tabelas para alterar votos e, consequentemente, beneficiar um determinado candidato.

– Se a gente quiser criar tabela, nome de banco dados, acrescentaria sim, manipularia tudinho – finalizou.

pleno news

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em fevereiro

Calendário de pagamento da quarta parcela foi antecipado

Publicado em 18/07/2021 – 08:30 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Auxílio emergencial 2021

Trabalhadores informais nascidos em fevereiro recebem hoje (18) a quarta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente.

Na quinta-feira (15), a Caixa anunciou a antecipação do pagamento da quarta parcela. O calendário de depósitos, que começaria no próximo dia 23 e terminaria em 22 de agosto, teve o início antecipado para hoje e será concluído em 30 de julho.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

O pagamento da terceira parcela aos inscritos no Bolsa Família começará amanhã (19) e segue até o dia 30. O auxílio emergencial somente será depositado quando o valor for superior ao benefício do programa social.

Em todos os casos, o auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

O programa se encerraria neste mês, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para as parcelas.

Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

Veja o cronograma:

Crédito em poupança social digital

Mês de nascimentoDia do crédito
Janeiro17 de julho
Fevereiro18 de julho
Março20 de julho
Abril21 de julho
Maio22 de julho
Junho23 de julho
Julho24 de julho
Agosto25 de julho
Setembro27 de julho
Outubro28 de julho
Novembro29 de julho
Dezembro30 de julho

Saque em dinheiro

Mês de nascimentoDia do crédito
Janeiro02 de agosto
Fevereiro03 de agosto
Março04 de agosto
Abril05 de agosto
Maio09 de agosto
Junho10 de agosto
Julho11 de agosto
Agosto12 de agosto
Setembro13 de agosto
Outubro16 de agosto
Novembro17 de agosto
Dezembro18 de agosto

Prefeitura de Poço Branco divulga processo seletivo com 109 vagas; salários de até R$ 8,5 mil

O Prefeito Municipal de Poço Branco/RN, torna pública a abertura das inscrições e estabelece normas relativas à realização do Processo Seletivo Simplificado, destinado a selecionar candidatos e cadastro de reserva para atuarem na Administração Pública Municipal sob o regime de contratação temporária e de acordo com a necessidade indispensável para a continuidade dos serviços públicos municipais.

Reprodução

Para concorrer a uma das oportunidades, os candidatos devem comprovar a escolaridade exigida para a função desejada de níveis fundamental, médio/técnico e superior, bem como ter registro ativo no respectivo conselho de classe quando solicitado, idade mínima de 18 anos, dentre outros requisitos que constam no edital.

Aos profissionais admitidos, estes irão desempenhar funções em carga horária de 20 a 40 horas semanais e contarão com salários de R$ 1.100,00 a R$ 8.500,00 ao mês, além de outros adicionais conforme o cargo.

Procedimentos para participação

Para participar, os interessados devem efetuar as inscrições no período de 21 a 23 de julho de 2021, exclusivamente via internet por meio da Prefeitura.

Como forma de seleção, os candidatos serão avaliados mediante a avaliação de títulos, experiência profissional e entrevista, de acordo com os critérios de pontuação especificados no edital.

O prazo de validade do presente Processo Seletivo será de 12 meses, contado da homologação do resultado final, com possibilidade de prorrogação por igual período.

https://pocobranco.rn.gov.br/wp-content/uploads/2021/07/PREFEITURA-MUNICIPAL-DE-POCO-BRANCO.pdf

VÍDEO: Esposa de Carlos Eduardo diz que o Governo do Estado abandonou as mulheres

A esposa do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, Andréa Ramalho foi às redes sociais manifestar indignação e repúdio pelo caso de dupla violência contra uma mulher ocorrido no município de Santo Antônio.“Estou de luto pelo sentimento de abandono por falta do Governo do Estado para com as mulheres potiguares”, disse Andréa.

magem: reprodução/redes sociais

Ela cobra da governadora Fátima Bezerra mais qualificação para os policiais e criação de centros de referência para atender e acolher as mulheres em todas as regiões do estado que sofrem violência doméstica.

Confira o vídeo abaixo:

Ministro do Desenvolvimento Regional é operado na Bahia após mal-estar

Rogério Marinho precisou colocar um stent e diz que está bem

Publicado em 17/07/2021 – 11:11 Por Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, durante cerimônia para o anúncio de investimentos para o Programa Águas Brasileiras.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, passou por uma cirurgia e está internado em Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia. Ontem (16), Marinho teve um mal-estar e precisou realizar uma cirurgia para a colocação de um stent, uma espécie de “malha” feita de metal que é usada para restaurar o fluxo sanguíneo na artéria.

Marinho postou uma mensagem em uma rede social informando que sentiu o mal-estar na sexta-feira, quando se deslocava para Porto Seguro, também no sul da Bahia, onde passa férias com a família. Na mensagem, ele disse que está bem e que espera receber alta nas próximas horas.

O ministro, que tem 57 anos, passou por exames e foi diagnosticada uma obstrução na artéria. A cirurgia de angioplastia para a colocação do stent foi feita nesta madrugada.

COMEÇOU BEM: Pré-candidato a governador, Benes Leocádio votou favorável ao aumento fundo eleitoral e pode se beneficiar de recursos

O deputado federal e agora pré-candidato governador do Rio Grande do Norte, Benes Leocádio, foi um dos parlamentares que votaram favoravelmente ao orçamento que prevê o aumento do fundão eleitoral de cerca de R$ 2 milhões em 2018 para quase R$ 6 milhões em 2022.

Se vier a ser candidato e caso o projeto não seja vetado pelo presidente Jair Bolsonaro, o próprio Benes pode se beneficiar da decisão dele e ampliar os recursos destinados à sua possível campanha.

Até 2015, as grandes empresas, como bancos e empreiteiras, eram as principais responsáveis pelo financiamento dos candidatos. Naquele ano, o STF (Supremo Tribunal Federal) proibiu a doação empresarial sob o argumento de que o poder econômico desequilibra o jogo democrático.

Para as eleições de 2018 foi criado então o fundo eleitoral, de R$ 1,7 bilhão (cerca de R$ 2 bilhões com correção pela inflação), que se somou aos recursos já existentes do fundo partidário, em torno de R$ 1 bilhão. Para 2022, foi aprovado R$ 5,7 milhões.

Via blog do bg

Gilmar Mendes sai em defesa do Fundão Eleitoral de R$ 5,7 m bilhões : “não existe almoço grátis”

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes , disse que a ‘inflação’ do fundo eleitoral de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões se deve à falta de participação de empresas no processo eleitoral. A proposta do Fundão foi aprovada no Congresso ontem (15) e só pode ser revertida por veto do presidente Jair Bolsonaro.

Para ele, bastaria a regulamentação das doações de campanha, e a fiscalização do destino dos tributos para que o processo seja considerado transparente. 

Desembargador decide pela ilegalidade da greve dos professores de Natal

NOTÍCIA | 16 julho, 2021

O desembargador do Tribunal de Justiça, Amaury Moura, concedeu liminar em favor da Prefeitura de Natal e decidiu pela ilegalidade da greve dos professores da rede municipal.

Reprodução

O Município havia entrado na Justiça contra decisão do sindicato dos professores que deflagrou a greve dias antes do retorno das aulas presenciais.

“Defiro a tutela de urgência postulada, a fim de determinar a manutenção integral da força de trabalho dos servidores municipais da educação do Município do Natal, nos termos fixados pelo Poder Executivo Municipal, aplicando multa diária no valor de R$ 10.000,00 (dez) mil reais por dia de descumprimento”, afirmou o magistrado em sua decisão. 

Licitação da compra de peixe da semana santa é revogada depois das denúncias feitas pelo blog e pela oposição

A licitação do peixe da semana foi revogada no último dia, 09 de julho, pela prefeitura de Pedro Avelino/RN. Após denúncias deste blog e da oposição que tá sendo feita pelo programa de Marcos Simão e Marcelino Machado na FM 90.1.

Em, 01 de abril 2021, a Prefeitura de Pedro Avelino/RN, contratou a COMÉRCIO PIONEIRO EIRELLI, sediada na Rua: Hidrografo Vital de Oliveira n° 122, bairro Nossa Senhora de Nazaré – Natal/RN, no valor do contrato R$ 59.700,00, produto adquirido, peixe tilápia, valor por quilo R$ 19,90 reais. Fonte FEMURN edição 2495.

O preço de mercado da tilápia a época variava de R$ 10,00 a R$ 12,00 reais quilo (CEASA, supermercados e feiras livres da região).

Como explicar? Com a palavra o prefeito José Alexandre Sobrinho.

Essa é a empresa
Crédite: Google Maps

Veja a materia da época na íntegra

Prefeitura de Pedro Avelino gasta mais de R$ 57 mil na compra de peixes para semana santa

A prefeitura do Município de Pedro Avelino/RN – localizada na região central do estado distante 160 km da capital do estado desembolsou mais de R$ 57.000 (cinquenta e sete mil reais) na compra de três mil kg de peixes para a tradicional distribuição durante a semana santa. O município pagou R$ 19.90 (dezenove reais e noventa centavos) pelo kg de tilapia. Até aí tudo certo, não fosse o detalhe regional. A cidade vizinha, Lajes, la a prefeitura pagou R$ 15.00 pelo kg da tilapia na compra dos peixes. Outro detalhe foi que em Lajes a aquisição foi feita dentro do município, onde o pescado foi adquirido com produtores locais, teoricamente com concorrência menor o preço teoricamente seria mais alto. Já Pedro Avelino comprou fora da cidade, onde o fornecimento veio da capital com uma concorrência maior e teoricamente garantia de preços mais baixos, porém não foi o que aconteceu.

A repercussão foi muito negativa após o valor da licitação ser divulgado nos grupos de Whatsapp de Pedro Avelino.

A empresa responsável pelo fornecimento da TILAPIA é a COMÉRCIO PIONEIRO EIRELI, sediada no bairro Nossa Senhora de Nazaré em Natal/RN, cujo contrato firmado com a prefeitura de Pedro Avelino foi publicado na edição 2495 de 01/04/2020 do Diário Oficial dos Municípios na página da FEMURN.

Congresso aprova LDO e triplica fundo eleitoral para quase R$ 6 bilhões

O Congresso Nacional aprovou nesta quinta-feira (15) o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022. Com a decisão, deputados e senadores saem de recesso na próxima segunda e só voltam ao trabalho no dia 3 de agosto. O texto seguirá para sanção presidencial.

Por Guilherme Mendes

Depois da Câmara, o Senado aprovou a LDO, por 40 votos a favor e 33 votos contrários. O placar apertado reflete a insatisfação de senadores com a proposta de aumentar o fundo eleitoral para R$5,7 bilhões durante o ano eleitoral. O valor representa quase o triplo do previsto para a eleição passada.

Horas antes, em sessão na Câmara, os deputados já haviam votado a proposta de manter o fundo eleitoral, e vetaram um destaque do partido Novo, que buscava reduzir o montante para R$ 2 bilhões.

“No meu ponto de vista, respeitando quem pensa diferente, é uma imoralidade, é uma indecência a gente aumentar o fundo eleitoral, o fundão de financiamento de campanha, de R$2 bilhões, o que já é muito dinheiro, para R$5,7 bilhões nessa LDO”, disse no Plenário o senador Eduardo Girão (Podemos-CE). “É algo totalmente fora daquela necessidade, dos anseios que a população brasileira espera de todos nós”, acrescentou.

Como houve a derrubada do destaque pelos deputados, não cabia ao Senado abrir novas discussões ao texto já aprovado. Os senadores só podiam, portanto, votar o texto principal da LDO.

Relator, o deputado Juscelino Filho (DEM-MA) falou com os senadores sobre sua proposta. “O valor do fundo eleitoral, antigamente, era um percentual das emendas de bancada. Agora ele apenas passou para ser um percentual do orçamento da Justiça Eleitoral”, justificou o parlamentar. “A fonte dele vai continuar sendo as emendas de bancada, vai vir das emendas de bancada o recurso para o fundo eleitoral”. Quanto vai ser o fundo eleitoral que dependerá do orçamento da Justiça Eleitoral ainda será discutido no Orçamento, segundo o deputado – aí sim se chegando a um cálculo mais preciso.

” A Comissão de Orçamento foi instalada há apenas uma semana, quando assumimos esse desafio de realizar um trabalho para podermos entregar, num prazo tão curto, o relatório da Lei de Diretrizes Orçamentárias”, afirmou o deputado. “Fizemos esse trabalho, intensificamos esse trabalho, junto com todos, para chegarmos a um relatório que trouxesse algumas diretrizes importantes para poder balizar a construção do orçamento para o ano de 2022.”

Entre os pontos destacados por Juscelino aos senadores, está a reserva para produção do Censo, assim como a destinação de verba à produção de imunobiológicos e fomento ao setor de turismo.

Na votação da Câmara, os parlamentares rejeitaram  outros dois destaques: um deles buscava garantir um reajuste no salário mínimo 1,1% acima da inflação, equivalente ao aumento do PIB em 2019. Um outro destaque do PSB e do Psol pretendia acabar com as emendas de relator-geral ao Orçamento, conhecidas como RP9.

O texto aprovado mantém as estimativas do governo para a economia no ano que vem: salário mínimo de R$ 1.147; inflação de 3,5%, crescimento do PIB de 2,5% e taxa básica de juros média de 4,7%. A LDO prevê um déficit de R$ 170,474 bilhões nas contas públicas do governo federal em 2022, o equivalente a 1,9% do PIB.

Informações congresso em foco

Legislativo discute importância de nova rodovia para região Central do RN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte debateu, na tarde desta quinta-feira (15), a importância de obras em rodovias que cortam o estado, com foco especial na implantação de novo trecho da BR-104, entre os municípios de Lajes, Pedro Avelino, Guamaré e Macau. A audiência pública, que foi proposta pelo deputado Coronel Azevedo (PSC), contou com participação de representantes do Poder Público e também dos municípios, que enalteceram a importância econômica da ação.

“É uma obra de extrema importância para o estado. Não somente para esses municípios, mas para a economia do Rio Grande do Norte como um todo. Essa e outras ações do Governo Federal, do Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (Dnit), que têm contribuído de maneira significativa com o desenvolvimento do estado”, disse Coronel Azevedo.

A BR-104 já existe no país, mas o trecho no Rio Grande do Norte ainda precisa ser implantado e pavimentado. Ao todo, estão previstos 215,7 quilômetros de obras, desde o município de Macau até a divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba, passando por Guamaré, Pedro Avelino e Lajes. O Dnit está na fase de contratação de empresa para elaborar os estudos e projetos de engenharia, que são considerados o primeiro passo para viabilização da obra.

“Esse é um primeiro passo e ainda há outros a serem dados, por isso é preciso que o Rio Grande do Norte tenha a união e força política, inclusive, para que consigamos dar andamento a essa e outras importantes obras”, disse o superintendente do Dnit no Rio Grande do Norte, General Daniel Dantas, ressaltando ainda as ações de duplicação da Reta Tabajara e debate acerca da BR-304.

Segundo o Dnit, a implantação da rodovia tem como objetivo melhorar as condições de segurança e trafegabilidade, estimulando o desenvolvimento regional e melhorando a mobilidade da população. Além de interligar doze municípios potiguares, a BR-104/RN propicia a conexão entre três rodovias federais no Estado: BR-226, BR-304 e BR-406. A rodovia vai melhorar a ligação da região central do Rio Grande do Norte com os estados da Paraíba e Pernambuco.

Também participando do encontro, o deputado federal General Girão (PSL) disse que a melhoria nas estradas do Rio Grande do Norte é fundamental. Segundo ele, além da abertura e viabilização da BR-104, é preciso que ocorra a recuperação de várias outras vias. 

“Estradas feitas há 30 anos estão somente com cascos de asfalto. É muito trabalho a se fazer. Temos que ter paciência prque o ministro Tarcísio (Gomes de Freitas, da Infraestrutura) está trabalhando de maneira dura por todo o país”, disse o parlamentar.

Entre as diversas lideranças presentes, o clima era de comemoração com o andamento dos trâmites para viabilização da BR-104 no Rio Grande do Norte. O prefeito de Pedro Avelino, Alexandre Sobrinho, disse que a rodovia vai colaborar não somente com a melhoria no tráfego das pessoas, mas principalmente para o desenvolvimento econômico da região.

“Teremos uma ligação rápida e segura com uma nova área do estado, colaborando também para o desenvolvimento da indústria de energia eólica na região. Certamente, essa rodovia será um grande fator a contribuir com o desenvolvimento de nosso município”, disse.

Portal da Assembleia

Sesap distribui novo carregamento de vacinas para a Covid-19 nesta sexta-feira (16)

Lote com 61 mil unidades da Astrazeneca/Fiocruz é todo para primeira dose

Crédito: Paulo Nascimento

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) recebeu no fim da tarde desta quinta-feira (15) uma nova carga de vacinas para a campanha de imunização contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte. O lote será distribuído aos municípios nessa sexta (16), pela manhã, cumprindo mais uma vez o compromisso da Sesap em agilizar o processo de vacinação no estado.

Crédito: Paulo Nascimento

São 61 mil imunizantes da Astrazeneca/Fiocruz que, de acordo com a orientação do Ministério da Saúde, devem atender o escalonamento de vacinação por idade, além de atender bancários e trabalhadores dos correios.

Crédito: Paulo Nascimento

As duas categorias foram inseridas pelo Ministério da Saúde na prioridade do Programa Nacional de Imunização na primeira semana de julho.

Com esse lote, o RN passa das 2,3 milhões de vacinas recebidas. A primeira dose, de acordo com os dados da plataforma RN+ Vacina até a tarde desta quinta, já chegou a mais de 1,3 milhão de potiguares. E outros 495 mil moradores do estado estão com o esquema vacinal completo.

Vacinação reduz ocupação de UTIs nos estados para menos de 90%

Apenas 3 estados e o DF estão na zona de alerta crítico, diz Fiocruz

Publicado em 14/07/2021 – 14:37 Por Vinícius Lisboa – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

Vacinação Covid ubs asa sul Brasília-DF, 11/06/2021 Foto: Walterson Rosa/MS

O avanço da vacinação continua a reduzir a internação de pacientes com covid-19 em unidades de terapia intensiva (UTIs) no país e, pela primeira vez desde dezembro de 2020, nenhuma unidade da federação está com mais de 90% desses leitos ocupados. O dado consta do Boletim Observatório Covid-19, divulgado hoje (14) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Segundo os pesquisadores da Fiocruz, a vacinação tem feito diferença e traz reflexos positivos ao quadro pandêmico à medida que é ampliada.

O boletim mostra que quatro unidades da federação permanecem na zona de alerta crítico, com mais 80% dos leitos ocupados. A pior situação é a de Santa Catarina (82%), seguida por Goiás (81%), Paraná (81%) e Distrito Federal (80%).

A maior parte do país encontra-se na zona de alerta intermediário, em que as taxas de ocupação variam entre 60% e 80%, e sete estados estão na zona de alerta baixo, com menos de 60%: Acre (24%), Amapá (47%), Espírito Santo (55%), Paraíba (39%), Rio de Janeiro (57%), Rio Grande do Norte (55%) e Sergipe (50%).

Taxa de ocupação (%) de leitos de UTI covid-19 para adultos.
Taxa de ocupação (%) de leitos de UTI covid-19 para adultos – Arte/Fiocruz

Entre as capitais, Goiânia é a única com mais de 90% dos leitos ocupados (92%), e a situação também é considerada crítica em Brasília (80%), Rio de Janeiro (81%) e São Luís (81%). De acordo com a Fiocruz, 12 capitais estão fora da zona de alerta: Porto Velho (57%), Rio Branco (24%), Belém (48%), Macapá (52%), Natal (53%), João Pessoa (40%), Recife (50%), Maceió (55%), Aracaju (50%), Salvador (52%), Vitória (54%) e Florianópolis (53%). As demais estão na zona de alerta intermediário.

Os pesquisadores avaliam que a imunização tem feito a diferença para a queda dos percentuais, mas alertam que as vacinas têm capacidade limitada de bloquear a transmissão do vírus, que continua a circular de forma intensa. “As vacinas são especialmente efetivas na prevenção de casos graves”, resume o estudo, que pede a continuidade do distanciamento social, do uso de máscaras e dos cuidados com a higiene, além de reforçar que todos devem buscar a vacinação conforme o calendário de seus municípios.

“A preocupação com a possibilidade de surgimento de variantes com potencial de reduzir a efetividade das vacinas disponíveis é pertinente e não pode ser perdida de vista.”

Taxa de ocupação (%) de leitos de UTI covid-19 para adultos.
Taxa de ocupação (%) de leitos de UTI covid-19 para adultos – Arte/Fiocruz

O relatório destaca ainda que os indicadores de incidência e mortalidade da covid-19 no país estão em queda pela terceira semana seguida. Apesar disso, a pandemia mantêm patamares altos, com média de mais de 46 mil novos casos e 1,3 mil óbitos diários nos últimos sete dias. O boletim da Fiocruz diz ainda que o cenário pode indicar um arrefecimento mais duradouro da pandemia nos próximos meses, mas ressalta que isso dependerá da intensificação da campanha de vacinação, da adequação das práticas de vigilância em saúde, do reforço da atenção primária e da adoção das medidas de proteção individual.

Presidente deve ficar três dias internado em SP, diz Flávio Bolsonaro

Novos exames vão indicar se há necessidade de cirurgia

Publicado em 14/07/2021 – 19:06 Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O presidente Jair Bolsonaro chegou a São Paulo no início da noite desta quarta-feira (14). Ele ficará internado no Hospital Vila Nova Star, zona sul da capital, pelos próximos dias. Mais cedo, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), filho do presidente, afirmou que o pai estava se sentindo bem após a internação no Hospital das Forças Armadas,  em Brasília. Segundo o parlamentar, o presidente ficará em observação por três dias, para analisar a necessidade de procedimentos adicionais, inclusive uma eventual nova cirurgia.  

“Falei com o médico dele mais cedo. Ele me tranquilizou, falou para a família ficar calma, que não tinha nada de mais grave acontecendo, que ele estaria em observação. Passou o telefone para ele, [estava] um pouco grogue pela anestesia, disse para ficar tranquilo”, afirmou o senador a jornalistas após o encerramento da sessão da CPI da Pandemia.

Ainda de acordo com Flávio, não há definição se o presidente terá de se licenciar do cargo.  

A decisão de transferir Bolsonaro para São Paulo foi tomada pelo médico Antonio Luiz Macedo, responsável pelas cirurgias no abdômen do presidente. Ele diagnosticou o presidente com obstrução intestinal. Nos últimos dias, o presidente vinha enfrentando uma crise de soluços. Ele embarcou de Brasília para a capital paulista pontualmente às 17h30.

Por causa internação, a agenda do presidente foi cancelada. Nesta manhã, ele participaria de uma reunião entres os presidentes do Judiciário, Executivo e Legislativo, para discutir as relações entre os poderes. O encontro será reagendado.

Vereadores de Mossoró aprova moção de “desagravo” contra discurso de tomba farias na assembleia legislativa

O Discurso polêmico de Tomba Farias em que ele citou que “Os professores estão de férias a um ano e 10 meses” segue dando muito pano pra manga, agora foi a vez da Câmara Municipal de Mossoró aprovar hoje (13), por unanimidade, Moção de Desagravo (reparação de afronta) aos professores do Rio Grande do Norte, em razão de fala do deputado.

O requerimento (nº 294/2021) aprovado na Câmara de Mossoró é de autoria da vereadora Marleide Cunha (PT). “As acusações do deputado são injustas, inconsequentes e prestam um desserviço à sociedade ao difamar profissionais que constroem a base para o futuro de uma sociedade desenvolvida e democrática”, justifica.

Por Michael Pontes

Taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil é a menor de 2021, aponta Imperial College

A taxa de transmissão do coronavírus no Brasil caiu para 0,88, segundo o Imperial College de Londres. Isso significa que cada 100 pessoas infectadas transmitem o vírus ara outras 88. Essa é a taxa mais baixa desde novembro de 2020, quando o número era de 0,68.

Comércio de rua em Florianópolis durante pandemia da Covid-19 — Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom/Divulgação

Pela margem de erro das estatísticas, essa taxa pode ser maior (Rt de até 0,96) ou menor (Rt de 0,77). Nesses cenários, cada 100 pessoas com o vírus infectariam outras 96 ou 77, respectivamente.

Esta é a terceira semana consecutiva que o dado permanece abaixo de 1. Segundo os epidemiologistas, os surtos começam a ser controlados quando a taxa de transmissão fica ppor pelo menos duas semanas seguidas neste patamar.

Veja a taxa de transmissão no Brasil nas últimas quatro semanas:

  • 13 de junho: 1,07
  • 20 de junho: 1,13
  • 27 de junho: 0,98
  • 04 de julho: 0,91

Situação das mortes no Brasil

Nesta segunda-feira (12), o Brasil registrou o menor número de casos em 24 horas desde janeiro: 18.824. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 44.705 novos diagnósticos por dia – a mais baixa desde 18 de fevereiro (quando estava em 44.621).

O país registrou 765 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando a um total de 534.311 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.297, uma variação de -19% em comparação à média de 14 dias atrás. É o 16º dia seguido de queda nesse comparativo.

Fonte: G1

Governo celebra 31 anos do ECA e anuncia novo canal de denúncias

Novo canal é específico para denúncias de profissionais de saúde

Publicado em 13/07/2021 – 18:13 Por Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Os ministérios da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH), Cidadania e Economia realizaram hoje (13) uma cerimônia para celebrar os 31 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei No 8.069 de 1990), Lei que regulamentou direitos previstos na Convenção dos Direitos da Criança da Organização das Nações Unidas e da Constituição Federal de 1988.

Na ocasião, foram anunciadas medidas das pastas voltadas à infância e adolescência. Foi lançado um canal de denúncias dentro da plataforma disque 100, número 101, que poderá receber reclamações de profissionais de saúde sobre violações de direitos humanos e atos de violência autopromovida, como suicídio e automutilação.

Dentro da Escola Nacional dos Direitos da Criança e Adolescente, parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), foram lançados dois cursos, um sobre fundamentos dos direitos humanos e outro sobre mediação de conflitos. A previsão do MMFDH é lançar mais 20 cursos neste ano.

Foi criada uma plataforma para o cadastramento dos fundos de direitos da infância. Segundo o secretário Nacional de Direito da Infância, Maurício Cunha, a medida vai “dar mais segurança para gestores estaduais e municipais, minimizando erros e que os fundos atinjam o alvo da política.   

Na cerimônia, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, lembrou que o ECA afirma a infância e adolescência como prioridade absoluta, o que deve se refletir na alocação de recursos e investimentos por parte do Estado.

“Quando você pega o Orçamento da União a gente não está vendo a prioridade absoluta”

Alves destacou que a defesa da prioridade absoluta passa por lembrar do ECA todos os dias como forma de combater as antigas e novas formas de violência e violações de direitos de crianças e adolescentes, como as cometidas em redes sociais.

Os gestores do governo federal anunciaram a divulgação de uma versão do Estatuto em Libras, como forma de disseminar a Lei entre pessoas com deficiência visual. Também será disponibilizada uma versão atualizada do ECA, com a legislação posterior relacionada ao tema.  

O secretário especial da Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, informou que a comissão responsável pela erradicação do trabalho infantil foi reformulada, tendo a participação da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e do Ministério Público do Trabalho (MPT).

Ele adiantou que o governo pretende criar um programa voltado a pais e mães de crianças com deficiência. “A pandemia nos trouxe tristeza, mas uma nova realidade. Criaremos trabalhos específicos para mães de crianças com deficiência, para que possam ficar em casa e ter o seu trabalho”, disse.  

Mais de 18% da população do RN com 18 anos ou mais está imunizada contra Covid-19, diz governo

Mais de 18% da população do Rio Grande do Norte com 18 anos ou mais de idade já está imunizada com as duas doses de vacinas contra a Covid-19, segundo afirmou o governo do estado.

De acordo com levantamento feito pelo Executivo e divulgado no domingo (11), o estado é o terceiro do Nordeste com maior proporção da população vacinada. Os dados são da base nacional do Programa Nacional de Imunizações

De acordo com o levantamento, o RN tem 479.311 pessoas imunizadas com as duas doses, que representam 18,22% do total de 2.630.479 pessoas com mais de 18 anos de idade no estado.

O percentual estadual, portanto, seria dois pontos maior que a média da região, que é de 16,34%. O percentual do RN só ficou abaixo de Pernambuco (19,72%) e Alagoas (18,26%).

Já os dados apresentados no Sistema RN Mais Vacina – usado na administração das doses no estado – apresentavam dados menores, no início da tarde desta segunda-feira (12).

Segundo o sistema local, mais de 474 mil potiguares já estavam totalmente imunizados. Por outro lado, outros 1,3 milhões já teriam tomado pelo menos uma dose.

Nas últimas semanas, o estado vem apresentando uma redução da demanda de leitos de UTI para Covid, além da queda no número de casos e mortes.

Neste domingo (11), o estado registrou a menor média de solicitação por leitos, desde janeiro.

Por G1-RN

Casal que recebeu 3 doses de vacina poderá pagar indenização de R$ 2 milhões

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) entrou com um pedido de indenização contra um casal que recebeu três doses de vacina contra a covid-19 — duas da Coronavac e a terceira da Pfizer. O pedido é feito em uma ação civil pública de reparação por dano moral social coletivo.

Reprodução

O MPMG pede tutela de urgência para impedir que o casal tome a segunda dose da Pfizer ou a primeira de algum outro imunizante, sob pena de multa de R$ 1 milhão, além do pagamento de R$ 500 mil por dano moral coletivo e R$ 500 mil por dano social a cada um dos demandados devido à gravidade da conduta.

Os denunciados têm residência em Belo Horizonte, onde receberam as duas doses da Coronavac, e também em uma fazenda em Rio Novo, onde foram revacinados. Segundo o MPMG, o município tem 8.712 mil habitantes e recebeu, até o dia 7 de julho, 5.663 doses, o suficiente para imunizar menos da metade de sua população, já que são necessárias duas doses.
https://d79e518076c7b4334bd63a5d20bd3441.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html?n=0

A investigação sobre a revacinação começou depois de uma denúncia anônima à Ouvidoria do MPMG. Foi aberto um procedimento administrativo para investigar o caso e o cruzamento de dados das secretarias municipais de Saúde de Belo Horizonte e Rio Novo permitiu comprovar a revacinação de forma fraudulenta. No pedido, a promotora Silvana Silvia Fialho Dalpra afirma que as condutas também darão ensejo à persecução penal pelo suposto crime de estelionato (processo nº 5000525-12.2021.8.13.554)

Valor Investe

Ex-vice-governador Antônio Jácome caminho para se filiar ao MDB

Já circula nos meios políticos a informação que o ex-vice-governdor e ex-deputado federal, Antonio Jácome, caminha para assinar ficha de filiação ao MDB. Antonio, deverá substituir seu filho, o atual deputado estadual Jacó Jácome, na disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa em 2022.

Bolsonaro diz que indicação de Mendonça para o STF deve sair hoje

Presidente falou com a imprensa após reunião com Luiz Fux

Por André Richter – Repórter da Agência Brasil Brasília

O presidente Jair Bolsonaro disse que deve confirmar hoje (12) a indicação do advogado-geral da União, André Mendonça, para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Bolsonaro falou com a imprensa após uma reunião com o presidente da Corte, ministro Luiz Fux. “Hoje, devemos apresentar à noite o nome do André Mendonça, disse o presidente.

Para tomar posse, Mendonça ainda precisará ter o nome aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e pelo plenário da Casa. O ministro deverá ocupar a vaga deixada pelo ministro Marco Aurélio, que se aposentou compulsoriamente nesta segunda feira ao completar 75 anos.

A indicação de Mendonça é a segunda feita por Bolsonaro para uma vaga no Supremo. No ano passado, o presidente indicou o ministro Nunes Marques para a cadeira de Celso de Mello, que também se aposentou.

André Mendonça tem 47 anos e nasceu em Santos (SP). É advogado da União desde 2000 e tem os títulos de doutor e mestre em direito pela Universidade de Salamanca, na Espanha.

Voto impresso

Durante a entrevista, o presidente também voltou a defender a adoção do voto impresso e disse que vai pedir mais prazo para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para apresentar provas de suspeitas de fraudes em eleições anteriores. 

“Nós devemos mostrar para o mundo que o Brasil é um país sério, tem eleições limpas, auditáveis, onde quem ganhar no voto vai assumir sem percalços, sem problemas”, afirmou.

Covaxin

Bolsonaro falou ainda sobre a denúncias no processo de compra da vacina indiana Covaxin, do laboratório Bharat Biotech, e questionou a acusação de prevaricação. 

“O que eu entendo é que a prevaricação se aplica a servidor público, não se aplicaria a mim, mas, qualquer denúncia de corrupção, eu tomo providência, até a do Luis Miranda, mesmo conhecendo toda a vida pregressa dele. Eu conversei com o Pazuello [ex-ministro da Saúde]”, disse. 

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda afirmou ter sofrido pressão incomum de seus superiores para finalizar a tramitação da compra da Covaxin, além de ter conhecimento de supostas irregularidades no processo.

O servidor é irmão do deputado Luis Miranda (DEM-DF), a quem disse ter relatado o caso. À CPI, o parlamentar disse ter levado o relato do irmão até o presidente Jair Bolsonaro, em março, mas que nenhuma providência teria sido tomada. 

Reunião dos Três Poderes

Após a reunião com Bolsonaro, o ministro Luiz Fux disse que vai buscar o diálogo com o presidente. O ministro também propôs uma reunião entre os chefes dos Três Poderes. O encontro foi realizado após Bolsonaro fazer críticas ao ministro Luís Roberto Barroso, que também é presidente do TSE e tem posição contrária ao voto impresso.

“Convidei o presidente da República para uma conversa, diante dos últimos acontecimentos, onde nós debatemos quão importante para a democracia brasileira é o respeito às instituições e os limites impostos pela Constituição Federal. Ao final, nós combinamos reunião entre os Três Poderes para fixarmos balizas sólidas para a democracia brasileira, tendo em vista a estabilidade do nosso regime político”, disse Fux. 

Matéria ampliada às 19h20

Dólar cai pela primeira vez no mês e fecha a R$ 5,17

Bolsa recupera-se de quedas recentes e sobe 1,73%

Publicado em 12/07/2021 – 19:28 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil* – Brasília

dólar

Em um dia de alívio no mercado financeiro, o dólar caiu pela primeira vez no mês e voltou a ficar abaixo de R$ 5,20. A bolsa de valores recuperou-se de quedas recentes e subiu quase 2%, voltando aos 127 mil pontos.

O dólar comercial encerrou a segunda-feira (12) vendido a R$ 5,174, com recuo de R$ 0,065 (-1,75%). A moeda começou o dia em alta, chegando a R$ 5,27 nos primeiros minutos de negociação, mas a cotação começou a recuar ainda durante a manhã, acompanhando o mercado externo.

A divisa acumula valorização de 4,04% em julho, mas voltou a registrar queda no acumulado do ano. Em 2021, o dólar tem pequeno recuo de 0,2%.

Na bolsa de valores, o dia também foi marcado pelo otimismo. O índice Ibovespa, da B3, fechou o dia aos 127.594 pontos, com alta de 1,73%. O indicador recuperou-se das perdas da semana passada, quando tinha acumulado recuo de 1,72%.

Apesar das tensões políticas no Brasil, o mercado recuperou-se motivado tanto por fatores internos como externos. No mercado internacional, as bolsas americanas voltaram a bater recorde, com o avanço da imunização contra a covid-19 em diversos países e a divulgação de lucros elevados de diversas empresas norte-americanas.

No Brasil, a expectativa de mudanças na reforma tributária, cujo relatório está previsto para ser apresentado amanhã (13), animou os investidores. A expectativa de que o Banco Central continue a elevar a taxa Selic (juros básicos da economia) para segurar a inflação também atraiu recursos externos.

*Com informações da Reuters

Natal suspende vacinação da 1° dose das vacinas contra a covid e mantém aplicação da 2° nesta terça-feira (13)

Vacinação segue apenas para à 2° dose de Oxford/AstraZeneca e Covid nos quatro dias drives e nas 35 UBS. Motivo é o uso completo da última remessa de vacinas recebidas.

Por G1 RN

Vacinação da primeira dose está suspensa em Natal — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

A Secretaria Municipal de Natal suspendeu a vacinação da 1ª dose das vacinas contra a Covid para esta terça-feira (13).

De acordo com a pasta municipal, o motivo é o fim do estoque, que acabou nesta segunda-feira (12) – o último lote recebido, com 7.134, foi usado completamente, segundo a pasta. Atualmente Natal imuniza pessoas a partir de 37 anos e trabalhadores da indústria com 29 ou mais.

Assim, nesta terça-feira (13) a vacinação em Natal aplicará apenas as segundas doses das vacinas de Oxford/AstraZeneca e CoronaVac.

Os prazos de intervalo entre a primeira e segunda doses são de 85 dias para a Oxford/AstraZeneca e 28 dias para a CoronaVac.

Quem tiver direito à segunda dose pode se encaminhar para um dos quatro drives (Ginásio Nélio Dias, Sesi, Palácio dos Esportes e Via Direta) ou uma das 35 Unidades Básicas de Saúde (UBS).

“Pedimos que a população compareça para tomar a D2 e completar seu esquema vacinal”, falou o secretário de Saúde de Natal, George Antunes.

A Secretaria de Saúde disse que vai retomar a vacinação da 1ª dose em Natal após a entrega de mais doses de imunizantes pelo Ministério da Saúde, quando também anunciará os novos públicos.

Mãe matou o filho de 6 anos a facadas e tesouradas e suicidou no Lourdes, em BH

As informações preliminares são do delegado Domênico Rocha, da Delegacia de Homicídios, que falou à imprensa fronte ao edifício

Por ALICE BRITO E LUCAS NEGRISOLI 10/07/21 – 13h10

A criança de seis anos que foi morta pela mãe na manhã deste sábado (10) em um condomínio de luxo no bairro Lourdes, região Centro-Sul de Belo Horizonte, apresentava diversas marcas de facadas e cortes nas mãos. A mulher, de 37 anos, que suicidou após o homicídio, tinha perfurações no tórax. 

Mãe matou o filho de 6 anos a facadas e tesouradas e suicidou no Lourdes, em BH

Foto: Fred Magno / O TEMPO

As informações preliminares são do delegado Domênico Rocha, da Delegacia de Homicídios, que falou à imprensa fronte ao edifício. Inicialmente, a Polícia Civil foi informada que havia dois corpos dentro do apartamento, que fica no décimo quarto andar, com marcas de perfuração.

“Havia dois corpos dentro do apartamento. A criança estava no quarto e a mulher em outro, os dois corpos tinham perfurações feitas com material pérfuro cortante. Encontramos no local facas sujas de sangue, tesouras sujas de sangue. Como não havia sinais de arrombamento, nem de luta corporal, as investigações apontam para a linha de homicídio seguido de suicídio. A Polícia Civil não descarta nenhuma hipótese, mas o desenhar dos fatos aponta para esse caminho”, detalhou.

Presidente do TJRN envia à AL projeto de lei para reajustar salário de servidores do Judiciário

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, desembargador Vivaldo Pinheiro, encaminhou à Assembleia Legislativa um projeto de lei que prevê um aumento de 2,4% nos salários dos servidores do Poder Judiciário potiguar.

Reprodução

Uma lei federal de socorro financeiro a estados e municípios em razão da pandemia proíbe o reajuste salarial de servidores públicos até o fim de 2021.

No ofício enviado à AL, o presidente do TJRN argumenta que a proibição imposta pela lei federal “não abraça a revisão geral anual, uma vez que trata de garantia constitucional atribuída aos servidores públicos em geral”.

A assessoria da ALRN informou que o projeto de lei foi lido na sessão ordinária desta quinta (8) e agora será avaliado e distribuído pelo Presidente às comissões permanentes da Casa para tramitação. Não há data prevista para o projeto de lei ser votado.

De acordo com o TJRN, o reajuste pleiteado equivale ao acumulado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido IBGE no período de maio/2019 a abril/2020 e deve ser concedido a servidores efetivos e comissionados.

Justiça Potiguar

MP investiga se Wesley Safadão mudou local de vacina para tomar Janssen

O cantor Wesley Safadão está sendo investigado pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) por suspeita de ter trocado o local da vacinação para poder receber a vacina da Janssen, de dose única. 

MP investiga se Wesley Safadão mudou local de vacina para tomar Janssen
Foto: Reprodução / Instagram

Além disso, MP-CE informou nesta sexta-feira (9) ter instaurado um procedimento preliminar de natureza criminal para apurar se Thayne Dantas, esposa de Safadão, furou a fila da vacinação (veja aqui).

Tanto o cantor como a esposa se vacinaram nesta quinta-feira (8) em Fortaleza. No entanto, o nome de Thayne não estava na lista de agendamento da secretaria de Saúde, e ela não possui a faixa etária do grupo alvo da vacina no momento.

O Ministério Público também vai requerer informações sobre os servidores responsáveis pelo preenchimento dos cartões e pela aplicação da vacina.

Casal é suspeito de criar pistas falsas para proteger Lázaro Barbosa

A polícia desconfia que um casal pode ter ajudado Lázaro Barbosa a se esconder durante 21 dias. Os dois, que foram presos, teriam espalhado pistas falsas para confundir a ação da polícia.

O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, revelou detalhes das investigações do caso. Logo na primeira semana de buscas, um casal de traficantes foi preso. Eles estariam dando suporte na fuga do criminoso e tentando despistar a polícia com pistas falsas. O casal também forneceria drogas a Lázaro.

“Na investigação, descobrimos que tinha um traficante da região, que inclusive era amigo de infância dele, que tudo indicava que estava fornecendo drogas pra ele por conta do trajeto que ele tomou”, detalhou o secretário.

Além do casal, o fazendeiro Elmi Caetano também continua preso. A justiça aceitou a denúncia de que ele também teria ajudado Lázaro Barbosa. O fugitivo teria se escondido na fazenda de Elmi por pelo menos cinco dias, recebendo abrigo e alimentação.

A polícia também suspeita que a mulher de Lázaro teria ajudado na fuga.No celular dela, foram encontradas mensagens e ligações entre os dois. A mulher alega que as conversas ocorreram porque Lázaro queria ver a filha.

Se no início Lázaro era tratado como um assassino em série, hoje a polícia já tem convicção de que ele era um matador de aluguel, que agia a mando de uma organização criminosa da região. Agora, a investigação quer descobrir quem faz parte dessa quadrilha e quais crimes foram cometidos.

“Ele era matador, jagunço dessa quadrilha. Não tira a psicopatia dele, não tira o caráter psicopata dele”, afirmou o secretário.

Fonte: R7

Brasil e Argentina decidem Copa América no Maracanã

Final tem o brasileiro Neymar e o argentino Messi como protagonistas

Publicado em 10/07/2021 – 06:00 Por Agência Brasil – Rio de Janeiro

Um grande palco, com grandes atores e um final inesperado. Este é o roteiro que a decisão da Copa América entre Brasil e Argentina oferece aos amantes do futebol neste sábado (10), a partir das 21h (horário de Brasília), no estádio do Maracanã.

Quarta final

Esta será a quarta vez em que Brasil e Argentina disputam uma decisão de Copa América. Na primeira delas, em 1937, os hermanos ficaram com o título. As duas equipes só voltaram a se encontrar em uma final da competição em 2004, quando a seleção brasileira triunfou por 4 a 2 na disputa de pênaltis.

E o último encontro entre brasileiros e argentinos é de doce lembrança para o Brasil, que venceu por 3 a 0 (gols de Júlio Baptista, Ayala, contra, e Daniel Alves) em 2007 na Venezuela, para conquistar seu oitavo troféu da competição.

Confiança em Neymar

Para o jogo deste sábado, o Brasil deposita suas esperanças no atacante Neymar. Com dois gols e três assistências na competição, o camisa 10 é o jogador que comanda as ações ofensivas da equipe do técnico Tite (que está invicta na atual edição da competição).

E o treinador sabe que Neymar é peça fundamental para garantir o título da Copa América sobre uma equipe que também conta com um dos grandes camisas 10 do futebol atual: “A gente sabe da grandeza de dois ícones do futebol mundial. Falar de Messi e Neymar é falar de excelência, de virtudes técnicas, mentais, físicas, de capacidade de criação muito alta. Aí um grande desafio, um grande espetáculo”.

Messi artilheiro

Se o Brasil confia em Neymar, a Argentina sabe que Messi é a chave da vitória. O camisa 10 faz uma bela Copa América, liderando a artilharia com quatro gols marcados. Para o craque, o título neste sábado teria um sabor especial, pois seria o seu primeiro pela seleção principal de seu país.

Assim como a seleção brasileira a Argentina chega invicta à final. E a grande virtude da equipe comandada pelo técnico Lionel Scaloni é a qualidade do ataque, que conta com nomes como Lautaro Martínez, com três gols no torneio, Di Maria, Papu Gómez e Agüero.

Estudo da Fiocruz mostra efetividade das vacinas em idosos

Pesquisa avaliou pessoas que receberam CoronaVac e AstraZeneca

Publicado em 10/07/2021 – 10:04 Por Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

Uma pesquisa feita pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) constatou que o esquema vacinal completo contra covid-19 (duas doses) garante taxas de efetividade médias de 79,8% em pessoas com 60 a 80 anos e de 70,3% em idosos com mais de 80 anos.

Considerando-se uma média daqueles que receberam o esquema vacinal completo e aqueles que tomaram apenas a primeira dose, as taxas de efetividade ficam em 73,7% em idosos com até 79 anos e de 63% em pessoas com 80 anos ou mais.

O estudo considerou os imunizados com CoronaVac e AstraZeneca e foi feito com base em registros de hospitalização e morte por síndrome respiratória aguda grave (SRAG), o que permitiu avaliar a efetividade em relação à redução de casos graves e óbitos.

As duas vacinas têm, no entanto, taxas diferentes. Na CoronaVac, por exemplo, a taxa de efetividade para pessoas com esquema vacinal completo é de 79,6% para pessoas com 60 a 79 anos e de 68,8% em idosos com 80 anos ou mais.

Se forem considerados todos os imunizados, ou seja, aqueles com esquema vacinal completo e os que tomaram apenas a primeira dose, as taxas são de 70,3% em pessoas com 60 a 79 anos e de 62,9% em idosos com 80 anos ou mais, no caso da CoronaVac.

Para a AstraZeneca, no entanto, não foi possível avaliar a efetividade com o esquema vacinal completo, já que a segunda dose só é aplicada três meses depois da primeira. Portanto, a Fiocruz trabalhou com estimativas.

A taxa de efetividade da AstraZeneca com aqueles que receberam pelo menos a primeira dose chegou a 81,7% para pessoas com 60 a 79 anos e de 62,8% naqueles com 80 anos ou mais.

“A efetividade da vacinação continuará a ser avaliada, buscando estimar os dados de efetividade das vacinas com sua utilização no mundo real, no contexto epidemiológico e das variantes circulantes. Nesse sentido, os dados obtidos até o momento refletem principalmente as evidências de proteção vacinal frente à variante gama, preponderante no país neste período”, informa nota técnica divulgada pela Fiocruz.

A nota destaca ainda que medidas restritivas e o uso de máscaras podem influenciar no aumento de infecções por covid-19. “O relaxamento de medidas não farmacológicas após a vacinação, como uso menos frequente de máscara e aumento nas interações sociais presenciais sem os devidos cuidados de distanciamento e ventilação, induzem a maior risco de infecção”.

Prefeito de Pedro Avelino sofre mais uma derrota no TJRN

A defesa do prefeito de Pedro Avelino/RN, Alexandre Sobrinho (MDB) sofreu mais uma derrota no Tribunal de Justiça do Estado.

Após ser derrotado por unanimidade de votos no pleno do TJRN em março, o prefeito, interpôs os presentes embargos de declaração em face do acórdão de Id 8811625, que negou provimento a agravo interno protocolado pela defesa do prefeito, mantendo a decisão de negativa de seguimento ao Recurso Especial (Id. 710242).

O prefeito ora citado vem tentando a todo custo protelar sua saída da prefeitura com recursos jurídicos e perdendo todos.

Confira na íntegra a decisão

Wesley Safadão mudou de posto para escolher vacina de dose única

Enquanto muita gente criticou Thyane Dantas(esposa do artista) por ter tomado a vacina contra a Covid-19 antes da faixa etária dela, poucas pessoas repararam que Wesley Safadão também não seguiu o determinado na hora de se imunizar. O cantor estava agendado para ser vacinado no Centro de Eventos do Ceará, mas se dirigiu a outro posto.

Safadão escolheu se vacinar em um shopping do bairro Jóquei Clube, onde ele sabia que estavam sendo aplicadas as vacinas da Janssen, de dose única. Como a prefeitura de Fortaleza determina que os cidadãos agendem sua vacinação, o que o cantor fez também não é legalizado.

A coluna procurou a assessoria de imprensa de Safadão para saber porque Thyane foi vacinada antes da data prevista para sua idade e informaram que ela recebeu a “xepa” do imunizante. Mas a Secretaria Municipal de Fortaleza (SMS) abriu um inquérito para averiguar a legalidade da ação.

Nesta quinta-feira (8/7), apenas pessoas nascidas anteriormente a 1989, grávidas ou com comorbidades que tivessem o nome na lista de vacinação disponível no sistema do Governo do Estado de Fortaleza poderiam se vacinar. O nome de Thyane não apareceu em nenhuma das publicações.

Coluna Léo Dias – Metrópoles

Trabalhadores nascidos em junho podem sacar auxílio emergencial

Parcela foi depositada em 24 de junho

Publicado em 09/07/2021 – 07:57 Por Wellton Máximo* – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Saque do auxílio emergencial

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em junho podem sacar, a partir de hoje (9) a terceira parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 24 de junho.

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta-corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

Ooriginalmente, o saque estava previsto para ocorrer em 27 de julho, mas foi antecipado em quase três semanas por decisão da Caixa. Segundo o banco, a adaptação dos sistemas tecnológicos e dos beneficiários ao sistema de pagamento do auxílio emergencial permitiu o adiantamento do calendário.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Calendário de saques da terceira parcela do auxílio emergencial 2021
Calendário de saques da terceira parcela do auxílio emergencial 2021 – Caixa – Divulgação

Regras

Pelas regras estabelecidas, o auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

* Colaborou Andreia Verdélio

Média de mortes por covid-19 está em queda desde junho, diz Fiocruz

Segundo levantamento, média móvel de óbitos passou de 2.075 para 1.440

Publicado em 09/07/2021 – 15:36 Por Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil – undefined

Pessoas com máscara caminham no centro do Rio de Janeiro

O número de mortes por covid-19 vem caindo no país de “forma consistente” desde 19 de junho. Os dados são do levantamento Monitora Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

No último dia 19 foram contabilizados 2.075,43 óbitos segundo a média móvel de sete dias. Ontem (8), esse número caiu para 1.440,57. O ápice de mortes da segunda onda ocorreu no dia 12 de abril com 3.123,57 mortes diárias.

O número de casos diários de covid-19, segundo a média móvel de sete dias, chegou a 48.636,86 nesta quinta-feira (8). Segundo a fundação, houve queda expressiva em relação a 23 de junho, quando alcançou o maior patamar da pandemia no Brasil, com 77.264,71 casos diários.

O epidemiologista Diego Xavier, pesquisador do Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict), da Fiocruz, destacou que, apesar da tendência observada de queda no número de casos e de óbitos, o nível dos indicadores ainda está muito alto no país.

“A média móvel de óbitos, em torno de 1,5 mil, ainda é muito superior a tudo o que a gente viu em 2020. Temos observado uma tendência de diminuição de mortes desde meados de abril, e isso é efeito principalmente da vacinação entre os mais idosos”, disse.

O pesquisador alertou, entretanto, que, com o ritmo de vacinação ainda lento e a possibilidade de circulação da nova variante Delta, com origem na Índia e altamente infecciosa, a população ainda precisa manter os cuidados como o uso de máscara e o distanciamento social para evitar a transmissão do novo coronavírus e o surgimento de novas variantes de risco.

“É preciso acelerar a vacinação. E, mesmo tomando a vacina, é necessário manter os cuidados até que a gente tenha um volume de pessoas vacinadas suficiente para criar uma imunidade coletiva e, aí sim, retomar algumas atividades com cuidado”, afirmou o epidemiologista.

Seletiva: A Prefeitura de Pedro Avelino publica edital de processo seletivo para Operador de Máquinas e Gari

O site da Femurn trouxe na edição desta sexta-feira (09), EDITAL 03/2021 – PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO da prefeitura de Pedro Avelino/RN, visando o provimento temporário de cargos público com 03 vagas para OPERADOR DE MÁQUINAS E 08 vagas para GARI.

O que mais uma vez chama atenção é o prazo das inscrições que se dá abertas no período de 12/07 a 16.07.2021, apenas 04 dias. A inscrição deverá ser realizada junto á Secretaria Municipal de Planejamento e Administração, sita à Praça Pedro Alves Bezerra nr. 266, no horário das 8h às 13h, mediante o preenchimento de Ficha de Inscrição.

Será que dessa vez terá alguém para da informações ou mais vez vão dizer que a Secretária tá viajando?

Aqui esta os nomes que constitui a comissão do processo seletivo

Internado com Covid-19, Luciano Szafir, de 52 anos, teve sintomas na véspera da vacinação de sua faixa etária

Ator foi submetido a uma cirurgia nesta quarta; filha de Szafir e Xuxa, Sasha Meneghel antecipou volta dos EUA para o Brasil

O Globo 08/07/2021 – 19:32 / Atualizado em 08/07/2021 – 20:25

O ator Luciano Szafir Foto: Divulgação
O ator Luciano Szafir Foto: Divulgação

Internado desde 22 de junho por complicações da Covid-19, Luciano Szafir foi contaminado um dia antes de receber a vacina contra o coronavírus, de acordo com sua faixa etária. Segundo sua mulher, Luhanna Szafir, o ator e empresário teria se contaminado no dia 14 do mês passado. Pelo calendário de vacinação do Rio, a imunização das pessoas de 52 anos na cidade começaria no dia 15.

—  Ele chegou de um trabalho que foi fazer na Bahia e estava com alguns sintomas. Desconfiado, fez o teste e foi constatada a reinfecção. Iríamos os dois vacinar no dia seguinte —  disse Luhanna ao Extra.

Filha de  Szafir e da apresentadora Xuxa, a modelo Sasha Meneghel teria antecipado sua volta ao Brasil por conta do estado de saúde do pai, segundo informações da revista “Quem”. A modelo está nos Estados Unidos com o marido, João Figueiredo.

Sasha pede orações para o pai, Luciano Szafir, em seu Instagram Foto: Reprodução
Sasha pede orações para o pai, Luciano Szafir, em seu Instagram Foto: Reprodução

Na última quarta-feira (7/7), o ator foi submetido a uma cirurgia para retirada de hematoma e segmento do cólon, como informou a assessoria do artista. Na tarde desta quinta-feira (8/7), ele foi transferido do Hospital Samaritano Barra, na Zona Oeste do Rio, para o Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul carioca.

Szafir segue sedado no pós-operatório”, informou o documento liberado na noite de quarta-feira. Em suas redes sociais, Sasha, filha de Luciano Szafir, solicitou orações de fãs para seu pai, que mantém quadro estável. “Agradecemos as mensagens de carinho”, escreveu Sasha, acrescentando: “Pedimos que continuem orando a fim de unirmos nossa fé para recuperação completa do meu pai”.

Entenda o caso

Mestre em epidemiologia, o médico Danilo Klein explica por que um problema no intestino pode estar relacionado ao coronavírus. Ele lembra que todos os pacientes internados em estado grave são medicados com anticoagulantes, o que — em casos raros — pode gerar hematomas em quaisquer partes do corpo, como o cólon. Grosso modo, hematomas são sangramentos que causam acúmulos de sangue em determinado local do organismo.

— Todo paciente internado e imoblizado em leito, e que não se movimenta, tem um risco aumentado de fazer trombose. Para evitar a trombose e o tromboembolismo pulmonar, que é a trombose no pulmão, são utilizados medicamento profiláticos. O perigo é que, em alguns casos, isso pode evoluir para o contrário e o anticoagulante causar um hematoma — esclarece o médico. — O hematoma pode acontecer em qualquer lugar do corpo: nos membros, no local de injeções ou até mesmo em órgãos internos.

Esta é a segunda vez que Luciano Szafir contrai a doença. Em fevereiro ele teve sintomas leves, mas desta vez teve uma reação mais agressiva, com febre persistente.

Saúde e Educação elaboram protocolo de retorno seguro às aulas

Aulas retornariam no mês de agosto

Publicado em 08/07/2021 – 14:51 Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Os ministros da Saúde, Marcelo Queiroga, e da Educação, Milton Ribeiro, defenderam hoje (8) o retorno dos estudantes às salas de aula. Os dois anunciaram a preparação de um protocolo de retorno e fizeram, de forma conjunta, um “apelo” a gestores municipais e estaduais para que comecem de imediato a preparação para essa retomada.

Segundo o ministro da Saúde, 80% dos professores do ensino básico já receberam a primeira dose da vacina, o que possibilitaria, a partir de agosto, um retorno seguro às aulas. “Temos apoio da Unicef, da Unesco, da OMS e da OCDE [para isso]. Há absoluto consenso de que vacinação não é pré-requisito para o retorno às aulas. Vamos, portanto, criar um protocolo conjunto que será estabelecido por portaria interministerial, estabelecendo as regras para o retorno seguro”, disse ele ao reiterar que a narrativa de que o Brasil vai mal na vacinação já estaria se dissolvendo.

A expectativa é de que a portaria com o protocolo de retorno às aulas seja publicada no início da semana que vem.

O ministro da Educação disse que o país “chegou ao limite”. “Somos um dos últimos países com as escolas fechadas. A perda é acadêmica, emocional e pode até ser considerada nutricional para muitas crianças”, disse ele ao criticar “a falta decisão política dos entes federados lá na ponta”.

Na avaliação de Ribeiro, “alguns estados e algumas redes infelizmente estão politizando o assunto de educação, tratando as crianças como peça de manobra política”.

Ele criticou também discursos que tem ouvido, segundo os quais seria necessário vacinar crianças antes de se dar início ao retorno das aulas. “Daqui a pouco o discurso vai ser vacinar os pais e avós, e aí não se volta mais”.

Dirigindo-se aos “narradores da narrativa de que tudo vai mal”, que segundo ele “regularmente tomam emprestados exemplos de fora para mostrar nossos erros”, Ribeiro disse que, agora, o país tem de “buscar exemplos de fora para mostrar que estamos errados em não restabelecer a aula presencial”.

Pedro Avelino: Inmet emite alerta de acumulado de chuvas para 57 cidades do RN; veja lista

Aviso de perigo potencial por acumulado de chuvas vale até as 10hs desta sexta-feira (9).

Por G1 RN

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta amarelo de perigo potencial de acumulado de chuva para 57 cidades do Rio Grande do Norte. O alerta vale até as 10h desta sexta-feira (9).

Para as cidades sob alerta de chuvas, há o risco de precipitações entre 20 e 30 milímetros por hora ou 50 milímetros por dia. Nestas cidades, há baixos riscos de alagamentos e deslizamentos.

As instruções gerais para a população, ainda de acordo com o instituto, envolvem, evitar enfrentar o mau tempo, observar alteração nas encostas, evitar uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada e, em caso de urgência, acionar a Defesa Civil (telefone 199) e o Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Cidades com alerta de acumulado de chuvas:

  1. Afonso Bezerra
  2. Alto Do Rodrigues
  3. Angicos
  4. Areia Branca
  5. Arês
  6. Baraúna
  7. Baía Formosa
  8. Bento Fernandes
  9. Brejinho
  10. Caiçara Do Norte
  11. Canguaretama
  12. Carnaubais
  13. Ceará-Mirim
  14. Espírito Santo
  15. Extremoz
  16. Galinhos
  17. Goianinha
  18. Grossos
  19. Guamaré
  20. Ielmo Marinho
  21. Ipanguaçu
  22. Jandaíra
  23. Jardim De Angicos
  24. João Câmara
  25. Jundiá
  26. Lajes
  27. Macau
  28. Macaíba
  29. Maxaranguape
  30. Monte Alegre
  31. Mossoró
  32. Natal
  33. Nísia Floresta
  34. Parazinho
  35. Parnamirim
  36. Pedra Grande
  37. Pedra Preta
  38. Pedro Avelino
  39. Pedro Velho
  40. Pendências
  41. Porto Do Mangue
  42. Poço Branco
  43. Pureza
  44. Rio Do Fogo
  45. Senador Georgino Avelino
  46. Serra Do Mel
  47. São Bento Do Norte
  48. São Gonçalo Do Amarante
  49. São José De Mipibu
  50. São Miguel Do Gostoso
  51. Taipu
  52. Tibau
  53. Tibau Do Sul
  54. Touros
  55. Vera Cruz
  56. Vila Flor
  57. Açu

Deputado Tomba Farias ataca professores e diz: “Os professores estão há 1 e 9 meses de férias em casa sem fazer nada”

A professora Francisca Joseni dos Santos utilizou seu perfil em uma rede social nesta última quarta-feira (07) para publicar uma carta aberta direcionada ao deputado estadual Tomba Farias.

Tomba Farias: “E agora, deputado Hermano, vem a greve dos professores. Greve de quê? Estão em férias há 1 ano e 9 meses. Há um ano 1 nove meses que não tem aula no Rio Grande do Norte”, afirmou o deputado

Veja à carta na íntegra

Cartinha aberta ao Excelentíssimo Senhor Deputado Estadual Tomba Farias.

Vossa Excelência sabe do que está falando? Ou só está arrotando ignorância como sempre?

Quando for falar sobre algo e sobre a categoria de PROFESSORES em especial, procure se informar, certamente o Senhor deve ter uma Equipe competente para fazer pesquisas sobre diversos temas.

Escrevo-lhe do meu lugar de fala, sou Professora.  Não somos PREGUIÇOSOS E NEM TAMPOUCO VAGABUNDOS, como muitos dizem de forma geral.

Use o seu tempo e sua influência para solicitar aos gestores públicos AJUDA FINANCEIRA para os professores que tiveram que usar seus salários para pagar um pacote melhor de Internet,  comprar um smartphone mais potente, bem como adquirir um notebook que suporte a demanda das aulas remotas, sabes porquê? Por que estávamos trabalhando de forma remota com os nossos alunos, ao contrário do que o Senhor diz.

Sim, lembro ainda que use de sua influência junto ao Presidente da República de quem Vossa Excelência é fiel seguidor e peça-lhe para que pague a Internet dos alunos, projeto este que já foi aprovado pela Câmara e ele está querendo vetar.

Grata.

Saudações docentes
Francisca Joseni dos Santos
PROFESSORA

PF desarticula grupo criminoso que fraudava auxílio emergencial no RN

Cerca de 20 policiais federais cumpriram 4 mandados de busca e apreensão nas cidades de Mossoró, Tibau e Grossos, na Região Oeste Potiguar

Prejuízo estimado é de mais de R$ 15 mil aos cofres públicos (Foto: cedida)

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira 8 a Operação Espúrio, com o objetivo de desarticular grupo criminoso responsável pelo recebimento fraudulento de parcelas do Auxílio Emergencial no Rio Grande do Norte.

Cerca de 20 policiais federais cumpriram 4 mandados de busca e apreensão nas cidades de Mossoró, Tibau e Grossos, na Região Oeste Potiguar.

As investigações tiveram início em fevereiro deste ano, a partir da análise de notícias de fraudes ao Auxílio Emergencial constantes da Base Nacional de Fraudes ao Auxílio Emergencial – BNFAE, que centraliza as contestações de beneficiários à Caixa Econômica Federal e é fruto da Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial – EIAFAE, definida pela Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, Caixa Econômica Federal, Controladoria-Geral da União, Tribunal de Contas da União e Receita Federal, para racionalização do tratamento contra irregularidades no Auxílio Emergencial, com foco na apuração do envolvimento de associação, grupo ou organização criminosa.

Os levantamentos identificaram que o grupo criminoso realizava o cadastro de terceiros para recebimento do benefício emergencial por meio do aplicativo CAIXA TEM e, após a concessão do auxílio, os valores eram movimentados para contas controladas pelos integrantes da quadrilha por meio de transferências eletrônicas ou de pagamentos de boletos, tendo sido identificados, até o momento, o recebimento indevido de 28 parcelas do Auxílio Emergencial, totalizando prejuízo de mais de R$ 15 mil aos cofres públicos.

Os envolvidos responderão pelos crimes de furto qualificado e estelionato qualificado, cujas penas, somadas, podem alcançar 14 anos e 8 meses de reclusão.

“ESPÚRIO”: O nome da operação faz referência a tudo aquilo que não é legítimo, tal qual o recebimento indevido do Auxílio Emergencial.

Saiba mais em: https://agorarn.com.br/ultimas/pf-desarticula-grupo-criminoso-que-fraudava-auxilio-emergencial-no-rn/ | Agora RN

FPM de julho: Pedro Avelino vai receber R$ 289.172,47 no primeiro repasse

FPM de julho começa com repasse de R$ 4,7 bilhões; transferência ocorre no dia (9)

Mais de R$ 4,7 bilhões. Esse será o valor do primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de julho. A cota-parte de cada uma das 5.568 prefeituras entra nas contas específicas nesta sexta-feira, 9. Com base nos dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o montante será 41,34% maior que o mesmo repasse ocorrido ano passado. No entanto, quando se considera a inflação do período, o crescimento do Fundo fica em 31,62%.

Se calcular o desconto de 20% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o valor partilhado deixa de ser R$ 4.764.853.786,54 e reduz para R$ 3.811.883.029,23. Conforme explica a entidade, o primeiro decêndio representa metade do valor esperado para o mês inteiro. Sobre o montante, individualmente, os gestores devem aplicar 15% da saúde e destinar 1% ao Pasep.

Os dados são calculados pelos Estudos Técnicos da Confederação Nacional de Municípios (CNM) a partir do resultado do Imposto de Renda e Imposto sobre Produtos Industrializados (IR) e (IPI) entre os dias 20 e 30 do mês anterior. Até o momento, em todos os meses, o FPM tem sido maior que os repasses ocorridos em 2020. Na mesma época do ano passado, os cofres municipais haviam recebido R$ 58,5 bilhões.

De janeiro até agora, o Fundo dos Entes municipais já contabilizou R$ 76,3 bilhões. Ainda com a inflação, o Fundo de 2021 está 22,48% maior e o 1% adicional de julho foi 15,85% superior. Esses valores e os demais repasses constitucionais podem ser conferidos pelos gestores locais no conteúdo exclusivo do site. Sobre isso, os Estudos Técnicos da CNM alertam para o incerto cenário econômico, que afeta diretamente nos repasses dos Municípios.

“Quando se avalia mês a mês, nota-se dois ciclos distintos: no primeiro semestre, ocorrem os maiores repasses; e, entre julho e outubro, os valores diminuem significativamente”, explica o primeiro levantamento do mês. O presidente Paulo Ziulkoski, da CNM, tem chamado atenção para a crise enfrentada nas prefeituras por conta da pandemia. Essa questão acende o sinal amarelo, a instabilidade causada pela Covid-19 e a suspeita de uma terceira onde de contaminações.

Do total repassado, os Municípios de coeficientes 0,6 ficarão com R$ 938.511.301,21. Assim, 2.447 prefeituras ficam com apenas 19,70% do montante total. Em contrapartida, os 168 Entes municipais de e coeficientes 4,0 receberão valor de R$ 627.368.393,76, o que representa 13,17% dos R$4,5 bilhões repassados.

Veja o levantamento completo AQUI

Da Agência CNM de Notícias

Cidade de Parazinho/RN de luto, morre ex-prefeito Marquinhos

Faleceu na manhã desta quarta-feira (7), em um Hospital na capital do estado, aos 57 anos o ex-prefeito da cidade de Parazinho Marquinhos, o mesmo era muito conhecimento não só na sua terra e sim em todo RN pelo jeito simples de fazer amigos (a) quando tinha sua loja Marcos Esportes em Igapó. Na política foi vereador, vice-prefeito e depois prefeito de sua terra natal Parazinho/RN.

Segundo informações da filha Kamila o sepultamento do seu pai será nesta quinta-feira (8) em Parazinho.

Informações do blog https://moisesaraujo.com.br/

Projeto da ‘Cruz Milagrosa’ é apresentado ao Ministério do Turismo em 2017 pela prefeita Neide Suely e José Adécio

O planejamento do projeto da “Cruz Milagrosa” foi desenvolvido e elaborado pela gestão da ex-prefeita Neide Suely.

O projeto foi sonhado com objetivo de trazer para Pedro Avelino/RN, o turismo religioso e com isso trazer os romeiros alavancando a economia do município.

A realização da obra da “Cruz Milagros”, é devido a força política do ex-deputado José Adécio que junto ao ex-senador José Agripino destinou recursos na ordem de R$ 1.000.000,00 de reais.

Infelizmente a obra que esta sendo feita é totalmente diferente do projeto original. Se houve alguma mudança no projeto e pelo andamento da obra teve o prefeito Alexandre Sobrinho (MDB) deve vim a público e mostrar quais foram as mudanças.

Vejam o projeto original da cruz milagrosa:

Solicitação de leitos de UTI para Covid caem 74% em 40 dias no RN

Estado caiu de 156 solicitações em 26 de maio para 40 nesta terça-feira (6)

Por G1 RN 07/07/2021

Gráfico mostra redução das solicitações de leitos covid-19 no RN nos últimos 40 dias Foto: Regula RN

Em cerca de 40 dias, o número de solicitações de leitos de UTI para Covid-19 caiu 74% no Rio Grande do Norte. Os dados são do sistema Regula RN, usado na administração dos leitos públicos.

O estado chegou ao pico de solicitações no dia 26 de maio, quando o sistema de saúde abriu pedidos para internação de 156 pacientes em um único dia. Naquele período, havia fila de espera por leitos na rede pública.

Nesta terça-feira (6), o estado registrou apenas 40 pedidos – média vista pela última vez, no estado, em janeiro deste ano. Na manhã desta quarta-feira (7), o estado tinha mais de 170 vagas disponíveis e a taxa de ocupação de leitos era de 55,9%. A taxa de ocupação atual é a menor do ano.

Porém, o número de solicitações ainda é maior que em outros períodos, como novembro de 2020, quando o estado chegou a registrar apenas 20 solicitações.

Com a redução dos índices da pandemia desde o fim do último mês de junho, o estado ampliou a flexibilização das medidas de prevenção à Covid-19 e suspendeu o toque de recolher no estado.

As autoridades do estado atribuíram a melhora do quadro à vacinação da população. “Até o momento, foram aplicadas 1.684.086 doses das vacinas contra a covid-19”, informou o governo, ao divulgar as novas medidas. Mais de 400 mil pessoas já tomaram as duas doses de vacinas e são consideradas totalmente imunizadas.

A população do estado é estimada em cerca de 3,5 milhão de pessoas.

RN tem taxa de ocupação de 55,9% nos leitos Covid. — Foto: Sandro Menezes

Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê

Ataque ocorre em meio ao aumento da violência política no país

O presidente do Haiti, Jovenal Moise, foi assassinado a tiros por agressores não identificados em sua residência durante a noite, em “um ato desumano e bárbaro”, disse o primeiro-ministro interino do país, Claude Joseph, nesta quarta-feira (7). A esposa de Moise foi ferida e estava recebendo atendimento médico, disse Joseph em comunicado.

O ataque ocorre em meio ao crescimento da violência política na empobrecida nação caribenha. Com o Haiti dividido politicamente e enfrentando crescente crise humanitária e desabastecimento de alimentos, há temores da disseminação da desordem. “Todas as medidas estão sendo tomadas para garantir a continuidade do Estado e proteger a nação”, disse Joseph. Disparos de armas de fogo podiam ser ouvidos em toda a capital do país.

Porto Príncipe vem sofrendo com um aumento da violência entre gangues e entre esses grupos e a polícia pelo controle das ruas.

A violência foi alimentada pelo aumento da pobreza e da instabilidade política. Moise enfrentou protestos ferozes desde que assumiu a Presidência em 2017, com a oposição acusando-o, neste ano, de tentar impor uma ditadura ao ampliar seu mandato e se tornar mais autoritário – acusações que ele negava.

Governo do RN edita novo decreto com o fim do toque de recolher

Com mudanças no horário de funcionamento das atividades socioeconômicas, nova regra de ocupação de espaços em templos religiosos e o fim do toque de recolher, o Governo do Estado publica novo decreto com medidas protetivas, de caráter excepcional e temporário, destinadas ao enfrentamento da pandemia de covid-19 no Rio Grande do Norte. As novas regras entram em vigor nesta quarta-feira (07) e tem prazo de vigência até 04 de agosto de 2021.

A partir de agora, todos os segmentos das atividades socioeconômicas poderão funcionar das 5h da manhã até meia-noite, seguindo os protocolos de segurança sanitária. Os serviços de food park, restaurantes, bares, lojas de conveniência e similares disporão de mais 60 minutos de tolerância para encerramento das atividades presenciais.

O Decreto n° 30.714, de 06 de julho de 2021, também autoriza a retomada gradual e responsável, em três etapas, das atividades coletivas de natureza religiosa em igrejas, templos, espaços religiosos de matriz africana, centro espíritas, lojas maçônicas, e estabelecimentos similares, respeitados os protocolos sanitários vigentes, conforme o seguinte cronograma:

Fase 1: a partir de 23 de julho/21, observada a ocupação máxima de 60% da capacidade do local;

Fase 2: a partir de 06 de agosto/21, 80% da capacidade máxima;

Fase 3: a partir de 20 de agosto/21, permitida a ocupação de 100% da capacidade do local.

O funcionamento das atividades religiosas, bem como o avanço das fases do cronograma ficam restritos aos municípios cujo indicador composto encontra-se fora da classificação de alto ou risco extremo de controle da doença.

Pela primeira vez, desde 27 de fevereiro, não haverá toque de recolher entre as medidas protetivas relacionadas ao distanciamento social. Isso foi possível graças à melhoria dos indicadores epidemiológicos e do aumento da cobertura vacinal. Até o momento, foram aplicadas 1.684.086 doses das vacinas contra a covid-19.

“Quanto ao toque de recolher, nós vamos suspendê-lo por tempo indeterminado, porém, caso haja necessidade de retornar a restringir a circulação de pessoas pelo menos de madrugada, ele pode ser retomado. Nossa gestão seguirá acompanhando o quadro pandêmico sempre à luz da Ciência. Continuamos lutando diuturnamente para ampliar a cobertura vacinal e para cumprimento dos protocolos sanitários”, disse a governadora Fátima Bezerra.

Os municípios deverão manter a fiscalização do cumprimento das medidas sanitárias de enfrentamento e prevenção ao novo coronavírus estabelecidas neste decreto e nos protocolos setoriais, coibindo aglomerações, seja em espaços públicos ou privados, abertos ou fechados, sem prejuízo da possibilidade de, no âmbito de sua competência, editar medidas mais restritivas. Para isso, o Estado do Rio Grande do Norte disponibilizará suas forças de segurança aos municípios, por meio das operações do Programa Pacto Pela Vida.

As demais regras destinadas a evitar a propagação do vírus, como o uso obrigatório de máscara, escalonamento de horários de funcionamento do comércio, proibição do transporte de passageiros em pé nos transportes públicos municipais, permanecem em vigor.

No final da tarde desta terça-feira, o Regula RN registrava 168 leitos críticos vagos, o que corresponde a 40,8% do total.

Governo do RN

Justiça determina que envolvidos em desvios de precatórios do TJRN devolvam R$ 14,1 milhões aos cofres públicos

Uma decisão da 3ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal determinou que os ex-desembargadores Rafael Godeiro e Osvaldo Cruz, a ex-chefe da Divisão de Precatórios Carla Ubarana e o marido dela, George Leal, devolvam aos cofres públicos R$ 14,1 milhões (exatamente R$ 14.195.702,82).

Os quatros foram condenados pela Justiça após a Operação Judas, do Ministério Público do RN, revelar um esquema de desvio de dinheiro nos precatórios no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

A decisão do magistrado Bruno Montenegro Ribeiro Dantas determina a Rafael Godeiro, Osvaldo Cruz e George Leal “a perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio” e “o ressarcimento integral do dano causado ao erário estadual”.

Além disso, impõe a perda da função pública “que eventualmente estiver ocupando” ao trio, além do “pagamento de multa civil correspondente ao valor do acréscimo patrimonial decorrente do ilícito” e a “proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 10 anos”.

Para Carla Ubarana, além dessas sanções, foi determinada a suspensão dos direitos políticos por 10 anos e “pagamento de multa civil correspondente a três vezes o valor do acréscimo patrimonial decorrente do ilícito”.

Decisão

O juiz reforçou ainda no documento que o escândalo de desvios dos precatórios no Tribunal de Justiça do RN representou um dos maiores da administração pública no estado pelos valores e também por envolver autoridades de cargos respeitados na instituição.

“O mecanismo de ilicitudes perpetrado afigurou-se traumático para a reputação do Tribunal de Justiça Estadual; sua ocorrência fora amplamente divulgada na imprensa e a Corte, constitucionalmente incumbida da salvaguarda de direitos, viu-se desmoralizada, haja vista que, à época, foi anfitriã de um dos maiores escândalos criminosos da Administração Pública levado a cabo e usufruído, justamente, pela iniciativa de algumas de suas mais elevadas autoridades e por uma de suas servidoras”, pontou.

O magistrado pontuou que “impõe-se destacar que, em razão da improbidade já desvelada, a Administração Pública experimentou relevante e gravíssimo prejuízo, estimado em R$ 14.195.702,82, o qual, acrescido dos aspectos acima elencados, repiso, justificam a imposição das sanções aos demandados”.

Entenda o caso

A ex-chefe da Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte Carla de Paiva Ubarana Araújo Leal e o marido dela, George Leal, foram presos em fevereiro de 2012. Em 2013, os dois foram condenados por fraudes na divisão de Precatórios do TJRN. Segundo a denúncia do Ministério Público, Carla encabeçava um esquema que desviou, de acordo com a sentença, R$ 14.195.702,82 do TJ. Os mandados de prisão foram expedidos pelo juiz da 7ª vara Criminal de Natal, José Armando Ponte Dias Junior.

Carla Ubarana foi condenada inicialmente a 10 anos, 4 meses e 13 dias, mais 386 dias-multa em regime fechado. George Leal pegou pena de 6 anos, 4 meses e 20 dias, mais 222 dias-multa em regime semiaberto. Os dois foram condenados por peculato.

José Armando Ponte, ainda na sentença, mandou que todos os bens apreendidos em nome de Carla e George fossem leiloados e que o dinheiro arrecado nesses leilões fosse depositado em conta a ser definida pelo Tribunal de Justiça.

Os demais réus foram absolvidos.

Operação Judas

O esquema de corrupção no TJ foi investigado pelo Ministério Público Estadual, que desencadeou a Operação Judas, em 2012. Após acordo de delação premiada, Carla e George assumiram a autoria dos crimes e citaram que tudo ocorria sob o consentimento dos ex-presidentes do TJRN, os desembargadores Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro. Em 2013, ambos foram afastados da Corte potiguar pelo Conselho Nacional de Justiça e aposentados compulsoriamente. Eles ainda respondem pelo caso à Justiça.

G1

Alguns efeitos colaterais após aplicação da vacina Covid-19 Fiocruz é de natureza leve

✅ A maioria dos efeitos colaterais após a aplicação da Vacina Covid-19 Fiocruz é de natureza leve a moderada e resolvida dentro de poucos dias.

✅ Algumas pessoas podem ter mais de uma reação ao mesmo tempo e isto não deve ser motivo para preocupação.

✅ Nos estudos clínicos com a vacina, menos efeitos colaterais foram relatados após a segunda dose.

👥 Compartilha esse post com alguém que você sabe que precisa dessas informações.

Fonte: Fiocruz💉

Covid-19: Bar na zona Norte é interditado por descumprir decreto

Um bar situado na Av. Itapetinga, zona Norte de Natal, foi interditado na noite dessa segunda-feira (5) pelos fiscais da secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb). O motivo foi o descumprimento das medidas de prevenção e combate ao Coronavírus previstas em decreto municipal. Agentes das Guarda Municipal do Grupamento de Ações Ambientais (GAAM) e da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) também participaram da operação. 

Reprodução

O estabelecimento interditado  já havia sido fiscalizado no dia 25 de junho, momento em que foi realizada a interdição parcial para realização de música ao vivo, bem como em face da ocupação irregular de passeio público e canteiros.

Os fiscais chegaram até o local após denúncias da população, que ainda no fim de semana, teria havido descumprimento da interdição parcial.  Bem como de que haveria a realização de um show com uma banda de forró na noite da segunda com divulgação nas redes sociais da empresa.

O supervisor geral de Fiscalização Ambiental da Semurb, Leonardo Almeida, explica que além da interdição total da atividade, foi aplicada uma multa de R$ 2.149,00.  “Neste momento, fez-se necessário a adoção de uma medida de cautela mais dura, como a interdição total da atividade, visto que o estabelecimento vinha incorrendo insistentemente no descumprimento da norma e das determinações impostas pelo poder público”, disse Almeida. 

E ainda que o proprietário do estabelecimento foi intimado a comparecer na Semurb para esclarecimentos  na próxima quarta-feira (7).  “A Semurb tem um compromisso claro com a sociedade, que é o de defender os interesses difusos, bem como salvaguardar as atividades econômicas geradoras de importantes divisas ao Município, desde que estas estejam em irrestrito cumprimento de suas obrigações legais”, finaliza.

Para denúncias de infrações ambientais a população pode utilizar o canal da Ouvidoria da Semurb no (84) 3616-9829 ou e-mail ouvidoria.semurb@natal.rn.gov.br, de segunda a sexta-feira  das 8h às 16h. Ou ainda, nos fins de semana e feriados, pelo canal 24h do Ciosp, no número 190 e também no disque denúncia da Polícia Civil no 181.

Em carta, Lázaro disse estar sem munições e que não se entregaria à polícia

Bilhete foi encontrado no bolso do criminoso no dia em que foi morto por policiais militares de Goiás. Secretaria de Segurança Pública admite que Lázaro teve acesso à internet no período em que esteve foragido, em área de mata

Por Darcianne DiogoPor Ana Isabel Mansur05/07/2021 13:44

SSP-GO/Divulgação
SSP-GO/Divulgação

Em atualização das investigações do caso Lázaro Barbosa, a Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO), por meio de investigações da Polícia Civil de Goiás (PCGO), divulgou uma carta escrita pelo criminoso enquanto esteve foragido. O bilhete foi encontrado no bolso de Lázaro no dia em que foi morto pela Polícia Militar de Goiás (PMGO), na última segunda-feira (28/6), em Águas Lindas de Goiás, após 20 dias de buscas.

No documento, Lázaro admite estar sem munições e pede ao destinatário da carta, a quem chama de Jil, que envie mais balas, de calibre 38 e 380. “Cara por favor arruma o tanto de munição de 38 e 380 pra mim, eu tenho 35 munição de 380 lá naquele barraco que eu tava”, pede o criminoso, acrescentando que, caso não conseguisse as balas compradas, teria que matar mais pessoas e “isso não pode acontecer”, completa. A grafia original foi mantida nas citações de trechos da carta escrita pelo criminosa.

A PCGO investiga a participação de outras pessoas nos crimes que Lázaro cometeu em Cocalzinho de Goiás e reforça a possibilidade de o foragido ter feito parte de uma organização criminosa. Em outro trecho da carta, o criminoso admite que, por causa dos confrontos que teve com os policiais, estava sem munições para as armas que carregava, roubadas de chácaras que invadiu.

As investigações da PCGO também apontam para uma fuga arquitetada com apoio financeiro, devido à maneira com que a quantidade de dinheiro encontrada com ele, cerca de R$ 4,4 mil, estava guardada. A PCGO também admite que Lázaro teve acesso à internet enquanto esteve foragido e cometendo crimes na zona rural de Cocalzinho (GO), no distrito de Girassol e no município de Edilândia. Na carta, inclusive, o criminoso afirma que “tem um monte de mentira rolando, vejo na TV às vezes”.

A PCGO destacou, mais uma vez, que a força-tarefa responsável pela operação de captura, formada por 270 agentes de diversas forças policiais, tentou, “o tempo todo” a rendição de Lázaro, uma vez que era do interesse da operação que o criminoso respondesse por seus crimes. “A força-tarefa tinha o propósito de restabelecer a paz da população da região, garantir que Lázaro Barbosa Sousa não cometesse mais crimes e que ele fosse capturado’, completou, em nota, a SSP-GO.

A secretaria divulgará outras atualizações da operação que não comprometam os trabalhos da polícia, conforme o andamento das investigações.

Leia a íntegra da carta escrita por Lázaro (a grafia original também foi mantida):

“Oi Jil, olha mano velho eu fui numa fita que deu mó peteco como vc mesmo deve ta vendo o cara tava armado, e antes de eu conseguir enquadrar a vitima ainda consegui avisar uma pessoa que quando eu vi já foi só os tiros
Deu essa p… aí, olha tem um monte de mentira rolando, vejo na TV as vezes, mas isso só daria pra falar se fosse pessoalmente.
Mano não vou me entregar, pois além do caso (…) tem muita coisa que tão querendo botar pra mim, e eles tão me caçando como caça viado, já tive 2 confronto com eles e to zerado de munição, cara por favor arruma o tanto de munição de 38 e 380 pra mim, eu tenho 35 munição de 380 lá naquele barraco que eu tava ve com a — (Lázaro omitiu o nome) pra pegar para mim eu voou te adiantar 500 reais por esse corre por favor mano não me deixa na mão não pois se eu não arrumar comprado eu vou ter que ir atrás e pode morrer mais gente e isso não pode acontecer, eu só quero que eles não cheguem perto de mim que são muitos e tão só pra matar.
Se tu for me ajudar vem pegar a grana se não rasga
Falou, to na — (ocultado por Lázaro)”

RN começa a semana com 57,7% dos leitos ocupados; menor taxa do ano

O Rio Grande do Norte começa a semana com pouco mais de 50% dos leitos críticos para tratamento da covid-19 ocupados. De acordo com a plataforma Regula RN, a taxa de ocupação estava em 57,7% por volta das 8 horas da manhã desta segunda-feira (5). O índice é o menor registrado no ano, segundo os dados da plataforma.

CORONAVÍRUS

O Oeste Potiguar segue com a maior ocupação do estado, mas o cenário já é mais tranquilo. A região tinha 69,2% de ocupação. Na Região Metropolitana, a taxa era de 54,1%. Já no Seridó, 50% dos leitos estavam ocupados.

Com a queda de ocupação de leitos, apenas dois dos 26 hospitais monitorados no Regula RN estavam operando com 100% da capacidade: Hospital da Liga Mossoroense Contra o Câncer (Mossoró) e Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos (Assú).

Dos 415 leitos críticos instalados, 225 estavam ocupados, 25 bloqueados e 165 disponíveis. Mesmo com vagas disponíveis, o estado tinha cinco pacientes esperando por uma vaga, todas na Central de Regulação da Região Metropolitana de Natal.

Em relação aos leitos clínicos, são 456 instalados, sendo 161 ocupados, 35 bloqueados e 260 disponíveis em todo o Rio Grande do Norte.

Quase 100%

Em 31 de maio de 2021, a taxa de ocupação atingiu o maior índice da pandemia. Na ocasião, 99,01% dos leitos críticos de todo o estado estavam ocupados. Desde então, a ocupação começou a cair até chegar ao patamar registrados nesta segunda-feira (05), pouco mais de dois meses depois.

Portal da Tropical

Petrobras eleva de uma só vez preço da gasolina, diesel e gás de cozinha; altas chegam a 6,32%

Aumento é reflexo do avanço do preço do petróleo no mercado internacional e maior consumo na Ásia

O Globo 05/07/2021 | 13:59

A Petrobras vai reajustar de uma só vez os preços da gasolina, diesel e do gás de botijão (GLP) a partir de amanhã para as distribuidoras.

No caso da gasolina, o preço médio por litro sobe 6,32%, de R$ 2,53 para R$ 2,69. Assim, acumula desde janeiro um aumento de cerca de 46%. No diesel, o avanço foi 3,69%, de R$ 2,71 para R$ 2,81 em média por litro. Desde janeiro, a alta acumulada é de 39%.

É o primeiro movimento de avanço nos preços da gasolina e do diesel desde que Joaquim Silva e Luna tomou posse como presidente da Petrobras no dia 19 de abril. Ele assumiu no lugar de Roberto Castello Branco, que foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro justamente por desentendimento após reajustar os preços em meio a rumores de greve dos caminhoneiros.

No GLP, para as distribuidoras, o valor passará a ser de R$ 3,60 por quilo, refletindo um aumento médio de R$ 0,2. É uma alta de 5,8%. No ano, segundo fontes do setor, o preço do gás de botijão acumula alta de 38%.

Segundo uma fonte do setor, os aumentos refletem o avanço do preço do petróleo no mercado internacional, estoques baixos no Golfo do México e alta no consumo na Ásia por conta do reaquecimento da economia.

Em nota, a estatal disse que “busca evitar o repasse imediato para os preços internos da volatilidade externa causada por eventos conjunturais. Os preços praticados pela Petrobras seguem buscando o equilíbrio com o mercado internacional e acompanham as variações do valor dos produtos e da taxa de câmbio, para cima e para baixo”.

Idosos acima de 80 anos podem agendar prova de vida em casa

Medida beneficia também quem tem dificuldade de locomoção

Publicado em 05/07/2021 – 10:44 Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou portaria, no Diário Oficial da União de hoje (5), prevendo a possibilidade de seus beneficiários com dificuldades de locomoção solicitarem a realização de prova de vida em casa, mediante visita de representante do instituto. Idosos acima de 80 anos também poderão solicitar o serviço por meio de um requerimento.

De acordo com a Portaria 1.321, a visita favorecerá beneficiários “sem procurador ou representante legal cadastrado”. O requerimento que possibilita a comprovação de vida “por meio de pesquisa externa”, pode ser feito por terceiros, por meio da Central 135; pelo aplicativo MEU INSS; ou por meio de outros canais a serem disponibilizados pelo INSS, “sem a necessidade de cadastramento de procuração para esse fim específico ou do comparecimento do beneficiário ou interessado a uma Agência da Previdência Social – APS”.

A portaria esclarece que um atestado médico ou declaração emitida pelo profissional competente deverá ser apresentado, nos mesmos moldes dos documentos exigidos para inclusão de procuração para fins de recebimento de benefício”.

Nos casos de requerimento feito por meio do Meu INSS, é obrigatório que seja anexada a comprovação documental da dificuldade de locomoção, “sendo dispensada a apresentação de documentação original na solicitação”.

Nos casos em que o requerimento é feito pela Central 135, a própria central fará o cadastramento da tarefa. Também agendará o cumprimento de exigência para apresentação da documentação comprobatória, “de forma que o requerente seja cientificado de imediato da data para comparecimento ou da possibilidade de anexação pelo Meu INSS”.

Beneficiários com dificuldade de locomoção deverão selecionar o serviço “Solicitar Prova de Vida – Dificuldade de locomoção”, do tipo tarefa, modalidade atendimento a distância, código 4972, sigla PVIDADIFLO, cujo cumprimento deve ser feito de forma emergencial e prioritária.

Acima de 80 anos

Beneficiários com idade acima de 80 anos podem solicitar o atendimento por meio da tarefa “Solicitar Prova de Vida – Maior de 80 anos” – código 4952, sigla PVIDAIDOSO, cujo cumprimento deve ser realizado de forma emergencial e prioritária.

“A tarefa ‘Solicitar Prova de Vida – Maior de 80 anos’ criará automaticamente a subtarefa ‘Pesquisa Externa – Prova de Vida’ – código 4953, sigla PEXPROVIDA, que também deve ser cumprida de forma emergencial e prioritária”, informa a portaria.

De acordo com o INSS, a rotina de bloqueio de créditos, suspensão e cessação de benefícios por falta de comprovação de vida não abrangerá os benefícios cujo procedimento esteja pendente de pesquisa externa a cargo do INSS, requerida até o processamento da folha de pagamento referente à competência de aplicação da rotina.

A portaria prorroga por mais duas competências (julho e agosto) a rotina de suspensão de benefícios por impossibilidade da execução do Programa de Reabilitação Profissional.

Com timidez do setor privado, universidades lideram patentes no Brasil

Dos 25 maiores depositantes de patentes, 19 são universidades públicas

Publicado em 04/07/2021 – 11:03 Por Léo Rodrigues – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

UFMG montou laboratório para avaliar danos da tragédia de Brumadinho

No mês passado, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) recebeu um novo prêmio por seus números de patentes depositadas. Os méritos da instituição de ensino e pesquisa, frequentemente reconhecidos em rankings relacionados à inovação, chamou atenção dessa vez da Clarivate Analytics, uma empresa americana dedicada a análises sobre pesquisa científica e propriedade intelectual em todo o mundo. A honraria foi entregue com base em um levantamento que destacou a universidade brasileira que registrou o maior número de patentes no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) entre 2010 e 2019.

Os dados de pedidos de depósitos de patentes de invenções feitos por residentes no Brasil revelam uma realidade que possibilita leituras por ângulos distintos. De um lado, o protagonismo das universidades públicas dão sinais claros da excelência científica de seus pesquisadores. De outro, a baixa participação do setor privado levanta preocupações sobre o futuro da inovação no país.

“Considero uma discrepância. A gente não tem um parque industrial tecnologicamente bem desenvolvido no país, como já poderíamos ter. Esse papel de pesquisa e desenvolvimento tecnológico acaba muito ocupado pela universidade. É diferente dos Estados Unidos e da Europa, onde as indústrias investem fortemente em desenvolvimento tecnológico”, diz Alexandre Dantas, assistente técnico da Diretoria de Patentes do INPI.

Vinculado ao Ministério da Economia, o Inpi é responsável pelo registro e concessão de patentes no Brasil. Um recorte mais recente, com base nos dados do órgão consolidados entre 2014 e 2019, revela que 19 dos 25 maiores depositantes de patentes residentes no país são universidades públicas. A UFMG lidera também nesse período, seguida de perto pelas duas principais instituições paulistas de ensino superior: a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Universidade de São Paulo (USP).

A lista de depositantes residentes abrange todos aqueles que possuem sede do país. Portanto, estão incluídas empresas multinacionais que possuem unidades em solo brasileiro. Mas nenhum delas ocupa as primeiras posições. No grupo dos seis primeiros, estão ainda a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), a Petrobras e a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), que começou a apresentar números robustos a partir de 2017. Por essa ascensão, a instituição também foi lembrada pela Clarivate Analytics na mesma premiação que consagrou a UFMG. A empresa concedeu à UFCG uma menção honrosa em razão do crescimento recente.

Gráfico mostra evolução no registro de patentes no Brasil.
Gráfico mostra evolução no registro de patentes no Brasil. – Agência Brasil

Como a Petrobras é uma estatal, o setor privado começa a aparecer na lista dos maiores depositantes de patentes no país apenas a partir da sétima posição com a Whirlpool, fabricante de eletrodomésticos. No entanto, os números da empresa registraram uma considerável queda em 2018 e 2019. Apenas mais três empresas aparecem entre as 25 maiores depositantes patentes no Brasil entre 2014 e 2019: CNH Industrial, Bosch e Vale. Há também duas entidades privadas sem fins lucrativos: o Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) e o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD). Ampliando o levantamento para os 40 primeiros, figuram outras empresas como Natura, Random e Embraer.

Gráfico mostra evolução no registro de patentes no Brasil.
Gráfico mostra evolução no registro de patentes no Brasil. – Agência Brasil

Esse cenário dominado pelas universidades se formou em pouco mais de uma década. Um levantamento disponível no site da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) mostra que, de 2000 a 2005, apenas quatro figuravam entre os 15 depositantes residentes com as melhores médias anuais. No período entre 2013 e 2017, elas já eram 11 dos 15.

O número de patentes pedidos por residentes no Brasil estavam numa crescente entre 2015 e 2017, caiu em 2018 e voltou a subir no ano seguinte. Em 2019, foram totalizados 5.465. Eles estão bem distribuídos pelos principais campos tecnológicos: farmacêutica, medicina, química, biotecnologia, transporte, máquinas especiais, engenharia civil, engenharia elétrica e eletrônica e comunicação digital.

Gráfico mostra evolução no registro de patentes no Brasil.
Gráfico mostra evolução no registro de patentes no Brasil. – Agência Brasil

Além dos 5.465 depósitos de patentes que foram solicitados por instituições e empresas com sede no país, outros 19.931 pedidos vieram de instituições e empresas estrangeiras que não desenvolvem atividades no Brasil. Significa que apenas 21,5% do total de pedidos foram apresentados por residentes. O índice é considerado baixo por Alexandre Dantas.

“Nesse período de pandemia, também houve um decréscimo. Em média, são cerca de 30 mil pedidos de depósitos por ano. E isso é bem abaixo do que registram países como Estados Unidos, China, Japão e Coréia, que são países de base tecnológica”, acrescenta o assistente técnico do INPI.

O Brasil aparece apenas no 62º lugar entre 131 economias na última edição do Índice de Inovação Global. O país é superado por todas as nações do Brics, bloco formado por economias emergente. que inclui Rússia, Índia, China e África do Sul, além do Brasil. Por outro lado, o Brasil ocupa o 28º lugar no ranking de qualidade de seus pesquisadores e é o 24º na produção de artigos e pesquisas citáveis, o que indica um potencial científico.

O relatório foi publicado em setembro de 2020 pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), entidade vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU). O documento traz um capítulo sobre o Brasil assinado pelo presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade. “É necessário fornecer alguma previsibilidade para a disponibilidade de fontes de financiamento”, escreveu.

Segundo Andrade, os riscos associados a projetos de inovação são maiores do que para outros projetos de investimentos. No Brasil, eles se elevariam ainda mais em função de incertezas macroeconômicas e sociais. Ele cita, como um dos exemplos, as variações bruscas no orçamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). “O sistema bancário tende a ser menos propenso a financiar projetos de inovação. Além disso, os bancos muitas vezes exigem garantias difíceis de encontrar para novas empresas inovadoras”, acrescenta.

Mesmo o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) direciona a maior parte do crédito para investimentos em infraestrutura e expansão da capacidade produtiva das empresas. Andrade aponta que o volume destinado à inovação nunca representou mais de 4% ou 5% do total disponibilizado pela instituição financeira.

Ele defende mais políticas públicas que assegurem crédito para empresas inovadoras e também maior investimento público na compra de tecnologias capazes de estimular o desenvolvimento de outras tecnologias. Outros problemas que ele elenca envolvem as dificuldades dos investidores diferenciarem bons projetos de inovação e a quase ausência de fundos de capital de risco no país, cuja função é canalizar grandes somas de dinheiro em direção a novos negócios de alto risco e alta rentabilidade.

Parcerias

Após a entrega do prêmio pela Clarivate Analytics, a reitora da UFMG Sandra Regina Goulart Almeida declarou ao site da própria instituição que a patente é um indicador da excelência científica. “De um lado, comprova nossa capacidade de produzir conhecimento original e inovador e, de outro, a nossa competência para protegê-lo”.

Reitoria da UFMG
Reitoria da UFMG – Luiza Bongir/Universidade Federal de Minas Gerais/Divulgação

Produzir conhecimento original e protegê-lo é parte do processo de inovação, mas o caminho não se encerra aí. O próximo desafio é fazer a patente chegar ao mercado. Como a universidade não é uma indústria, ela depende de parcerias que são formalizadas através de contratos de transferência e licenciamento de tecnologia. Além disso, em alguns casos, é preciso obter aval de órgãos de controle.

“Ter uma patente não é garantia de comercialização de produto. Ela garante o direito de exploração, impedindo terceiros de explorar sem a sua autorização. Mas para você poder comercializar o produto é preciso observar a legislação. Na indústria farmacêutica, por exemplo, você precisará de autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa. Então ter patente sobre um medicamento não é o mesmo que ter autorização para comercializá-lo. A patente não dá nenhuma garantia de que ele se tornará um produto nas prateleiras das farmácias”, explica Alexandre.

Diferente dos pedidos de depósito de patentes, as informações sobre os processos de transferência de tecnologia não estão disponíveis ao público. Os contratos são celebrados entre empresas e universidades e nem sempre o INPI precisa ser comunicado. No entanto, a Lei Federal 10.973/2004, conhecida como Lei de Inovação Tecnológica, estabelece que as instituições precisam prestar contas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTIC). Algumas instituições com melhor estrutura conseguem organizar e disponibilizar seus dados. A Unicamp, por exemplo, contabilizou 48 contratos de licenciamento para transferência de tecnologia em 2020.

Embora o Índice de Inovação Global aponte que o Brasil ainda não possui uma cultura sólida de transferência de tecnologia e parcerias de longo prazo, há exemplos bem sucedidos. Na premiação da Clarivate Analytics, a Petrobras também foi agraciada. A estatal recebeu o prêmio Inovação Empresas em razão da sua expressiva colaboração com universidades. Um de seu principais parceiros é o Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ), com o qual firmou um primeiro convênio em 1977. Ao longo dos anos, essa colaboração possibilitou inovações para plataformas de petróleo, o desenvolvimento de tecnologias de engenharia e de sistemas de informação e a construção de novas instalações como o Centro de Excelência em Geoquímica (Cegec) e o Laboratório de Tecnologia Oceânica (LabOceano).

Se as parcerias podem contribuir para o desenvolvimento das empresas, também contribui para financiar novas pesquisas e o ensino universitário. Os 48 contratos firmados pela Unicamp em 2020 renderam R$ 1,9 milhão em ganhos econômicos, sendo o maior valor já contabilizado pela instituição. “Estes recursos são divididos em três: um terço vai para os inventores da tecnologia, um terço vai para a unidade de origem da tecnologia e um terço vai para a reitoria. Atualmente, a reitoria direciona este recurso para a Inova de maneira a retroalimentarmos as atividades de fortalecimento dos laços universidade-empresa”, informa a Agência de Inovação Inova Unicamp.

Pandemia

Em meio à pandemia de covid-19, o mundo iniciou uma corrida pela inovação. Na busca por entender o novo coronavírus e criar mecanismos para enfrentá-lo, incentivos surgiram de todos os lados. No Brasil não foi diferente. Ainda que com bem menos recursos do que movimentam os países mais desenvolvidos, instituições científicas buscaram articulações com governos locais e mesmo no setor privado para encontrar soluções.

Nesse contexto, a própria UFMG foi premiada em outubro do ano passado pela Associação Brasileira da Propriedade Intelectual (ABPI). Um modelo de sonda que propicia mais eficiência ao processo de aspiração de secreções em pacientes internados foi escolhido como Patente do Ano, em uma seleção que privilegiou inovações que poderiam contribuir para o enfrentamento à pandemia de covid-19. A instituição costura agora parcerias com hospitais e empresas para fazer a tecnologia chegar à sociedade.

“Nossa pesquisa está sempre preocupada em resolver algum problema da sociedade”, afirma o químico e pesquisador Rubén Dario Sinisterra, que ocupou a função de Diretor da Coordenadoria de Transferência e Inovação Tecnológica (CTIT) da UFMG entre 2006 e 2010. O Departamento de Química da instituição conseguiu concluir o ciclo da pesquisa à transferência de tecnologia três vezes. Segundo conta Rubén, duas delas são desdobramentos de estudos sobre sistemas de liberação controlada, que permitem a elaboração de medicamentos, como comprimidos e cápsulas, em que o fármaco é absorvido pelo organismo de forma gradual.

A última transferência de tecnologia, em meio à pandemia de covid-19, decorreu de uma demanda direta apresentada por uma empresária do estado São Paulo da indústria têxtil. Havia uma substância cuja patente tinha sido depositada pela UFMG há cerca de 15 anos. Desenvolvida em parceria entre o Departamento de Química e a Faculdade de Odontologia, suas qualidades antimicrobianas eram comprovadas em testes com enxaguantes bucais em pacientes. A empresária, no entanto, buscava uma formulação capaz de combater o coronavírus em superfícies.

“Disse a ela: nunca testamos contra vírus, mas acredito que possa ser antiviral”, diz Rubén. Ele não imaginava, contudo, que poderia funcionar tão bem contra a covid-19. A substância, batizada da Nanoativ, mostrou no ano passado capacidade para proteger grandes ambientes por até 28 dias. Em oito meses, a empresa Erhena já buscava parceria para desenvolver os produtos: junto à Adelbras, foi criada uma fita adesiva com o Nanoativ e foram feitos testes bem sucedidos no aeroporto de Viracopos, em Campinas. Ela foi afixada em balcões de atendimento, maçanetas de portas, braços de poltronas de espera e corrimões de escadas, entre outras superfícies.

A fita adesiva já está sendo comercializada inclusive nos Estados Unidos. Agora estão sendo planejados novos produtos como um creme que deverá proteger as mãos por oito horas, um spray para aplicar em tecidos e sobre superfícies e um polímero plástico para embalar alimentos. “Em algum momento, um carregamento de frango brasileiro foi confiscado lá na China porque foi encontrado coronavírus na superfície das embalagens”, lembra Rubén,

Processo demorado

A velocidade com que as coisas aconteceram com o Nanoativ é exceção. A transferência de tecnologia geralmente é um processo demorado e que muitas vezes desacelera por falta de recursos. Segundo Rubén, o setor privado pode ajudar, mas o Estado tem um papel fundamental. Ele diz acreditar que a situação vivida pelo Brasil, onde a participação das empresas ainda é tímida, é parte de um contexto de desenvolvimento.

“Isso também ocorreu nos Estados Unidos. É típico de um processo que ainda não se consolidou. Falamos que é um processo imaturo. Precisamos capacitar e formar pessoas até na academia para poder depositar mais patentes. Temos empresas capazes também, mas falta uma orientação política que mostre que a inovação é central. Eu estudei nos Estados Unidos, vi como acontece lá e acredito no talento brasileiro”.

Rubén realizou seu pós-doutorado no Massachusets Institute of Technology (MIT), em Boston. Segundo ele, as políticas públicas tornam a inovação em determinadas áreas como um projeto estratégico. “Mesmo lá, sendo uma universidade privada e tendo uma interação muito forte com empresas, a maior parte dos recursos para pesquisa vem do Estado americano”. Ele cita o caso dos fármacos, onde os estudos clínicos são caros e muitas vezes dependem do apoio dos governos, a exemplo do que ocorreu com as vacinas contra a covid-19. Somente a farmacêutica Moderna recebeu, no ano passado, quase US$1 bilhão do governo dos Estados Unidos para realizar os testes com seu imunizante.

Caseiro que ajudou nas buscas por Lázaro busca emprego: ‘Vivendo de doação’

O caseiro Alain Reis de Santana, de 33 anos, que ajudou a força-tarefa nas buscas pelo criminoso Lázaro Barbosa, está à procura de um emprego. O homem chegou a ser preso suspeito de ajudar a esconder o serial killer, mas nada foi comprovado e ele foi solto.

Da Redação

“Estou vivendo de doações. Quero arrumar um emprego para continuar minha vida e sustentar minha família. Estou aceitando toda oferta”, disse Alain.

Além de ser casado, Santana tem seis filhos, com idades entre 1 e 12 anos. Ele morava com a família em Águas Lindas de Goiás, mas recebeu a oferta de trabalhar como caseiro na fazenda de Elmi Caetano Evangelista, em Girassol. Segundo o G1, ele estava trabalhando no local há 21 dias, quando a força-tarefa foi até a propriedade e o prendeu junto com o fazendeiro.

De acordo com Alain, ele chegou a ver o criminoso na propriedade e até falou com o patrão, que negou o fato. Ao ser levado para a delegacia, Santana afirmou que não fez nenhuma denúncia à polícia pois chegou a ser ameaçado por Lázaro caso ele contasse para alguém o que tinha visto.

Até o momento, Elmi continua preso e foi denunciado pelo Ministério Público por favorecimento e posse ilegal de arma de fogo. “Eu vim trabalhar inocente na fazenda. O Elmi me deu casa para ficar, nunca imaginava uma situação dessas”, desabafou Alain. Com a prisão do patrão, o homem está sem emprego e teme continuar na região.

“Se eu puder, eu queria sair de Girassol. Tem muita gente me ajudando, mas tenho medo do que outras pessoas podem falar ou fazer por acharem que eu estava ajudando o Lázaro”, revelou.

“É difícil não lembrar mais dessa história do Lázaro, mas quero seguir em frente. Tenho experiência como caseiro e trabalhando em lava-jato também. Aceito emprego em qualquer lugar”, concluiu.

BNDES e fundo internacional lançam projeto de R$ 1 bi para Semiárido

Ministério da Economia também participa de ajuda a produtores

Publicado em 04/07/2021 – 08:54 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Um projeto de R$ 1 bilhão, com apoio internacional, pretende capacitar produtores rurais e aumentar a segurança alimentar no Semiárido do Nordeste. Lançado nesta semana pelo Fundo Internacional para Desenvolvimento Agrícola (Fida), em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Ministério da Economia, o projeto Semeando Resiliência Climática em Comunidades Rurais do Nordeste (PCRP) tem o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável do sertão nordestino e amenizar os efeitos das mudanças climáticas na região.

O projeto pretende beneficiar 250 mil famílias (1 milhão de pessoas) em até quatro estados do Nordeste, que ainda serão escolhidos. Ao somar os aportes do Fida, do BNDES e a contrapartida dos governos estaduais, os investimentos podem chegar a US$ 202,5 milhões (cerca de R$ 1 bilhão na cotação atual).

As negociações para a captação de recursos foram concluídas nesta semana. Em dezembro, a diretoria-executiva do Fida havia aprovado, por unanimidade, a destinação dos recursos.

O projeto financiará ações de manejo sustentável da água e de enfrentamento da seca e das mudanças climáticas. Entre as principais ações, estão a introdução de tecnologias de coleta, armazenamento e reciclagem da água e a adoção de estratégias de diversificação produtiva no sertão. O programa pretende alcançar uma área de 84 mil hectares, restaurando ecossistemas degradados para prestarem serviços na área ambiental. Uma das metas consiste em evitar a emissão de mais de 11 milhões de toneladas de gás carbônico em 20 anos.

Iniciativa da Organização das Nações Unidas que destina recursos para projetos de adaptação às mudanças climáticas nos países em desenvolvimento, o Green Climate Fund (GCF) aportará, por meio do Fida, US$ 100 milhões. Desse total, US$ 34,5 milhões entrarão como doação e US$ 65 milhões virão por meio de operações de crédito.

Dos recursos nacionais, o BNDES concederá US$ 73 milhões em financiamentos, como entidade executora do GCF. Os US$ 29,5 milhões restantes serão investidos como contrapartida dos estados.

Próximos passos

Após a aprovação pelo GCF e pelo Fida no fim de 2020, o BNDES, o Ministério da Economia e o fundo internacional concluíram as negociações do contrato de empréstimo na última quarta-feira (30). Os próximos passos são a conclusão dos arranjos de implementação do projeto e sua votação pela Diretoria do BNDES. O Senado precisará aprovar a concessão de garantias da União. A expectativa é que os primeiros financiamentos comecem a ser concedidos em 2022.

As discussões começaram em 2018, quando o governo federal indicou o BNDES como potencial parceiro do Fida no financiamento e desenvolvimento de projetos de desenvolvimento rural sustentável. Em 2019, a Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério da Economia e a Comissão de Financiamento Externo da pasta deram aval à operação.

Com a missão específica de combate à fome e à pobreza rural, o Fida recebe apoio do governo brasileiro há mais de 40 anos. A instituição financeira internacional está baseada em Roma, onde fica o Fundo de Agricultura e de Alimentos das Nações Unidas.

Olimpíada: Brasil vence México e decide vaga em Tóquio com a Alemanha

Equipe domina adversário e faz 102 a 74 no Pré-Olímpico de basquete

Publicado em 03/07/2021 – 15:26 Por Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional – São Paulo

A seleção brasileira masculina de basquete fez 102 a 74 no México na semifinal do Pré-Olímpico da modalidade, disputado em Split, na Croácia, neste sábado (3).

Agora, a equipe comandada por Aleksandar Petrovic decide a vaga nos Jogos de Tóquio neste domingo (4), às 14h30, contra a Alemanha, que passou pela Croácia na outra semifinal por 86 a 76. Apenas o campeão do torneio garante a vaga no torneio olímpico.

O grande destaque do jogo do lado verde e amarelo foi o armador Vitor Benite com 22 pontos e com cinco acertos em sete arremessos nas bolas de três pontos. Rafa Luz, um dos principais nomes do país no Pré-Olímpico, além das ações defensivas, ainda anotou 12 pontos. Alex meteu 11 pontos e Caboclo fez nove. O Brasil arremessou para 53% nas bolas de três, com 18 acertos.

Edição: Gustavo Faria

Ingrid Oliveira é campeã do Grand Prix de Bolzano, na Itália

Atleta dos saltos ornamentais está classificada à Olimpíada de Tóquio

Publicado em 03/07/2021 – 15:40 Por Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional – São Paulo

A atleta Ingrid Oliveira, já classificada para os Jogos Olímpicos de Tóquio nos saltos ornamentais, faturou a medalha de ouro na plataforma de 10 metros do Grand Prix de Bolzano, na Itália, neste sábado (3). Depois de avançar à briga por medalhas com a sexta melhor nota (215.70), a carioca alcançou 305.90 pontos e foi a melhor.

Além da conquista do Brasil, o sábado também foi marcado por outras classificações de atletas da seleção às fases finais do GP.

No trampolim, Luana Lira garantiu uma vaga na final com 228,30 pontos na semifinal. Na plataforma entre os homens, Kawan Pereira e Isaac Souza estão na decisão depois de alcançaram 399.75 pontos e 302.90, respectivamente. As disputas decisivas do trampolim de 3 metros e da plataforma serão neste domingo (4).

Edição: Gustavo Faria

Óbitos por covid-19 apresentam queda no país

Média móvel voltou ao nível do início de março

Publicado em 02/07/2021 – 12:11 Por Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga durante visita na linha de produção de vacinas na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro

O número de óbitos por covid-19 no país vem caindo desde o dia 19 de junho e atingiu ontem (1º) o mesmo nível de 9 de março, quando o gráfico subia de forma acelerada para o pico da segunda onda da doença no país. A incidência de casos cai de forma consistente desde o dia 23 de junho.

De acordo com os gráficos do Monitora Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a média móvel de sete dias ficou ontem em 1.564,86. Em abril, a curva de mortes atingiu dois picos, de 3.117 no dia 1º e 3.123 no dia 12. Depois apresentou redução até uma mínima de 1.639,14 no dia 5 de junho, seguido de nova alta até o dia 19, quando a média móvel ficou em 2.071,43.

O estado de São Paulo não mostra a mesma tendência de queda acentuada nos óbitos, mantendo variações por volta de 550 mortes diárias na média móvel desde o dia 11 de junho. O estado registrou ontem 530,86 óbitos. O pico no estado ocorreu no dia 1º de abril, com 890,14 mortes e atingiu um mínimo em 4 de junho, com 417,29 mortes.

No Rio de Janeiro, a redução pode ser vista desde 14 de junho, quando foram 210 óbitos na média móvel. Ontem foram 122,14. 

Casos

No dia 23 de junho, o país atingiu um pico de 77.327 novos casos da covid-19 na média móvel de sete dias, após o pico de 77.129 atingido em 27 de março. Entre essas duas datas, o gráfico teve altas e baixas, chegando a um mínimo de 56.532 em 26 de abril.

Desde 23 de junho a queda tem sido consistente, atingindo ontem 54.117 novos casos. Porém, o número ainda está acima da média de todo o ano de 2020, quando o máximo de novos casos registrados foi de 46.393 em 29 de julho e 49.826 em 22 de dezembro.

São Paulo estava ontem com 13.584 novos casos e o Rio de Janeiro com 2.179.

Bolsonaro sanciona lei que protege consumidores do superendividamento

Norma altera o Código de Defesa do Consumidor e o Estatuto do Idoso

Publicado em 02/07/2021 – 11:20 Por Karine Melo – Repórter da Agência Brasil – Brasília
Atualizado em 02/07/2021 – 12:06

Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real

Novas regras para prevenir o superendividamento dos consumidores foram sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro. O texto, resultado de um projeto de lei aprovado por deputados e senadores, recebeu alguns vetos e foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União. A norma altera o Código de Defesa do Consumidor e o Estatuto do Idoso. O texto dá mais transparência aos contratos de empréstimos e tenta impedir condutas consideradas abusivas.

Regras

A lei estabelece que qualquer compromisso financeiro assumido dentro das relações de consumo pode levar uma pessoa ao superendividamento. Nesse rol estão, por exemplo, operações de crédito, compras a prazo e serviços de prestação continuada. Dívidas contraídas por fraude, má-fé, celebradas propositalmente com a intenção de não pagamento ou relativas a bens e serviços de luxo não são contempladas na lei.

Pelo texto, os contratos de crédito e de venda a prazo devem informar dados envolvidos na negociação como taxa efetiva de juros, total de encargos e montante das prestações. A lei também proíbe que ofertas de crédito ao consumidor usem os termos como “sem juros”, “gratuito”, “sem acréscimo” e “com taxa zero”, mesmo que de forma implícita. Apesar disso, esse ponto não se aplica à oferta para pagamentos feitos com cartão de crédito.

Com o novo regramento, empresas ou instituições que oferecerem crédito também ficam proibidas de assediar ou pressionar o consumidor para contratá-la, inclusive por telefone, e principalmente se o consumidor for idoso, analfabeto ou vulnerável ou se a contratação envolver prêmio. Elas também não podem ocultar ou dificultar a compreensão sobre os riscos contratação do crédito ou da venda a prazo.

Outra proibição diz respeito à indicação de que a operação de crédito pode ser concluída sem consulta a serviços de proteção ao crédito ou sem avaliação da situação financeira do consumidor.

Vetos

Entre os pontos vetados, segundo a Secretaria Geral da Presidência da República, está o que estabelece que, nos contratos de crédito consignado, a soma das parcelas reservadas para o pagamento das dívidas não poderia ultrapassar 30% da remuneração mensal do consumidor. O mesmo dispositivo estabelecia ainda que esse valor poderia ainda ser acrescido em 5%, destinado exclusivamente à amortização de despesas contraídas por meio de cartão de crédito ou a saque por meio de cartão de crédito.

“A propositura contrariaria interesse público ao restringir de forma geral a 30% o limite da margem de crédito já anteriormente definida pela Lei nº 14.131, de 30 de março de 2021, que estabeleceu o porcentual máximo de consignação em 45%, dos quais 5% seriam destinados exclusivamente para amortização de despesas contraídas por meio de cartão de crédito ou de utilização com finalidade de saque por meio do cartão de crédito”, argumenta a justificativa do veto.

Também foi vetado o dispositivo que tornava nulas as cláusulas de contratos sobre fornecimento de produtos ou serviços baseados em leis estrangeiras que limitassem o poder do Código de Defesa do Consumidor (CDC) brasileiro.

*Matéria alterada às 12h06 para corrigir informação. Diferentemente do informado, a lei já está publicada no Diário Oficial da União.

Covid-19: quase 8 milhões de doses serão distribuídas até domingo

Informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira

Publicado em 01/07/2021 – 16:06 Por Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Quase 8  milhões de doses serão distribuídas a estados e municípios nos próximos três dias. Serão entregues 3 milhões de doses da Janssen, 2,8 milhões da Oxford/AstraZeneca em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e 2,1 milhões da Pfizer/BioNTech.

A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde hoje (1º) por meio de seus canais de comunicação nas redes sociais. A pasta atualiza o recebimento e a distribuição de remessas de vacinas contra a covid-19 a medida que essas chegam.

💉💉Aviso aos + de 200 milhões de brasileiros:
– Cerca de 8 milhões de doses de vacinas serão distribuídas aos estados e DF nos próximos três dias. Janssen (3 milhões), Pfizer (2,1 milhões), e AstraZeneca/Fiocruz (2,8 milhões).— Marcelo Queiroga (@mqueiroga2) July 1, 2021

Até o momento, foram distribuídas a estados e municípios 135 milhões de doses, tendo sido entregues 128 milhões de doses. Foram aplicadas 101,4 milhões de doses, sendo 74,35 milhões da primeira dose e 27,12 milhões da segunda dose.

Assista na TV Brasil

Edição: Bruna Saniele

Prefeito de Afonso Bezerra exonera a Secretária de Saúde Mayana Bezerra

A população do município de Afonso Bezerra foi pega de surpresa nesta quinta-feira, 01 de julho de 2021, com a publicação no site da Femurn da exoneração da secretária municipal de saúde, Mayana Bezerra, ela é filha do ex-prefeito e lider político Jackson Bezerra. O atual prefeito Neto de Zoraide é afilhado político de Jackson Bezerra.

Mayana vinha à frente da pasta desde janeiro e tava fazendo um brilhante trabalho na saúde do município de Afonso Bezerra. Ela conseguiu aos trancos e barrancos manter médico no hospital e nas UBS, exames de ultra-sonografia, a farmácia sempre abastecida e ainda, era bem avaliada pela população do município.

Facebook

Recentemente ela usou sua rede social para mostrar fotos da casa de apoio que ela conseguiu montar em Natal, a casa servirá para acomodar os pacientes de Afonso Bezerra.

Até agora não se sabe o real motivo da exoneração de Mayana Bezerra.

Brasil cria 280,6 mil postos de trabalho formal em maio

Em maio, admissões chegaram a 1,5 milhão e demissões, a 1,26 milhão

Publicado em 01/07/2021 – 11:42 Por Alex Rodrigues – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Indústrias, fábricas,Obras de construção, edifício sede do SENAI,construção civil

O número de trabalhadores contratados com carteira assinada em maio deste ano foi maior que o total de demitidos do mercado formal de trabalho. Segundo o Ministério da Economia, houve, no período, 1.548.715 admissões e 1.268.049 desligamentos.

Os dados constam do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), cuja atualização mensal o ministério divulgou hoje (26), em Brasília.

Com o saldo mensal de 280.666 postos de trabalho durante o mês de maio, o estoque nacional de empregos formais (total de vínculos celetistas ativos) chegou a 40.596.340, com uma variação positiva de 0,7% em comparação aos 40.315.674 registrados em abril, após o ajuste divulgado hoje (em março, eram 40.199.922).

Entre os setores de atividade econômica que registraram melhores resultados quanto ao nível de emprego estão o de serviços (110.956 postos de trabalho abertos principalmente em atividades ligadas às áreas de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas); comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas (60.480 postos), indústria geral (44.146 postos); agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (42.526 postos) e construção (22.611 postos).

Saldo positivo

As cinco regiões brasileiras apresentaram saldo positivo. No Sudeste, o mês de maio terminou com um saldo de 161.767 postos. O Nordeste, com 37.266 vagas, seguido pelas regiões Sul (36.929); Centro-Oeste (26.926 postos) e Norte (17.800 postos).

Considerado o período de janeiro a maio, houve 7.971.258 admissões e 6.737.886 desligamentos, o que representa um saldo total de 1.233.372 empregos formais para os cinco primeiros meses do ano. Em abril, este saldo era de 957.889 postos de trabalho formal.

As estatísticas completas do Novo Caged estão disponíveis na página do Ministério da Economia na internet. Os dados também podem ser consultados no Painel de Informações do Novo Caged.

Ao comentar os números, o ministro da Economia, Paulo Guedes afirmou que se trata de uma “excelente notícia”. “A economia brasileira continua surpreendendo. [Mais de] 280 mil novos empregos criados em maio, completando, nos primeiros cinco meses do ano, 1,2 milhão de novos empregos. Importante também registrar que todas as regiões, todos os setores e todos os estados registraram a criação de novos empregos. Ou seja, é um processo bastante abrangente. É a economia brasileira se levantando. E o mais importante: setores que estavam muito fragilizados, como serviços, [estão] sendo destaques deste mês [de maio]”.

Matéria alterada às 13h08 para corrigir informação no último parágrafo. A declaração do ministro Paulo Guedes sobre o desempenho do setor de serviços diz respeito ao mês de maio, e não de abril, como estava no texto

Corpo de Lázaro Barbosa é liberado e aguarda funerária, no IML de Goiânia

O corpo de Lázaro Barbosa de Sousa, morto aos 32 anos após uma troca de tiros com policiais em Águas Lindas de Goiás, passou por necropsia e foi liberado pelos peritos do Instituto de Medicina Legal (IML) de Goiânia, nesta quarta-feira (30/6). Acuada, a família não buscará o corpo, que será entregue, por meio de procuração, a uma funerária nas próximas horas.

O sepultamento de Lázaro está previsto para acontecer amanhã. O local e horário não foram divulgados. “A família optou por fazer uma cerimônia fechada somente para os parentes. O local do sepultamento e a data não serão divulgados, por questão de segurança e privacidade dos familiares”, esclarece o advogado Wesley Lacerda, que presta apoio aos parentes do suspeito.

“Como foi dito por mim, eu prestaria apoio à família neste último momento, por uma questão de caridade e humanidade, pois os familiares são muito carentes e de baixa instrução”, revela o advogado. “Meu apoio ficou restrito a buscar informações junto ao IML sobre a liberação do corpo, bem como a passar as informações corretas, e de forma clara, para os familiares – o que foi feito”, ressalta.

Lázaro foi morto após 20 dias de caçada, protagonizada por uma força-tarefa composta por 270 policias de diversas forças de segurança. O homem é suspeito de cometer uma chacina, matando quatro pessoas de uma mesma família, no Incra 9, em Ceilândia, no dia 9 de junho.

Após cometer o quádruplo homicídio, Lázaro fez outra família refém, ainda no DF, um dia antes de fugir para o Entorno do DF, na região de Cocalzinho e Edilândia, onde ficou por 20 dias escondido em uma região de mata.

Metrópoles

“Superpedido” de impeachment de Bolsonaro detalha supostos crimes do presidente

Publicado em 30/06/2021 – 17:10Vera BatistaServidor

O documento foi entregue às 15 horas, na Câmara dos Deputados. Com mais de 420 páginas, o processo aponta com riqueza momentos específicos em que foram feitas ações e tomadas medidas que, segundo juristas, entidades sindicais e da sociedade civil, prejudicaram a sociedade brasileira, ou demonstraram o “negacionismo, o menosprezo e a sabotagem assumida das políticas de prevenção e atenção à saúde dos cidadãos brasileiros, diante da mais grave crise de saúde pública da história do país e do planeta”

Os temas controversos, descritos na ação, têm, inclusive, temas apresentados pelo ex-juiz da Justiça, Sérgio Moro, passando pela reunião de 22 de abril de 2020, quando o ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sugeriu “passar a boiada”, até o último escândalo sobre a compra de vacina. “Mudanças de quadros da administração, como exonerações no Ibama, Inep, ameaça de extinção da Ancine, exoneração do ex-ministro da Saúde, Luiz Mandetta por tentar seguir determinações da OMS, são citados como exemplos improbidades administrativas que teriam sido cometidas pelo presidente”.

Falam também de gastos abaixo do previsto para debelar os efeitos da pandemia, incentivos a conglomerados que apoiaram as eleições e reduzido suporte às condições de vida dos trabalhadores. Agressões do presidente a profissionais da imprensa são identificadas no texto como como crimes contra a administração pública, outro crime de responsabilidade. Mas há também informações sobre agressões verbais a chefes de Executivos estaduais e municipais, com incentivo, inclusive, ao uso de armas:

“Na reunião ministerial ocorrida em 22 de abril de 2020 e à qual foi dada ampla visibilidade, o presidente, em referência à postura dos outros entes da Federação no combate à pandemia, afirmou: “Um bosta de um prefeito faz um bosta de um decreto, algema, e deixa todo mundo dentro de casa. Se tivesse armado, ia pra rua”. É gravíssima a postura do presidente de incitar que a população se arme para “se defender” ou “se insurgir” em face de medidas de distanciamento que venham a ser estabelecidas por governadores e prefeitos”, informa o texto.

Veja alguma situações:

As diversas manifestações ao longo da pandemia demonstram que o presidente da República teve diversas oportunidades de reconsiderar sua posição e não o fez. “O comportamento têm sido o mesmo ao longo de toda pandemia e têm contribuído para morte de milhares de brasileiros. É o que se vê, resumidamente, em seguida”, enumeram os que propuseram a ação.

“Superdimensionado”
Em 9 de março, em evento durante visita aos EUA, Bolsonaro disse que o “poder destruidor” do coronavírus estava sendo “superdimensionado”. Até então, a epidemia havia matado mais de 3 mil pessoas no mundo. Após o retorno ao Brasil, mais de 20 membros de sua comitiva testaram positivo para covid-19.

“Europa vai ser mais atingida que nós”
A declaração foi dada em 15 de março. Precisamente, ele afirmou: “A população da Europa é mais velha do que a nossa. Então mais gente vai ser atingida pelo vírus do que nós.” Segundo a OMS, grupos de risco, como idosos, têm a mesma chance de contrair a doença que jovens. A diferença está na gravidade dos sintomas. O Brasil é hoje o segundo país mais atingido pela pandemia.

“Gripezinha”
Ao menos duas vezes, Bolsonaro se referiu à covid-19 como “gripezinha”. Na primeira, em 24 de março, em pronunciamento em rede nacional, ele afirmou, que, por ter “histórico de atleta”, “nada sentiria” se contraísse o novo coronavírus ou teria no máximo uma “gripezinha ou resfriadinho”. Dias depois, disse: “Para 90% da
população, é gripezinha ou nada.”

“A hidroxicloroquina tá dando certo”
Repetidamente, Bolsonaro defendeu a cloroquina para o tratamento de covid-19. Em 26 de março, quando disse que o medicamento para malária “está dando certo”, já não havia qualquer embasamento científico para defender a substância. Em junho, a OMS interrompeu testes com a hidroxicloroquina, após evidências apontarem que o fármaco não reduz a mortalidade em pacientes internados com a doença.

“Todos nós vamos morrer um dia”
Após visitar o comércio em Brasília, contrariando recomendações deu seu próprio Ministério da Saúde e da OMS, Bolsonaro disse, em 29 de março, que era necessário enfrentar o vírus “como homem”. “O emprego é essencial, essa é a realidade. Vamos enfrentar o vírus com a realidade. É a vida. Todos nós vamos morrer um dia.”

“Vírus está indo embora”
Em 10 de abril, o Brasil ultrapassou a marca de mil mortos por coronavírus. No mundo, já eram 100 mil óbitos. Dois dias depois, Bolsonaro afirmou que “parece que está começando a ir embora essa questão do vírus”. O Brasil se tornaria, meses depois, um epicentro global da pandemia, com dezenas de milhares de mortos.

“Eu não sou coveiro”
Assim o presidente reagiu, em frente ao Planalto, quando um jornalista formulava uma pergunta sobre os números da covid-19 no Brasil, que já registrava mais de 2 mil mortes e 40 mil casos. “Ô, ô, ô, cara. Quem fala de… eu não sou coveiro, tá?”, afirmou Bolsonaro em 20 de abril.

“E daí?”
Foi uma das declarações do presidente que mais causaram ultraje. Com mais de 5 mil mortes, o Brasil havia acabado de passar a China 25 em número de óbitos. Era 28 de abril, e o presidente estava sendo novamente indagado sobre os números do vírus. “E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre…”

“Vou fazer um churrasco”
Em 7 de maio, o Brasil já contava mais de 140 mil infectados e 9 mil mortes. Metrópoles como Rio e São Paulo estavam em quarentena. O presidente, então, anunciou que faria uma festinha. “Estou cometendo um crime. Vou fazer um churrasco no sábado aqui em casa. Vamos bater um papo, quem sabe uma peladinha…”. Dias depois, voltou atrás, dizendo que a notícia era “fake”.

“Tem medo do quê? Enfrenta!”
Em julho, o presidente anunciou que estava com covid-19. Disse que estava “curado” 19 dias depois. Fora do  isolamento, passou a viajar. Ao longo da pandemia, ele já havia visitado o comércio e participado de atos pró-governo. Em Bagé (RS), em 31 de julho, sugeriu que a disseminação do vírus é inevitável. “Infelizmente, acho que quase todos vocês vão pegar um dia. Tem medo do quê? Enfrenta!”

“Mais uma que Jair Bolsonaro ganha”
Bolsonaro tem se colocado há meses contra a vacina da fabricante chinesa Sinovac, que será produzida pelo Butantan caso tenham segurança e eficácia asseguradas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Em outubro, cancelou um acordo de cerca de R$ 2 bilhões do Ministério da Saúde para aquisição das doses. “Da China nós não compraremos. É decisão minha. Eu não acredito que ela transmita segurança suficiente para a população pela sua origem. Esse é o pensamento nosso”, disse Bolsonaro. No mês seguinte, os testes envolvendo essa vacina foram interrompidos para que as autoridades investigassem a relação entre o imunizante e a morte de e a morte de um voluntário que a recebeu — o Butantan nega qualquer ligação entre os dois, mas Bolsonaro comemorou.

“Vacina obrigatória só aqui no (cachorro) Faísca”
Desde agosto, Bolsonaro vem se posicionando contra a obrigatoriedade da vacinação contra a covid-19. Naquele mês, afirmou a apoiadores que “ninguém pode ser obrigado a tomar a vacina”. Se por um lado a fala de Bolsonaro pode incentivar ainda mais o crescimento do movimento antivacina, dizem médicos, por outro ela está equivocada e seria inconstitucional, segundo constitucionalistas ouvidos pela BBC News Brasil. E uma lei criada neste ano pelo próprio governo federal e sancionada por Bolsonaro dá poder aos Estados e municípios para aplicar uma vacinação compulsória contra a covid-19.
Em 24 de outubro, decidiu fazer piada com o tema. “Vacina obrigatória só aqui no Faísca”, disse em selfie com seu cachorro em uma postagem em redes sociais…. –

“País de maricas”
Em 10 de novembro, ao celebrar como vitória política a suspensão dos estudos, pelo Instituto Butantan, da vacina do laboratório chinês Sinovac após a morte de um voluntário da vacina, Bolsonaro afirmou que o Brasil deveria “deixar de ser um país de maricas” por causa da pandemia.

“Fizemos a nossa parte”
Mais uma declaração controversa e mesquinha sobre o avanço da contaminação em Manaus: “A gente está sempre fazendo o que tem que fazer, né? Problema em Manaus: terrível o problema lá, agora nós fizemos a nossa parte, com recursos, meios”, declarou o ora Representado falseando, mais uma vez, a realidade dos fatos.
Ao longo de quase um ano, Bolsonaro usando termos como “gripezinha”, disse que não morreriam nem 800 pessoas por Covid-19, chamou o Brasil de “país de maricas”, ignorou recomendações científicas e mostrou um apego inabalável à hidroxicloroquina.
A ponto de recomendar o uso desta em Manaus, quando todos sabiam que o problema era a falta de oxigênio.

Até a data dessas declarações, o  Brasil já contabilizava mais de 213 mil mortes e mais de 8,5 milhões de casos confirmados na pandemia. “Não podemos assistir, a este verdadeiro genocídio, como se fosse algo normal. A História julgará a todos e a única atitude possível é o imediato afastamento do presidente da República, Jair Bolsonaro. Durante toda a pandemia o presidente Jair Bolsonaro alterna entre a negligência criminosa e o sarcasmo doentio. Este comportamento é nocivo pois acaba contaminando as instituições e aos agentes políticos. Veja o caso da taxação dos cilindros de oxigênio sem que ninguém do governo se desse conta do absurdo e das consequências da medida. O afastamento se reveste de um caráter protetor, de defesa da sociedade. Bolsonaro não cumpriu o seu dever”, justificam os jurista autores da ação de impeachment.

CPI: amparado por decisão do STF, Wizard se nega a responder perguntas

Empresário compareceu à CPI da Pandemia amparado por habeas corpus

Publicado em 30/06/2021 – 15:46 Por Karine Melo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia (CPIPANDEMIA) realiza oitiva do empresário apontado como integrante do “gabinete paralelo” de aconselhamento ao presidente da República no enfrentamento à pandemia. O objetivo é esclarecer sobre esse suposto “ministério paralelo da saúde”, incluindo a sugestão de utilização de medicamentos sem eficácia comprovada e o apoio à imunidade de rebanho. Antes do depoimento, os senadores votam requerimentos de convocação de depoentes e de pedidos de informações e documentos. Mesa: vice-presidente da CPIPANDEMIA, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP); presidente da CPIPANDEMIA, senador Omar Aziz (PSD-AM); relator da CPIPANDEMIA, senador Renan Calheiros (MDB-AL). Foto: Pedro França/Agência Senado

O empresário Carlos Wizard decidiu nesta quarta-feira (30) não responder às perguntas feitas por senadores da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. Acompanhado pelo advogado criminalista Alberto Toron e amparado por um habeas corpus, concedido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, que lhe garante o direito de ficar calado, o empresário disse que não responderia a nenhuma pergunta.

Um dos questionamentos mais repetidos, sem sucesso, ao empresário pela cúpula da CPI foi sobre os motivos que o teriam levado a organizar um grupo de discussões com médicos defensores de tratamentos sem comprovação científica, mesmo não tendo nenhuma experiência na área de saúde.

“Respeitosamente, senador, pela orientação dos meus advogados eu me reservo o direito de ficar em silêncio”, disse ao relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), que ainda assim fez todas as perguntas que tinha elaborado. Os demais parlamentares do colegiado, tanto de oposição como governistas, também fizeram perguntas, apesar do silêncio do empresário.

Quinze minutos

Antes de decidir ficar em silêncio, Wizard usou os 15 minutos dados a todos os depoentes pelo presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM). Em sua exposição, afirmou desconhecer qualquer “ministério paralelo” de aconselhamento ao presidente Jair Bolsonaro durante a pandemia do novo coronavírus. “A minha disposição de servir o país no combate à pandemia e salvar vidas faz com que eu seja acusado de pertencer ao suposto gabinete paralelo. Afirmo com toda veemência que jamais tomei consciência de um governo paralelo. Se, porventura, este gabinete existiu, eu jamais tomei conhecimento ou tenho qualquer informação a este respeito”, ressaltou.

Suspeito de integrar o suposto grupo, aos senadores, o empresário acrescentou que “essa é a mais pura expressão da verdade”.

O empresário destacou como começou sua relação com o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. Wizard e a esposa, além de outros membros da sua família, foram voluntários na Operação Acolhida em 2018, que presta auxílio humanitário a imigrantes venezuelanos, e que era coordenada pelo ex-ministro. A proximidade fez com que Wizard fosse chamado por Pazuello quando ele assumiu o Ministério da Saúde para auxiliar no combate à pandemia. Wizard disse que a condição seria “servir como voluntário e empreendedor social e de forma pro-bono, sem remuneração”.

Ausência

Sobre o não comparecimento à primeira convocação ,no último dia 17 de junho, o empresário disse que estava cuidando do pai idoso e da filha que, segundo ele, está com uma gravidez de risco, nos Estados Unidos. Wizard desembarcou no Brasil no último domingo (27) e foi direto para a sede da Polícia Federal no aeroporto de Viracopos, em Campinas, para entregar o passaporte.

Cai número de famílias que defendem fechamento de escolas na pandemia

Estudo mostra que 93% das escolas mantiveram atividades remotas

Publicado em 30/06/2021 – 15:05 Por Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil  – Rio de Janeiro

Estudantes de todo Brasil, fazem o segundo dia de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio

O percentual de famílias brasileiras que considera muito importante manter as escolas fechadas como forma de prevenir a covid-19 caiu em um ano, de acordo com estudo divulgado hoje (30). No início da pandemia, em julho de 2020, 82% dos brasileiros afirmavam que era muito importante manter as escolas fechadas. Em novembro, essa porcentagem caiu para 71%. Agora, em maio de 2021, são 59%.

Os dados são da terceira etapa da pesquisa Impactos Primários e Secundários da Covid-19 em Crianças e Adolescentes, realizada pelo Ipec – Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec) para o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). 

A pesquisa mostra que, após mais de um ano de pandemia, as escolas começaram a retomar as atividades presenciais. Ao todo, 41% das pessoas que residem com crianças ou adolescentes disseram que as escolas voltaram a oferecer essas atividades. 

O estudo revela, também, que 93% das escolas mantiveram atividades remotas, mesmo que tenham voltado às salas de aula. Essa modalidade ainda apresenta uma série de dificuldades, apesar dos esforços para ampliar o acesso. Segundo a pesquisa, os principais canais de acesso dos estudantes às atividades são o WhatsApp (71%) e a distribuição de material impresso (69%). A falta de acesso à internet (35%) e a falta de equipamento adequado (31%) estão entre as principais dificuldades para realizar atividades escolares remotas, sobretudo entre as famílias mais pobres.

Retomada segura 

Para a representante do Unicef no Brasil, Florence Bauer, a retomada das aulas presenciais é importante, mas ela deve ser feita de forma segura. “É fundamental um diálogo para cada escola, em cada município, cada estado e nos diversos níveis. Que aconteça esse diálogo entre a comunidade escolar, ou seja, todos os adultos que trabalham na escola, os professores, as famílias, as crianças, para definir o protocolo que é mais adequado naquele momento, naquela situação”, diz. 

Segundo Florence, a escola é um espaço importante para garantir não apenas o aprendizado, mas também a socialização e até mesmo a segurança alimentar das crianças e adolescentes do país, sobretudo aqueles em situação de vulnerabilidade. “O importante é que esse diálogo aconteça o quanto antes e que as escolas possam reabrir, mesmo se for com atividade presencial limitada no começo. Mas, é importante reafirmar e restabelecer a escola como espaço de referência para crianças e adolescentes”, defende. 

A pesquisa mostra ainda que as medidas individuais de prevenção à pandemia se mantiveram em alta. Entre os entrevistados, 81% afirmam que quarentena e isolamento social são medidas muito importantes para conter a covid-19. Em julho de 2020, eram 84% e em novembro, 81%. Além disso, 94% reforçam a importância do uso de máscaras, percentual que aumentou em relação a novembro, 91%.

Impactos 

Mais da metade, 56% dos entrevistados, diz que a renda familiar diminuiu desde o início da pandemia, o que representa 89 milhões de brasileiros. As classes D e E foram as mais afetadas. Cerca de 40% dessa parcela da população teve uma redução da renda em mais da metade. Na classe A essa redução ocorreu para 12%. Entre os motivos está a perda de emprego. No total, 18% disseram que estavam trabalhando antes e mesmo durante a pandemia e agora não estão mais.

A alimentação também foi impactada. A pesquisa mostra que, desde o início da pandemia, 17% dos entrevistados, o que equivale a 27 milhões de brasileiros com mais de 18 anos, declaram que alguém no domicílio deixou de comer porque não havia dinheiro para comprar mais comida. Nas classes D e E, esse percentual chegou a 33%. 

A fome chegou também a crianças e adolescentes: 13% disseram que crianças e adolescentes que moram com eles deixaram de comer por falta de dinheiro. Nas classes D e E, esse percentual foi também 33%. Entre aqueles matriculados em escolas públicas, metade afirmou que recebeu alimentação da escola durante o período de fechamento por causa da pandemia. 

Diante desse cenário, 56% dos entrevistados disseram que o adolescente com quem moram apresentou algum sintoma relacionado a transtornos mentais durante a pandemia. Entre eles, 29% disseram que os jovens apresentam mudanças repentinas de humor e irritabilidade; 28% que tiveram alterações no sono como insônia ou excesso de sono. Também 28%, disseram que houve diminuição do interesse em atividades rotineiras. 

Segundo Florence, políticas públicas como o Auxílio Emergencial são importantes para mitigar esses efeitos da pandemia. Além disso, é necessária uma articulação entre diferentes áreas dos governos para que medidas de assistência, saúde e educação cheguem a toda a população. 

Pesquisa 

A terceira etapa da pesquisa Impactos Primários e Secundários da Covid-19 em Crianças e Adolescentes fez 1.516 entrevistas, por telefone, entre 10 e 25 de maio de 2021. A primeira e a segunda rodada da pesquisa foram divulgadas em agosto e dezembro de 2020, respectivamente.

Inmet alerta para chuvas intensas em Pedro Avelino e mais 44 cidades do estado

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta para chuvas intensas em 46 cidades do Rio Grande do Norte a partir das 21h desta terça-feira (29) até 11h da quarta (30). (Veja a lista de cidades no fim).

Reprodução

O órgão aponta que as chuvas podem chegar a 20 a 30 milímetros por hora ou até a 50 milímetros por dia.

De acordo com o Inmet, há um baixo risco de alagamentos e possibilidade de pequenos deslizamentos em locais que contém com esse tipo de área.

As recomendações do instituto são de evitar enfrentar o mau tempo, observar alteração nas encostas e evitar usar aparelhos eletrônicos ligados na tomada.

As chuvas são classificadas como de “perigo potencial”, a segunda numa escala de quatro níveis.

Caso seja necessário, o órgão diz que devem ser acionados a Defesa Civil (telefone 199) e o Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Além do Rio Grande do Norte, as chuvas também atingem cidades de Pernambuco, Paraíba, Ceará, Piauí e Maranhão.

Veja as cidades afetadas pela chuva

  1. Alto do Rodrigues
  2. Areia Branca
  3. Arez
  4. Assu
  5. Baraúna
  6. Baía Formosa
  7. Caiçara do Norte
  8. Canguaretama
  9. Carnaubais
  10. Ceará-Mirim
  11. Extremoz
  12. Galinhos
  13. Goianinha
  14. Grossos
  15. Guamaré
  16. Ielmo Marinho
  17. Jandaíra
  18. João Câmara
  19. Macau
  20. Macaíba
  21. Maxaranguape
  22. Monte Alegre
  23. Mossoró
  24. Natal
  25. Nísia Floresta
  26. Parazinho
  27. Parnamirim
  28. Pedra Grande
  29. Pedro Avelino
  30. Pedro Velho
  31. Pendências
  32. Porto do Mangue
  33. Poço Grande
  34. Pureza
  35. Rio do Fogo
  36. Senador Georgino Avelino
  37. Serra do Mel
  38. São Bento do Norte
  39. São Gonçalo do Amarante
  40. São José de Mipibu
  41. São Miguel do Gostoso
  42. Taipu
  43. Tibau
  44. Tibau do Sul
  45. Touros
  46. Vila Flor

Mulher é morta a facadas dentro de condomínio onde morava na Grande Natal; ex-marido é principal suspeito

Homem alugou apartamento no mesmo condomínio da vítima sem que ela soubesse. Segundo Polícia Civil, caso será investigado como feminicídio.

Por Sérgio Henrique Santos, Inter TV Cabugi 29 de junho de 2021

Anailzy Suany Marques da Costa, de 32 anos, foi morta a facadas na noite desta segunda-feira, 28

Uma mulher foi morta a facadas, na noite desta segunda-feira (28), na área comum de um condomínio no município de Parnamirim, na região metropolitana de Natal. Segundo a Polícia Civil, o ex-marido da vítima é o principal suspeito.

Vizinhos contaram que por volta das 19h30 ouviram voz de uma mulher gritando por socorro. Quando eles chegaram ao local, encontraram a vítima caída entre dois blocos de apartamentos, próximo à quadra do condomínio. Ela morreu no local, antes da chegada do socorro médico.

A vítima foi identificada como Anailzy Suany Marques da Costa, de 32 anos. Ela estava morando no condomínio localizado no bairro Liberdade há cerca de 3 meses, após se separar do marido, com quem foi casada por 12 anos. Anailzy dividia um apartamento com a irmã e o filho de 12 anos.

O ex-marido de Anailzy tinha se mudado para o prédio havia 3 semanas. Sem que a ex-mulher soubesse, ele alugou um apartamento ao lado do bloco dela.

“Ela foi comprar algum alimento e quando ela resolveu sair do lugar, ele abordou ela. Quando eu cheguei lá, ela pediu socorro, só que ela estava muito ensaguentada”, contou uma vizinha que preferiu não se identificar.

O filho do casal não estava no apartamento no momento do crime. Ele tinha ido passar o fim de semana na casa de parentes e não retornou. Após o crime, o ex-marido de Anailzy não mais foi localizado.

Vizinhos contaram à Polícia Civil que a vítima relatou que tinha uma medida protetiva para garantir distância do ex-marido, com quem viveu um relacionamento abusivo. Mas, Anailzy nunca apresentou o documento ao condomínio para impedir a entrada do ex-marido no local.

O crime será investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), por meio da força tarefa de homicídios de Parnamirim. De acordo como a Polícia Civil, o caso será investigado como feminicídio.

Guedes diz que arrecadação recorde reflete retomada da economia

Todos os setores da economia aumentaram a arrecadação

Publicado em 29/06/2021 – 13:06 Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje (29) que o aumento da arrecadação registrado pela Receita Federal (RFB), mostra que a economia “voltou a ficar de pé”.

“A economia brasileira continua surpreendendo favoravelmente”, disse o ministro ao anunciar a arrecadação de impostos e contribuições federais, de R$ 142,1 bilhões em maio.

“É um recorde histórico esse crescimento de quase 70% em relação ao mesmo mês de maio do ano anterior. No acumulado de janeiro a maio, [a arrecadação] chegou a R$ 744 bilhões. É um acréscimo real de 21% sobre o mesmo período do ano passado”, disse o ministro. Segundo Guedes, todos os setores aumentaram a arrecadação. “É inequívoco que o Brasil já se levantou e a economia está caminhando com velocidade bem acima da que era esperada na virada do ano”.

O ministro reiterou que o país está à beira de uma reforma tributária, que tem como compromisso não deixar que os impostos “sufoquem o empresariado brasileiro”. “Nesse segundo capítulo da reforma tributária, que já enviamos, mandamos sinal muito claro: nosso governo quer reduzir em termos reais a arrecadação sobre as empresas. Se a arrecadação vier acima do que esperávamos, temos de transformar isso em simplificação e redução de outros impostos. Anunciamos redução de 2,5% no Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, mas queremos passar isso para 5% nos próximos anos. Estamos recalibrando nossos cálculos para ver se isso já é possível”, disse o ministro.

Na proposta de reforma entregue ao Congresso Nacional, a equipe econômica retoma tributos que incidem sobre rendimentos de capital e dividendos. A alíquota desses impostos foram zeradas durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. Guedes disse que a alíquota média que incide sobre dividendos em países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é entre 25% ou 26% de cobrança, mas em alguns países ela chega a 40%. “Estamos colocando essa alíquota em 20%, o que ainda é pouco, além de ser menos do que paga um assalariado”, disse o ministro.

Segundo ele, as empresas são um mecanismo de acumulação de recursos visando investimentos, inovação e a criação de emprego e renda. “Na medida em que as empresas acumulam capital e tecnologias, elas aumentam a produtividade do trabalho e os salários. Os impostos têm de ser cada vez mais baixos porque é uma engrenagem econômica. Quando o dinheiro sai da engrenagem e vai para os detentores de capital, aí sim é que se tem de pagar impostos”, argumentou.

O ministro acrescentou que a tributação que historicamente o país faz sobre assalariados se deve às facilidades de tributação dos contracheques. “Como é fácil tributar no contracheque, o Brasil tributava excessivamente trabalhadores de baixa renda. Por isso aumentamos de R$ 1,9 mil para R$ 2,5 mil a margem isenta de tributação”.

A expectativa da equipe econômica é a de que, nos próximos meses o país se aproxime dos níveis de arrecadação registrados em 2015. “Todos indicadores mostram que a economia se levantou vigorosamente. Continuamos com nosso compromisso de tirar o Estado do cangote do povo brasileiro. Esse aumento forte da arrecadação nos dá força para avançar nas reformas e desonerar empresas; reduzir impostos sobre trabalhadores de baixa renda; e tributar rendimentos de capital que estavam isentos”.

Dinheiro, remédios e armas: veja o que Lázaro carregava na mochila

A polícia também encontrou munições, que foram supostamente roubadas por Lázaro na ocasião que ele invadiu uma chácara em Cocalzinho de Goiás e baleou três pessoas. O suspeito também guardava R$ 4,4 mil

Darcianne Diogopostado em 29/06/2021 08:49 / atualizado em 29/06/2021 08:51

 (crédito: Material cedido ao Correio)
(crédito: Material cedido ao Correio)

Faca, comida, remédio e armas foram alguns dos itens encontrados pela polícia dentro da mochila que Lázaro Barbosa Sousa, 32 anos, carregava. O suspeito de assassinar uma família no DF, balear quatro pessoas e manter reféns foi morto na manhã de terça-feira (29/6), durante um confronto com policiais militares da Rotam de Goiás, em Águas Lindas.

Os pertences passam por perícia. Na foto, a qual o Correio teve acesso, mostra alguns dos objetos. Na mochila, Lázaro carregava escova de dente, isqueiros, cebola, biscoitos e macarrão instantâneo, faca, remédios e um casaco camuflado.

A polícia também encontrou duas armas e munições, que foram supostamente roubadas por Lázaro na ocasião que ele invadiu uma chácara em Cocalzinho de Goiás e baleou três pessoas. O suspeito também guardava um dinheiro no valor de R$ 4,4 mil. Os investigadores analisam todos os itens, inclusive o celular roubado por ele em 15 de junho, quando manteve três pessoas da mesma família reféns em Edilândia.

Confronto e morte

Imagens do circuito interno de segurança de uma casa captaram Lázaro Barbosa por volta das 20h desse domingo (27/6). Na filmagem, ele sai de uma mata e caminha pela rua, em direção à casa da ex-mulher e da ex-sogra, em Águas Lindas de Goiás.

Policiais receberam uma denúncia anônima e se deslocaram às pressas para a região. Durante a madrugada, agentes da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) teriam visto o suspeito, que os ameaçou dizendo: “Se entrar, vou meter tiro no rosto”. Em seguida, ele fugiu para a área de mata, mas foi capturado por volta das 9h dessa segunda-feira (28/6).

Segundo informou o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, Lázaro estava com duas armas, uma pistola e um revólver e teria descarregado as munições contra os policiais, que revidaram. O homem foi alvejado com mais de 30 tiros e morreu antes de chegar no Hospital Bom Jesus.

Correio Brasiliense

Caso Lázaro: ‘Estado não pode agir na clandestinidade’, critica vice-presidente da OAB

Advogada Cristiane Damasceno diz que falta de informações e de perícia no local da captura de Lázaro Barbosa é uma forma de transgredir a legislação brasileira

Por Talita de Souza 28/06/2021 20:26 – Atualizado em 28/06/2021 20:33

Vice-presidente da OAB cobra transparência da PM na operação de captura e morte de Lázaro
Alexandre Mota

A vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal (OAB-DF), Cristiane Damasceno, criticou a falta de transparência das forças de segurança que atuaram na captura e na morte de Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos. Em operação liderada pela Casa Militar de Goiás, o foragido foi morto com mais 30 tiros na manhã desta segunda-feira (28/6).

Para a especialista em direito processual penal, as secretarias de Segurança Pública de Goiás e do Distrito Federal devem esclarecer como foi feita a operação e se houve transgressão de direitos do foragido. “Há muito o que se explicar. Como ele reagiu? Para onde ele disparou? Se descarregou a arma, onde estão os feridos? Não foi explicado qual o armamento utilizado por ele”, questiona.

“Estavam presentes 270 pessoas, drones e helicóptero. Com todo esse aparato, não conseguiram alvejar o foragido no ombro para pará-lo? Foram 38 tiros!”, destaca. Ela pede que a perícia seja feita e que os responsáveis pelo caso informem à sociedade como a captura e a morte ocorreram, assim como a motivação dos crimes cometidos por Lázaro. “Com informações claras e transparência, toda a sociedade poderá desenvolver mecanismos para proteger melhor a sociedade, além de melhorar os sistemas de buscas”, pontua.

Cristiane afirma que a morte de Lázaro não deveria ser comemorada, principalmente se ela revela uma maneira clandestina de a polícia agir. “Quando uma pessoa mata e rouba, ela quebra um pacto social e deve pagar legalmente sobre esse ato. Não é porque ela fez isso que a polícia pode fazer também. Estamos em um estado democrático e não podemos achar que quem comete crime não pode ter mais nenhum direito”, critica.

Para ela, aceitar acriticamente uma operação com tantas perguntas a serem respondidas é permitir que a força de segurança estatal possa ter poderes inconstitucionais. “Uma coisa que a população tem que entender é: o Estado não pode agir clandestinamente”, afirma. Se pegarmos a estrutura estatal e legitimarmos a clandestinidade, iremos permitir que ele possa invadir nossas casas e descumprir diversas outras leis. O Estado precisa ser regido, especificamente, pela legalidade”, frisa.

Apesar das críticas à polícia, Cristiane deixa claro que não dá razão a Lázaro, mas, sim, que a sociedade precisa exigir transparência nas operações policiais. “As pessoas não enxergam o perigo de legitimar uma ação ilegal do Estado. Em nenhum momento, falo que ele está com razão ou que sinto pena dele. Mas, sim, que ele deveria pagar pelo crime de acordo com as leis brasileiras”, completa a advogada.

A morte de Lázaro impede o esclarecimento sobre os crimes cometidos, avalia Cristiane. Além do fazendeiro Elmi Caetano Evangelista, preso em flagrante por colaborar com o foragido, o secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás, Rodney Miranda, informou que Lázaro não agia sozinho. “Quem estava ajudando Lázaro? O que realmente estava por trás dos assassinatos? Não saberemos porque ele está morto”, lamenta a advogada.

Polícia brasileira é a que mais mata

Cristiane ressalta que a ação pode ser resultado de uma cultura policial de morte presente no país, na qual é possível observar dados alarmantes de assassinatos cometidos por forças policiais. “O Fórum de Segurança Nacional revela que há uma guerra civil entre a polícia e a sociedade. A polícia brasileira é a que mais mata, e Goiás e Rio de Janeiro estão entre os estados mais letais”, relata.

“Os agentes também morrem, mas não tanto quanto matam, principalmente pessoas negras. Quando alguém age de maneira errada, nós o punimos. Isso também deve ocorrer com a polícia”, analisa.

Sistema penal é falho

Com a repercussão do caso e o levantamento da ficha criminal de Lázaro, a facilidade do criminoso em fugir dos presídios em que esteve na Bahia e no Distrito Federal rendeu críticas ao sistema prisional brasileiro. Cristiane afirma que as falhas ocorrem por falha de gestão.

A especialista em direito processual penal diz que a legislação brasileira garante a produção de um centro de observação, no qual o preso é analisado cuidadosamente por um equipe médica interdisciplinar, principalmente psicológica, para entender o grau de periculosidade que ele oferece à sociedade. A partir dos resultados da análise, o sistema penal deveria traçar um plano que garanta que ele permaneça preso, inclusive em alas diferentes das dos presos comuns.

“Psicopatas são altamente perigosos, não mudam e não melhoram. Mostram um grau elevado de inteligência e, por vezes, usam isso nas prisões. Por isso, é preciso categorizar cada criminoso e tratá-lo de forma diferente”, diz. “Tantos casos no Brasil de psicopatas e, até hoje, não sabemos quantos existem. São 820 mil pessoas no sistema prisional brasileiro, e eu não sei dizer quantos são psicopatas. Simplesmente este dado não existe”, protesta.

Ela exemplifica que países como Suíça e Noruega são exemplos de análise eficaz para os presos, os quais cumprem tratamentos específicos para psicopatas, acompanhados de atendimento psicológico para entender cada vez mais como agem. “Lei nós temos, o que não temos é gestão”, avisa.

“Lázaro tinha uma vida pregressa complicada. Era preciso montar um exame criminológico e seguir um plano para que ele não saísse mais da prisão”, afirma. “Uma pessoa dessa colocada na rua vai delinquir de novo. Psicopata não é doido, é inteligente, tem problema de convivência social e, por isso, deve ficar separado dela”, conclui.

Com vacinação em massa, Botucatu reduz casos de covid-19 em 71%

A queda foi registrada seis semanas após vacinação

Publicado em 28/06/2021 – 16:06 Por Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

O Distrito Federal começou a vacinar pessoas com 49 anos a partir de hoje. A vacinação contra a Covid-19 começou no dia 19 de janeiro e o DF já recebeu 1.455.070 doses de imunizantes.

O município de Botucatu, no interior paulista, registrou queda de 71,3% nos casos de covid-19 em seus moradores seis semanas após iniciar a vacinação em massa na população. Os dados são de um estudo realizado com o apoio do Ministério da Saúde sobre a eficácia da vacina da AstraZeneca/Oxford, produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Brasil.

O início do programa de vacinação em massa ocorreu na cidade no dia 16 de maio, quando 65 mil moradores foram vacinados em um único dia. Até o momento, cerca de 77 mil moradores receberam, pelo programa, a primeira dose da vacina, cuja segunda dose é aplicada após 90 dias. Botucatu tem cerca de 150 mil habitantes, dos quais 106 mil são maiores de 18 anos.

Além da queda no número de casos, as internações decorrentes da doença também apresentaram queda na cidade: 46% a menos. “As vacinas são doses de esperança para a população brasileira. A diminuição dos casos com a primeira dose já mostra bons resultados do estudo em Botucatu, que serve de base para o resto do país”, destacou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

O estudo também investiga a eficácia da vacina contra as variantes da cepa original do novo coronavírus. No entanto, os resultados completos sobre o estudo ainda não foram divulgados.

Estudo identifica fatores de dispersão da Covid-19 no Brasil

Max Gomes (IOC/Fiocruz)

A entrada do Sars-CoV-2 no Brasil ocorreu, principalmente, pelos aeroportos internacionais. No entanto, foram pelas rodovias federais e estaduais que o novo coronavírus avançou pelo país. Publicado recentemente na revista Scientific Reports, um artigo com participação do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) investigou os percursos traçados pelo vírus causador da Covid-19 em território nacional. Os autores destacam três fatores principais para sua propagação inicial: a introdução em regiões com grande potencial de disseminação, a livre circulação em estradas que conectam metrópoles com cidades do interior e a desigual distribuição geográfica de unidades de terapia intensiva (UTI).

A partir de uma modelagem matemática, os cientistas identificaram que 17 cidades brasileiras correspondiam a quase uma totalidade dos casos iniciais de disseminação do Sars-CoV-2 durante os 3 primeiros meses de circulação do vírus no país. A principal delas era a cidade de São Paulo que chegou a registrar 85% dos casos originais entre final de fevereiro de 2020 e metade de março do mesmo ano. O estabelecimento da transmissão comunitária do novo coronavírus nessas áreas combinado às dinâmicas de mobilidade humana fomentadas pelas complexas redes de transportes determinou o alastramento geográfico da Covid-19 para municípios menores.

À medida que os casos cresciam no interior, pacientes em situações mais graves dessas localidades passaram a buscar assistência médica em grandes cidades devido à ausência de leitos de UTI em seus municípios, criando, assim, um “efeito bumerangue”. Esse comportamento provocou uma distorção na distribuição dos números de mortes por Covid-19 no Brasil, que deixou de acompanhar a quantidade de casos de cada região e passou a ser relacionada com a ocupação de leitos em unidades de terapia intensiva.

“Se um lockdown em capitais com potencial de disseminação tivesse sido implementado cedo, restrições obrigatórias de tráfego rodoviário fossem aplicadas, e uma distribuição geográfica mais equitativa de leitos de UTI existisse, o impacto da Covid-19 no Brasil teria sido significativamente menor”, afirmam os pesquisadores no artigo.

Juntamente com Cecilia Andreazzi, do Laboratório de Biologia e Parasitologia de Mamíferos Silvestres Reservatórios do IOC/Fiocruz, assinam o artigo Miguel Nicolelis, da Duke University Medical Center, nos Estados Unidos; Rafael Raimundo, da Universidade Federal da Paraíba; e Pedro Peixoto, da Universidade de São Paulo.

Das capitais para o interior e de volta às capitais

Por estar localizada ao lado do maior aeroporto internacional do Brasil e possuir o maior fluxo de tráfego rodoviário do país, a capital de São Paulo abrigou o maior índice de disseminação de Sars-CoV-2 nas primeiras três semanas de propagação do vírus, com 85% dos casos originais. Em seguida, outros 16 municípios também registraram altos índices. Entre eles, as capitais Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, São Luís, João Pessoa, Porto Alegre, Curitiba, Brasília e Manaus. Juntas, essas cidades foram responsáveis por cerca de 98% de dispersão do novo coronavírus em seus três primeiros meses de circulação.

Após o estabelecimento da transmissão comunitária nessas localidades, em pouco tempo a Covid-19 alcançou o interior do país. Como as cidades menores são altamente dependentes de outros municípios (geralmente capitais) para aquisições de bens e acesso a serviços públicos, incluindo cuidados de saúde, seus moradores acabaram sendo infectados durante esse trânsito. Acometidos pela doença, essas pessoas retornam às capitais em busca de atendimento médico, seguindo um padrão que pode ser observado em diversas regiões do Brasil.

A análise do fluxo de pacientes com Covid-19 revelou que a capital de São Paulo recebeu residentes de 464 municípios, seguida de Belo Horizonte, que recebeu pacientes de 351 cidades, Salvador (332), Goiânia (258), Recife (255) e Teresina (255).

“Pessoas de municípios do interior passaram a corresponder a uma grande porcentagem de admissões em hospitais públicos e privados nas capitais. Depois disso, diversos desses hospitais ficaram sobrecarregados”, apontam os autores.

Ainda que a assistência gratuita oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que atende cerca de 7 em cada 10 brasileiros, tenha sido essencial para evitar um agravamento ainda maior da pandemia, a necessidade de aprimoramento na distribuição de leitos e serviços é enfatizada na publicação.

“A crise epidêmica da Covid-19 expôs a inadequação da política de concentração da maior parte das instalações de hospitais terciários e leitos de UTI em um punhado de cidades de médio porte e capitais em todo o Brasil”, destacam os especialistas.

Os cientistas finalizam o artigo com um alerta sobre a necessidade de uma reação mais eficiente de gestores assim que emergências sanitárias sejam declaradas, além de um financiamento adequado para o desenvolvimento de sistemas de informação e a gradual descentralização de unidades de terapia intensiva.

“Nos próximos anos, essa noção deve ser considerada um ponto de partida para desenhar políticas públicas urgentemente necessárias destinadas a preparar instituições de saúde brasileiras, a níveis federal e estadual, para coordenar respostas não-farmacêuticas robustas para o enfrentamento de emergências epidemiológicas em todo o país, tal como a atual pandemia do Sars-CoV-2”, concluem.

Polícia investigará se Lázaro atuou como jagunço e teve ajuda na fuga

“As investigações não acabam aqui”, disse Rodney Miranda

Publicado em 28/06/2021 – 12:31 Por Alex Rodrigues – Repórter da Agência Brasil – Brasília

morte do fugitivo Lázaro Barbosa, na manhã de hoje (28), não põe fim ao trabalho da Polícia Civil de Goiás, que, a partir de agora, centrará esforços para esclarecer se o acusado de ter cometido múltiplos assassinatos recebeu ajuda para escapar ao cerco dos agentes de segurança por 20 dias.

“As investigações não acabam aqui. Ainda temos algumas pessoas para investigar e prender”, disse a jornalistas o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda. Segundo ele, a Polícia Civil já está investigando a suspeita de que Lázaro agia como matador de aluguel e contou com o auxílio de pessoas que não queriam que ele fosse preso.

O principal alvo da apuração da suposta ligação de Lázaro com matadores é, de acordo com Miranda, o dono de uma chácara onde o fugitivo chegou a se esconder e obter alimentos, Elmi Caetano Evangelista, preso na última quinta-feira (24).

“O empresário [chacareiro] que está preso é um dos líderes da organização”, disse o secretário, afastando a tese de que Lázaro atuava sozinho. “Mais para frente, quando a investigação estiver finalizada, colocaremos [todas as informações] para vocês. Mas já há uma linha de apuração. Uma das coisas [hipóteses] é de que ele [Lázaro] atuava como jagunço ou segurança para algumas pessoas”, afirmou o secretário estadual, declarando que a suposta “organização” pode estar envolvida com crimes como latrocínio e assassinatos nos quais Lázaro pode ter participação.

Segundo Miranda, Lázaro trocou de roupas várias vezes (“Uma prova de que ele tinha uma rede que o acobertava”) e, ao ser morto, estava com cerca de R$ 4,4 mil no bolso. O que, para o secretário, evidencia não só sua intenção de seguir fugindo, mas também que ele contava com o suporte de outras pessoas. O dinheiro é, certamente, um indicativo de que ele estava querendo sair do estado ou do país. E esta questão dele querer fugir, logicamente com o patrocínio [de terceiros], tinha gente interessada em que ele não fosse preso.

Lázaro foi surpreendido por policiais quando chegava à casa de sua ex-sogra, na zona rural de Águas Lindas (GO), a cerca de 50 quilômetros de Brasília. “Ele foi para encontrar com ela. Nós já estávamos monitorando, tentamos pegá-lo no momento [em que ele se aproximou], mas ele chegou a ameaçar alguns policiais”, contou Miranda, explicando que após ser cercado, Lázaro trocou tiros com os policiais e foi baleado. Sua ex-esposa e sua ex-sogra foram conduzidas para prestar depoimento.

Socorrido com vida, Lázaro foi levado ao Hospital Municipal Bom Jesus, de Águas Lindas de Goiás (GO), mas não resistiu aos ferimentos. Seu corpo já foi transferido para o Instituto Médico Legal (IML) de Goiania, onde será periciado antes de ser liberado para que sua família providencie o enterro.

Lázaro é acusado de assassinar quatro pessoas da mesma família em uma chácara no Distrito Federal. Uma quinta vítima teria sido feita refém em Goiás. Ele ainda é suspeito de balear três pessoas no município de Cocalzinho de Goiás, onde se concentraram as buscas. Além disso, já tinha sido condenado por homicídio na Bahia.

AstraZeneca: 3ª dose de vacina produz forte resposta imune, diz estudo

Pesquisa é da Universidade de Oxford

Publicado em 28/06/2021 – 08:57 Por Alistair Smout* – Repórter da Reuters – Londres

Uma terceira dose da vacina contra covid-19, produzida pela AstraZeneca com a Universidade de Oxford, produz forte resposta imune, disseram pesquisadores nesta segunda-feira (28), acrescentando que ainda não há evidências de que essa dose de reforço é necessária, especialmente devido à falta de vacinas em alguns países.

O estudo, da Universidade de Oxford, mostrou que uma terceira dose da vacina aumenta as respostas imunes de anticorpos e de células T. Ao mesmo tempo, a aplicação da segunda dose pode ser adiada para até 45 semanas após a aplicação da primeira e, ainda assim, levar a um aprimoramento da resposta imune.

O governo do Reino Unido diz que analisa planos para uma campanha de aplicação de doses de reforço no outono do Hemisfério Norte, com três quintos dos adultos já com as duas doses de vacinas contra covid-19 aplicadas.

Andrew Pollard, diretor do Grupo de Vacinas de Oxford, afirmou que as evidências de que a vacina protege contra as variantes existentes por um período sustentável significam que uma dose de reforço pode não ser necessária.

“Temos de estar numa posição em que podemos aplicar a dose de reforço caso isso se mostre necessário. Não temos, no entanto, nenhuma exigência de que será”, disse ele a jornalistas.

“Neste momento, com uma alta taxa de proteção na população do Reino Unido e nenhuma evidência de que isso foi perdido, aplicar terceira dose no Reino Unido, enquanto outros países têm zero dose, não é aceitável.”

Estudos anteriores mostraram que a vacina, criada pela Universidade de Oxford e licenciada pela AstraZeneca, tem eficácia maior quando o intervalo de aplicação entre as doses é ampliado para 12 semanas, em vez de quatro.

A pesquisa anunciada hoje foi divulgada sem a revisão de outros cientistas e analisou 30 participantes que receberam uma segunda dose tardia e 90 que receberam uma terceira dose. Todos os participantes tinham menos de 55 anos.

O estudo ajuda a amenizar preocupações de que vacinas contra covid-19 baseadas em vetores virais, como as da AstraZeneca e da Johnson & Johnson, possam perder sua potência se aplicações anuais forem necessárias, dado o risco de que o corpo produza resposta imune contra os vetores que carregam as informações genéticas da vacina.

“Tem havido algumas preocupações de que não poderíamos usa essa vacina num regime de doses de reforço, e certamente não é isso que os dados estão sugerindo”, disse a autora do estudo Tereza Lambe, do Instituto Jenner, de Oxford, à Reuters.

* Reportagem adicional de Natalie Thomas.

Lázaro Barbosa morre após ser preso em Goiás

Segundo segurança pública, ele foi baleado ao ser detido em águas lindas de Goiás. Aos 33 anos, ele tinha extensa ficha criminal, fútil três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes.

Por Guilherme Rodrigues, G1 GO

Lázaro Barbosa — Foto: Reprodução

Lázaro Barbosa, suspeito de matar uma família em Ceilândia, no DF, foi morto, nesta segunda-feira (28), após ser preso em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF. O criminoso estava há 20 dias fugindo de uma força-tarefa com mais de 270 agentes. Aos 32 anos, ele tinha uma extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes.

Desde o dia 9 de junho, quando um casal e dois filhos foram assassinados no DF, o suspeito era procurado. Dois dias após este crime, segundo a polícia, Lázaro roubou um carro e fugiu para Cocalzinho de Goiás. Desde então, empreendeu uma fuga cinematográfica pelas matas da região.

Policiais colocam Lázaro Barbosa em viatura do Corpo de Bombeiros
Policiais colocam Lázaro Barbosa em viatura do Corpo de Bombeiros

Buscas por 20 dias

Enquanto fugiu por esses dias, Lázaro invadiu ao menos 11 fazendas, baleou moradores, dois policiais militares e um oficial da Força Aérea Brasileira (FAB).

Além disso, Lázaro fez uma família refém – o casal e uma adolescente de 16 anos. Durante o sequestro, as vítimas contaram que o criminoso exigiu que eles andassem em córrego para não deixar rastros. Imagens registraram quando a polícia encontrou os três. Veja vídeo acima.

Drones, helicópteros, rádios comunicadores e até um caminhão que tem plataforma de observação elevada de vídeo monitoramento ajudavam na procura. As autoridades policiais informaram que ele tinha facilidade de se esconder por ser mateiro, caçador e conhecer bem a região.

Pastor alemão Sauke feriu a pata em uma pedra durante buscas a Lázaro Barbosa
Pastor alemão Sauke feriu a pata em uma pedra durante buscas a Lázaro Barbosa

Cães farejadores também atuaram na caçada ao Lázaro, entre eles, cadela Cristal, que ajudou nas buscas em Brumadinho (MG). Um vídeo divulgado pela Polícia Militar mostra o momento em que um pastor alemão do Comando de Policiamento de Cães (CP Cães) é carregado nas costas por um militar após se ferir durante as buscas. Veja vídeo acima.

Durante as buscas, os policiais ainda encontraram um carro queimado e alguns objetos, como um lençol usado e um serrote. Todos os itens passam por perícia para verificar se eles tem relação com Lázaro Barbosa. Veja vídeos abaixo.

Policiais periciam carro que foi encontrado queimado em área de buscas por Lázaro Barbosa
Policiais periciam carro que foi encontrado queimado em área de buscas por Lázaro Barbosa
Força-tarefa que busca por Lázaro Barbosa encontra lençol em Águas Lindas de Goiás
Força-tarefa que busca por Lázaro Barbosa encontra lençol em Águas Lindas de Goiás
Cláudio Vidal, Cleonice Marques, Gustavo Vidal e Carlos Eduardo Vidal foram mortos por Lázaro Barbosa — Foto: Arquivo pessoal

Durantes os dias de fuga cinematográfica, ele invadiu fazendas, baleou quatro moradores, um policial e fez uma família refém. O secretário de segurança pública, Rodney Miranda, informou que ele seguia um ritual ao atacar as vítimas.

“Ele leva para beira do rio, manda tirar as roupas e uns ele acaba matando. Acredito que esse seria o destino dessa família hoje”, disse secretário.

Veja o histórico de prisões e fugas:

  • 2007: Lázaro Barbosa foi preso em Barra dos Mendes, na Bahia, acusado de duplo homicídio. Secretaria de Segurança Pública do Estado diz que ele fugiu cerca de 10 dias após a prisão e é considerado foragido desde então.
  • 2009: Lázaro foi preso no Complexo Penitenciário da Papuda (CPP), em Brasília, suspeito de roubo, estupro e porte ilegal de arma de fogo.
  • 2013: Laudo psicológico feito na Papuda descreve Lázaro como “psicopata imprevisível”, com comportamento agressivo, impulsivo, instabilidade emocional e falta de controle e equilíbrio.
  • 14 de março de 2014: Prisão de Lázaro foi convertida para regime semiaberto.
  • 28 de março de 2016: Lázaro fugiu da cadeia.
  • 8 março de 2018: Lázaro Barbosa foi preso em Águas Lindas de Goiás devido à três mandados de prisão por homicídio qualificado, porte ilegal de arma de fogo, roubo e estupro.
  • 23 de julho de 2018: Lázaro fugiu da cadeia de Goiás.
  • 8 de abril de 2020: ele foi indiciado pelos crimes de roubo mediante restrição da liberdade das vítimas e emprego de arma branca e por tentativa de latrocínio, pois é suspeito de invadir uma chácara em Santo Antônio do Descoberto, em Goiás, e golpear um idoso com um machado.
  • 26 de abril de 2021: Ele invadiu uma casa no Sol Nascente (DF), quando trancou pai e filho no quarto e levou a mulher para um matagal e a estuprou.
  • 17 de maio de 2021: Segundo a polícia, ele fez uma família refém na mesma região, ameaçando os moradores com faca e arma de fogo. Nesse crime, ele mandou as pessoas ficarem nuas e, das 19h até meia-noite, prendeu os homens no quarto e as mulheres tiveram que cozinha e servir um jantar para ele.
  • 9 de junho de 2021: Lázaro é suspeito de invadir uma chácara no Incra 9, em Ceilândia (DF), onde teria matado a tiros e a facadas um casal e dois filhos.
  • 9 de junho de 2021: Roubou uma chácara em Ceilândia após o assassinato da família. Ele teria rendido o caseiro, o dono da propriedade e a filha dele.
Carro abandonado queimado por Lázaro na BR-070, segundo a polícia — Foto: TV Globo / Reprodução
  • 11 de junho: Lázaro fugiu para Cocalzinho de Goiás, queimou e abandonou um carro roubado usado na fuga;
  • 12 de junho de 2021: Ele atirou em quatro pessoas, invadiu fazendas e colocou fogo em uma casa ao fugir da polícia. Os feridos foram levados a hospitais da região e dois estavam em estado grave até a terça-feira (15).
  • 13 de junho de 2021: Furtou um carro e o abandonou na BR-070 dando sequência à fuga para uma mata.
  • 14 de junho de 2021: Caseiro de Cocalzinho de Goiás disse à polícia que atirou em Lázaro Barbosa após ele falar que ia entrar na casa. Chacareiro relatou que ele fugiu depois de ser atingido.
  • 15 de junho de 2021: Dois policiais militares de Goiás foram baleados durante buscas do suspeito. Delegado diz que Lázaro fez casal e adolescente reféns em Edilândia, povoado de Cocalzinho.
  • 16 de junho: Lázaro Barbosa foi visto por um morador em uma área rural;
  • 17 de junho: a polícia retomou as buscas em matas da região e mudou a base de operação pela segunda vez. Houve nova troca de tiros e secretário de segurança pública acredita que ele esteja ferido.
  • 18 de junho: houve intensa movimentação da força-tarefa após denúncia de que criminoso havia sido visto em chiqueiro de chácara. Barreiras em estradas e rodovias foram montadas.
  • 19 de junho (sábado): a houve uma grande movimentação de policiais na região de Águas Lindas de Goiás depois que moradores afirmaram terem visto o suspeito pela região. Um deles chegou a contar que viu Lázaro em uma gruta. No mesmo dia, uma cadela que atuou em Brumadinho e outros três cães farejadores chegam para ajudar nas buscas por Lázaro Barbosa.
  • 20 de junho (domingo): com medo de Lázaro, uma família com grávida dormiu dentro de carro em frente à sede da força-tarefa em Cocalzinho de Goiás. Novas buscas ocorrem na zona rural.
  • 21 de junho (segunda-feira): Pela manhã uma moradora denunciou que viu um homem, parecido com o fugitivo, passar por uma propriedade rural. Policiais e bombeiros com cães farejadores acompanharam a mulher para fazer uma verificação na área. Militares de vários batalhões vasculharam casas rurais em busca de pistas e rastros que Lázaro possa ter deixado.
  • 22 de junho: policiais retomam buscas por Lázaro e recebem rádios comunicados do Exército Brasileiro com alcance de 30km. Pela manhã, equipes periciaram um carro que foi encontrado queimado e, à tarde, um lençol e um serrote, que foram encontrados em um local onde o criminoso pode ter se abrigado, em Águas Lindas de Goiás. À noite, um novo cerco foi montado após troca de tiros entre caseiro e suposto invasor.
  • 23 de junho: a SSP disponibilizou um aplicativo para que moradores em uma área de 100 km de distância da região de busca possam fazer denúncias ou pedidos de ajuda. Equipes fizeram buscas em áreas de chácara, mas não conseguiram localizar pistas do fugitivo;
  • 24 de junho: a força-tarefa saiu durante a tarde para fazer buscas em uma região de chácaras de girassol. O secretário de segurança, Rodney Miranda, saiu em uma viatura descaracterizada. Helicópteros também sobrevoaram a região. Um fazendeiro e um caseiro foram presos suspeitos de ajudarem Lázaro Barbosa a fugir da polícia;
  • 25 de junho: a operação continuou em buscas pelo fugitivo na mesma região onde o caseiro e o fazendeiro foram presos suspeitos de ajudarem na fuga. O secretário de Segurança, Rodney Miranda, esteve no local para acompanhar.

Veja outras notícias da região em G1 Goiás.

Veja percurso feito por Lázaro Barbosa de Sousa após matar família no DF — Foto: Arte/G1

Polícia rastreia perfil falso criado por Lázaro em rede social

Operação de busca, ainda sem sucesso, segue pelo 19º dia

Publicado em 27/06/2021 – 19:20 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

A polícia rastreia um perfil falso criado por Lázaro Barbosa, suspeito de assassinar uma família numa área rural de Ceilândia Norte (DF) e de balear pessoas e manter reféns no município de Cocalzinho de Goiás (GO). Por meio de uma conta criada com base em um celular roubado no distrito de Edilândia, Lázaro, foragido há 19 dias, acompanhava notícias sobre a própria caçada.

A conta criada na rede Instagram não tinha publicações. O perfil atribuído a Lázaro segue vários veículos de comunicação e, nas últimas 24 horas, alcançou 2,8 mil seguidores, contra menos de 40 registrados até ontem (26).

No início da tarde do 19º dia de buscas, várias equipes da força-tarefa verificaram uma chácara em Edilândia, que teria servido invadida pelo fugitivo, mas não encontraram ninguém. A propriedade teve o portão arrebentado, o que motivou uma operação da Polícia Científica, que enviou viaturas e um helicóptero. Barreiras continuam montadas nas áreas rurais de Edilândia e do distrito vizinho de Girassol para verificar quem passa.

Também na tarde de hoje (27), foi entregue a segunda Estação Rádio Base (ERB) cedida pela Polícia Militar do Rio de Janeiro. Usado na Copa do Mundo de 2014 e nos Jogos Olímpicos de 2016, o equipamento possibilita a conexão entre telefones celulares por meio de uma estação fixa, ajudando em buscas de grande extensão, onde a comunicação entre diferentes equipes é normalmente dificultada.

A primeira ERB havia sido cedida pela Polícia Militar na última terça-feira (22). O transporte das estações, que incluem torres de transmissão de 15 metros de altura, ficou a cargo do Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro.

*Colaborou o repórter Vitor Abdala, do Rio de Janeiro.

Ministério confirma primeira morte da variante delta no Brasil

Vítima foi grávida de 42 anos do norte do Paraná

Publicado em 27/06/2021 – 18:15 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Uma mulher grávida, de 42 anos, tornou-se a primeira paciente a morrer no Brasil com diagnóstico da variante delta do novo coronavírus, confirmou hoje (27) o Ministério da Saúde. A vítima tinha vindo do Japão para Apuracana, no norte do Paraná, onde morreu em 18 de abril.

Segundo o ministério, a gestante teve resultado negativo para covid-19 no teste de RT-PCR antes de embarcar para o Brasil. No entanto, a vítima começou a apresentar problemas respiratórios em 7 de abril, dois dias depois de chegar ao país. A paciente refez o teste, com resultado positivo.

Oito dias após a confirmação do diagnóstico, em 15 de abril, a gestante foi internada. Logo depois de passar por uma cesariana de emergência em 18 de abril, por causa do agravamento do estado de saúde, a mulher morreu. Nascido com 28 semanas de gestação, o bebê fez o teste para a doença, com resultado negativo.

A paciente morta está na origem do primeiro caso de transmissão comunitária no Paraná da variante delta, identificada na Índia. Uma idosa de 71 anos foi infectada pela filha, que era amiga da gestante e tinha ido visitá-la.

A idosa já teve alta. Como a filha, que teve contato com a gestante, só fez o teste de antígeno, não foi possível traçar o sequenciamento genético do vírus.

Copa América: já classificado para as quartas, Brasil enfrenta Equador

Em contexto favorável, técnico Tite promoverá mudanças

Publicado em 27/06/2021 – 06:00 Por Agência Brasil – Rio de Janeiro

Já classificado para as quartas de final da Copa América, o Brasil enfrenta o Equador, neste domingo (27) a partir das 18 (horário de Brasília) no estádio Olímpico do Goiânia, pela 5ª rodada do Grupo B da Copa América.

Em um contexto muito favorável (na qual lidera a chave com nove pontos em três partidas), o técnico Tite promoverá algumas mudanças na formação inicial da equipe. Uma já está confirmada, o volante Douglas Luiz, que entra no lugar de Fred para fazer sua estreia na competição.

“Vou dar o meu melhor para ajudar a seleção. A gente veste uma camisa muito pesada na nossa seleção, temos que entrar em campo para ganhar todos os jogos. O resultado é consequência do nosso trabalho. Temos que jogar bem para poder vencer. Esse é o nosso lema”, declarou o jogador em entrevista coletiva concedida no último sábado (26).

Segundo o técnico Tite, também em entrevista, os dois jogadores apresentam características diferentes: “O Douglas é um jogador mais de força, sustentação maior, finalização de média distância, bola longa de inversão, bom pé, passe. O Fred é um jogador mais móvel, articulador, que dá ritmo, transição curta muito rápida”.

Além de Douglas Luiz, outros dois atletas devem ter oportunidades nesta partida, o lateral Emerson e o atacante Vinícius Júnior. Com isso, o Brasil deve entrar em campo com a seguinte formação: Alisson; Emerson, Éder Militão, Marquinhos e Renan Lodi; Fabinho, Douglas Luiz e Everton Ribeiro; Richarlison, Neymar e Vinícius Júnior.

Em busca da classificação

Se o Brasil chega em situação confortável, o Equador ainda busca sua classificação. Com apenas dois pontos em três partidas, a La Tri terá um desfalque na busca de sua primeira vitória na competição, o meio-campista Damián Diaz, que testou positivo para o novo coronavírus (covid-19).

Assim, caso o técnico Gustavo Alfaro mantenha a formação adotada na última partida na competição (empate de 2 a 2 com o Peru), o Equador deve entrar em campo da seguinte forma: Galíndez; Ángelo Preciado, Arboleda, Hincapié e Estupiñán; Jhegson Méndez, Moisés Caicedo, Franco, Mena (Jordy Caicedo) e Ayrton Preciado; Campana.

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em setembro

Benefício varia de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família

Publicado em 27/06/2021 – 08:30 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Aplicativo Auxílio Emergencial ao Trabalhador A Caixa Econômica Federal lançou o aplicativo para a liberação do auxílio emergencial a trabalhadores de baixa renda prejudicados pela pandemia do coronavírus. O pedido para receber o benefício pode ser feito no site auxilio.caixa.gov.br ou pelo APP CAIXA | Auxílio Emergencial, disponível nas lojas de aplicativos para celulares Android e IOS. O Senado aprovou a medida no dia 30 de março e a lei foi sancionada em 2 de abril de 2020 (Lei 13.982). Foto: Leonardo Sá/Agência Senado

Trabalhadores informais nascidos em setembro recebem hoje (27) a terceira parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente.

No último dia 15, a Caixa anunciou a antecipação do pagamento da terceira parcela. O calendário de depósitos, que começaria no último dia 20 e terminaria em 21 de julho, foi antecipado para o período de 18 a 30 de junho.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos (veja guia de perguntas e respostas no último parágrafo) para ter direito à nova rodada.

Calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial

Calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial – Caixa – Divulgação

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

O pagamento da terceira parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 17 e segue até o dia 30. O auxílio emergencial somente será depositado quando o valor for superior ao benefício do programa social.

Calendário de pagamento das parcelas do auxílio emergencial.

Calendário de pagamento das parcelas do auxílio emergencial. – Arte/Agência Brasil

Em todos os casos, o auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.

Número de brasileiros com primeira dose de vacina supera 70 milhões

Marca representa 44% da população com mais de 18 anos

Publicado em 27/06/2021 – 13:22 Por Agência Brasil – Brasília

O Brasil superou nesse sábado (26) a marca de 70 milhões de pessoas imunizadas com a primeira dose das vacinas contra a covid-19, divulgou o Ministério da Saúde. Segundo a pasta, 71,152 milhões de brasileiros receberam a primeira dose. O total equivale a 45% das 158,095 milhões de pessoas com mais de 18 anos no país.

Um total de 25,583 milhões de brasileiros receberam a primeira e a segunda dose da vacina ou a dose única da Janssen, completando o ciclo de imunização. Isso equivale a 16,2% da população vacinável no país e a 36,2% do total de pessoas que receberam a primeira dose.

As informações estão no painel de vacinação do LocalizaSUS , plataforma do Ministério da Saúde que registra o andamento da campanha de imunização contra a covid-19. Os dados estão atualizados até ontem.

Ao todo, 96,736 milhões de doses, distribuídas entre primeira dose, segunda e dose única, foram aplicadas desde o início da vacinação, em janeiro. Nas últimas 24 horas, foram aplicadas 1,158 milhão de doses.

Distribuição

O Ministério da Saúde distribuiu 129,720 milhões de doses às unidades da Federação, desde o início da campanha de imunização. Até a semana passada, o Brasil contava apenas com vacinas de duas doses para conclusão do ciclo vacinal. Eram os imunizantes AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer. Desde a última terça-feira (22), no entanto, o Brasil também passou a receber a vacina da Janssen, de dose única.

Mais de 1,8 milhão de doses da Janssen foram antecipadas no contrato de 38 milhões de unidades da pasta com a farmacêutica. As unidades estavam previstas para chegar somente a partir de outubro. Na última sexta-feira (25), mais 3 milhões de doses da Janssen foram doadas pelo governo dos Estados Unidos para a imunização da população brasileira.

Imposto de renda de empresas será reduzido para 10% a partir de 2023

Redução de 15% para 12,5% começa em 2022

Publicado em 25/06/2021 – 15:33 Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Fachada do Ministério da economia na Esplanada dos Ministérios

Na segunda fase da reforma tributária, o governo propôs a redução de Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) dos atuais 15% para 10%. A mudança na alíquota deve ocorrer em duas etapas: para 12,5%, em 2022 e para 10% em 2023. O texto da reforma foi entregue hoje (25) ao Congresso Nacional pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. 

A medida vale para empresas de todos os setores, com exceção daquelas que aderiram ao Simples Nacional, que têm regime de tributação diferenciado. Além da alíquota geral, hoje as empresas pagam um adicional de 10% para lucros acima de R$ 20 mil por mês. Pelo projeto, esse adicional vai permanecer.

Com a redução dos impostos para empresas, a expectativa do governo é favorecer os investimentos e a geração de novos postos de trabalho.

Pela proposta, deixa de existir a possibilidade de isentar o dinheiro do empresário investido na sua empresa, o chamado juro sobre capital próprio. De acordo com o subsecretário de Tributação e Contencioso do Ministério da Economia, Sandro Serpa, essa possibilidade foi criada em 1996, quando era difícil ter acesso a crédito e as empresas precisavam se autofinanciar com recursos dos sócios.

“Após todos esses anos, foi-se perdendo o objetivo dessa medida, com a quantidade de bancos, fintechs, as várias possibilidade de crédito que as empresas têm, os juros mais reduzidos. Com as mudanças no mercado de crédito, se avaliou não ser mais necessário dar esse benefício aos sócios”, disse, durante entrevista virtual para apresentar a proposta de reforma.

Pagamento em ações

Os pagamentos de gratificações e participação nos resultados a sócios e dirigentes feitos com ações da empresa também não poderão mais ser deduzidos como despesas operacionais na declaração de IRPJ. Para o governo, a empresa não deve ter benefício por remunerar seus executivos com bônus em ações. Entretanto, os pagamentos a empregados ainda poderão ser deduzidos.

“Hoje, é um benefício para essas pessoas que têm a condição privilegiada de ser sócia ou dirigente”, disse Serpa. “Com a nova medida, entendemos que o sistema ficará mais justo. O sócio ou dirigente tem outras condições econômicas e outras formas de ganho direto. O empregado só tem o salário e, eventualmente, essa participação [de recebimento em ações]”, explicou.

Também fazem parte da reforma do Imposto de Renda, mudanças na reorganização de empresas, que, de acordo com o Ministério da Economia, visam impedir que se aproveitem de créditos indevidos quando compram ações ou ativos de outras empresas.

O texto trata ainda de regras claras para apuração do ganho de capital em alienações indiretas de ativos no Brasil por empresas no exterior; apuração trimestral do IRPJ e da Contribuição sobre o Lucro Líquido (CSLL). Hoje há duas opções ,trimestral e anual, e aproximação das bases de cálculo do IRPJ e da CSLL, o que deve reduzir custos e aumentar a eficiência do trabalho de apuração dos tributos pelas empresas.

Investimentos financeiros

A proposta de reforma tributária atinge também o Imposto de Renda de Pessoa Física e a tributação de investimentos financeiros.

De acordo com o Ministério da  Economia, as mudanças no Imposto de Renda para investimentos têm como principais objetivos facilitar a vida do investidor, igualar os benefícios dos grandes para os pequenos, cortar subsídios dos grandes investidores e fazer com que a tributação não defina mais a escolha da aplicação. A caderneta de poupança não será atingida pela reforma e segue isenta de impostos.

Os ativos de renda fixa, como Tesouro Direto e CDB, terão alíquota única de 15%. Hoje, há o escalonamento de 22,5% a 15%, dependendo do prazo de aplicação.

Pela proposta, os fundos abertos também terão a mesma alíquota, de 15%. Os fundos fechados (multimercados) serão tributados da mesma maneira e passam a ter o mesmo tratamento dos fundos abertos para “come-cotas”, que passará a ser recolhido uma única vez no ano (atualmente são duas). No caso dos fundos exclusivos, utilizados por pessoas com mais recursos, eles passarão a pagar como os demais.

Para os Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs), não haverá mais a isenção sobre os rendimentos distribuídos a pessoa física, no caso de Fundo de Investimento Imobiliário (FII) com cotas negociadas em bolsa a partir de 2022. A tributação dos demais cotistas cai de 20% para 15% na distribuição de rendimentos, na amortização e na alienação de cotas dentro e fora de bolsa de valores.

Pela proposta, as operações em bolsa de valores passarão a ter apuração trimestral e não mais mensal e a alíquota será de 15% para todos os mercados. Hoje, ela é de 15% em mercados à vista, a termo, de opções e de futuro, e de 20% no day trade (negociação baseada na oscilação de preços ao longo do dia).

De acordo com o Ministério da Economia, a compensação de resultados negativos poderá ocorrer entre todas as operações, inclusive day trade e cotas de fundos negociadas em bolsa. Atualmente, essa compensação é limitada entre operações de mesma alíquota.

Fiocruz vai entregar mais de 4 milhões de dose ao Ministério da Saúde

A Fiocruz realiza, nesta sexta-feira (25/6), mais uma entrega de vacinas Covid-19 ao Ministério da Saúde (MS). Serão disponibilizadas ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) 4,1 milhões de doses produzidas no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz).

A entrega se dará em duas remessas, sendo uma para o estado do Rio de Janeiro, com 217 mil doses, e o restante para o almoxarifado designado pelo MS.

Com o envio, a Fundação alcança a marca de 62,9 milhões de doses fornecidas, sendo 58,9 milhões com produção pela Fiocruz e 4 milhões importadas prontas do Instituto Serum, da Índia.

Posto Mandacaru pediu o distrato do contrato com a prefeitura de Pedro Avelino

O site da Femurn trouxe na manhã desta sexta-feira (25), a publicação do distrato do contrato referente ao pregão presencial n° 001/2021, entre o posto mandacaru e a prefeitura de Pedro Avelino/RN.

Segundo, informações que chegou na redação hoje, é que o Posto Mandacaru pediu o cancelamento devido a frequência no atraso do pagamento pelos serviços de abastecimento da frota oficial do município.

Distrato em anexo

Ministro diz que Fátima é “mentirosa”, “cara de pau” e Bolsonaro é o melhor governador do RN

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, disparou inúmeras críticas contra a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), durante seu discurso na visita do presidente Jair Bolsonaro à cidade de Jucurutu, no interior do Rio Grande do Norte. O ministro chamou a petista de “mentirosa”, “cara de pau” e enalteceu Bolsonaro por liberar recursos para a conclusão das obras da Barragem de Oiticica.

Fábio Faria afirmou que foi preciso vir o presidente Bolsonaro para entregar a Barragem de Oiticica, 60 anos depois de iniciada. Ele destacou ainda o trabalho do ministro Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, afirmando que ele tem feito “um excelente trabalho” à frente do ministério.

Ao citar a governadora Fátima Bezerra, Fábio teve seu discurso interrompido por vaias e gritos de “Fora PT”. “Aqui tem uma governadora que se chover no RN ela diz que foi ela que trouxe a chuva”, disse o ministro das Comunicações.

Segundo ele, o Governo Federal já investiu mais de R$ 280 milhões na obra, ao contrário do Governo do Rio Grande do Norte, que teria que pagar R$ 20 milhões em contrapartida, o que não foi feito, segundo ele. “Apenas 20 milhões de reais do governo do estado que eram pra Oiticica, o dinheiro não está aqui”, comentou Fábio Faria.

O ministro também acusou a governadora petista de ser “mentirosa”, lembrando a polêmica ocorrida durante essa semana, quando o Governo do RN divulgou que estava “adquirindo” 50 mil vacinas contra a Covid-19 por semana para vacinar a população do RN.

“No site do governo do Estado, vão ver lá a governadora cara de pau dizendo que toda semana adquire 50 mil vacinas para o RN”. “Ela não adquire nenhuma, todas as vacinas até hoje aplicadas no Brasil foram compradas e pagas pelo presidente Bolsonaro”, pontuou Fábio.

O ministro acrescentou que a governadora “nada mais faz do que receber as vacinas e distribuir para os prefeitos aplicarem. A governadora é mentirosa, quem compra a vacina é o presidente e quem aplica são os prefeitos. Eles vão se apropriar de tudo que o governo faz”.

O ministro finalizou seu discurso afirmando novamente que, além de ser o “melhor presidente do Brasil”, Bolsonaro é o “melhor governador do RN”.

O município de Pedro Avelino ultrapassou a marca 270 casos confirmados de covid-19

O município de Pedro Avelino/RN – superou a marca de 270 casos confirmados de covid nesta quinta-feira (24), são precisamente 278 casos de acordo com boletim epidemiológico divulgado pela secretaria municipal de saúde (SMSPA) via rede social.

O município tem 266 recuperados, 07 em tratamento, 37 suspeitos e 05 óbitos.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
24 DE JUNHO DE 2021
.
SMSPA Pedro Avelino/RN.
Atualizado às 12:39 em 24/06/2021
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
23 DE JUNHO DE 2021
.
SMSPA Pedro Avelino/RN.
Atualizado às 22:19 em 23/06/2021
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
22 DE JUNHO DE 2021
.
SMSPA Pedro Avelino/RN.
Atualizado às 22:10 em 22/06/2021
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
21 DE JUNHO DE 2021
.
SMSPA Pedro Avelino/RN.
Atualizado às 17:39 em 21/06/2021
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
20 DE JUNHO DE 2021
.
SMSPA Pedro Avelino/RN.
Atualizado às 09:07 em 21/06/2021
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
19 DE JUNHO DE 2021
.
SMSPA Pedro Avelino/RN.
Atualizado às 10:33 em 19/06/2021
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
17 DE JUNHO DE 2021
.
SMSPA Pedro Avelino/RN.
Atualizado às 18:16 em 17/06/2021
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
16 DE JUNHO DE 2021
.
SMSPA Pedro Avelino/RN.
Atualizado às 20:47 em 16/06/2021
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO
15 DE JUNHO DE 2021
.
SMSPA Pedro Avelino/RN.
Atualizado às 14:40 em 15/06/2021

CMN fixa em 3% a meta de inflação para 2024

As metas de inflação para 2022 e 2023 foram mantidas

Publicado em 24/06/2021 – 19:06 Por Wellton Máximo- Repórter da Agência Brasil – Brasília

O Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu a meta de inflação para 2024 em 3%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. O anúncio foi feito pelo Ministério da Economia nesta quinta-feira (24).

As metas de inflação para 2022 e 2023 foram mantidas, respectivamente, em 3,5% e 3,25%, também com intervalo de tolerância de 1,5 ponto para cima ou para baixo. Esse é o valor que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) poderá alcançar nos próximos anos. Em 2021, a meta para a inflação também permanece em 3,75%, com o mesmo intervalo de tolerância de 1,5 ponto.

Em nota, o Ministério da Economia destacou que o anúncio reduz incertezas e aumenta a capacidade de planejamento dos agentes econômicos (famílias, empresas e setor financeiro). Segundo a pasta, a busca pelo equilíbrio nas contas públicas cria um ambiente favorável para a redução estrutural da inflação e dos juros.

De acordo com a pasta, a reforma da Previdência e a fixação do teto de gastos produziram expectativas de queda nos gastos no médio prazo. O texto também citou a Emenda Constitucional Emergencial, que estabeleceu gatilhos de ajustes de despesas para União, estados e municípios, caso as despesas obrigatórias sujeitas ao teto de gastos ultrapasse determinado nível.

Mesmo diante de choques adversos, como a pandemia e a alta das commodities (bens agrícolas com cotação internacional), que elevaram a inflação em 2021, o governo afirma que a manutenção do teto de gastos e o compromisso com o equilíbrio fiscal no médio e no longo prazo mantêm o ambiente favorável à estabilidade macroeconômica.

Histórico

Até 2016, a meta de inflação era fixada com dois anos de antecedência, mas um decreto publicado no Diário Oficial da União em junho de 2017 determinou que a definição passasse a ser feita três anos antes. De acordo com o Banco Central (BC), a mudança teve como objetivo reduzir as incertezas e melhorar a capacidade de planejamento das famílias, das empresas e do governo.

Desde 2005, o centro da meta de inflação estava em 4,5%, com 2,5 pontos de margem de tolerância. Em 2006, esse intervalo caiu para 2 pontos e permaneceu assim nos anos seguintes até ser reduzido para 1,5 ponto para 2017 e 2018, banda que será mantida agora até 2024.

A meta de inflação deve ser perseguida pelo BC ao definir a taxa básica de juros, a Selic. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, pretende conter a demanda aquecida e segurar os preços ao encarecer o crédito e estimular a poupança. Ao diminuir os juros básicos, o Copom barateia o crédito, incentivando a produção e o consumo.

Cidadão reclama da falta de transparência do processo simplificado seletivo da prefeitura de Pedro Avelino para coveiro e podador

Na tarde desta quinta-feira (24) a nossa redação recebeu uma denúncia que põe em check a lisura no processo seletivo simplificado da prefeitura de Pedro Avelino/RN para coveiro e podador.

Segundo, o denunciante que vamos preservar o nome. Ele foi a sede da prefeitura em busca de informações para fazer sua inscrição na seletiva e para sua surpresa ninguém soube informar que seletiva era essa que ele tava falando. O denunciante foi encaminhado a sala da secretaria de planejamento e administração e lá também ninguém soube explicar ou não quis falar nada.

O mais interessante de tudo isso é que a data das inscrições foi de, 14/06 ate 18/06, das 8h ate 13hs, apenas quatro dias para as inscrições. O denunciante esteve na prefeitura dentro do horário especificado no edital e não tinha ninguém para da informações concretas.

O processo simplificado seletivo N° 02/2021 não teve a publicidade adequada nas página oficias da prefeitura, blogs ou em qualquer outro meio de comunicação para da visibilidade aos interessados em fazer sua inscrição.

É importante que a casa legislativa de Pedro Avelino/RN, procure apurar os fatos e cobrar respostas do poder executivo.

Edital em anexo

Novo lote com 300 mil doses da vacina da Janssen chega ao Brasil

Nesta sexta-feira chegarão mais 3 milhões de doses do imunizante

Publicado em 24/06/2021 – 10:15 Por Flávia Albuquerque – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

Chegou ao Brasil na manhã de hoje (24) mais um lote da vacina contra covid-19 da Janssen, a unidade farmacêutica da Johnson&Johnson. As 300 mil unidades da vacina de dose única se juntam às 1,5 milhão de doses recebidas pelo Ministério da Saúde, na terça-feira (22). O imunizante foi desembarcado no Aeroporto  Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

O lote da Janssen deve ser entregue aos estados e Distrito Federal nos próximos dias. A definição da distribuição é realizada semanalmente em reuniões com Conselho Nacional de Secretários de Saúde e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde.

“Essas vacinas fazem parte do esforço que estamos realizando para garantir a imunização da população brasileira. Até setembro, 160 milhões de brasileiros devem receber uma dose de esperança no braço”, disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

As vacinas são de um contrato da Janssen que deve entregar 38 milhões de doses. A previsão inicial era de que os imunizantes fossem entregues a partir de outubro deste ano para o Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde.

Nesta sexta-feira (25), desembarcam no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, mais 3 milhões de doses da Janssen. Essa remessa faz parte do lote doado pelo governo dos Estados Unidos ao Brasil. A previsão é a de que Queiroga acompanhe o desembarque.

Veja na TV Brasil

RN recebe 112 mil vacinas da Oxford e Sesap destina lote para aplicação de 2ª dose

O Rio Grande do Norte recebeu, no fim da manhã deste domingo (20), um novo carregamento com 112 mil vacinas da Astrazeneca/Fiocruz contra a Covid-19, segundo a Secretaria Estadual de Saúde Pública.

De acordo com a pasta, os imunizantes serão destinados para aplicação da segunda dose, fechando o esquema vacinal de idosos e membros das forças de segurança pública que tomaram a primeira dose há cerca de três meses.

“A distribuição das vacinas pela Sesap será articulada de acordo com a demanda, como ficou acertado entre as gestões estadual e municipal, garantindo a guarda das doses e a imunização completa dos potiguares dentro do tempo correto”, informou o governo.

Até o fim da manhã deste domingo, 991.369 pessoas foram vacinadas no estado, sendo que, do total, 396.441 já tiveram as duas doses aplicadas. Os dados são do sistema RN+Vacina.

Pelas redes sociais, a governadora Fátima Bezerra (PT), ao anunciar a chegada de novas doses, voltou a dizer que o estado vai vacinar toda a população maior de idade até setembro.

G1 RN

Governo deve anunciar prorrogação do auxílio nesta semana, diz Guedes

Ministro se reuniu com empresário na Fiesp, em São Paulo

Publicado em 23/06/2021 – 15:51 Por Flávia Albuquerque – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje (23), durante encontro com empresários da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que o presidente da República Jair Bolsonaro deve anunciar, em breve, a prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses. “O presidente deve anunciar, talvez ainda nesta semana, mais três meses de auxílio [emergencial]”, disse Guedes.

O ministro também ressaltou o trabalho do governo, em parceria com os empresários, para enfrentar a crise ocasionada pela pandemia de covid-19. Ele disse que neste momento em que a população está sendo vacinada, a recuperação econômica em V já aconteceu, com a criação de 1 milhão de empregos nos últimos quatro meses do ano passado, totalizando 140 mil empregos formais em 2020.

“É a primeira vez que houve uma recessão com a criação de empregos formais. Neste ano já criamos 960 mil empregos. O Brasil está transformando, com sucesso, o que era uma recuperação cíclica, baseada em consumo, em retomada do crescimento sustentável, com base em investimentos que estão aumentando”, disse o ministro.

BIP e BIQ

Ele lembrou que o governo federal renovou programas bem sucedidos e que planeja anunciar novos programas como o Bônus de Inclusão Produtiva, que prevê que jovens, entre 18 e 21 anos, que saem da universidade e não conseguem um emprego formal recebam do governo entre R$ 250 e R$ 300 para trabalhar em escolas técnicas ou empresas e se qualificarem. A empresa paga o mesmo valor, o chamado Bônus de Incentivo à Qualificação. A estimativa é a de que mais de 2 milhões de jovens sejam beneficiados. Guedes disse ainda que neste ano o governo pagará o valor total do programa.

“Isso seria um treinamento no trabalho. Não é um emprego. Vamos conversar com as redes privadas, empresas, com o Senai, Sesi, Senac para ver se eles estão dispostos. Nós damos esse valor de um lado e a empresa dá esse mesmo valor de outro lado. Ele vai receber metade de um salário mínimo para ser treinado meio expediente. Para a empresa é muito bom e para o jovem também porque ele vai ficar fora da rua, vai ser socializado, incluído produtivamente”, explicou Guedes.

Congresso

O ministro destacou ainda o trabalho do Congresso Nacional, como a aprovação do marco do saneamento, da nova lei do gás, e a autonomia do Banco Central. Guedes afirmou que a Reforma Tributária está bem encaminhada e em um primeiro estágio entra na Câmara e em seguida no Senado, para tratar do chamado passaporte tributário, que é a regularização de situações anormais, permitindo o desconto para empresas que estiverem devendo os tributos.

“Nós realmente vamos aplicar descontos generosos para pequenas e médias empresas. Para os grupos maiores, vamos conversar sobre isso. Mas a ideia é tirar o Estado do cangote do povo. Nós vamos reduzir os impostos, vamos apostar na reativação da economia e em que se a arrecadação aumentar, e nós estimamos que vai, vamos imediatamente rebaixando os impostos”, garantiu Guedes. 

Guerra de Lula contra Moro deve chegar ao fim nesta quarta no STF

O petista está muito perto de conseguir que o Supremo declare a parcialidade do ex-juiz da Lava-Jato no julgamento do caso do tríplex

Por Robson Bonin 23 jun 2021, 09h30 – Publicado em 23 jun 2021, 06h01

Depois de um longo intervalo provocado pelo pedido de vista do decano Marco Aurélio Mello, o STF retoma nesta quarta o julgamento da guerra de Lula contra Sergio Moro na Lava-Jato.

O petista está muito perto de conseguir que o STF declare a parcialidade do ex-juiz. O decano interrompeu o julgamento em abril, quando o plenário da Corte já havia formado maioria para manter a decisão da Segunda Turma que declarou Moro suspeito para julgar o ex-presidente Lula no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Apenas o decano e o ministro Luiz Fux ainda não apresentaram seus votos. Fux, aliás, vai bater pesado na decisão da Corte de considerar Moro suspeito. Deve se unir a Edson Fachin e Luís Roberto Barroso na parte vencida.

Obras com DNA da ex-prefeita Neide Suely e do ex- deputado José Adécio

A gestão da ex-prefeita Neide Suely com o apoio irrestrito do ex-deputado José Adécio trouxe um verdadeiro canteiro de obras para Pedro Avelino.

O atual prefeito Alexandre Sobrinho informou e nominou de forma equivocada em um de seu comentários num post de Josenildo Doda que falava do Matadouro Público que as que tem o DNA da gestão Neide Suely era dele.

É importante esclarecer a população que as obras em andamento ou concluídas são da gestão Neide Suely: entrada da cidade toda revitalizada, obra da Cruz Milagrosa, calçamento das ruas Panta Leão e José Domingos, aquisição de dois gabinetes odontológicos, três ambulâncias e uma Sprinter para a secretaria de Saúde (aguardando liberação dos recursos).

Documentação em anexo

Secretário do mais alto escalão da prefeitura de Pedro Avelino é mais uma vítima do descaso com a falta de médicos de plantão

Virou rotina a falta de médicos de plantão no hospital governador José Varela, em Pedro Avelino. Segundo a informação que nos chegou é que o secretário de obras, Airon Charles, é mais uma vítima do descaso com a saúde do município. O mesmo procurou a unidade hospitalar e não foi atendido por falta de medico de plantão.

Reprodução

Pedro Avelino vivência a maior maquiagem na saúde dos últimos anos. Nas mídias sociais a saúde é a melhor do mundo. Mas, a realidade é outra. A população reclama diariamente da falta de médicos nos plantões do hospital e nas ESFs todos os dias, bem como de marcações de exames e consultas médicas como esperas a mais de um ano e ainda existem casos onde a marcação nunca saiu.

É um absurdo o que esta acontecendo com a saúde de Pedro Avelino nos últimos três anos. Mesmo com o grande volume de recursos que chegou entirno de R$ 1.500.000,00 de 2020 até agora devido a pandemia e o município não tem um leito covid para atender a população.

É bom ressaltar que a gestão da ex-prefeita Neide Suely tendo a frente ex-secretaria da saúde, Sônia Câmara, a saúde da população de Pedro Avelino foi PRIORIDADE

Brasil antecipou mais de 16 milhões de doses de vacinas, diz Queiroga

Autonomia a partir de 2022 garantirá vacinação contínua no Brasil

Publicado em 21/06/2021 – 18:59 Por Agência Brasil – Brasília
Atualizado em 21/06/2021 – 21:12

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga afirmou hoje (21), em entrevista ao programa A Voz do Brasil, que o governo federal conseguiu antecipar mais de 16 milhões de doses de vacinas em 2021.

Durante a entrevista, Queiroga confirmou que chega amanhã (22) ao Brasil uma remessa de 1,5 milhão de doses de vacinas produzidas pelo laboratório Janssen. A entrega será feita nesta terça-feira, às 7h, no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

“Com isso, dá pra afirmar que a população brasileira acima de 18 anos – que são aproximadamente 160 milhões – estará vacinada até o final do ano de 2021. Uma esperança para pôr fim à pandemia de covid-19”, disse Queiroga.

O Brasil adotou uma estratégia variada para levar vacinas aos brasileiros, explicou Queiroga. O acordo de parceria tecnológica feito pela AstraZeneca e pela Fiocruz permitirá a independência na produção do ingrediente farmacêutico ativo (IFA) até 2022, o que garantirá autonomia para a produção contínua de vacinas em possíveis futuras campanhas de imunização e reforço.

Queiroga detalhou também a participação da Covax Facility – um programa de aceleração, desenvolvimento e compartilhamento de vacinas a contra covid-19 oferecido pela Organização Mundial da Saúde -, que disponibilizará imunizantes suficientes para 10% da população brasileira.

“Entregamos mais de 123 milhões de doses de vacinas, sendo o Brasil um dos 5 países que mais distribuiu vacinas”, disse o ministro. “Já é um milagre da ciência termos vacinas em tão curto espaço de tempo para uma doença tão grave quanto a covid-19. Estamos trabalhando e buscando as melhores alternativas para atender à população brasileira”.

Terceira dose

Queiroga também respondeu perguntas de ouvintes durante a entrevista. Em uma delas, Queiroga falou sobre a possibilidade de uma terceira dose para o imunizante CoronaVac. Segundo afirmou o ministro, não há evidências científicas sobre a necessidade de reforço. Caso haja, não há informações sobre o que Queiroga chamou de “intercambialidade”, ou seja, diferentes vacinas usadas para reforçar os efeitos imunológicos contra a covid-19.

“A evolução da evidência científica progride. Não se pode querer uma ciência self-service – para o que a gente quer usa a evidência, para o que não quer não usa. Temos trabalhado fortemente, em parceria com universidades, com pesquisadores, e a questão da vacina para 2022 já é a ordem do dia”, ressaltou.

Tempo de efetividade

O ministro da Saúde explicou que ainda não há dados sobre a duração da memória  imunológica criada pelas vacinas a longo prazo. A cidade de Botucatu, em São Paulo, está sendo usada como base para estudos médico-científicos sobre a duração dos efeitos imunizantes das vacinas.

Sobre as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca, Queiroga voltou a garantir a ampla eficácia e a baixa incidência de efeitos colaterais diversos. O ministro frisou que todos os imunizantes em uso no Brasil foram desenvolvidos, testados e estudados pelas principais entidades sanitárias e de saúde do mundo.

Acompanhe a entrevista:

Marcos Pontes pede integração do continente para vencer a pandemia

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, afirmou que é necessário um movimento regional no continente para vencer a covid-19. Pontes participou, na manhã de hoje (21), de fórum organizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Articulações políticas anda bastante movimentada na cidade de Guamaré

A cidade de Guamaré localizada na região do Polo Costa Branca do Estado do Rio Grande do Norte, vive um momento como se estivesse em plena campanha eleitoral, isso porque mediante os últimos processos que foram julgados e alguns que foram movimentados na justiça acredita-se que o município poderá e as urnas para indicar o novo chefe do executivo Municipal ainda em 2021.

Nas redes sociais de alguns moradores do município é como se estivesse em plena campanha eleitoral, à discussão ainda é acirrada, à oposição vem crescendo e acredita-se que hoje há bastante possibilidade que o grupo oposicionista liderado por Mozaniel é um dos grandes preferidos e vem crescendo diariamente.

Mas também não podemos menosprezar os Mirandas, com a prefeitura na mão e com maioria da câmara, e ainda reina naquela velha política o que dá voto a prefeito a vereador, se o fato for concretizado e a cidade tive eleições municipais ainda esse ano, será que teremos uma disputa entre o atual chefe do executivo municipal o prefeito Eudes Miranda contra Mozaniel, ou vem um fato novo aonde tem um empresário que vem articulando nos bastidores como se fosse candidato.

Também não podemos esquecer que tem a possibilidade do Legislativo romper as correntes e prende indicar um nome da câmera para uma eventual disputa.

blog Alex Silva

Deputada do PT Natália Benavides chama ministro Fábio Faria de canalha

Deputada chama ministro de canalha por ironizar lamentações por 500 mil mortes

Após a polêmica fala sobre as ‘lamentações’ com o Brasil atingindo a marca de 500 mil mortes pela covid-19, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, virou alvo de uma série de críticas nas redes sociais.

Uma delas veio da deputada federal do PT do Rio Grande do Norte, Natália Bonavides, utilizar o Twitter para rebater o ministro. “Meio milhão de mortos e o ministro da comunicação tá reclamado de quem acha ruim!!!! É um cúmplice do genocídio. Da ala canalha do governo”, disse. “É um canalha mesmo!”, completou.

Portal Grande Ponto

Deputada federal de Goiás posta vídeo ‘caçando’ Lázaro em helicóptero e de fuzil

A deputada federal Magda Moffato (PL-GO) publicou em suas redes sociais no último sábado (19) um vídeo dela própria dentro de um helicóptero e armada com um fuzil. Segundo a parlamentar, ela estava se deslocando para Cocalzinho, no interior de Goiás, em busca do serial killer foragido Lázaro Barbosa.

“Te cuida, Lázaro. Se o Ronaldo Caiado [governador de Goiás] não deu conta de te pegar, eu estou indo aí te pegar. Comandante rumo para Cocalzinho”, escreveu Moffato no Instagram. No vídeo, a deputada aparece sobrevoando uma região de mata.

Nos comentários, internautas criticaram a postura de Moffato. Um deles escreveu que a atitude era “falta de respeito com os policiais que estão exaustivamente dedicando” forças à captura de Lázaro. 

A deputada, que se descreve como alguém que defende quem trabalha pelo Brasil, respondeu: “Minha crítica não é aos policiais. A PM de Goiás é a melhor do Brasil. Minha crítica é à falta de logística, até de alimentação, à tropa que atua no caso. Minha crítica é para que o Caiado proporcione condições”, explicou, e repetiu o argumento em outros comentários semelhantes. Neste domingo (20), ela fez uma nova publicação reforçando que jamais criticou a polícia goiana, mas, sim, a forma como é tratada pelo Governo.

Na última postagem do governador Ronaldo Caiado (DEM) em suas redes sociais sobre o assunto, há três dias, ele escreveu: “Não vou admitir que desmereçam as nossas forças de segurança, que são referência nacional e têm trabalhado incansavelmente na busca pelo criminoso Lázaro”.

Diário do Nordeste

Homem se passa por policial federal em busca de Lázaro e acaba preso

Um homem de 23 anos foi preso, na noite desse sábado (19/6), ao tentar se passar por policial federal para participar das buscas pelo foragido Lázaro Barbosa, 32 anos. O caso ocorreu no km 30 da BR 070, em Cocalzinho de Goiás. A prisão foi realizada por uma equipe conjunta formada pela Polícia Militar de Goiás, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal.

Segundo as corporações, o indivíduo abordava as equipes na rodovia, dizendo ser policial federal. E que estava atrasado para incorporar sua equipe, que se encontrava mais à frente. Esse tipo de delito é tipificado no artigo 307 como falsidade ideológica.

Cerca de 40 minutos depois, o suspeito retornou abordando as equipes e disse que precisava de apoio para desarmar um sujeito bêbado em uma propriedade rural.

O homem consumou também o delito do artigo 328 – usurpação da função pública – ao convencer uma equipe da Polícia Militar de Goiás a acompanhá-lo em uma suposta ocorrência.

Ao retornarem para o ponto de apoio da Operação Lázaro, os policiais militares foram informados pela Polícia Rodoviária Federal que o sujeito não era policial.

O criminoso, então, foi então conduzido por policiais da PMGO, PRF e PF à delegacia para a lavratura do auto de prisão em flagrante.

Metrópoles

Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio para nascidos em março

Recursos serão depositados nas contas digitais dos beneficiários

Publicado em 20/06/2021 – 09:16 Por Agência Brasil  – Brasília

Auxílio emergencial 2021

A Caixa paga neste domingo (20) a terceira parcela do auxílio emergencial 2021 para beneficiários nascidos em março.

Os recursos serão depositados nas contas digitais dos beneficiários. Os valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas de estabelecimentos comerciais. Os beneficiários também conseguem movimentar os recursos usando o Caixa Tem na Rede Lotérica. O saque desta parcela será liberado a partir de 5 de julho.

A Caixa lembra que o calendário da terceira parcela foi antecipado. Marcado inicialmente para encerrar em 12 de agosto, com a possibilidade de saques para os nascidos em dezembro, o terceiro ciclo agora finaliza no dia 19 de julho.

De acordo com a Caixa, central telefônica 111 funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h, gratuitamente, e está preparada para atender os beneficiários do Auxílio Emergencial. Além disso, o banco disponibiliza, ainda, o site.

Segunda parcela do FPM de Pedro Avelino é de R$ 99.116,31 reais

Segundo decêndio de junho distribuirá R$ 1,4 bilhão aos Municípios

Os valores do segundo decêndio de junho do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) serão creditados na próxima sexta-feira, 18 de junho, com um valor total de R$ 1.452.210.541,29. Quantia que já considera o desconto de retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A Confederação Nacional de Municípios disponibiliza a previsão que cada Município receberá, por coeficiente e Estado.

O segundo decêndio representa, geralmente, o menor repasse mensal do Fundo – girando em torno de 20% do total do mês. Em comparação ao mesmo período de 2020, o repasse teve aumento de 17,14%, considerando a inflação. O acumulado do mês, por ora, tem crescimento de 74,85% em relação aos mesmos decêndios do ano passado. No ano, o FPM de 2021 apresenta alta de 23,65% em relação ao mesmo período de 2020.

Para analisar este aumento atípico no FPM, a área de Estudos Técnicos da CNM avaliou alguns quesitos e concluiu que, uma das explicações para o bom desempenho em junho, é a melhora na arrecadação do país. A análise completa pode ser acessada aqui.

O aumento da compensação de débitos do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), principalmente aqueles decorrentes de créditos de ação judicial, é uma das hipóteses para o incremento da arrecadação. A Confederação destaca que os gestores municipais devem manter cautela, uma vez que os sinais de recuperação da atividade econômica devem ser interpretados de forma ponderada, a julgar pela taxa de desemprego do Brasil, que continua alta.

Outra ressalva importante é que a comparação feita pela CNM todos os meses é apenas entre decêndios. Por isso, os valores repassados no ano passado a título de auxílio financeiro para recomposição do Fundo (Lei 14.041/2021), em virtude das dificuldades econômicas acentuadas pela pandemia da Covid-19, não constam nas análises de notas decendiais da entidade.

Além disso, a área de Estudos Técnicos da entidade lembra que o comportamento do FPM é sazonal, com expectativa de resultados inferiores no segundo semestre, de julho a outubro, em relação ao primeiro semestre.
Acesse aqui a nota do segundo decêndio de junho/2021, com valores por coeficiente e Estado.

Da Agência CNM de Notícias

Pedro Avelino vai receber mais de R$ 426 mil reais extra em Julho

As 167 prefeituras do Rio Grande do Norte (RN) deverão contar com recursos extras em 08 de julho da ordem de R$ 124,93 milhões do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), “decorrente do 1% dos recursos previstos na Emenda Constitucional 84/2014, em que não incide retenção do Fundeb, mas trata-se de uma transferência constitucional e, por isso, devem ser aplicados em Manutenção e Desenvolvimento de Ensino (MDE)”, como destaca levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

Com relação aos maiores municípios, o volume mais expressivo de recursos, cerca de R$ 15 milhões será para Natal, enquanto Mossoró e Parnamirim deverão receber em torno de R$ 4,47 milhões e São Gonçalo do Amarante, com R$ 2,26 milhões. A maioria dos municípios (93), que estão na faixa do coeficiente 0.6, vai receber R$ 424 mil.

A CNM informa que o desempenho positivo da arrecadação do Imposto de Renda (IR) em 2021 motivou os Estudos Técnicos a divulgarem uma nova previsão do 1% FPM de julho. Agora, a estimativa é de que o adicional viabilizado pela Emenda Constitucional – que entrará nas contas chegue a R$ 4,9 bilhões em todos os municípios do Brasil.

TN

Matadouro Público é mais uma obra inacabada em Pedro Avelino

Há quatro anos o então deputado José Adécio conseguiu com o governo na época Robinson Farias a construção de um Matadouro Modelo para Pedro Avelino/RN. Obra licitada em 2017 (Governo do Estado/EMATER). Toda obra com recursos federal ou estadual tem uma contrapartida do município.

O prefeito Alexandre precisa fazer a obrigação do município e não argumentar que a manutenção é cara, e falseando a verdade culpar pessoas…

Esse Abatedouro (Matadouro Público) é viável, afinal saúde do povo não tem preço. É preciso que a Prefeitura faça a sua parte.

A CONTRAPARTIDA.
ANEXO: Memorial descritivo da contrapartida da prefeitura.
Pavimentação externa, aterro e muro. VALOR: R$ 134.149,88

Documentos em anexos

Jornalista Pinto Júnior morre de complicações pós-covid em Natal

O jornalista nova-florestense, José Alves Pinto Júnior, faleceu na noite deste sábado, 19 de junho, vitima de complicações pós-Covid, em Natal.

Pinto Júnior tinha 53 anos. Formado em Jornalismo pela UEPB, natural de Várzea Nova , no estado da Bahia, depois passou a residir em Nova Floresta, no Curimataú paraibano, desde o início dos anos 90, residia no Rio Grande do Norte. Fundador do Parnamirim Notícias, atualmente Potiguar Notícias, jornal impresso com circulação em todo RN.

Pinto é casado com a cuiteense Irandi Dantas, deixa dois filhos, Ana Luiza e Pedro Henrique.

Na festa da padroeira e também no período junino era certa a presença de Pinto e sua família na Serra de Cuité, sempre estavam presentes.

Aos familiares e amigos, votos de profundo pesar. 

Portal da Serra

Ex-vereador de Areia Branca, Thalys Araújo morre de Covid aos 33 anos

O início de tarde desta sexta-feira, 18, em Areia Branca, foi marcado por um triste registro: a morte do ex-vereador Thalys Nylma Mendonça de Araújo, 33 anos, vítima da Covid-19. A notícia logo se espalhou, causando grande comoção nos meios político e empresarial, já que o ex-edil atuava na empresa da família especializada em construção e pavimentação asfáltica de vias urbanas e rodovias.

Thalys Araújo, mais uma vítima da Covid (Foto: Arquivo pessoal)

Conforme informações de familiares, Thalys Araújo havia sido diagnosticado com o vírus e desde então se encontrava em tratamento hospitalar, mas não resistiu aos efeitos da infecção causada pelo coronavírus.

Thalys Araújo exerceu o mandato de vereador na Câmara Municipal de Areia Branca no período de 2008 a 2012. Nos últimos  anos permaneceu na política e participando dos processos eleitorais.

Nas eleições de 2020 ele tentou retornar ao Legislativo municipal, mas não obteve êxito. Concorrendo pelo Partido Liberal (PL), teve 317 Votos .

Costa Branca News

Prefeito é afastado por suspeita de fraude em contratos

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta sexta-feira (18) a operação Terceiro Mandamento. O objetivo é apurar fraudes em contratos da Prefeitura de Porto do Mangue. O prefeito Hipoliton Sael Holanda Melo e o gerente contábil do Município, Elizeu Dantas de Melo Neto, foram afastados de seus cargos.

Sael Melo, de Porto do Mangue: afastado do cargo
Foto: reprodução

A operação cumpriu nove mandados de busca e apreensão nas cidades de Porto do Mangue, Mossoró, Parnamirim e Macaíba. Ao todo, 9 promotores de Justiça, 20 servidores do MPRN e 56 policiais militares participaram da ação.

As investigações sobre o suposto esquema fraudulento foram iniciadas em 2020. A suspeita é que uma empresa do ramo de comércio de materiais de construção, de nome fantasia “Deus é Amor”, estaria sendo utilizada pelo prefeito, pelo gerente contábil e por outras pessoas cometimento de fraudes. Desde 2018, essa empresa de material de construção foi contratada por pelo menos 8 ocasiões pela Prefeitura, recebendo a quantia de R$ 2.342.005,67 a título de remuneração decorrente dos contratos públicos firmados.

As suspeitas de fraudes ganham força quando se observa o local se situa o estabelecimento da empresa: uma casa simples com um improvisado letreiro “Material de Construção Deus é amor”.

As investigações do MPRN apontam para a suspeita da existência de um grupo criminoso, gerido pela alta cúpula da Administração Municipal, voltado à utilização de empresa de fachada para o firmamento de vultosos contratos com o Município de Porto do Mangue.

Além disso, o prefeito e gerente contábil do Município de Porto do Mangue têm conseguido prejudicar/retardar as investigações. Isso porque reiteradamente se recusam a fornecer os documentos requisitados, relativos aos contratos sob suspeita – fatos que, em si mesmos, podem inclusive configurar crime.

Além do afastamento de seus cargos, Hipoliton Sael Holanda Melo e Elizeu Dantas de Melo Neto foram proibidos pelo Tribunal de Justiça de entrar ou permanecer, ainda que para visitação, nas dependências da sede do Poder Executivo Municipal de Porto do Mangue, bem como quaisquer órgãos ou secretarias municipais situadas em prédios diversos.

Também foi determinada a suspensão das atividades da empresa de material de construção Deus é Amor e de todos os contratos firmados pela empresa com o Município de Porto do Mangue. Da mesma forma, o Município está proibido de fazer qualquer pagamento à essa empresa.

O vice-prefeito deverá ser intimado para tomar posse no cargo de prefeito em até 48 horas ou comunicar, no mesmo prazo, sua renúncia ou outra causa de impedimento legalmente prevista.

Por MPRN

Carta é encontrada em esconderijo de Lázaro: “Muitas pessoas merecem morrer”


Policiais que integram as forças de segurança empenhadas na captura do maníaco Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, encontraram uma carta abandonada onde o criminoso teria usado como esconderijo durante algum tempo, na região de Edilândia, em Goiás. No interior da residência, as equipes notaram, sobre a mesa, uma folha de papel A4, com um texto escrito à mão.

A carta, escrita com tinta de caneta esferográfica vermelha, discorre sobre quem possui o direito de morrer e o de viver. “Muitos que vivem merecem morrer, alguns que morrem merece viver”, diz o texto. O material foi apreendido e levado para perícia. Os policiais investigam se Lázaro escreveu ou apenas carregava o manuscrito, que replica algumas falas de um persosagem da trilogia Senhor dos Anéis.

Curiosamente, junto com a carta foram deixadas algumas frutas, colocadas dentro de cestos de palha. Ainda havia uma toalha rosa forrando a mesa. O casebre teria sido usado como ponto de apoio pelo criminoso até ser descoberto pela polícia. Há uma região de mata ciliar próxima da residência, o que teria facilitado a fuga do autor da chacina.

Metrópoles

URGENTE 💉Mais 936 mil doses da vacina Covid-19 da Pfizer chegam ao Brasil

A terceira e última remessa da semana acaba de pousar no Aeroporto de Viracopos (SP)

Com mais esse lote, são 2,4 milhões de doses da farmacêutica entregues ao Ministério da Saúde nesta semana!

E vem mais por aí: o Governo Federal conseguiu antecipar 7 milhões de doses da Pfizer para julho. No total, a previsão é receber 15 milhões de doses da farmacêutica no próximo mês.

Até o momento, já foram enviadas aos estados e DF mais de 110 milhões de doses de vacinas Covid-19 – dessas, 5,9 milhões foram da Pfizer!

“Se entregue e esclarece toda a verdade”, pede mãe de Lázaro.

A mãe de Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, se pronunciou sobre o caso. Em entrevista à Record divulgada nesta quinta-feira (17/6), Eva Maria Sousa pediu que o filho se entregue. “O que eu te peço, se você estiver me ouvindo ou vendo, você se entrega e esclarece toda a verdade, está saindo muito mentira. Mais mentira do que verdade”, disse. “É a tua mãe que está falando.”

Eva, que se mudou para a Bahia e está sofrendo ameaças, completou: “Todo mundo gosta de você, se entregue, pelo amor de Deus”. Esta semana, o Correio entrevistou, com exclusividade, o pai e a mulher de Lázaro. Confira no site do Correio. As buscas por Lázaro, suspeito de uma série de assassinatos e de outros crimes no DF e em Goiás, continuam.

Correio Brasiliense

Lavanderia comunitária é abandonada pela prefeitura de Pedro Avelino

Quem chegava ao local se deparava com o colorido das roupas penduradas nos varais, mulheres lavando roupas nos tanques ou passando e arrumando. Assim era a Lavanderia Comunitária no bairro São Francisco, em Pedro Avelino. O local funcionava diariamente, das 7h às 17h – quando necessário abria também nos fins de semana – e atendia varias mães de família.

A lavanderia foi abandona pela gestão do prefeito Alexandre Sobrinho (MDB).

Nesse espaço destinado à comunidade, as usuárias lavavam as roupas de casa e também de clientes, garantindo uma renda extra para o sustento da família.

CPI suspende trabalhos e quer condução coercitiva de empresário

Carlos Wizard não compareceu para depor à comissão

Publicado em 17/06/2021 – 11:40 Por Karine Melo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia (CPIPANDEMIA) suspende oitiva de empresário suspeito de integrar um grupo de aconselhamento ao presidente da República em assuntos relacionados à pandemia de covid-19. O empresário não compareceu e alegou estar nos Estados Unidos. O depoimento do auditor do Tribunal de Contas da União (TCU), que também estava marcado para hoje, foi adiado em virtude da realização da 66ª Sessão Deliberativa Remota do Senado Federal. Mesa: presidente da CPIPANDEMIA, senador Omar Aziz (PSD-AM); relator da CPIPANDEMIA, senador Renan Calheiros (MDB-AL). Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD- AM), decidiu suspender nesta quinta-feira (17) os trabalhos do colegiado. A decisão foi tomada depois da confirmação da ausência do empresário Carlos Wizard.  Apontado por senadores que integram a CPI como um dos integrantes de um suposto “gabinete paralelo” de aconselhamento ao governo para ações de combate à pandemia de Covid-19, ele havia sido convocado pelo colegiado, mas ontem (16), mesmo fora do Brasil, nos Estados Unidos, acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) e conseguiu um habeas corpus do ministro Luís Roberto Barroso.

“O que me espanta é um cidadão procurar um habeas corpus ao STF e ele não aparece. Então para que foi ao Supremo, se ele não vinha? O ministro Barroso tem muitos afazeres dentro do trabalho que ele tem dentro do tribunal. Concede um habeas corpus ao Carlos Wizard, mas o seu Carlos Wizard tem que entender que a Justiça brasileira tem outras coisas a fazer. É uma brincadeira”, criticou Aziz.

Diante da situação, o presidente da comissão determinou que seja solicitada à Justiça a condução coercitiva do empresário. Além disso, a CPI quer a apreensão do passaporte dele.

Certos da ausência de Wizard, os senadores tinham um plano B para hoje, o depoimento do auditor do Tribunal de Contas da União (TCU) Alexandre Marques. Ele foi convocado para esclarecer um “estudo paralelo” usado pelo presidente Jair Bolsonaro para questionar o número de mortes por covid-19 no Brasil no ano passado. Em nota, o TCU informou posteriormente que não é o autor do estudo e que o “documento refere-se a uma análise pessoal de um servidor do Tribunal compartilhada para discussão e não consta de quaisquer processos oficiais desta Casa”.

Marques, que chegou a ir ao Senado hoje, também estava amparado por um habeas corpus parcial concedido pelo ministro Gilmar Mendes, do STF. Pelo instrumento, apesar de não ter sido desobrigado de comparecer, ele teria o direito de ficar calado no depoimento.

Eletrobras

A desistência de ouvir o servidor foi motivada pela sessão do plenário do Senado, marcada para esta manhã, que vai votar a medida provisória que permite a privatização da Eletrobras (MP 1.031/2021). Senadores criticaram mudanças feitas pela Câmara dos Deputados, que obrigam a contratação de termelétricas. A avaliação é que essa modificação terá impacto na conta de luz. Mesmo os favoráveis a privatizações consideram que o prazo é curto para analisar uma proposta tão complexa, que perde a validade no dia 22 de junho.

Trabalhadores nascidos em dezembro podem sacar auxílio emergencial

Parcela estava prevista para ser depositada em 8 de julho

Publicado em 17/06/2021 – 06:00 Por Agência Brasil – Brasília

Saque do auxílio emergencial

A partir desta quinta-feira (17), os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em  dezembro podem sacar a segunda parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro estava previsto para ser depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 8 de julho.

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta-corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

CALENDÁRIO DA SEGUNDA
PARCELA DO AUXÍLIO EMERGENCIAL 2021
Calendário de saques da segunda parcela do auxílio emergencial 2021 – Divulgação governo federal

Também hoje, beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de final 1 poderão sacar a terceira parcela do benefício. O recebimento do Auxílio Emergencial 2021 é realizado da mesma forma e nas mesmas datas do benefício regular para quem recebe o Bolsa Família.

Calendário de pagamento das parcelas do auxílio emergencial.
Calendário de pagamento do auxílio emergencial a beneficiários do Bolsa Família – Arte/Agência Brasil

Na terça-feira (15), o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que o banco estuda antecipar o pagamento da quarta parcela do auxílio emergencial. O atual cronograma prevê que a Caixa comece a depositar os valores relativos à quarta parcela na conta social digital dos beneficiários nascidos em janeiro a partir de 23 de julho e que os depósitos da quarta fase se estendam até 22 de agosto, com o pagamento para os nascidos em dezembro.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

No dia 8 de junho, o ministro da Economia, Paulo Guedes, informou que o auxílio emergencial será prorrogado por pelo menos mais dois meses. Previsto para terminar em julho, o benefício pode ser estendido até setembro, mas esse período ainda poderá ser ampliado, caso a vacinação da população adulta não esteja avançada. 

“O presidente Jair Bolsonaro é quem vai decidir o prazo. Primeiro, esses dois ou três meses, e então devemos aterrissar em um novo programa social que vai substituir o Bolsa Família”, disse. Segundo Guedes, os recursos para a prorrogação do auxílio emergencial serão viabilizados por meio de abertura de crédito extraordinário. Atualmente, o custo mensal do programa, que paga um benefício médio de R$ 250 por família, é de R$ 9 bilhões.

Mulher de serial killer procurado há nove dias em Goiás diz esperar que ele se entregue: ‘Temos medo de receber a notícia de que ele morreu’

Mãe de uma menina de 2 anos que teve com Lázaro Barbos de Sousa, o homem que é procurado há nove dias pelas polícias de Goiás e do Distrito Federal, uma jovem espera que ele se entregue às autoridades. Em entrevista ao jornal “Correio Braziliense”, ela, que tem 19 anos, contou estar estarrecida com os crimes dos quais o companheiro é suspeito — as mortes de quatro pessoas da mesma família no DF e de uma em Goiás — e diz temer que Lázaro, tido como um serial killer, acabe morto:

Possíveis disfarces de Lázaro Barbosa Sousa Foto: FOTO: PCDF

— Temos medo de receber a notícia de que ele morreu.

Ela, que pediu para não ser identificada, e o suspeito estão juntos há quatro anos. A jovem contou que a filha vem chamando pelo pai, que sempre foi presente, diariamente.

— É um bebê que quase todos os dias chama por ele. Isso me corta tanto. Ela é muito apegada. É a vida dele. Está todo mundo arrasado — relatou.

Os dois se conheceram graças a uma tia de Lázaro. A jovem contou que o suspeito já tentou deixar a vida de crimes e se diz decepcionada com o comportamento dele. Segundo ela, pessoas próximas gostariam de participar das buscas para conversar com Lázaro:

— Se a gente tivesse a oportunidade de ir com a polícia para o meio do mato, para convencê-lo a se entregar. A gente não sabe o que aconteceu na mente e no coração dele. A ficha não caiu.

A jovem rebateu informações de um suposto envolvimento do companheiro com satanismo e alegou que Lázaro tem “uma fé em Deus muito grande”.

— Não acredito em nenhum ritual. Ele tinha uma fé em Deus muito grande, foi até pregador no presídio. Eu só vou acreditar que ele se envolveu mesmo nisso quando ele for pego e falar — disse.

Lázaro é procurado numa região rural em Cocalzinho, em Goiás. A força-tarefa montada para buscar o suspeito mobiliza 200 agentes, helicópteros, cães farejadores e drones, além da cavalaria.

Os crimes de Lázaro

Quarta-Feira, dia 9 de junho: Lázaro invade a chácara de Cláudio Vidal e mata ele e seus filhos, em uma ação que dura cerca de 10 minutos. No momento da fuga, faz Cleonice Marques, de 43 anos, mulher de Cláudio, refém e a sequestra. Logo após a entrada do bandido na casa, ela teria feito uma ligação para seu irmão pedindo por socorro. Sua família chega momentos depois, mas encontra apenas os corpos de Cláudio e seus filhos.

Quinta-feira, dia 10 de junho: Na parte da manhã, Lázaro Barbosa teria invadido outra residência apenas três quilômetros de distância da chácara da família de Cláudio e Cleonice. Ele teria mantido a dona da casa, Sílvia Campos, de 40 anos, e o caseiro, Anderson, de 18, sob a mira de sua arma durante três horas e os obrigado a fumar maconha. Ele teria roubado cerca de R$ 200 e celulares antes de deixar a residência. Cleonice continua desaparecida.

Sexta-feira, dia 11 de junho: Lázaro é suspeito de roubar um carro e fazer mais um refém. Ele teria deixado Ceilândia e ido para Cocalzinho, em Goiás. Lá, incendeia o veículo. A polícia acredita que ele pode ter contado com a ajuda de um comparsa nesse momento. As buscas por Cleonice continuam.

Sábado, dia 12 de junho: O corpo de Cleonice é encontrado em um córrego próximo ao Sol Nascente. Enquanto isso, Lázaro teria invadido uma residência nos arredores de Lagoa Samuel, onde teria ingerido bebidas alcoólicas, feito o caseiro refém e destruído o seu carro. Horas depois, ele teria invadido outra chácara, atirado em três homens e roubado armas de fogo. À noite, teria incendiado uma casa em Cocalzinho. Alguns relatos afirmam que ele teria trocado tiros com a polícia, informação que não foi confirmada pelo secretário de Segurança Pública de Goiás. Os três homens baleados foram levados a um hospital. Dois encontram-se em estado grave.

Domingo, dia 13 de junho: Lázaro invade uma casa por volta das 15h. A residência estaria vazia naquele momento. O criminoso teria roubado um carro Corsa vermelho. Aproximadamente às 18h30, o veículo teria sido abandonado em uma rodovia, a 30 quilômetros da residência invadida mais cedo. Acredita-se que Lázaro tenha avistado um bloqueio policial e decidiu fugir para o mato. Dentro do carro, a polícia encontrou um carregador de munição. De acordo com a Polícia Militar de Goiás, o suspeito teria chegado a trocar tiros com a polícia antes de fugir para um matagal.

Segunda-feira, dia 14 de junho: Lázaro troca tiros com um fazendeiro na região de Edilândia. Policiais civis e militares fecham o cerco, mas não efetuam a prisão do suspeito. Foi levantada a hipótese de o autor da chacina ter ficado ferido.

Terça-feira, dia 15 de junho: Uma família é feita refém por Lázaro na zona rural de Edilândia. Segundo Rodney Miranda, secretário de Segurança Pública de Goiás, ele utilizou o mesmo modus operandi e levou o casal dono da propriedade e a filha adolescente deles para a beira de um rio. A menina conseguiu, porém, mandar uma mensagem para o celular de um policial que visitou a casa das vítimas no dia anterior. As equipes foram até o local e houve confronto com o criminoso. Os reféns foram salvos, mas um policial acabou sendo baleado de raspão. Ele recebeu atendimento e passa bem. Lázaro conseguiu fugir.

Pesquisador diz que RN pode ser um dos primeiros estados a declarar fim da pandemia, ‘mas ainda não é hora de relaxar’

Ricardo Valentim atribui redução de casos e internações por Covid à vacinação, considera que 2022 será ano promissor, mas diz que ainda não é momento de relaxar medidas de prevenção à doença.

Por G1 RN
17 de junho de 2021 às 09h06

Ricardo Valentim, do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Arquivo) Arthur Barbalho/Lais/UFRN

“Pelo que estamos vendo de dados, o Rio Grande do Norte tem tudo para ser um dos primeiros estados do Brasil a declarar que está saindo dessa pandemia. Eu acredito que a gente vai ter um ano de 2022 muito promissor, mas precisamos fazer o dever de casa”.

A declaração é do professor Ricardo Valentim, que coordena o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Apesar do otimismo, o pesquisador diz que o estado ainda vive um momento crítico e que “ainda não é hora de relaxar” as medidas de prevenção.

A previsão de um ano de 2022 mais próximo da normalidade anterior à pandemia da Covid-19 foi feita por ele durante entrevista ao Bom Dia RN, da Inter TV Cabugi, em que correlacionou a vacinação contra o coronavírus à redução do número de casos, de internações e também de pedidos de internações no estado.

“Essa redução que a gente está observando no número de novos casos tem relação primeiro com a imunização. Nós temos mais de 800 mil pessoas que tomaram pelo menos uma dose e mais de 400 mil que tomaram as duas doses – e quanto mais a gente vai se imunizando, maior vai ser o impacto na rede assistencial. Deve entrar em conta também a população que foi contaminada e se recuperou da doença”, considera.

O professor apontou que a proporção de idosos internados com Covid-19 caiu de 75% no meio de 2020 e está abaixo de 30%. Junto com os trabalhadores da saúde, esse público foi o primeiro a ser imunizado no estado.

A mesma tendência deverá se estender ao restante da população com o avanço da vacinação, que já vem apresentando resultados no público geral, de acordo com ele.

“Tivemos em maio mais de 30 mil novos casos, porém, o número de internações começa a cair no final do mês. Há uma redução do número de novos casos, transmissibilidade e adoecimento e também analisamos redução nos pedidos de internação. Por mais de 16 dias esses pedidos vêm reduzindo”, ponderou.

No dia 26 de maio, o Rio Grande do Norte atingiu 156 pedidos de internação de pacientes com Covid-19 em 24 horas – o maior número registrado em toda a pandemia. Porém, desde então, os pedidos vêm caindo e chegaram a 77 pedidos nesta quarta-feira (16), segundo o professor.

“Quando a gente observa esses dados, a gente já consegue ver o impacto da vacinação”, pontua.

Outro fator para a previsão positiva do pesquisador é o calendário divulgado pelo governo do estado que prevê a vacinação de toda a população potiguar com até 18 anos até setembro. Para ele, o calendário poderá ser antecipado com a chegada de novas vacinas como a Janssen e Sputnik.

Para o professor, o estado deve analisar os dados e começar e planejar a retomada integral das suas atividades econômicas.

“O RN é um estado de serviços, onde predominantemente as atividades são turísticas e de eventos. Então precisa fazer um planejamento forte para que essa retomada seja segura e o estado possa retomar suas atividades para a vida presencial e para a normalidade”, afirmou, ressaltando que esse ainda não é o momento de “tirar as máscaras”.

“Nós estamos no processo de redução da gravidade da doença no estado, mas ainda estamos no momento crítico. Ainda estamos acima dos 80% da taxa de ocupação. Se continuar com esse decaimento, é provável que a gente esteja abaixo dos 80% na próxima semana, mas precisamos do engajamento das pessoas, de continuar o uso de máscara e a vacinação”, pontuou.

Vacinação

Segundo o sistema RN + Vacina, os municípios potiguares aplicaram 1.328.495 vacinas até o início da manhã desta quinta-feira (17). Ao todo, 936.288 pessoas tomaram a primeira dose no estado e 392.207 estão “totalmente vacinadas”, por já terem recebido o reforço da segunda dose.

O Rio Grande do Norte tem uma população estimada em pouco mais de 3,5 milhões de habitantes.

O estado começou a vacinação contra Covid-19 no dia 19 de janeiro. Inicialmente, apenas os grupos prioritários, como idosos, profissionais de saúde e pessoas com comorbidades foram imunizados.

Desde a semana passada, municípios potiguares começaram a abrir a vacinação para o público-geral, ao mesmo tempo em que continuam vacinando grávidas, puérperas e lactantes, trabalhadores da educação e outros grupos prioritários.

Prefeito de Pedro Avelino diz que obra que ele mesmo inaugurou é feia, cara e é exemplo do mau uso do dinheiro público

Depois de muitas críticas após ser descoberto que a praça Manoel Campos tinha sido inaugurada em agosto de 2020, sem a população saber. O prefeito Alexandre Sobrinho (MDB) usou seu perfil no Facebook e fez vários comentários no post de josenildo doda.

Confira na íntegra

Eu particularmente acho que essa praça é um grande exemplo de mau uso do dinheiro público. Eu mesmo fui contra esse piso horrível e me recusei pagar 56 mil por essas luminárias que não iluminam nada, tanto que para funcionar os quiosques tive de colocar um iluminação muiiiito mais barata, mas funciona. A cobertura que custava mais de 100 mil no mercado estava cotada na planilha por pouco mais de 7 mil. A caixa não aceitou usar o saldo de 265 mil que estava em conta para fazer a cobertura. Obrigamos a empresa trocar muita coisa, dentre elas 300 mts de piso pior do que está aí. Muitas gestões passaram por essa obra, mais a nossa que devolveu deu funcionalidade por exigência da CAIXA. Nosso interesse era concluir para permitir que a população tivesse de volta esse espaço público. Mas querem saber mesmo, eu tb gostava mais da antiga Manoel Campos.

Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar auxílio emergencial

Parcela estava prevista para ser depositada em 5 de julho

Publicado em 16/06/2021 – 06:00 Por Agência Brasil – Brasília
Atualizado em 16/06/2021 – 16:04

Saque do auxílio emergencial

A partir desta quarta-feira (16), os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em novembro podem sacar a segunda parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro estava previsto para ser depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 5 de julho.

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta-corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

CALENDÁRIO DA SEGUNDA
PARCELA DO AUXÍLIO EMERGENCIAL 2021

Calendário de saques da segunda parcela do auxílio emergencial 2021 – Divulgação governo federal

 A terceira parcela poderá ser sacada a partir de 27 de julho e a quarta, a partir de 27 de agosto. 

Ontem (15), o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que o banco estuda antecipar o pagamento da quarta parcela do auxílio emergencial. O atual cronograma prevê que a Caixa comece a depositar os valores relativos à quarta parcela na conta social digital dos beneficiários nascidos em janeiro a partir de 23 de julho e que os depósitos da quarta fase se estendam até 22 de agosto, com o pagamento para os nascidos em dezembro.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

No dia 8 de junho, o ministro da Economia, Paulo Guedes, informou que o auxílio emergencial será prorrogado por pelo menos mais dois meses. Previsto para terminar em julho, o benefício pode ser estendido até setembro, mas esse período ainda poderá ser ampliado, caso a vacinação da população adulta não esteja avançada. 

“O presidente Jair Bolsonaro é quem vai decidir o prazo. Primeiro, esses dois ou três meses, e então devemos aterrissar em um novo programa social que vai substituir o Bolsa Família”, disse.

Segundo Guedes, os recursos para a prorrogação do auxílio emergencial serão viabilizados por meio de abertura de crédito extraordinário. Atualmente, o custo mensal do programa, que paga um benefício médio de R$ 250 por família, é de R$ 9 bilhões.

Matéria alterada às 16h03 para correção de informação

Covid-19: ministério recebe do Butantan 1 milhão de doses de vacina

Butantan vai acelerar produção de mais 10 milhões de doses

Publicado em 16/06/2021 – 11:15 Por Flávia Albuquerque – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

Vacinação Covid ubs asa sul Brasília-DF, 11/06/2021 Foto: Walterson Rosa/MS

O Instituto Butantan entregou hoje (16) ao Ministério da Saúde um lote de um milhão de doses da vacina CoronaVac contra covid-19. Essa remessa é parte das 5 milhões de doses previstas para serem liberadas ao longo do mês de junho para o Programa Nacional de Imunizações (PNI). As doses entregues hoje já contemplam o segundo contrato firmado com o Ministério da Saúde, de 54 milhões de vacinas. O primeiro, de 46 milhões, foi cumprido no dia 12 de maio.

O novo lote de 5 milhões de doses está sendo produzido a partir dos 3 mil litros de ingrediente farmacêutico ativo (IFA) recebidos no dia 5 de maio. Desse total, já houve a liberação de 2,8 milhões de vacinas desde o dia 11, quando foram entregues 800 mil doses e, no dia 14, mais 1 milhão. 

Segundo informações do Instituto Butantan, o envase da matéria-prima foi iniciado no dia 27 e terminou na madrugada do dia 30. Parte das doses já envasadas está em outras etapas do processo produtivo, como inspeção de controle de qualidade. O Butantan informou, ainda, que até o fim de junho receberá um novo lote de 6 mil litros de IFA para a produção de mais 10 milhões de doses.

Ainda de acordo com o Butantan, com a entrega de hoje, já foram fornecidas ao PNI  50,012 milhões de doses desde 17 de janeiro, quando o uso emergencial do imunizante foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Praça Manoel Campos é inaugurada sem a população saber

O prefeito Alexandre Sobrinho (MDB) do município de Pedro Avelino inaugurou uma obra inacabada sem que ninguém soubesse.

A praça Manoel Campos foi construída e inaugurada na gestão da então prefeita Neide Suely em 1991 com recursos próprios e era modelo arquitetônico no RN. Uma obra idealizada após viagem do então deputado José Adécio e da prefeita a cidade de Curitiba capital do Paraná.

Após 20 anos a praça precisava de serviços de manutenção e nunca de reforma.

De um projeto arrojado e moderno infelizmente se tornou em mais um elefante inacabado na cidade.

Inventaram uma reforma com recursos federais na ordem de R$ 1.000.000,00 que não foi concluída, mas mesmo assim recebeu placa de inauguração em 12 de agosto de 2020 sem o conhecimento público.

Nova rodada do auxílio emergencial será de três meses, diz Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou à CNN nesta segunda-feira (14) que a nova rodada do auxílio emergencial terá três meses. O benefício será então prorrogado até outubro, quando o governo espera ter concluído a vacinação da população adulta.

Guedes disse que a prorrogação por mais três meses tem aval da equipe econômica, mas que o anúncio sobre a nova rodada será feito pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Cidadania, João Roma.

A ideia é que a prorrogação seja uma continuidade do benefício e, por isso, os valores devem ser mantidos. Atualmente, o auxílio emergencial é de R$ 150 a R$ 375, a depender da configuração familiar.

A ideia do governo é editar uma medida provisória e custear a ampliação do auxílio emergencial com créditos extraordinários.

Na terça-feira passada (8), o ministro já havia sinalizado a possibilidade da prorrogação, condicionada à situação da pandemia e ao andamento da vacinação da população adulta no país. “Mais dois ou três meses, porque a pandemia está ai. […] Vamos renovar o auxílio e logo depois entra o novo Bolsa Família já reforçado”, declarou Guedes no dia.

CNN Brasil

Por unanimidade, DEM decide expulsar Rodrigo Maia do partido

Deputado foi acusado de infração disciplinar por ataques a integrantes do partido, em especial ao presidente, ACM Neto

O Democratas (DEM) expulsou o deputado federal Rodrigo Maia (RJ), ex-presidente da Câmara dos Deputados, do partido, informou a legenda em nota.

“Após garantir o amplo direito de defesa ao parlamentar, os membros da Executiva apreciaram o voto da relatora, deputada Prof. Dorinha. A comissão nacional, à unanimidade de votos, deliberou pelo cometimento de infração disciplinar, e consequente expulsão do deputado”, afirma a legenda.


Confira a íntegra da nota do partido:

Nota Oficial do DEM

Em reunião realizada nesta segunda-feira (14), a Executiva Nacional do Democratas decidiu expulsar o deputado Rodrigo Maia (RJ) de seu quadro de filiados.

Após garantir o amplo direito de defesa ao parlamentar, os membros da Executiva apreciaram o voto da relatora, deputada Prof. Dorinha.

A comissão nacional, à unanimidade de votos, deliberou pelo cometimento de infração disciplinar, e consequente expulsão do deputado.

Executiva Nacional do Democratas

Ministério da Saúde confirma 41 casos de covid-19 na Copa América

Números se referem ao dia da estreia da competição

Publicado em 14/06/2021 – 20:56 Por Ricardo Brito – Brasília

O Ministério da Saúde confirmou nesta segunda-feira (14) o registro de 41 casos positivos do novo coronavírus (covid-19) de pessoas envolvidas com a Copa América no domingo (13), dia do início da competição.

Os casos referem-se a 31 jogadores e membros de delegações e a 10 de prestadores de serviços contratados para o evento.

“Todos os casos de prestadores de serviços foram confirmados em Brasília [DF]. A positividade de casos por covid-19 foi de 1,40%. Os resultados do sequenciamento genético para análise de variantes serão concluídos em até 14 dias, prazo necessário para realização da análise”, disse a pasta em nota.

Em entrevista na porta do Ministério da Saúde, o ministro Marcelo Queiroga disse que os 10 prestadores de serviço identificados eram trabalhadores de hotéis onde atletas e comissões técnicas que disputam o torneio estão hospedados. Os profissionais e pessoas que tiveram contato com eles foram isolados, acrescentou Queiroga.

No comunicado, o Ministério da Saúde também informou que, até o momento, foram realizados 2.927 testes de tipo RT-PCR em jogadores, membros de delegações e prestadores de serviços.

Covid-19: Anvisa amplia prazo de validade da vacina da Janssen

Prazo foi ampliado para quatro meses e meio

Publicado em 14/06/2021 – 17:45 Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil – Brasília

Fachada do edifício sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a ampliação do prazo de validade da vacina da Janssen contra a covid-19 de três para quatro meses e meio, sob temperatura de 2ºC a 8ºC.

A aprovação ocorre após a publicação da informação de que doses previstas para este mês têm prazo de validade até dia o 27. Um lote de 3 milhões de doses estava previsto para chegar amanhã (14), mas foi adiado.  

A decisão respondeu a um pedido da farmacêutica, subsidiária do grupo Johnson & Johnson, protocolado no dia 10 de junho. A Janssen possui autorização para uso em caráter emergencial no Brasil.

Em nota, a Anvisa afirma que a medida foi baseada em “criteriosa avaliação dos dados de qualidade dos estudos que demonstrou que a vacina tende a se manter estável pelo período (4,5 meses) bem como considerou decisão da agência norte-americana (Food and Drug Administration – US FDA), que também aprovou a referida alteração em 10 de junho de 2021”.

Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela

Seleção faz 3 a 0 com gols de Marquinhos, Neymar e Gabriel Barbosa

Publicado em 13/06/2021 – 20:45 Por Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional – São Paulo

O Estádio Mané Garrincha, em Brasília, foi palco na noite deste domingo (13) da estreia da seleção brasileira na Copa América de 2021. A equipe nacional fez 3 a 0 na Venezuela pela abertura do Grupo A. Os gols foram marcados pelo zagueiro Marquinhos e pelos atacantes Neymar e Gabriel Barbosa.

Com o resultado, o time verde e amarelo somou os primeiros três pontos e lidera a chave. Ainda neste domingo, às 21h (horário de Brasília), Colômbia e Equador se enfrentam no mesmo grupo na Arena Pantanal. O Peru é o quinto time da chave brasileira e folga nesta rodada inaugural.

Antes do início da partida, ocorreu um rápido cerimonial para abertura da competição. Alguns profissionais da saúde levaram a taça da Copa América até o centro do gramado do Mané Garrincha e o telão do estádio passou imagens alusivas às 10 equipes que participam do torneio e foi organizado um show de fogos de artifício que tomou conta do céu da capital federal.

Com a bola rolando, a primeira partida da Copa América dessa temporada foi totalmente dominada pelo Brasil. Aos sete, quase Richarlison abriu o placar depois de cobrança de escanteio de Neymar. Aos nove, a mesma dupla esteve em ação. Neymar deu um belo lançamento para Richarlison que não conseguiu dominar. Aos 10, Éder Militão por muito pouco não abriu o placar de cabeça. Aos 22, finalmente as redes venezuelanas balançaram. Neymar bateu o escanteio da esquerda e o zagueiro Marquinhos aproveitou o bate e rebate na área para fazer o primeiro gol. Aos 25, Richarlison marcou, mas estava impedido. Aos 29, Neymar fez boa jogada e finalizou rasteiro. A bola passou raspando a trave direita do gol de Graterol.

Na etapa final, o técnico Tite fez duas mudanças, colocando Everton Ribeiro no lugar do Lucas Paquetá e Alex Sandro no lugar de Renan Lodi, e a seleção marcou mais dois gols. Aos 16, o lateral-direito Danilo armou boa jogada e foi derrubado na área. Neymar deslocou o goleiro rival e fez mais um.

Depois, sem forçar muito o ritmo e com Gabriel Barbosa no lugar de Richarlison, Vinícius Júnior na vaga de Gabriel Jesus e Fabinho no lugar de Fred, saiu o terceiro gol aos 43 minutos. Neymar recebeu belo passe de Alex Sandro, driblou o goleiro e largou Gabriel Barbosa sozinho na frente do gol. O atleta do Flamengo empurrou com o peito para o fundo das redes.

A seleção volta a jogar na quinta-feira (17) contra o Peru no Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Nesta segunda-feira (14) acontecerão os primeiros dois jogos do grupo A. Argentina e Chile se enfrentam no Nilton Santos, a partir das 18h, e, no Estádio Olímpico de Goiânia, Paraguai e Bolívia se enfrentam a partir das 21h.

Nova espécie de libélula é descoberta em São Carlos

Biólogo e professor descobriram inseto no campus da Ufscar

Publicado em 13/06/2021 – 20:00 Por Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil – São Paulo
Atualizado em 13/06/2021 – 20:04

nova espécie de libélula em São Carlos

Um professor e um biólogo da Universidade Federal de São Carlos (UFScar), no interior paulista, descobriram uma nova espécie de libélula. O inseto foi encontrado, em uma pesquisa de campo, em um fragmento de mata de cerrado no próprio campus da instituição.

Conhecido popularmente como lavadeira ou donzelinha, o inseto foi visto na área do córrego do Espraiado, no campus da Ufscar, pelo professor Rhainer Guillermo Nascimento Ferreira, do Departamento de Hidrobiologia (DHb) e pelo biólogo da UFScar e mestrando em entomologia pela Universidade de São Paulo (USP), Rodrigo Roucourt Cezário.

“Nós do laboratório trabalhamos há alguns anos no córrego do Espraiado e, um certo dia, percebi um macho dessa espécie pousado em uma árvore alta. Não conseguia capturá-lo para examiná-lo, mas a pulga ficou atrás da orelha porque uma espécie desse gênero azul é algo raro”, disse o professor Ferreira.

“Comentei com meu aluno de mestrado, Rodrigo Cezário, que provavelmente tínhamos uma espécie nova no local, mas nunca encontramos de novo. Até que, no ano passado, Rodrigo encontrou vários em um mesmo dia, inclusive fêmeas”, acrescentou.

De acordo com ele, as características que diferenciam a nova espécie das demais libélulas são muito específicas, mas a coloração azul do inseto é um aspecto que pode ser notado pelo público em geral. “Não se trata de uma característica exclusiva, mas a grande maioria das espécies desse gênero tem um tom ocre amarelado”, disse.

Atualmente há mais de 6 mil espécies de libélulas no mundo. No Brasil, são mais de 700 espécies registradas. Segundo o professor, o inseto é um predador voraz na sua fase larval aquática, quando consome larvas de mosquitos e outros animais pequenos, e também quando adultas. “São as grandes responsáveis por controlar populações de outros insetos e manter o equilíbrio ecológico. Além disso, são muito sensíveis à poluição das águas e ao desmatamento, sendo utilizadas como bioindicadores e espécies bandeira para a conservação do Cerrado, da Mata Atlântica e da Amazônia”, destacou Ferreira.

A nova espécie foi batizada como Heteragrion gorbi sp.nov., em homenagem ao professor Stanislav Gorb, da Universidade de Kiel, na Alemanha, pesquisador de libélulas. O artigo inédito sobre o estudo, que contou com apoio financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), está disponível na íntegra na plataforma aberta Europe PMC.

G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022

Compromisso consta em documento final da reunião de líderes do grupo

Publicado em 13/06/2021 – 15:18 Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil – Brasília

vacina Covid-19 Fiocruz.

Os líderes do G7, grupo de países que reúne sete das maiores economias do planeta, oficializaram neste domingo (13) a promessa de doar um total de 2 bilhões de doses de vacina contra a covid-19 para países pobres e em desenvolvimento, sendo 1 bilhão distribuídas até o final de 2022.

O compromisso consta na declaração final do encontro de cúpula, ocorrido na Baía de Carbis, na Cornualha, sudoeste do Reino Unido. O G7 é formado por Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido. A reunião do G7 começou na última sexta-feira (11) e terminou hoje.

“Tenho o prazer de anunciar que os líderes do G7 prometeram mais de 1 bilhão de doses para os países mais pobres do mundo – outro grande passo para vacinar o mundo”, afirmou o primeiro-ministro britânico Boris Johnson, anfitrião do encontro, em postagem nas redes sociais.

“Os compromissos totais do G7 desde o início da pandemia preveem um total de mais de 2 bilhões de doses de vacina, com os compromissos desde nosso último encontro em fevereiro de 2021, incluindo aqui na Baía de Carbis, prevendo 1 bilhão de doses no decorrer do próximo ano”, diz o documento oficial da reunião. Ainda não há detalhes sobre quais países serão beneficiados pela doação das vacinas.

Esse volume de vacinas a serem doadas pelo G7 já incluem as 500 milhões de doses anunciadas pelo presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, a serem distribuídas para mais de 90 países.

Além do esforço da doação de vacinas, o documento final do G7 aponta metas para fortalecer ações coletivas de defesa global na área da saúde, incluindo aumento da capacidade de fabricação de vacinas em todos os continentes, melhora dos sistemas de alerta precoce e suporte à ciência na tarefa de encurtar para até 100 dias o ciclo de desenvolvimento de vacinas seguras e eficazes, tratamentos e testes.

Meio ambiente

Tema central do encontro, ao lado da pandemia, a questão ambiental também foi abordada no documento final do G7. Pelo texto, os países falam em apoiar uma “revolução verde que crie empregos, reduza as emissões com vistas a limitar o aumento das temperaturas globais em 1,5 graus [Celsius]”.

Entre os compromissos, está o de zerar as emissões até 2050, reduzindo pela metade as emissões coletivas até 2030. O documento menciona a necessidade de melhorar o financiamento do clima até 2025 para conservar e proteger pelos menos 30% das terras e oceanos até o final da década.

Comércio

Em relação à economia, o G7 aponta a necessidade de uma reforma do sistema global de comércio, que torne a economia “mais resiliente”, incluindo um novo sistema tributário mundial. Essa proposta, encabeçada principalmente pelos Estados Unidos, tem o objetivo de criar uma alíquota global mínima que as maiores multinacionais, com atuação global, deverão pagar. O objetivo é romper com a lógica de concessões tributárias que essas empresas gozam ao longo de décadas para atuar em determinados países. 

Marco Maciel, ex-vice-presidente do Brasil, morre aos 80 anos

O velório de Maciel será no dia 15 de junho, às 17h, no cemitério Campo da Esperança, na capital federal

Correio Braziliense
postado em 12/06/2021 08:20 / atualizado em 12/06/2021 09:12

Marco Maciel, ex-vice-presidente do Brasil, morreu, aos 80 anos, na madrugada desta sábado (12/6), em um hospital de Basília. A morte foi em decorrência do mal de Alzheimer, doença que o acometia desde 2014. O pernambucano deixa esposa e três filhos.

O velório será no Senado, Salão Negro, das 14h30 às 16h30; e o sepultamento no Campo da Esperança, às 17h.

Ele também recebeu diagnóstico positivo para a covid-19 em março deste ano.

O partido de Maciel, o DEM, lamentou a morte do político nas redes sociais, assim como outros nomes de políticos no Brasil: 

Marco foi vice de Fernando Henrique Cardoso por dois mandatos e assumiu diversos cargos públicos em sua trajetória política, deputado estadual (1967-1971) e federal (1971-1979) por Pernambuco, presidente da Câmara dos deputados (1977-1979), governador de Pernambuco (1979-1982), ministro da educação (1985-1986) e da casa civil (1986-1987), senador (2003-2011) e finalmente vice presidente da república (1995-2003). 

Em 2017, uma biografia do ex-vice-presidente da República revelou como o político conseguiu se movimentar em todos os campos ideológicos, rica em histórias dos bastidores do processo decisório da política brasileira.No livro, Castelo Branco conta toda a trajetória do deputado, e de como o político teve a carreira transformada de presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE) até chegar ao cargo de vice-presidente do país. O Correio entrevistou o autor, saiba mais em: O labirinto de Carlos Maciel.

Anos de luta 

Em 2019, a esposa Ana Maria Maciel, concedeu entrevista ao Correio sobre o estado de saúde do ex-vice presidente.“As pessoas têm muito preconceito com o Alzheimer. Acham que a pessoa começa a falar um monte de bobagem e fica desligado do mundo. Com meu marido não foi assim. Ele continuou sendo o mesmo homem educado com todos. Continua sempre cheiroso e limpo como sempre gostou de estar. É o rei da nossa casa”, disse.Para ela, a paciência e o amor — construído ao longo de mais de 50 anos de casados —foram a receita para enfrentar a enfermidade.

Os primeiros sinais da doença mais se assemelhavam aos da depressão. Maciel começou um tratamento e meses depois veio o diagnóstico do Alzheimer. “Até 2014, a doença evoluiu negativamente, porque, como era político, as pessoas perguntavam sobre fatos históricos e ele não conseguia lembrar. Ele percebia o esquecimento e ficava constrangido. No fim de 2014, ele não quis mais sair, só para consultas e coisas corriqueiras. Agora, está em fase avançada”, afirma. Sem andar e falar, o ex-vice-presidente contou com o auxílio da mulher e de uma equipe de profissionais para as atividades do dia a dia.

AGN-RN lança aplicativo para concessão de crédito a empreendedores do RN

Os empreendedores formais e informais passarão a ter acesso, a partir do próximo dia 22 deste mês, ao aplicativo RN + Crédito, uma ferramenta que possibilitará dar início ao processo de aquisição de financiamento das diversas linhas disponibilizadas pela Agência de Fomento do Rio Grande do Norte sem precisar sair de casa ou do próprio estabelecimento comercial. A ferramenta foi desenvolvida pela Gerência de Tecnologia da instituição financeira potiguar.

Agora, além das opções já disponíveis de atendimento direto na sede da Agência, pelo Whatsapp ou através dos parceiros da AGN-RN, o empreendedor poderá iniciar o processo de contratação ao realizar um pré-cadastro na plataforma. A partir daí será realizada análise de crédito, indicação dos indicar valores que o empreendedor deseja financiar, objetivo da contratação, dentre outras informações necessárias para enquadramento em uma das linhas operadas pela instituição.

A plataforma oferecerá ainda a possibilidade de os contratantes realizarem o envio de toda a documentação necessária à contratação de forma digital, bem como, de acompanhamento de todo o processo desde o pré-cadastro até a aprovação do financiamento para a assinatura do contrato. Ainda no sistema online, serão disponibilizados links para o site oficial e a página de dúvidas mais frequentes relacionadas ao funcionamento do crédito na instituição.

O aplicativo, inclusive, não vai exigir que seja feito qualquer download ou instalação em aparelhos celulares, tablets ou mesmo computadores. O funcionamento se dará todo no sistema de nuvem e, para ter acesso, será necessário apenas clicar no link a ser disponibilizado no lançamento do app.

Para a diretora-presidente da AGN-RN, Márcia Maia, o desenvolvimento da plataforma atende à diretriz da política de estímulo e fomento à economia potiguar estabelecida pelo Governo do Estado e a governadora Fátima Bezerra em razão da necessidade de o empreendedor, se precisar, ter acesso cada vez mais rápido e simples aos serviços da Agência de Fomento. Antes, a instituição já havia implementado o atendimento por meio de whatsapp, ainda no início da pandemia provocada pelo Covid-19.

 “É uma iniciativa importante no apoio aos empreendedores do nosso estado, pois não basta disponibilizarmos o crédito. Nós precisamos criar ferramentas para que eles possam acessar os recursos com a menor dificuldade possível. Garantir esse acesso pode representar a diferença entre uma empresa seguir funcionando, manter empregos e mesmo crescer ou precisar fechar as portas”, ponderou a diretora-presidente.

Crédito na AGN

A atuação da Agência de Fomento do RN integra a política pública estadual do Governo do RN de fomento à economia norte-riograndense. Em pouco mais de dois anos, empreendedores e empresas do Rio Grande do Norte conseguiram uma injeção de recursos, via AGN-RN, superior a R$ 60 milhões. São mais de 14 mil operações de crédito a partir das mais diversas linhas de crédito geridas pela instituição.

Portal do Governo do RN

TRE mantém depoimento de Henrique em denúncia por corrupção e lavagem de dinheiro

O desembargador Claudio Santos indeferiu pedido liminar, em sede de Habeas Corpus impetrado por Henrique Eduardo Alves para que fosse suspensa a audiência de instrução aprazada pelo Juízo da 1ª Zona Eleitoral para hoje (11) . O desembargador determinou a comunicação urgente da decisão à autoridade apontada como coatora, notificando-a para prestar as informações no prazo de cinco dias. Também foi determinado o encaminhamento dos autos à Procuradoria Regional Eleitoral.

(Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A audiência de instrução diz respeito à denúncia oferecida pelo Ministério Público e acolhida pelo Juízo da 1ª Zona Eleitoral nos autos da Ação Penal Eleitoral nº 0600011-12.2020.6.20.0002, em face de Henrique Eduardo Lyra Alves, imputando-lhe, a prática das condutas tipificadas no artigo 317 do Código Penal; no art. 1°, caput, da Lei nº 9.613/98, e no art. 350 do Código Eleitoral, na forma do art. 71 do Código Penal.

No Habeas Corpus, Henrique Eduardo Alves defende a inépcia da petição inicial no que diz respeito aos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, alegando ausência de descrição de promessa ou ato de contrapartida em troca das doações de campanha; que não é esclarecido o ato de ofício praticado pelo denunciado, ora paciente, a justificar o recebimento de propina, o qual, a teor de suas razões, seria necessário para configurar o delito de corrupção passiva; e que inexistindo crime antecedente, não se pode falar em lavagem de dinheiro.

Ao analisar o pedido liminar, o magistrado da Corte Eleitoral observa que Henrique Alves insurgiu-se contra a rejeição, pelo Juízo da 1ª Zona Eleitoral, de sua tese de inépcia da petição inicial, pleiteando em sede liminar o sobrestamento da respectiva ação, na qual foi designada audiência instrutória para o dia 11 de junho de 2021. O desembargador salienta ainda que a peça acusatória foi recebida pelo Juízo da 1ª Zona Eleitoral de forma fundamentada.

“No contexto da cognição sumária própria dessa fase liminar, porém, não identifico a plausibilidade jurídica do pedido. Com efeito, na hipótese versada nos autos, há descrição fática e jurídica apta a autorizar o recebimento da peça acusatória, permitindo-se ao denunciado o exercício de sua defesa na amplitude que lhe é garantida constitucionalmente, não merecendo acolhida sua pretensão de sobrestamento do feito criminal”, destacou o desembargador Claudio Santos em sua decisão.

Desta forma, por entender não estar presente o requisito da “fumaça do bom direito”, ou seja, a probabilidade do direito, foi indeferida a medida liminar.

Fonte: Portal Grande Ponto

Ministro diz que 160 milhões serão vacinados até dezembro no Brasil

Marcelo Queiroga presenciou hoje em SP entrega de leitos de UTI

Publicado em 11/06/2021 – 15:18 Por Ludmilla Souza – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

O Brasil tem grande espaço para investimento em saúde. Durante o Fórum de Investimentos Brasil 2021, o ministro Marcelo Queiroga apresentou algumas oportunidades na saúde pública e suplementar.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse hoje (11), em São Paulo,  que 160 milhões de brasileiros serão vacinados contra a covid-19 até o final deste ano. 

“Vamos nos empenhar fortemente para acelerar a nossa campanha de vacinação, já distribuímos mais de 105 milhões de doses para estados e municípios e mais de 70 milhões de doses de vacinas já foram aplicadas, já temos uma cobertura de duas doses de mais de 15% da população brasileira e, em junho, teremos ao menos 40 milhões de doses de vacinas. A perspectiva do mês de julho é satisfatória, haja visto a chegada de vacinas. Somente com a Pfizer, até setembro, teremos 100 milhões de doses e de setembro a dezembro serão mais 100 milhões de doses”, afirmou. 

Queiroga participou, ao lado do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, da inauguração de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de Enfermaria no Hospital Municipal Guarapiranga (SP). Foram entregues 65 novos leitos (30 de UTI e 35 de enfermaria) exclusivos para o atendimento de pacientes com complicações decorrentes do novo coronavírus, no hospital situado na zona sul da capital. 

No local, que é custeado em parceria com o governo federal, foram investidos R$ 2.638.432,66 para ampliação. Os novos leitos já poderão ser utilizados na próxima semana.

Importância da parceria

O prefeito Ricardo Nunes, de São Paulo, mostrou preocupação com a ocupação de leitos de UTI da capital paulista nas últimas semanas. “Por isso, essa ação muito forte da Secretaria Municipal da Saúde de ampliar os leitos, para não faltar leito para ninguém, como não faltou”, disse.

“Quero agradecer ao governo federal por essa parceria. Aqui o custeio é de R$ 13 milhões por mês. Metade desse valor é arcado pela prefeitura de São Paulo e metade pelo Ministério da Saúde, o que demonstra a importância da união com relação a gente trabalhar para poder salvar vidas e dar atendimento às pessoas”, completou o prefeito.

A unidade foi entregue em maio do ano passado e iniciou a operação com 30 leitos de UTI e dez de enfermaria. Em julho, ela foi ampliada para 140 leitos de UTI e 23 de enfermaria. Em março, chegou a 160 leitos de UTI e 34 de enfermaria. Com os novos leitos entregues hoje, o hospital passa a contar com 259 leitos, sendo 190 leitos de UTI e 69 de enfermaria.

Os novos leitos implantados no Hospital Municipal Guarapiranga começam a ser utilizados na próxima semana e todos serão referenciados pela Central de Regulação de Vagas do município. Para a ampliação desses novos leitos, foram realizadas readequações e reestruturações de toda rede elétrica e hidráulica, instalação da rede lógica, instalação de toda rede de gases medicinais e adequação do piso. A obra começou em 19 de abril e foi concluída em 9 de junho de 2021, com um investimento de R$ 2,638 milhões.

Valores

O secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, destacou a importância desse complexo hospitalar. “Por aqui já passaram  3.560 pacientes. Tivemos aqui mais de três mil altas. Para cá, a nossa regulação envia os pacientes mais graves de covid-19 na cidade”, disse.

Segundo a prefeitura, desde maio, o custeio mensal do hospital corresponde a R$ 13,440 milhões, sendo R$ 6,720 milhões por meio do repasse do tesouro municipal e R$ 6,720 milhões por meio de transferência federal.

“A saúde é um direito de todos e um dever do estado garantido mediante políticas sociais e econômicas. Assim prega a nossa Constituição Federal e é isso que se faz aqui no município de São Paulo. Tanto é verdade que a própria população do estado de São Paulo considera, através de pesquisa, o sistema municipal de saúde desta cidade como o melhor serviço público”, afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos

Estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela agência

Publicado em 11/06/2021 – 08:06 Por Agência Brasil – Brasília

Fachada do edifício sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a indicação da vacina Comirnaty, da Pfizer, para crianças com 12 anos de idade ou mais. Com isso, a bula da vacina passará a indicar essa nova faixa etária para o Brasil.

De acordo com a agência, a ampliação foi aprovada após a apresentação de estudos desenvolvidos pelo laboratório que indicaram a segurança e eficácia da vacina para esse grupo. Os estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela Anvisa.

Antes, a vacina Comirnaty estava autorizada para pessoas com 16 anos de idade ou mais. Até o momento, esta é a única entre as vacinas autorizadas no Brasil com indicação para menores de 18 anos.

A vacina da Pfizer foi a primeira a receber o registro definitivo para vacinas contra covid-19 no Brasil.

A saúde do município de Pedro Avelino é a pior dos últimos 45 anos

Há 45 anos funcionava, o Hospital Governador José Varela e postos de saúde: Bairro São Francisco (UBS José Martins), Baixa do Meio, Campestre e Lajinha.

Reprodução

Tinha médicos residentes todos os dias, Dr. José Martins e médicos para atendimento nos postos: Dr. Pablo e Dr. Agostinho.

O prefeito Alexandre Sobrinho (MDB) recebeu a saúde de Pedro Avelino com médicos todos os dias, herança das administrações de Neide Suely e Chico Hélio. E hoje? O que vemos é um verdadeiro caos apesar de abundantes recursos recebidos em 2020 e agora em 2021.

Voto impresso tem maioria para avançar na Câmara dos Deputados

Dos 32 parlamentares da comissão que avalia tema, 21 são favoráveis. Presidente do TSE classifica medida como ‘retrocesso’

Comissão Geral para tratar da Reforma Eleitoral. Presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso
Comissão Geral para tratar da Reforma Eleitoral. Presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso

PABLO VALADARES/CÂMARA DOS DEPUTADOS – 09.06.2021

Bandeira do presidente Jair Bolsonaro, o voto impresso nas eleições deve ser aprovado na comissão que analisa o tema na Câmara com aval não apenas de governistas. Levantamento do Estadão/Broadcast com os atuais 32 deputados do colegiado mostra que 21 são favoráveis e apenas quatro se opõem. Outros sete afirmaram ainda estar indecisos.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, passou nesta quarta-feira (9) quatro horas debatendo o assunto com os parlamentares, afirmou que a medida representa um “retrocesso“, mas que, uma vez aprovado, o novo sistema será adotado.

Adversários do governo veem na impressão do voto uma possibilidade de auditoria para frear o discurso de fraude eleitoral adotado por Bolsonaro. O PT e a Rede são os únicos partidos que se colocaram contrários à medida na comissão. A aprovação no colegiado é o passo mais importante para a proposta, sem a qual a discussão não chegaria aos plenários da Câmara e do Senado.

Ontem, em evento com líderes evangélicos em Anápolis (GO), o presidente repetiu que a disputa de 2018, quando se elegeu, foi fraudada; caso contrário, teria vencido no primeiro turno. “A fraude que existiu me jogou no segundo turno. Tenho provas materiais disso”, disse Bolsonaro. Apesar de ter prometido, ainda em março de 2020, apresentar as provas de irregularidades, o presidente nunca mostrou qualquer evidência.

A Proposta de Emenda à Constituição em discussão na Câmara é da deputada Bia Kicis (PSL-DF), uma das aliadas mais próximas ao presidente. O texto não acaba com a urna eletrônica, mas obriga a impressão de comprovantes físicos de votação, que devem ser depositados automaticamente em uma caixa de acrílico acoplada ao equipamento. Com isso, o eleitor poderá conferir se o recibo em papel coincide com o que digitou, mas não poderá levar o comprovante com ele.

Em audiência ontem na Câmara para tratar sobre o tema, Barroso defendeu o sistema atual de votação sob o argumento de que nunca houve qualquer caso de fraude comprovada na urna eletrônica desde que foi adotada, em 1996.

“A introdução do voto impresso seria uma solução desnecessária para um problema que não existe com o aumento relevante de riscos”, afirmou. “O que nós fizemos com o sistema eletrônico de votação foi derrotar um passado de fraudes que marcaram a história brasileira no tempo do voto de papel”, disse o presidente do TSE.

Segundo Barroso, uma vez aprovada, haverá dificuldades operacionais para colocar o novo formato e